Ateliê Geilson
Natura
Natália Calçados

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

  • 28
  • 22
  • 24
  • 20
  • 11
  • 09
  • 11
  • 01
  • 29
  • 03
  • 04
  • 05
  • 07
  • 02

Supermercado
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
 

 Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter oFlash Player instalado. 

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

Monthly Archives: setembro 2018

Crédito: Reprodução/Instagram

Aparentemente a atriz Thais Fersoza cansou de ler comentários dos seus seguidores dizendo que ela está sempre com a mesma roupa, e resolveu responder com um toque de bom humor.“Pra quem sempre me pergunta: sim, eu amo tomara que caia. A gente lava roupa aqui em casa, sim. A gente lava roupa e usa de novo é assim que funciona, tá?”, brincou Thais. Ela ainda ressaltou que quando se gosta de uma roupa se usa muito. Thais Fersoza é casada com Michel Teló desde 2014. O relacionamento do casal rendeu dois filhos: Teodoro e Melinda.

istoe

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, conversou com militantes em visita ao Recife neste domingo (23) — Foto: Allan Nascimento/G1

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, conversou com militantes em visita ao Recife neste domingo (23)

— Foto: Allan Nascimento/G1

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, afirmou neste domingo (23) que se for eleito atuará para garantir que as empresas privadas paguem salários iguais para homens e mulheres que tenham as mesmas funções e qualificações.

Ciro esteve neste domingo no Recife (PE). Ele conversou com militantes em uma escola no Centro da cidade e, em seguida, visitou o comitê do PDT, no mesmo bairro. Na agenda, ele prometeu disponibilizar para a população a lista com os salários que as empresas pagam a cada um dos seus funcionários. Segundo o candidato, a medida é uma forma de informar aos brasileiros quem paga salários iguais para homens e mulheres.

“Eu quero fazer a lista dos salários para que a população possa comparar, empresa a empresa, porque a boa fama das empresas depende também da forma com que elas respeitam ou não respeitam os valores centrais de uma sociedade amadurecida. E respeitar as mulheres é o imperativo no país que ainda hoje permite que 60 mil mulheres seja estupradas em um único ano”, disse. Segundo Ciro, a legislação brasileira se submete à convenção da Organização Internacional do Trabalho (OIT) para promover a equidade de gênero nas empresas. “O que nós precisamos fazer no Brasil é fazer a lei pegar, é garantir, e isso será feito comigo. Os fiscais do Ministério do Trabalho comigo multarão [as empresas que não seguirem a lei]”, explicou o candidato.

Fernando Haddad durante discurso em Petrolina (PE) neste domingo (23) — Foto: Juliane Peixinho/G1

Fernando Haddad durante discurso em Petrolina (PE) neste domingo (23)

— Foto: Juliane Peixinho/G1

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, prometeu neste domingo (23) durante campanha em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), que, se eleito, vai trabalhar pela recuperação das nascentes do Rio São Francisco. O rio corta cinco estados brasileiros e é um dos mais importantes do país. Haddad desembarcou em Petrolina na manhã deste domingo. Depois seguiu para Juazeiro, onde discursou para apoiadores e depois retornou a Petrolina pela ponte Presidente Dutra que liga as duas cidades. “Eu queria assumir um compromisso para o futuro […] Nós vamos intensificar a recuperação das nascentes do São Francisco. Nós não vamos deixar este rio morrer jamais. E para isso nós temos que desassorear o rio. Tem regiões do rio que estão assoreadas, e temos que recuperar a mata porque sem a recuperação da mata e sem tirar a areia e o lixo que caem no rio, esse rio corre risco”, afirmou o candidato em discurso para apoiadores em Juazeiro.

“Assumimos o compromisso de recuperar as nascentes do Rio São Francisco. Rio generoso que está dando água para todo o Nordeste – Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará. Todo o Nordeste está sendo irrigado pelo São Francisco. É a hora de assumir mais uma vez o compromisso com a recuperação das nascentes. É isso que nós viemos fazer aqui hoje”, disse.

O candidato do PT à Presidência com apoiadores em Petrolina (PE) — Foto: Juliane Peixinho/G1

O candidato do PT à Presidência com apoiadores em Petrolina (PE)

— Foto: Juliane Peixinho/G1

Bolsa Família

Fernando Haddad também falou em fortalecer o programa Bolsa Família como forma de ativar a economia e gerar empregos.

