Lojas Surya
Óticas Olhar Brasil
Farias Calçados

Lojas Surya
Supermercado
Natália Calçados

Seg Vida
 

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

Monthly Archives: fevereiro 2019

1 8 9 10

O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) demonstrou habilidade política para se eleger com facilidade pela terceira vez presidente da Câmara dos Deputados, sob a promessa de atuar pela estabilidade política e pelas reformas prioritárias caras ao governo de Jair Bolsonaro.

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ)
17/10/2017
REUTERS/Adriano Machado
Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) 17/10/2017 REUTERS/Adriano Machado

Foto: Reuters

Maia, que concorria com outros seis candidatos, conseguiu vencer a corrida pelo comando da Câmara, nesta sexta-feira, já no primeiro turno, e sai da disputa com considerável força política.

O parlamentar conquistou 334 votos, uma enorme vantagem sobre o segundo colocado, Fábio Ramalho (MDB-MG), que teve 66 votos, e mesmo sobre os 257 votos necessários para carimbar a reeleição no primeiro turno.Como esperado, houve algumas infidelidades entre os partidos que compunham os dois blocos de apoio com mais de 400 deputados. Ainda assim, o resultado garantiu uma expressiva margem de votos que podem ajudá-lo na condução dos trabalhos da Câmara. Maia foi o único candidato a concorrer por indicação de seu bloco, os outros seis nomes entraram na eleição de maneira avulsa. No Twitter, Bolsonaro parabenizou Maia pela vitória, e lembrou a importância que o cargo tem.”Parabenizo o deputado Rodrigo Maia pelo resultado obtido na eleição da presidência da Câmara, fato que caracteriza o respeito à democracia e a independência dos Poderes. Este cargo é de extrema responsabilidade para conduzir a votação dos projetos que o brasileiro tanto almeja”, disse Bolsonaro nas redes sociais. A deputada federal mais votada em outubro, Joice Hasselmann (SP), do PSL do presidente, ressaltou a convergência entre Maia e os aliados de Bolsonaro.”Ninguém está aqui trocando juras de amor e nem de ideologia. A gente está pautado em uma agenda econômica e o Maia está conosco nessa agenda para aprovar a reforma da Previdência”, disse.

Mais cedo, antes da eleição, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão já havia dito que a reeleição de Maia seria boa para o governo –a candidatura, aliás, contou com o apoio do PSL de Bolsonaro– e lembrou do compromisso do deputado com as reformas.

DIÁLOGO E MODERNIZAÇÃO

De perfil liberal, Maia tem sido ao longo dos anos um defensor das reformas e não deixou de tocar no assunto no discurso a deputados pouco antes da votação. O parlamentar afirmou que as reformas não são “simples”, mas “necessárias” e relatou ter visitado “quase todos” os Estados do país e ter ouvido queixas de governantes, de todas as vertentes partidárias, sobre a fragilidade das contas públicas. Opção mais moderada do que os aliados do governo Bolsonaro, para parte da esquerda, e fiador de uma desejada estabilidade, o democrata também aproveitou para bater novamente na tecla da abertura ao diálogo, apesar das críticas de Ramalho, que o acusou de manter “portas fechadas” aos deputados. “A presidência da Câmara precisa de um presidente que tenha experiência, que tenha equilíbrio, mas principalmente que garanta o diálogo”, disse o deputado. Foi com essa tese que Maia angariou em torno de si forças potencialmente rivais: do PSL de Jair Bolsonaro ao PCdoB.MDepois de eleito, visivelmente emocionado –chegou a chorar quando mencionou o pai, o ex-prefeito do Rio de Janeiro César Maia– o deputado agradeceu os demais candidatos, elogiou o que considerou “uma aliança partidária muito bonita”, e prometeu atenção a todas as correntes políticas. “Teremos muitos desafios… A Câmara que é a Casa do povo, vou repetir essa palavra mais uma vez, ela precisa de modernização, modernização, modernização”, discursou o presidente reeleito da Casa. “Precisamos comandar as reformas de forma pactuada junto com todos os governadores e prefeitos de todos os partidos políticos.”

SANTINHOS

Continue lendo

Janeiro de 2019 entra para a história climática de Porto Alegre como um dos meses mais quentes já observados pelo menos desde 1988.  Não foi possível fazer uma pesquisa mais ampla por causa de falhas no banco de dados público do Instituto Nacional de Meteorologia. Alguns recordes calor de peso foram registrados considerando as medições diárias feitas pelo INMET.

Madrugada muito quente

madrugada do dia 31 foi a quarta mais abafada em 31 anos! O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 26,8°C de temperatura mínima na capital gaúcha. Esta temperatura mínima ficou entre 5 mais elevadas em Porto Alegre no período de 1988 a 2019.

10 maiores temperaturas mínimas em Porto Alegre de 1988 a 2019

Continue lendo

Robério Sá

247 – A vereadora do Recife Marília Arraes (PT) eleita deputada federal, lembrou os 300 dias da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e criticou a condenação dele, acusado de receber propina um apartamento de R$ 3,7 milhões da OAS como propina em troca de favorecimentos à empreiteira em contratos na Petrobrás.

“#300dias que Lula foi preso injustamente e sem provas. #300dias de perseguição política escancarada. #300dias de violação de direitos. #300dias de resistência e da pergunta sem resposta #CadêAProvaContraLula? Seguimos juntos até que a verdade prevaleça! #LulaLivre”, disse a parlamentar no Twitter.

