Lojas Surya
Ateliê Geilson
Supermercado
Lojas Surya Acessórios
Natura
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
 

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

Monthly Archives: maio 2019

Na Câmara dos Deputados, FNDE instrui assessores parlamentares sobre projetos de obras escolares

Mais de 60 assessores parlamentares de deputados e senadores participaram da capacitação que o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) promoveu nesta sexta-feira, 17, na Câmara dos Deputados, em Brasília. A ação faz parte do projeto Mais Brasil: FNDE em ação pela Educação no Congresso Nacional. Esta segunda edição teve como foco as obras de infraestrutura educacional financiadas com recursos da Autarquia, como quadras esportivas, unidades de educação infantil e escolas de ensino médio.

Na abertura do evento, o Secretário-Executivo do Ministério da Educação, Antônio Paulo Vogel, enfatizou a importância do diálogo entre o MEC, o FNDE e todos os atores envolvidos na execução dos programas educacionais nos estados e municípios, sobretudo para que os recursos repassados sejam melhores aproveitados. “Estamos aqui com técnicos e pessoas especializadas para ajudar a todos os senhores e, dessa maneira, a gente vai conseguir pegar recursos que já estão disponíveis, para que sejam, de fato, utilizados lá na ponta. A gente quer que isso dê resultado, não queremos deixar dinheiro empossado e parado dentro do FNDE”, disse o secretário, ao reforçar que o MEC tem como foco principal investir esforços na Educação Básica.

O secretário também destacou os projetos de capacitação e aproximação com os gestores que vêm sendo realizados pelo FNDE, dentro das ações do Mais Brasil. “Esse é o grande trabalho que o professor Decotelli tem feito com a sua equipe e eu realmente fico muito feliz em ver os resultados que começam a aparecer”, afirmou.

Para o presidente do FNDE, Carlos Alberto Decotelli, um dos objetivos da iniciativa é fazer com que os assessores não tenham dúvidas quanto ao que é a Autarquia, para que serve e como funciona, visto que é a responsável por programas essenciais para a educação brasileira, como o da alimentação escolar (PNAE), transporte escolar (Pnate e Caminho da Escola), distribuição de livros e materiais didáticos (PNLD), além das obras de construção de creches e escolas (Proinfância).

“Uma preocupação no Ministério da Educação é ratificar a estratégia de gestão especial que o ministro Abraham Weintraub tem implementado, para que nós tenhamos uma gestão que priorize a melhor entrega da responsabilidade do MEC frente à sociedade brasileira. Para isso, o FNDE está desenvolvendo outras alternativas de diálogo, de interatividade, de autocrítica e de perseguição ao que é prioritário para o desenvolvimento da educação no Brasil”, declarou o presidente.

Continue lendo

imagem sem descrição.
Confira os valores das transferências de recursos deste mês.

Neste dia 2 de abril de 2019 o Fundo Nacional da Saúde (FNS) divulga a transferência de R$ 5.321.306.287,81 para os recursos distribuídos entre os procedimentos ligados ao Piso de Atenção Básica Variável, aos Procedimentos de Média e Alta Complexidade (MAC), ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e às ações de assistência complementar dos estados e o Distrito Federal (DF). Confira abaixo o detalhamento dos pagamentos efetuados neste mês:

• Atenção à Saúde da População para Procedimentos No Mac – R$ R$ 3.373.122.135,83
• Piso de Atenção Básica Variável – PAB  –  Custeio de atenção à Saúde Bucal – Agente Comunitário De Saúde – Apoio à Manutenção dos Polos de Academia da Saúde R$ 977.781.346,31
• Assistência Financeira Complementar aos Estados, Distrito Federal e Municípios para Agentes de Combate às Endemias e Incentivo Financeiro aos Estados, Distrito Federal e Municípios para a Vigilância em Saúde – Despesas Diversas – R$ R$ 263.425.601,40
• SAMU – R$ R$ 92.185.415,06
• Piso de Atenção Básica Fixo – PAB FIXO – R$ 428.357.957,61 Total de Repasse R$ 5.321.306.287,81 Bilhões.
portalfns.saude

Cabelos lisos© Unsplash Cabelos lisos

Muitas pessoas procuram por maneiras de alcançar o tão sonhado efeito chapado no cabelo, mas não querem se submeter aos procedimentos químicos. É importante destacar que pessoas que já possuem fios lisos ou levemente ondulados podem alcançar esses resultados dessa maneira, sim. Entretanto, se você possui fios cacheados ou crespos provavelmente precisará recorrer a ferramentas de calor ou mesmo às químicas para alcançar os fios lisos, ok? Hoje falaremos apenas de métodos sem química e sem nenhuma fonte de calor, que são capazes de promover um efeito alinhado “escorrido” para os cabelos com tendência ao liso e até redução de volume para os fios com curvatura, porém, sem alisar. Se você curtiu, vem com a gente!