“Bolsa Família vai ter que ser fortalecido, porque as famílias de baixa renda, são as que mais consomem e, sem consumo, nós não vamos ter ativação da economia e não tem como gerar emprego”, afirmou Haddad. “Nós temos que tomar todas as providências para as famílias de classe média e baixa renda terem uma renda disponível um pouquinho maior, tanto da queda de juros, com o aumento do bolsa família quanto da diminuição do imposto de renda, sem consumo o empresário não tem como contratar”, disse o candidato.

G1

Juliana Pinheiro (Foto: Isabella Pinheiro/TV Globo)

Juliana Paiva, 25 anos, não esconde a felicidade pelo sucesso de Marocas, protagonista de O Tempo Não Para. Na trama, inicialmente ambientada em 1886 e transferida para os dias atuais, ela vive uma jovem que se adapta facilmente ao ano de 2018. “Marocas quer aproveitar as coisas boas do século 21. Sei que sou suspeita, mas esta história é muito legal.” Namorando o ator Nicolas Prattes, que vive seu par romântico na trama, ela mantém a discrição quando o assunto é vida pessoal. “Estou feliz”, diz a atriz, que faz alguns posts com o ator, usando a hashtag #Samurocas, como o público shipa o casal da novela nas redes sociais.

Antes de O Tempo Não Para, Juliana já havia protagonizado Além do Horizonte (2013) e, depois, participou de tramas como Totalmente Demais (2015), em que viveu a divertida Cassandra, e A Força do Querer (2017), quando interpretou a centrada Simone. Com maturidade, ela afirma lidar naturalmente com a oscilação da profissão e o tamanho de seus personagens.

“Assim como não encaro o peso de ser protagonista, também não encaro como peso não ser. Em Totalmente Demais, a Cassandra tomou uma proporção muito grande na trama, algo além do previsto. Em A Força do Querer, a Simone estava em um núcleo que falava de uma questão importante, contracenava com tanta gente boa… Nosso trabalho é sempre observado e as oportunidades chegam. A Marocas é reflexo disso.”

Juliana Paiva (Foto: Isabella Pinheiro/TV Globo)

QUEM: O Tempo Não Para tem conquistado muitos elogios. Como tem sido o trabalho nesta novela?
JULIANA PAIVA: 
A Marocas é uma personagem muito conflitante. Se o Samuca [Nicolas Prattes] vacilar com ela no século 21, ela não vai perdoar, afinal tem educação e costumes do século 19. Ela é um papel muito forte e há humor o tempo inteiro. O contraste é um prato cheio para este humor. A graça é lançada para o público, mas não para os personagens. Marocas é divertida e solar, mas vive um choque de realidade muito grande. Tudo o que ela tinha como referência, ela perdeu. Nada é piada! A piada é para quem vê a situação e não para quem vive. Imagina aquela família atravessando a Avenida Paulista com aquelas roupas de época?

QUEM: Como foram as gravações em São Paulo?
J.P.: 
Gravamos em São Paulo recebemos olhares hilários. Em um intervalo de gravação, fui a uma lanchonete para ir ao banheiro. Esqueci que estava com aquele figurino todo. Quando entrei os olhares foram de “tadinha, fugiu do hospício” ou ” a Juliana deve estar fazendo uma peça de teatro” (risos). É interessante esse olhar e é fácil embarcar na história. A preparação foi fundamental. Nós, do núcleo dos congelados, nos preparamos separadamente do núcleo do século 21. Por exemplo, eu e o Nicolas gravamos muitas cenas juntos, mas fomos proibidos de nos preparar o juntos justamente para ter esse de olhar de “quem é você?” e estranhar tudo. A gente não sabia o figurino um do outro e isso foi interessante. Os congelados são questionados o tempo todo. Duvidam da veracidade deles, acham que estão inventando, que querem aparecer, que querem entrar no Big Brother (risos)… E eles não têm malícia. Marocas tem um conflito com Betina quando ela vem cheia de sarcasmo. Marocas não entende, leva tudo ao pé da letra. Tenho cenas muito boas com a Cleo. Marocas coloca a Betina em seu devido lugar por meio de seus valores, sem precisar elevar o tom de voz, sem xingar ou agredir. É muito interessante descobrir este universo que eu não tinha referência alguma.

QUEM: E existiu alguma preparação especial para o papel?
J.P.: 
Tive palestras sobre o século 19. E sobre o lance da criogenia, essa parte da ciência, é um passo à frente. Nos Estados Unidos, existem pessoas pagando para ser congeladas, é real. De um lado há os cientistas, liderada pelos personagem da Eva Wilma. Eles vão conflitar diretamente com o lado humanitário do Samuca. Ele sabe que essas pessoas têm com sentimentos estão assustadas e precisam de cuidado depois de serem descongeladas. A trama é muito bem amarrada. O texto do Mário é ótimo e o contraste é apaixonante, é o grande lance.