Vale ressaltar que, ao apresentar a denúncia em setembro de 2016, o procurador Henrique Pozzobon admitiu que não havia “prova cabal” de que o ex-presidente seria o proprietário do apartamento. De acordo com o Instituto Lula, em 2005 a ex-primeira-dama Dona Marisa Letícia tornou-se associada à Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop) e adquiriu uma cota em um edifício então chamado Mar Cantábrico, nome que seria mudado para Solaris, após a OAS adquirir o prédio. Como fez com cada cotista, a cooperativa separou um imóvel para a então esposa de Lula diferente da unidade atribuída ao ex-presidente. O instituto disse que, também naquele ano, Marisa pagou R$ 20 mil de entrada e continuou a pagar as prestações do carnê até 2009, ano em que Bancoop conseguiu autorização judicial e transferiu o imóvel para a construtora – a cooperativa alegou problemas financeiros. Ainda em 2009, Marisa desistiu do apartamento e deixou de pagar as mensalidades da cota da Bancoop. O que já havia sido pago transformou-se em ativo para ser resgatado a qualquer momento. Lula também teve ordem de prisão emitida sem o esgotamento de todos os recursos judiciais.  Lula também teve ordem de prisão emitida sem o esgotamento de todos os recursos judiciais. 

.brasil247

STF | Reuters

Impedir Lula de dar o último adeus a seu irmão mais velho foi a maior demonstração de barbárie política que a turma do poder no Brasil deu até agora. Demonstram como são experientes na sevícia e na selvageria visando única e exclusivamente destruir a alma do homem que hoje estaria no Planalto se não tivesse sido condenado e encarcerado sem provas.

Passei o dia 30 de janeiro de 2019 acompanhando os noticiários sobre a morte de Genival Inácio da Silva, o Vava, irmão de Lula, que morreu dia 29. Ele e Frei Chico são considerados por Lula fontes preciosas de amor e de ensinamentos. Verdadeiros pais.

Li informações de vários jornalistas e juristas de que o direito de sair da prisão para velar pais, irmãos, ascendentes e descendentes está garantida pela Lei de Execuções Penais a qualquer brasileiro e que segundo Lênio Streck em artigo no DCM a Lula foi negado um direito que não se nega a ninguém há milênios no mundo. No Brasil, todos os presos que pediram para acompanhar velórios de parentes foram autorizados. As notícias apontam que 185 mil presos saíram para acompanhar enterros de entes queridos, durante o ano de 2018.

Me lembro da época em que D. Lidu, mãe de Lula, faleceu. Ele, preso durante a greve dos metalúrgicos, momento de muita efervescência sindical no país, estava encarcerado no temido DOPS, Departamento de Ordem Política e Social.Na ocasião, o delegado Romeu Tuma, chefe do DOPS, e mais tarde senador da República, mesmo sob o regime ditatorial, cumpriu a lei e levou Lula ao velório. O Tuma não teve medo de ninguém, garantiu o cumprimento da lei e os direitos de Lula.

O regime que aprisiona Lula hoje é pior do que qualquer ditadura. Hoje os fariseus, delegados, juízes e quem mais se mete no meio, se apequenaram ainda mais diante da Nação sob a alegação de que Lula não deveria sair porque haveria risco de resgate. Resgate por parte de quem? Lula sempre foi um cumpridor da lei. Se naquele tempo, com altíssimo nível de mobilização, os metalúrgicos não resgataram Lula, hoje, todos sabem, não existe clima para que isso aconteça. Essa alegação é resultado da instituição do cinismo na Justiça brasileira, no Ministério Público e nos tribunais, por parte de “justiceiros” que não fazem justiça, mas tem medo da força de Lula. As prisões brasileiras estão cheias de bandidos com celulares funcionando para comandar o tráfico e outras barbaridades, mas os justiceiros não parecem se incomodar com isso. São medrosos, covardes! O que mais assombra os homens de bem deste país, é constatar que nem o presidente da Suprema Corte, o ministro Dias Tóffoli respeita a Constituição. Teve tempo suficiente mas só liberou a permissão a Lula para se encontrar com a família depois que o enterro já estava acontecendo. O mais exdrúxulo é que ele sugeriu que o defunto – como se isso fosse fácil – fosse levado até uma unidade militar onde Lula estaria ainda encarcerado sem contato com o público. O que Tóffoli queria, na verdade, era submeter Lula a um vexame ainda maior. Que mecanismo seria esse? Obrigar um defunto a entrar num quartel? Com certeza Vavá não queria isso.

Esse governo como um todo transforma o Brasil em motivo de piada internacional: o presidente do STF manda um defunto visitar o irmão preso num quartel! E ainda quer transferir a responsabilidade do mico para a família. “No é Brasil????? . Lula se negou a fazer parte deste show macabro.

Dedico aos algozes de Lula trechos do Salmo 58 da Bíblia: “Será que vocês poderosos falam de fato com Justiça? Será que vocês homens julgam retamente? Não, no coração vocês tramam a injustiça e na terra as suas mãos espalham a violência… seu veneno é como veneno de serpente … quebra os dentes deles, ó Deus; arranca senhor as presas destes leões!… os ímpios serão varridos antes que suas panelas sintam o calor da lenha… os justos se alegrarão quando forem vingados, quando banharem seus pés no sangue dos ímpios. Então os homens comentarão: de fato os justos tem sua recompensa; com certeza há um Deus que faz justiça na terra”.

brasil247

1 8 9 10
Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Zé Freitas no Twitter
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
Parceiros