Alisamento caseiro vintage: se joga na touquinha da vovó!

Se você nunca ouviu falar, fica calma que a gente explica, migs! A touca no cabelo é um método muito antigo, da época das nossas avós e até mais longe, por isso o nome. Apesar de ser uma técnica que veio do passado, funciona super bem, viu? Bora conhecer!

1- Lave bem, hidrate e condicione o seu cabelo com os produtinhos que você costuma usar. Uma boa indicação é a linha completa Óleos Milenares de Maria Natureza.

2- Aplique um leave-in e deixe o cabelo secar naturalmente.

3- Depois de secos, use um óleo reparador nos fios para selar as cutículas e evitar o frizz.

4- Penteie muito bem o cabelo com uma escova macia.

5- Divida o cabelo pelo meio, escolha um dos lados e traga a parte de trás para frente, enquanto segura os fios frontais para o alto.

6- Prenda os fios que você trouxe de trás ao redor da parte frontal da sua cabeça usando grampos.

7- Faça o mesmo procedimento com a mecha do outro lado.

8- Sabe aquela mecha que ficou solta? É só passá-la em volta da cabeça também e prender com grampos, assim como as outras.

 9- Depois, coloque uma touca de tecido, ou uma meia-calça, deixando-a bem presa à cabeça.

10- Vá dormir e, quando acordar, retire a touca e os grampos com cuidado. Caso tenha feito durante o dia, lembre-se de deixar a touca por um longo período para que o efeito seja melhor.

Dicas: as mechas precisam estar bem rentes e bem presas à cabeça quando for realizar o procedimento, ok? Os dentinhos dos grampos também devem ficar sempre para baixo, evitando o cabelo marcado ao final do procedimento.

Hidratação com amido de milho: o alisamento caseiro que todo mundo ama

O amido de milho quando usado na hidratação das madeixas tem o poder de promover aquele efeito desmaiadíssimo. Isso porque, além de hidratar, dá brilho, selamento e maciez à cabeleira, é puro amor. Quer saber como fazer? Só vem!

1- Depois de higienizar bem os fios com o seu shampoo de costume e retirar o excesso de água do cabelo, está na hora da hidratação com amido de milho.

2- Escolha uma máscara de hidratação de sua preferência e aplique, mecha a mecha, do comprimento às pontas.

3- Deixe previamente pronto um mingau de amido de milho. Para preparar, basta colocar em uma panela algumas colheres do produto e misturar com um pouco de água (se o seu cabelo for oleoso) ou leite (caso seja ressecado). Ligue o fogo e mexa até engrossar. Desligue e deixe esfriar. Quando estiver morno, aplique sobre a máscara, também mecha a mecha.

4- Aguarde 30 minutinhos e enxágue bem com bastante água morna até retirar todos os resquícios da mistura.

5- Finalize com condicionador e enxágue novamente.

6- Para melhores resultados, aplique um defrizante antes de pentear os cabelos, nossa dica é o Defrizante Meu Liso Muito + Liso da Salon Line que também tem amido de milho na composição. Um arraso!

Alisamento caseiro com arroz: sim, você leu direito!

Essa receita combina farinha de arroz e clara de ovo que, juntos, fortalecem a raiz do fio e combatem o frizz, deixando o fio bem lisinho. Ah, também é uma ótima aliada contra a oleosidade em excesso. Vamos aprender como fazer?

1- Separe e bata uma clara de ovo com um garfo.

2- Misture-a em um recipiente com 5 colheres de farinha de arroz e mexa muito bem.

3- Divida o cabelo em mechas e aplique a mistura em cada uma delas, do comprimento às pontas.

4- Depois da aplicação, penteie os fios e prenda-os dentro de uma touca por uma hora.

5- Enxágue muito bem e lave com shampoo.

6- Depois de enxaguar, finalize com o condicionador, aguarde o tempo indicado na embalagem e enxágue mais uma vez.

Continue lendo

“Reafirmar a democracia como o governo faz, apesar de alguns percalços no seu entorno, é fundamental”, disse o presidente da Câmara

Brasília — Com o Congresso como um dos focos dos atos marcados para domingo, 26, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou nesta quarta-feira (22) o que chamou de posturas antidemocráticas de pessoas no entorno do governo e alertou que “o setor privado não investe em ditaduras”.