QUEM: Sente um peso ou uma responsabilidade maior por ser a protagonista da novela?

Continue reading

Crédito: Matt Winkelmeyer/Getty Images/AFP

André Sollitto

Logo na primeira vez em que foi indicada ao Emmy, principal prêmio da TV americana, a série “The Marvelous Mrs. Maisel”, produzida pela Amazon, conquistou os principais prêmios entre as comédias, incluindo o de melhor atriz para Rachel Brosnahan. Ela havia sido indicada em 2015 por seu trabalho em “House of Cards”, e apareceu em filmes menores. Com sua vitória, e o desempenho de “Mrs. Maisel” no Emmy, fica claro que os serviços de streaming podem desbancar os canais tradicionais de televisão. A HBO, no entanto, levou o prêmio de melhor drama com “Game of Thrones”.

istoe

Pauta antiga de entidades da área de direitos humanos, a informação sobre o número de pessoas em situação de rua no país deve continuar desconhecida após o Censo 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o instituto, o assunto é estudado pela equipe técnica, porém ainda sem previsão de inclusão no levantamento.

“Nossas pesquisas consideram apenas domicílios permanentes, e identificar pessoas em situação de rua exige um grande esforço de mobilização, em particular em países com grandes territórios, como o Brasil”, informa o IBGE.

De fevereiro a abril deste ano o IBGE abriu pela primeira vez uma consulta pública para que pessoas e instituições apresentassem sugestões de temas e perguntas para o questionário do Censo Demográfico 2020 por meio do Portal do IBGE.

A necessidade da contagem do número de pessoas que se encontram atualmente nessa condição é uma reivindicação principalmente de instituições e movimentos ligados ao tema, mobilizados em nível nacional. “A população em situação de rua tem pressa, tem uma urgência histórica de ser visibilizada nessa pesquisa”, ressalta Manuel Torquato, representante da Campanha Nacional Criança Não é da Rua, do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda).

Continue reading

Dentre os signatários estão Maria Alice Setúbal, acionista do Itaú, o economista Bernard Appy, Guilherme Leal, sócio da Natura, e o músico Caetano Veloso.

São Paulo – Um grupo que inclui artistas, advogados, ativistas e empresários articula um manifesto contra a candidatura de Jair Bolsonaro. O documento intitulado “Pela democracia, pelo Brasil” não indica apoio à candidatura do PT nem de qualquer um dos adversários do deputado, mas afirma ser necessário um movimento contra o projeto antidemocrático do candidato do PSL.

“É preciso dizer, mais que uma escolha política, a candidatura de Jair Bolsonaro representa uma ameaça franca ao nosso patrimônio civilizatório primordial. É preciso recusar sua normalização, e somar forças na defesa da liberdade, da tolerância e do destino coletivo entre nós”, diz o texto.

O documento diz que o País já teve em Jânio Quadros e Fernando Collor de Mello “outros pretensos heróis da pátria, aventureiros eleitos como supostos redentores da ética e da limpeza política”, mas que acabaram levando o Brasil ao “desastre”.

“Nunca é demais lembrar, líderes fascistas, nazistas e diversos outros regimes autocráticos na história e no presente foram originalmente eleitos, com a promessa de resgatar a autoestima e a credibilidade de suas nações, antes de subordiná-las aos mais variados desmandos autoritários”, diz outro trecho do manifesto.

Continue reading

Sophia Abrahão

Sophia Abrahão escolheu um look chamativo e marcante para começar o final de semana. Plena, a apresentadora destacou ótima forma em um macaquinho modelado. Para completar, ela ainda usou bolsa e sandálias douradas.

“Vamos dar o start no final de semana? Tô in love por esse look total. É um macaquinho lindo e que cai muito bem no corpo!”, disse a estrela ao legendar o registro compartilhado nas redes sociais.

Fotos: Ricardo Stuckert

247 – Num comício com milhares de pessoas em Montes Claros (MG), na noite desta sexta (21), Fernando Haddad declarou que será o advogado de Lula até que ele seja inocentado nos processos que lhe são movidos por perseguição política. Haddad também apontou o tamanho da tarefa dos próximos 15 dias: “Temos 15 dias para convencer as pessoas que o Brasil pode voltar a ser feliz. Nós estamos vivendo uma crise política que só pode ser superada na urna. É o povo que vai libertar o Brasil de seus algozes”

Estavam ao lado dele no palanque no bairro de Santos Reis, na periferia de Montes Claros, a ex-presidente Dilma Rousseff, candidata ao Senado, e do governador Fernando Pimentel, candidato à reeleição. Os três fizeram campanha juntos  mais cedo em Ouro Preto e Betim.

“Estou sempre visitando o presidente Lula [na prisão], porque eu sou e continuarei sendo, entre outras coisas, o advogado dele. E sei que toda semana ele recebe um líder mundial, personalidades que vêm de várias partes do mundo prestar solidariedade dele”, disse Haddad.

Ele ainda afirmou no comício que “podem ter prendido o líder, mas não podem prender a ideia”. “Não adianta prender o Lula, porque tem milhões de Lulas espalhados pelo o Brasil. Nos queremos o Brasil de volta para os brasileiros”. E repetiu o bordão da campanha: “Lula e Haddad e Haddad é Lula”.

Haddad acusou o golpe de 2015/16 pela tragédia social do país: “A população não pode esquecer do Golpe que tirou do pobre o acesso a educação e ao desenvolvimento”.

brasil247

Reprodução/Play Plus

 

Ana Paula Renault conversa com Felipe SertanejoImagem: Reprodução/Play Plus

Em conversa com Nadja Pessoa e Felipe Sertanejo, na noite deste sábado (22), Ana Paula Renault falou que sua personalidade naturalmente explosiva atrapalha ela em algumas discussões.”Eu nunca explodo do nada. Mas como eu sou uma pessoa que me coloco de maneira muito forte, a outra pessoa, mesmo errada, acaba saindo de coitada. Mas eu não sou uma pessoa irracional, eu sempre tenho um motivo para explodir por alguma coisa”, garantiu Ana Paula, que comentou que seu namorado apoia e respeita sua personalidade.”Ele sabe que eu sou assim e que gosto de me posicionar, então ele não interfere. Óbvio que se ele acha que eu estou errada, ele dá a opinião dele e conversamos. Mas a gente briga muito pouco, por exemplo, ele é uma pessoa muito justa”, completou a jornalista.

Wallace Barbosa/AgNews

Gleici Damasceno e Wagner Santiago são apresentados na quadra da Paraíso do Tuiuti, no Rio de JaneiroImagem: Wallace Barbosa/AgNews

Do UOL, em São Paulo

22/09/2018 07h40

A campeã do “BBB18” Gleici Damasceno foi apresentada ao lado do namorado Wagner Santiago na quadra da Paraíso do Tuiuti na noite de sexta-feira (21).

O casal formado na última edição do reality show vai desfilar como destaque em uma das alegorias da escola de samba que foi vice-campeã do Carnaval 2018 no Rio de Janeiro.

Natural de Rio Branco, no Acre, Gleici está morando no Rio de Janeiro com o namorado. A ex-BBB já contou que está se preparando para o Carnavalfazendo aulas de samba com passistas da agremiação que a convidou para desfilar no Carnaval de 2019.

A Paraíso do Tuiuti – que em 2018 deu o que falar ao levar para o sambódromo vestido como uma versão vampiresca do presidente Michel Temer – irá  apresentar o enredo “O Salvador do Pátria”, sobre a história do bode iôiô, que foi eleito vereador em Fortaleza.

Wallace Barbosa/AgNews
Campeã do BBB18, Gleici Damasceno é apresentada na escola de samba Paraíso do Tuiuti, no Rio de Janeiro

Ipea confirma tendência de dificuldade de retorno ao mercado de trabalho

(FOTO: MARCELLO CASAL JR/AGÊNCIA BRASIL)
Brasília – As mulheres, parte da população da Região Nordeste, pessoas com baixa escolaridade, jovens adultos (de 18 a 24 anos) e pessoas que não são chefes de família são os grupos sociais que mais desistem de ingressar no mercado de trabalho ou retornar alguma ocupação para ter renda.  
O fenômeno, chamado de desalento pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é confirmado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. O Ipea publica nesta quinta-feira (20) estudo que avaliou os microdados extraídos da Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), feita pelo IBGE, relativos ao 2º trimestre de 2018. No período, 4,833 milhões de pessoas desocupadas deixaram de procurar trabalho, 203 mil mais do que no trimestre anterior. O Ipea observa que dessas, 59% moram no Nordeste, 54,3% são mulheres, 50% não concluíram o ensino fundamental e quase 70% não são chefes de família.  A taxa de desalento considera as pessoas que não procuraram emprego nos 30 dias antes de responder à Pnad. Apesar de menos afetados pelo desalento, a proporção de homens nessa condição aumentou em um ano, entre o 2º trimestre de 2017 (44,1%) e 2º trimestre de 2018 (45,3%).  Entre os dois períodos também cresceu a proporção de pessoas qualificadas que, apesar do desemprego, desistiram de buscar uma ocupação. Esse é o caso de quem tem nível superior (aumento da taxa de desalento de 4,8% para 5,3%) e de quem tem o ensino médio (de 21% para 22,8%).  Além da observação entre os períodos, o Ipea comparou o perfil das pessoas desalentadas com o perfil da população em idade ativa (PIA). “Pelo perfil etário, observa-se que, enquanto os jovens entre 18 e 24 anos representam 15% da PIA, eles correspondem a aproximadamente 25% dos desalentados”, descreve o estudo. (Agência Brasil)