“Temos aí o exemplo da Venezuela”, disse. “Reafirmar a democracia como o governo faz, apesar de alguns percalços no seu entorno, é fundamental.”Durante palestra no evento Seminário Previdência, organizado pelo jornal Correio Braziliense, Maia cobrou do governo “como um todo” uma posição mais proativa com as reformas. “Esperamos que o governo gere menos distração daquilo que é fundamental”, disse.

As declarações ocorreram no dia seguinte à discussão pública com o líder do governo na Casa, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), motivada por críticas ao Legislativo.Maia acusou o governista de compartilhar mensagem, via WhatsApp, que associa negociações com parlamentares a sacos de dinheiro.Ao falar do assunto, Maia ironizou o rompimento. “Não posso romper com quem nunca tive relação. Não vou excluir ninguém, mas ele não faz parte do meu núcleo pessoal nem vai fazer.”Nesta quarta, após a discussão com Vitor Hugo diante de líderes partidários da Câmara, Maia evitou responsabilizar o presidente Jair Bolsonaro, mas disse que ele dá “sinais trocados”.

“A publicação é desrespeitosa, mas não foi só ele (Vitor Hugo). Tem secretários de alguns ministérios que também postaram e nós não vamos aceitar esse tipo de tratamento de alguns membros do Executivo e seus representantes em relação ao Legislativo”, afirmou.

Sobre as manifestações convocadas em favor do governo e de Bolsonaro, Maia disse que críticas “são sempre muito bem-vindas quando respeitam o estado democrático de direito”.

exame

Sérgio Moro lutava para seguir no comando do Coaf
Sérgio Moro lutava para seguir no comando do CoafFátima Meira
/Futura Press/Folhapress – 8.5.2019

A Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira (22), por 228 votos a 210 e 4 abstenções, a transferência do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) do Ministério da Economia para o Ministério da Justiça e Segurança Pública, comandado por Sérgio Moro.

Alguns partidos pretendiam colocar na estrutura nas mãos de Moro, conforme o texto original da MP (Medida Provisória) 870/19. O Coaf fazia parte do Ministério da Fazenda até o fim do governo Temer. A MP transferiu o órgão para o Ministério da Justiça, mas a comissão especial decidiu devolver o órgão para a equipe econômica e o colocou no Ministério da Economia.Na tentativa de manter o controle do órgão, Moro afirmava que a medida iria “fortalecer o combate à corrupção, à lavagem de dinheiro, ao crime organizado e ao financiamento ao terrorismo”. Durante a sessão que analisou o texto de reforma administrativa, o líder do governo, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), defendeu o retorno ao texto original apresentado por Bolsonaro. “O brasileiro elegeu um presidente coerente com as bandeiras de combate à corrupção, à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo. Não importa como outros países fazem, o Brasil tem de ter coragem de tomar uma decisão que vai ser seguida pelos outros”, disse Vitor Hugo.O líder governista se refere ao principal argumento dos que defendem o Coaf na Economia: o órgão tem trabalhado com excelência fazendo parte da equipe econômica.

O deputado Beto Pereira (PSDB-MS) destacou que foi o Coaf que deu início à Operação Lava Jato, por meio de um relatório sobre o doleiro Alberto Yousseff. “Em 21 anos de existência, o Coaf nunca foi acusado de ser um órgão partidário e muito menos um inerte: ele atua como um grande auxiliar nas investigações criminais sem perder o objetivo de fazer a investigação financeira”, declarou ele, que defendeu a manutenção do conselho no Ministério da Economia.

Continue lendo

aline riscado look 0119 400x800
DANIEL PINHEIRO / AGNEWS

Um novo estilo de calça parece ter caído de vez no gosto das famosas. Com aberturas feitas na região do quadril, onde geralmente ficam os bolsos, essas peças já conquistaram estrelas como Anitta e Cleo Pires, e agora a modelo Aline Riscado também entrou para o “time”. Ao marcar presença em um espetáculo de teatro, no Rio de Janeiro, a ex-bailarina do Faustão chamou atenção com um look casual que tinha o tal detalhe “vazado” da moda. Saiba mais sobre as peças e quanto custa copiar o visual da morena:

Deixando a pele sempre bronzeada à mostra, Aline compareceu ao evento com uma produção despojada de calça pantalona listrada em preto e branco e um body frente única amarelo de dois tons.

aline riscado look 0119 400x2600

O figurino poderia até passar despercebido, se não fosse por uma particularidade muito discreta na cintura da musa. Isso porque a calça da artista vinha com uma amarração no cós e parecia ter um recorte quadrado em um dos lados do quadril, exibindo o tecido amarelo do body que estava por baixo.

Curiosamente, a peça se tratava de um modelo que vem fazendo sucesso no meio fashion e já é conhecido como calça “sem bolso” ou calça “engana-mamãe”. Como o nome sugere, esse tipo de roupa apresenta partes vazadas na cintura, que deixam a pele do quadril ou o tecido da peça que está colocada por dentro visível.

De onde é o look e quanto custa?

No caso da dançarina, ela optou por um modelo de calça que faz parte do catálogo da marca carioca Loja Open. No site da grife, a peça é vendida pelo valor promocional de R$ 149,90. Combinando com a parte de baixo, Aline usou ainda um maiô como body que tem modelagem frente única e detalhe trançado bem no meio do abdômen. O modelo, que tem dois tons de amarelo, sai por R$ 89,40 no site da marca.

vix

Crédito: Reprodução

A deputada federal Tabata Amaral (PDT-SP) disse que vai processar o ministro da Educação, Abraham Weintraub, por danos morais. Em tumultuada sessão na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, 22, o ministro distribuiu comprovantes de que havia convidado a parlamentar para uma reunião no MEC, fato que ela havia desmentido. As cópias traziam telefones da deputada e da sua equipe, o que ela considerou constrangimento. “Não é uma atitude de ministro. Tenho vergonha de a gente estar aqui. Eu cobrando planejamento estratégico, com respeito, e o senhor me responder com isso, com imaturidade.”

Ela observou ainda que os comprovantes exibidos eram de convites feitos na gestão do antecessor de Weintraub, Ricardo Vélez Rodriguez. Procurada à tarde pelo Estado, a parlamentar, por meio da assessoria, disse estar numa reunião e impossibilitada de dar entrevista. Mas confirmou que irá procurar advogados para tomar as medidas judiciais cabíveis.

A sessão que recebeu Weintraub teve seu encerramento apressado por causa de confusão entre parlamentares. O tumulto começou quando a deputada que presidia a audiência, professora Marcivania (PCdo B-AP), questionou se o ministro estava disposto a ouvir representantes da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União Brasileira de Estudantes Secundaristas (UBES). O ministro negou. “Eu nunca fui filiado à UNE”, respondeu.

Continue lendo

hidratacao cabelos abacate 0619 400x800
AQUARIUS STUDIO/SHUTTERSTOCK

Independentemente do seu tipo de cabelo, uma hidratação regular protege os fios de agentes externos, como mudança de temperatura e poluição, e de processos estéticos que podem ser um pouco agressivos, como alisamento, descoloração e tintura. Os processos podem abrir as cutículas dos fios, fazendo com que água e nutrientes se percam, prejudicando a saúde e a aparência dos cabelos. Optar por uma boa hidratação caseira pode ser a solução para manter seus cabelos lindos sem gastar muito.

cabelo hidratacao banho 0319 400x800
PLPROD/SHUTTERSTOCK

Versões caseiras de hidratação para os cabelos são econômicas, contam com ingredientes simples, fáceis de serem encontrados e fontes de vitaminas e proteínas fundamentais para devolver a massa capilar. Hidratações capilares caseiras ainda são livres de agentes químicos, ou seja, raramente provocam reações alérgica ou de contato. Conheça alguns dos melhores métodos para hidratar os cabelos em casa:

babosa cortada ao meio 216 400x600
                                                                                LUKAS GOJDA/SHUTTERSTOCK

Hidratação com babosa

Remova o gel presente em 1 folha de babosa, misture com 1 colher de sopa de mel, 1 colher de sopa de azeite e 2 colheres de sopa de creme capilar neutro. Bata tudo no multiprocessador. Aplique no cabelo lavado com xampu, deixe agir por até 20 minutos e depois enxágue.

Hidratação com abacate

Em um recipiente, amasse bem a metade de um abacate, acrescente 1 colher de sopa mel e 1 colher de sopa de óleo vegetal e misture até ficar homogêneo. Aplique no cabelo úmido mecha a mecha, do comprimento às pontas. Deixe agir de 20 a 40 minutos, enxágue e lave o cabelo normalmente.

abacate mesa verde 0319 400x800

vix.com

A bolsa de palha dura, como a de Marina Ruy Barbosa, é hit no verão de 2019 â?? Foto: Reprodução / Redes SociaisA

Os detalhes dos looks de Marina Ruy Barbosa quase nunca passam despercebidos e não poderia ter sido diferente quando ela tirou férias e embarcou em uma viagem rumo à Grécia.