Carol Nakamura e Márcio Kieling no Todo Seu
Carol Nakamura e Márcio Kieling no Todo Seu (Divulgação/ TV Gazeta)

No Todo Seu desta sexta, 21/09, tem uma aula sobre a cachaça e a produção dessa bebida que é paixão nacional – sendo a brasileira considerada a melhor do mundo! O empresário e mestre alambiqueiro Leandro Dias conta a origem dessa bebida. E as variações que existem e a forma correta de degusta-la.Ele ainda produz no ar uma cachaça artesanal com um mini alambique. Tem ainda um bate-papo sobre a interferência da internet e das redes sócias nas relações amorosas. Os atores Carol Nakamura e Márcio Kieling dão bons motivos para você viver a realidade mais longe do mundo virtual.A cantora Fernanda Takai conta um pouco sobre seu ecletismo e revela as suas influências musicais numa matéria especial. E, falando em música, tem ainda o sol do cantor e compositor Jão.Nos últimos meses, figurou na seleta lista das 50 músicas mais tocadas do país. Ele e caiu nas graças das principais celebridades brasileiras e já é considerado um dos nomes mais promissores do pop em 2018. O TODO SEU é nesta sexta, 21/09, às 22h30, pela TV Gazeta. O TODO SEU desta terça, 28/08, viaja à Escandinávia e desvenda a milenar cultura dos povos vikings.

Das conquistas marítimas e guerras sangrentas aos hábitos frugais de higiene e rotina Ronnie Von investiga velhos mitos sobre esses povos. Com a ajuda do escritor e pesquisador Thiago Brito, especialista em cultura nórdica.Na Gastronomia, a chef de cozinha Denise Guerschman conta sua experiência de oito anos vivendo na Noruega. E prepara um autêntico salmão curado e defumado com purê de cogumelos e alho poró – um prato preparado milenarmente.

observatoriodatelevisao

Aécio deixa mansão e vai para imóvel funcional

Disposto a mudar de Casa no Congresso, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que tenta uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições de outubro, também pretende trocar seu endereço residencial em Brasília. Ele se mudará com a família, no próximo mês, de uma casa de cerca de 2.500 metros quadrados no Lago Sul, bairro de classe média alta da capital federal, para um apartamento funcional.

Segundo a assessoria de imprensa do senador informou ao Estadão/Broadcast, Aécio decidiu se mudar porque o contrato de aluguel com a empresa dona da casa, a SN Investimentos e Participações Imobiliários, está perto do fim. A assessoria do tucano não informou o valor do aluguel, mas um casa na mesma região custa, por mês, entre R$ 5 mil e R$ 10 mil por mês. De acordo com reportagem do site Metrópoles, de Brasília, Aécio paga R$ 25 mil de aluguel.

O salário bruto do senador é de R$ 33,7 mil mensais, e, com os descontos tributários, ele recebe R$ 22 mil. Conforme dados públicos do Senado, Aécio nunca usou verbas do auxílio-moradia a que tem direito, de R$ 5,5 mil, para custear o aluguel do imóvel. A casa atual, que fica próxima ao Lago Paranoá, tem um grande jardim e piscina. Logo na entrada, há uma escultura do artista gaúcho Clésius Coser. Já os apartamentos funcionais do Senado têm entre 250 e 300 metros quadrados e os prédios não possuem área de lazer.

Aécio se mudou para a casa no Lago Sul em 2015, quando levou sua mulher e os dois filhos para morar em Brasília. Antes, eles moravam no Rio, e o senador ocupava um dos apartamentos do Senado.