Por lá, a atriz chamou atenção com diversas roupas e acessórios que eram puro charme. Porém, combinando com os cenários paradisíacos do lugar, a ruiva usou uma peça em especial que já tem tudo para virar tendência no próximo verão brasileiro: a bolsa de palha.

Perfeito para a praia ou piscina, esse modelo de bolsa tem uma característica naturalmente artesanal que já fez muito sucesso no passado. Agora, o acessório volta à moda com um toque fashionista que está conquistando muitas famosas, principalmente fora do Brasil. Feita em diferentes tamanhos e formatos, a bolsa de palha pode ir muito além dos looks de praia. Isso porque ela já não se limita à versão “sacola”, que era muito comum nas feiras de rua. Assim como Marina Ruy Barbosa, é possível apostar em modelos redondos com alça bem comprida que vêm até com alguns “enfeites” extra, como pingentes, frufrus, chaveiros com pedraria e detalhes em couro ou tecido.

Famosas que usaram bolsa de palha

O modelo escolhido pela atriz, por sinal, também foi usado por ninguém menos que Beyoncé e é uma criação da marca brasileira WaiWai, que está se destacando no mundo inteiro justamente pelas bolsas feitas em vime. Chamada de “Balaio”, a peça custa R$ 1.750 e está à venda no site da grife em cores diferentes. Além dessa, outra bolsa de palha que já está bombando por aí é aquela com formato de uma cestinha. A influencer Camila Coutinho, por exemplo, apareceu com o acessório vertical em um recente passeio por Recife. Há ainda quem prefira bolsinhas em moldes mais tradicionais, que podem compor looks um pouco mais urbanos. Sem contar que o acessório de palha também funciona em produções quentinhas, com cara de inverno.

vix.com

Fátima Bernardes e William Bonner recebem salários muito diferentes (Foto: Reprodução)
Fátima Bernardes e William Bonner recebem salários muito diferentes
(Foto: Reprodução)

A Globo teve a maioria dos salários dos grandes nomes de sua lista de funcionárias divulgada e um fato chamou muita atenção. O valor que Fátima Bernardes ganha por mês é muito maior que o de William Bonner, seu ex-marido, que é editor chefe do maior telejornal do Brasil, o “Jornal Nacional” e isso, apesar de ser chocante para muitos, tem uma explicação. A apresentadora do “Encontro”, e ex do jornalista, faz parte do alto escalão dos salários e fica em segundo lugar na tabela, com seis dígitos na emissora, chegando a R$ 2 milhões. Ela só não fica em primeiro lugar porque Faustão consegue impressionantes R$ 4 milhões. William Bonner, por sua vez, atingiu o oitavo lugar na tabela, com menos da metade do salário de Fátima Bernardes. O jornalista do “Jornal Nacional” recebe ‘apenas’ R$ 650 mil e isso pode reduzir, já que a Globo planeja passar o facão nos valores de alguns desses grandes nomes do canal. O motivo para o jornalista receber menos que a apresentadora está totalmente relacionado ao fato de a área de notícias da emissora não receber verba de publicidade, por isso Fátima Bernardes, que já está há anos no entretenimento, tem a chance de ganhar muito mais que o ex.

O apresentador William Bonner no Jornal Nacional (Foto: Reprodução/Globo)
O apresentador William Bonner no “Jornal Nacional” (Foto: Reprodução/Globo)

 

O “Fofocalizando” divulgou durante o programa do SBT, nesta quarta-feira (22), que os cortes na Globo girarão em torno de 20% a 40% e serão calculados em cima dos salários fixos e não sob os percentuais de participação que cada artista tem nos merchandisings. Vale ressaltar que estão na mira da Globo, também, Ana Maria Braga, Luciano Huck, Faustão e Pedro Bial.As informações sobre corte nos salários de grandes estrelas já foram vazadas dentro da emissora e causou um forte rebuliço entre alguns contratados. A faca nos vencimentos milionários de medalhões do casting faz parte de um processo de readequação financeira que a Globo pretende realizar nos próximos meses, por isso nem Fátima Bernardes nem William Bonner ficarão isentos.Alguns contratados que estão próximos da renovação de contrato já foram procurados pela direção da emissora para discutir a redução salarial. A reportagem obteve a tabela dos salários de alguns apresentadores da Globo, incluindo os valores com merchandising referente o mês de abril, que a apresentadora do “Encontro” faz parte. Ela iniciou sua carreira na emissora em 1987 como repórter e ficou nacionalmente conhecida a partir de 1989 como apresentadora do Jornal da Globo. Para quem não sabe, o jornalista, como é de conhecimento de todos, é responsável pelo “Jornal Nacional”. Noticiário mais importante do país, o JN sustenta a fama que carrega, de ser o informativo mais completo entre os demais, devido a um grande esforço nos bastidores.

otvfoco

Folha Vitória
Folha VitóriaFolha Vitória

Em um informe divulgado nesta quarta-feira (22), em Genebra, na Suíça, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que ao menos 5 bilhões de pessoas em todo o mundo convivem com os riscos de desenvolver doenças associadas ao uso das gorduras trans industrial. Segundo a entidade, o ingrediente industrial causa cerca de 500 mil mortes a cada ano. Presentes principalmente – mas não só – em produtos industrializados como sorvetes, margarina, cremes vegetais, batatas fritas, salgadinhos de pacote, bolos, biscoitos e gorduras hidrogenadas, as gorduras trans são um tipo de gordura que se forma por um processo natural ou industrial que transforma óleos vegetais líquidos em gordura sólida. Usadas para melhorar a consistência dos alimentos e para aumentar o prazo de validade de alguns produtos industriais, as gorduras trans podem causar o aumento do colesterol total e do colesterol ruim (LDL).

Segundo a OMS, alguns países estão adotando medidas para restringir o uso das gorduras trans, mas é preciso fazer muito mais. “O impulso para a eliminação global da gordura trans produzida industrialmente está crescendo, com quase um terço da população mundial já protegida, em 28 países”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

“Mas mais de dois terços da população mundial ainda carece de proteção contra a gordura trans industrial em seus alimentos”, acrescentou Ghebreyesus, afirmando que a OMS está pronta para apoiar as Nações em seus esforços para eliminar as gorduras trans.

De acordo com a organização, o Brasil figura ao lado de outros 25 países que adotam medidas para incentivar os consumidores a fazer escolhas mais saudáveis em relação aos alimentos e bebidas industrializadas. Estão nesse grupo de países que, segundo a OMS, promovem uma dieta saudável a fim de prevenir a obesidade e doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) relacionadas à má alimentação Bélgica, China, Espanha, França, Suécia, Reino Unido, entre outros, como os sul-americanos Bolívia, Paraguai e Uruguai.

O monitoramento global indica que são os países com maior renda são os que têm liderado os esforços políticos para que as gorduras trans sejam erradicadas. Nenhum país de baixa renda e apenas três países de renda média-baixa (Índia, Quirguistão e Uzbequistão) têm políticas anti-gorduras trans.

Continue lendo

O MEC receberá R$ 1,5 bilhão e o MMA, R$ 56 milhões

Ana Volpe/Agência Senado

A equipe econômica usou parte de uma reserva de emergência criada no fim de março para evitar um novo contingenciamento no Orçamento. Segundo o Relatório Bimestral de Receitas e Despesas, divulgado nesta quarta-feira (22) pelo Ministério da Economia, o governo decidiu usar R$ 1,64 bilhão da reserva para recompor as verbas dos MEC (Ministérios da Educação) e do MMA (Meio Ambiente). O MEC receberá R$ 1,588 bilhão. O MMA, R$ 56,6 milhões. O governo decidiu queimar ainda R$ 2,167 bilhões da reserva para evitar contingenciamentos adicionais em outros órgãos do Executivo. Com a medida, a reserva de emergência foi reduzida para R$ 1,562 bilhão. Essa será a gordura que o governo terá para evitar um contingenciamento adicional no Orçamento no próximo relatório, no fim de julho. Originalmente, o governo teria de cortar R$ 2,181 bilhões do Orçamento por causa da revisão para baixo do crescimento da economia. Ao queimar as reservas, no entanto, o governo evitou o bloqueio no Poder Executivo. Apenas os Poderes Legislativo, Judiciário, do Ministério Público e da Defensoria Pública da União sofrerão bloqueio de verbas, totalizando R$ 14,62 milhões.

Enviado a cada dois meses ao Congresso Nacional, o Relatório Bimestral de Receitas e Despesas orienta a execução do Orçamento Geral da União com base na revisão dos parâmetros econômicos e das receitas da União. Caso as receitas caiam, o governo tem de fazer novos bloqueios para cumprir a meta de resultado negativo nas contas do governo sem os juros da dívida pública de R$ 139 bilhões para este ano. A previsão para o PIB (Produto Interno Bruto) — soma dos bens e serviços produzidos — caiu de 2,2% para 1,6% em relação ao relatório anterior, divulgado em março. A estimativa para a inflação oficial pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) saltou de 3,8% para 4,1% em 2019.