Ao se mudar para o apartamento do Senado, Aécio pode evitar ter de entrar em uma longa fila de espera. Isso porque existem hoje 86 deputados que aguardam por uma vaga. A Câmara dos Deputados e o Senado, no entanto, mantêm um intercâmbio entre si que permite aos parlamentares permanecerem nos imóveis funcionais em que residem mesmo se trocarem de Casa Legislativa.

Desgaste

Enfraquecido politicamente desde que teve conversas com o empresário Joesley Batista, do Grupo J&F, divulgadas, Aécio enfrentou resistências internas no PSDB para se lançar candidato à reeleição no Senado e acabou optando por tentar uma vaga na Câmara.

O tucano é réu no Supremo Tribunal Federal no caso J&F por corrupção passiva e obstrução da Justiça e investigado em outros inquéritos na Corte. Ele nega irregularidades. A casa em que mora chegou a alvo de buscas em maio do ano passado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Sandy e Lucas Lima
Sandy e Lucas Lima

(FOTO: Reprodução/Gshow)

A cantora Sandy e seu marido Lucas Lima comemoraram do melhor jeito seu aniversário de dez anos de casamento: viajando alguns dias pela Itália. Na ocasião, os pombinhos passaram por Roma e Veneza.

Nesta quinta-feira (20), a famosa postou um clique em seu Instagram:“Chegando hoje de uma viagem linda e romântica por Veneza e Roma. Melhor jeito de comemorar os 10 anos de casados não teria”, disse na legenda, onde o casal aparece sorridente.

Os dois, que são pais de Theo, fizeram aniversário de casamento no último dia 12, e usaram as redes sociais para mostrarem seu amor um pelo outro: “E mesmo quando me descuido, me desloco, me deslumbro, perco o foco, perco o chão e perco o ar, me reconheço em teu olhar que é o fio pra me guiar de volta. Dez anos. DEZ!!!! Te amo, amiga, parceira, namorada”, postou Lucas.

observatoriodosfamoso

Crédito: Reprodução/Facebook

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, internado em unidade semi-intensiva, passou por um procedimento para drenagem de líquido que estava ao lado do intestino, segundo boletim médico divulgado nesta tarde pelo Hospital Israelita Albert Einstein, onde ele está sendo tratado desde o último dia 7. Após constatar uma elevação de temperatura para 37,7ºC, os médicos fizeram uma tomografia de tórax e abdômen em Bolsonaro. Os exames mostraram “pequena coleção de líquido ao lado do intestino”, o que levou ao procedimento. Neste momento, ele está com dreno no local e evolui sem dor.

Bolsonaro continua recebendo dieta líquida por via oral com boa aceitação associada à nutrição endovenosa.No último domingo (16), o candidato recebeu alta dos tratamentos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), quando passou a receber cuidados semi-intensivos. Ele estava na UTI desde a quarta-feira (12) da semana passada, quando foi submetido a uma cirurgia de emergência para tratar uma aderência que obstruía o intestino delgado. Antes das complicações, os médicos haviam começado a reintroduzir a alimentação por via oral.

Bolsonaro recebeu uma facada durante ato de campanha no último dia 6, em Juiz de Fora (MG). Após ter sido atendido na Santa Casa da cidade, onde chegou a passar por uma cirurgia, ele foi transferido, a pedido da família, para o Hospital Albert Einstein, na capital paulista, na manhã do dia 7.

istoe

Paolla Oliveira
Paolla Oliveira

Paolla Oliveira posou plena no jardim ao lado de seu pet na manhã deste domingo (16). A atriz destacou beleza e boa forma em um clique pra lá de produzido e recebeu chuva de elogios dos fãs.

“Linda e maravilhosa”, disse um fã. “Mulher mais bonita do Brasil!!!”, falou outra. “Linda Paola, uma das atrizes mais lindas e simpáticas. Você é um sucesso”, destacou terceira admiradora da famosa.Paolla tem deixado sua felicidade em evidência em cliques na web. Namorando o diretor de TV Rogério Gomes, a estrela recentemente esteve em Lisboa, Portugal, curtindo férias com o amado.

observatoriodosfamosos

247 – A pesquisa do Datafolha, divulgada no exótico horário de meia-noite, na virada desta quarta para quinta (20), apresentou a mesma tendência da pesquisa do Ibope da véspera: Bolsonaro cresce pouco, Haddad cresce aceleradamente e Ciro, Alckmin e Marina estão estagnados ou em queda. Mas o fato de o número do Datafolha para Haddad ter sido menor, na margem de erro (19% a 16%), foi o suficiente para que a Globo e a Folha iniciassem uma campanha agressiva de ataques a Haddad e de estímulo a Ciro, com o objetivo de atacar seu inimigo jurado, o PT, e criar uma alternativa a ele -Ciro- com a vantagem extra de dividir o campo progressista.