Também contribuiu para evitar novos contingenciamentos a revisão da projeção de receitas. A equipe econômica revisou as receitas para cima em R$ 711,3 milhões, graças a receitas extraordinárias, como royalties de petróleo (+R$ 3,582 bilhões), dividendos de estatais para a União (+1,656 bilhão) e concessões para a iniciativa privada (+R$ 286,7 milhões). No caso dos royalties, a valorização da cotação internacional do petróleo foi o principal fator responsável pela alta nas projeções. Os ganhos com as receitas extraordinárias ajudou a compensar a queda da arrecadação de tributos, estimada em R$ 5,459 bilhões. O contingenciamento adicional no Poder Executivo também foi evitado porque o governo revisou em R$ 1,222 bilhão para baixo gastos obrigatórios, dos quais se destacam as despesas com pessoal e encargos sociais (-R$ 1,148 bilhão) e os gastos com a Previdência Social (-R$ 1 bilhão) e subsídios e subvenções (-R$ 555,1 milhões). Outras despesas obrigatórias foram revisadas para cima, fazendo a estimativa total das despesas obrigatórias cair R$ 1,222 bilhão em relação ao relatório anterior.

r7

O movimento em defesa do Sistema Único da Assistência Social (SUAS) em Pernambuco ganha corpo e sai em caravana pelo Estado. A primeira parada será em Carpina nesta quinta-feira (16.05), às 10h, na Escola Técnica Maria Eduarda. Depois segue para os municípios de Caruaru (22.05), Garanhuns (23.05), Palmares (30.05), Serra Talhada (05.06), Ouricuri (06.06) e Petrolina (07.06). A caravana é uma ação conjunta da Frente Parlamentar em Defesa do SUAS na Assembleia Legislativa e da Frente Pernambucana em Defesa do SUAS.
“Sediamos no Recife o primeiro ato, com audiência pública onde contamos com a presença da ex-ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes.  Agora seguiremos pelo interior de Pernambuco, reunindo assistentes sociais, prefeitos, vereadores, secretários municipais que cuidam dos programas nas cidades, usuários do SUAS”, disse o presidente da Frente Parlamentar em Defesa do SUAS na Alepe, deputado Isaltino Nascimento (PSB). 
 
De acordo com a organização, a proposta é percorrer os municípios com o objetivo de esclarecer à população os pontos que integram o corpo da Reforma da Previdência e que também toca diretamente no funcionamento do Sistema Único de Assistência Social. O estado de Pernambuco conta com 22 mil colaboradores da assistência social, com suporte às pessoas em situação de vulnerabilidade social, deficientes, idosas e dependentes de álcool e outras drogas. 
 
“É importante a participação dos prefeitos que devem receber recortes de como seus municípios serão afetados com o corte de recursos, principalmente a partir da aprovação da proposta da reforma da previdência”, explica Loudes Viana, presidente do Conselho Estadual de Assistência Social (CEAS). “Através das Frentes de lutas em defesa do SUAS vamos mobilizar todos os envolvidos, especialmente os usuários para fazer a disputa política por fundo público e pelo lugar preponderante do Estado na Proteção Social”, complementa Joelson Rodrigues, secretário executivo de Assistência Social de Pernambuco.
 
“Em Pernambuco, cerca de 1 milhão e 600 pessoas estão inseridas no CADúnico. O que significa que dependem de serviços de assistência como BPC, CRAS, CREAS, acolhimentos. O texto desta reforma da previdência que o governo federal tenta aprovar acaba com o tripé da seguridade social, que é assistência, saúde e previdência. Vai eliminar o SUAS e, consequentemente, desamparar pessoas que mais precisam”, comenta o deputado.
 