” A imprensa deve ser imparcial, e não ficar tomando partido, é um erro para os meios de comunicações  ficarem tendenciosas. isto só faz prejudicar” 

A manobra foi explícita. A manchete da Folha de S.Paulo desta quinta rompe o pamrão histórico do jornalismo do diário dos Frias de apresentar os números das pesquisas do Datafolha para um título interpretativo: “Bolsonaro vai a 28% e Haddad, a 16%; Ciro lidera no 2º turno, mostra Datafolha”. A manchete é um fenômeno, observou Leonardo Attuch, editor do 247, no programa Bom Dia 247: “A Folha pescou o dado do terceiro colocado na pesquisa, que não vai ao segundo turno, para inventar uma eleição que não existe, com objetivo de atacar o Haddad”.

O Globo levou a manobra ainda mais longe, ao lançar um título quase inacreditável na história das pesquisas:Datafolha: Ciro Gomes lidera como segunda opção de voto”. Os Marinho estão dispostos a tudo para evitar o PT no segundo turno, mesmo a custo, conforme observou o analista Breno Altman em entrevista na TV 247 na manhã desta quinta, “de encamparem Ciro, um candidato que não gostam, no qual não confiam”.

Para Breno, a manobra tem pouca chance de sucesso, porque “segundo o próprio Datafolha, Ciro está estagnado e Haddad não chegou ainda ao auge do processo de transferência de votos”. É uma manobra desesperada, para tentar evitar o segundo turno PT versus antipetismo, no qual o PSDB será substituído por Bolsonaro. 

Com este objetivo, a imprensa conservadora tem operado para criar conflitos entre Haddad e Ciro para dificultar o que é certo: uma aliança entre os dois no segundo turno, como aconteceu em 1989, quando Brizola apoiou Lula depois de um primeiro turno recheado de conflitos entre ambos. Além disso, o objetivo é criar confusão e dissensões no próprio campo petista, o que foi feito nos últimos dias ao inventar a história de que Haddad teria negado dar indulto a Lula como se fosse quase uma traição ao ex-presidente, quando esta é a posição do próprio Lula. 

O jornalista Fernando Brito observou um dos momentos mais cômicos da operação de distorção das pesquisas encenada na madrugada desta quinta pela jornalista Renata Lo Prete no Jornal da Globo:

“Disse ela que ‘a principal diferença entre este Datafolha e o Ibope que nós mostramos ontem é a distância entre Haddad e Ciro, mais estreita na pesquisa de hoje’ , seguida de uma penca de ressalvas sobre  data do campo e metodologia. Mas, afirma ela, ‘vale a pena observar’. ‘Na de ontem, Haddad, já aparecia isolado em segundo lugar; na de hoje, Ciro Gomes aparece em empate com ele’.

Vejam que maravilha: usando-se a diferença de um dia entre pesquisas, sugere-se que o candidato que cresceu – segundo o próprio levantamento, 0,5% ao dia em seis dias e saiu de um empate numérico com outro (que não cresceu absolutamente nada) para uma vantagem de 3 pontos foi, pela narrativa, ‘alcançado’ em 24 horas pelo que ficou parado ao longo de três pesquisas!”

Entenda as diferenças entre votos brancos e nulos e seus efeitos segundo as regras eleitorais brasileiras

  • Lucas Baldez
Lucas Baldez
Uma eleição é anulada quando há mais de 50% de votos nulos? A resposta é não. De acordo com as regras eleitorais brasileiras, para a contagem dos votos dos candidatos, excluem-se os votos nulos e brancos. Por isso, contam-se apenas os “votos válidos”, aqueles dados aos candidatos participantes do pleito.
Na imagem, seis candidatos à Presidência da República: Jair Bolsonaro (PSL), Geraldo Alckmin (PSDB), Fernando Haddad (PT), Marina Silva (REDE), Ciro Gomes (PDT) e Henrique Meirelles (MDB)
Na imagem, seis candidatos à Presidência da República: Jair Bolsonaro (PSL), Geraldo Alckmin (PSDB), Fernando Haddad (PT), Marina Silva (REDE), Ciro Gomes (PDT) e Henrique Meirelles (MDB)

Foto: Nacho Doce/ Paulo Whitaker/ Leonardo Benassatto/ Adriano Machado / Reuters

Em época de eleições, sempre surgem correntes defendendo o voto nulo como forma de protesto. Geralmente, propaga-se a ideia de que, se os nulos somarem mais da metade dos votos na urna eletrônica, o pleito deve ser anulado e a Justiça Eleitoral é obrigada a convocar novas eleições. “É um boato que aparece em toda eleição”, diz a advogada eleitoralista Paula Bernardelli.

Mas há algum caso em que uma eleição pode ser anulada? A resposta aqui é sim. Segundo a especialista, se um candidato tiver o registro de candidatura cassado depois de ser eleito, seus votos são anulados e a eleição deve ser refeita. O mito sobre o suposto poder do voto nulo se dá, segundo ela, devido a uma interpretação equivocada do artigo 224 do Código Eleitoral, que usa o termo “nulidade” para explicar a anulação do pleito por votos cassados.

Depois de conversar com a advogada eleitoralista, o Terra selecionou as principais dúvidas sobre votos nulos e brancos e explicou em que casos uma eleição pode, de fato, ser anulada. Confira abaixo:

Por que existe voto branco e nulo?

Quais são as diferenças entre votos nulos e brancos?

O que a urna traz é a opção do voto branco. O eleitor que não deseja votar em nenhum candidato pode simplesmente pressionar a tecla “Branco” e depois confirmar. Para votar “nulo”, é preciso digitar um número que não seja de nenhum candidato registrado no pleito. Este voto era visto como um erro do eleitor na hora de escrever (na época do voto em papel) ou digitar (na urna eletrônica). Segundo a advogada eleitoralista, é difícil mensurar a proporção de erros de digitação e de “nulos conscientes”. Porém, ela acredita que a maioria deseja de fato anular o voto.

Ideologicamente, também há uma diferença entre os dois. O voto branco indicaria que o eleitor aceita que qualquer um dos candidatos seja eleito. O voto nulo, por outro lado, seria uma manifestação de que ele não se sente representado por nenhum candidato.

Urna eletrônica brasileira
Urna eletrônica brasileira

                                                     Foto: Willian Moreira / Futura Press

Votos brancos vão para o candidato com mais votos?

Não. Antigamente, nas votações com cédulas, os papéis deixados em brancos, que configuravam este tipo de voto, podiam ser alvos de fraude. Ou seja, poderiam, de maneira irregular, ser preenchidos com o número de algum candidato. Porém, os votos em branco nunca foram contabilizados para candidatos em decorrência do processo regular de apuração.

Votos nulos podem anular uma eleição?

Não. Como foi dito no início do texto, os votos nulos não podem cancelar o resultado de uma eleição realizada. Eles servem apenas para contabilizar o total de votos. Mas o que realmente vale para a eleição são os “votos válidos”, ou seja, aqueles dados aos candidatos na disputa.

Quando uma eleição pode ser anulada?

O artigo 224 do Código Eleitoral determina que, quando um candidato eleito tem o registro cassado pela Justiça, seus votos são anulados e o tribunal eleitoral competente deve convocar novas eleições a serem realizadas entre 20 e 40 dias após a decisão.

Em cidades com menos de 200 mil habitantes, não existe segundo turno nas eleições municipais. Antes da minirreforma eleitoral de 2015 (Lei 13.165), caso o vencedor tivesse o registro cassado, o segundo colocado do pleito assumia o cargo. Com a mudança da regra, que já valeu nas eleições de 2016, não há mais a possibilidade de o segundo herdar a vaga. Por isso, são convocadas novas eleições em todos os casos de cassação de registro.

O candidato com registro cassado fica impedido de concorrer novamente. Já os demais postulantes podem participar normalmente do segundo pleito.

terra

Viviane Araújo
Viviane Araújo 

Aos 43 anos, a atriz Viviane Araújo mostrou que ainda está com tudo em cima! Na última segunda-feira (17), a musa postou uma foto vestindo top e shorts, exibindo sua ótima forma.

“Boa noite meus amores! Vocês repararam que dei uma secada nesse último mês. Abdômen sequinho. Isso é culpa da minha consultora fitness Vanessa Rangeli, com seu Detox Turbo”, escreveu na legenda, exibindo sua barriga super definid

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
CLIQUE AQUI e fale com os ministros, fiquem de OLHO bem aberto alguma informação entre em contato com os ministros.

CLIQUE AQUI e veja receita e despesa do seu municípios.

Aqui você encontra informações sobre a aplicação do dinheiro público nos municípios e no estado de Pernambuco.

Zé Freitas no Facebook

Zé Freitas no Twitter
Parceiros