Agenda Caravana SUAS em Pernambuco: 
16/05: Polo Carpina – 10h Escola Técnica Maria Eduarda (Av. Padre Rocha, s/n, São José, Carpina)
22/05: Polo Caruaru –  14h Câmara Municipal de Vereadores
23/05: Polo Garanhuns – 14h Câmara Municipal de Vereadores
30/05: Polo Palmares – 14h Câmara Municipal de Vereadores
05/06: Polo Serra Talhada – Câmara Municipal de Vereadores
06/06: Polo Ouricuri – Câmara Municipal de Vereadores
07/06: Polo Petrolina – Câmara Municipal de Vereadores
 
Contato imprensa FRENTE PARLAMENTAR EM DEFESA DO SUAS:
Raphaela de Paula (81) 99452.7439
Brenda Coelho (81) 99977.3591
Paulo Belote/Divulgação/TV Globo

A ex-BBB e agora apresentadora Vivian Amorim está fora da Globo após o fim de ‘Vídeo Show’ e do do Big Brother Brasil 19, mas segue decidida a ser, em algum momento, recontratada pela emissora carioca, de acordo com informações do colunista Léo Dias, do Uol. “Combino muito com o ‘Só Toca Top’ e com o ‘The Voice Brasil’. Poderia ser uma oportunidade”, disse ela durante entrevista a Léo Dias. “Acabei de começar como apresentadora, não posso querer chegar e sentar na janelinha, né? Existem muitos apresentadores bons lá, mas eu tenho certeza que em breve, mostrando que estou estudando e me aperfeiçoando, terei o meu espaço. Quando surgir um novo trabalho devem me chamar”, complementou Vivian.

istoe

Sasha Meneghel (Instagram/Foto:Blad Meneghel)
             Sasha Meneghel (Instagram/Foto:Blad Meneghel)

Sasha Meneghel surpreendeu os fãs com um click ousado em seu perfil no Instagram nessa última quarta-feira (15). A foto foi feita durante a sua viagem para Califórnia, Estados Unidos. Rapidamente a publicação gerou centenas de curtidas e comentários. Na imagem, Sasha aparece usando um maiô super cavado deixando sua tatuagem à mostra. “Carinha que resume minha viagem”, escreveu a famosa que deixou os fãs curiosos com relação ao significado de sua tatuagem. O desenho na realidade é um símbolo do zodíaco que representa o seu signo, Leão. Além dessa tatoo, a filha de  Xuxa Meneghel e Luciano Szafir que recentemente virou vendedor de cosméticos para superar a crise, também tem tatuado no corpo uma cruz, uma flecha, um trevo de quatro folhas e um tsuru (ave considerada sagrada no Japão). A publicação já ultrapassa mais de 260 mil curtidas e os seguidores aproveitaram ainda para elogiar a herdeira da apresentadora nos comentários.Vale ressaltar que Sasha iniciou na televisão timidamente ao lado da mãe em seus famosos videoclipes infantis. Como resultado, a filha da eterna ‘rainha dos baixinhos’, é uma das celebridades de maior evidencia da atualidade.

Xuxa recebe homenagem

No último sábado (11), Xuxa participou do ‘Programa da Sabrina’ e foi homenageada no quadro ‘Balão da Sabrina’. A ex-contratada da Rede Globo se emocionou e recebeu diversos depoimentos de pessoas importantes que fizeram e ainda fazem parte de sua vida. Ivete Sangalo, Renato Aragão e até mesmo sua filha Sasha Meneghel deixaram lindas mensagens à apresentadora do ‘Dancing Brasil’.

areavip.com.br

Abraham Weintraub, ministro da Educação
Quase uma semana após as grandes manifestações que marcaram o País na quarta-feira passada (15) – em que estudantes e professores cobraram do ministro da Educação, Abraham Weintraub, uma mudança na sua gestão da pasta – o homem escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para cuidar da educação do País tem uma nova proposta. De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo , o ministro da Educação estuda criar uma bolsa de estudos para jovens que quiserem seguir a carreira de professor no ensino básico. A ideia seria a de premiar alunos com altas notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que queiram cursar Pedagogia. A proposta de Weintraub , já é realidade em países como Chile e Cingapura. Esses dois países, inclusive, têm programas semelhantes e com bons resultados. O ministro tem se reunido com fundações que apoiam a educação e a proposta teria surgido nessas conversas. Hoje, 70% dos alunos que escolhem Pedagogia no Enem têm notas abaixo da média. A intenção de programas como esse é a de estimular que os melhores alunos do ensino médio queiram ser professores. Afinal, a bolsa seria dada ao aluno durante a graduação. O grande problema para essa questão é que o projeto está vinculado ao fim do contingenciamento de recursos, que reduziu as verbas do Ministério da Educação . Assim, ainda não há previsão de qual o valor que seria pago a esses aluno e nem de quando a ideia poderá ser colocada em prática.

BRASÍLIA – O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou abertamente o líder do governo na Casa, Major Vitor Hugo (PSL-GO) no final de uma reunião do colégio de líderes de partidos nesta terça-feira, 21. Líderes ouvidos pelo Estadão/Broadcast afirmaram que o movimento torna o dialogo “impossível” e que a situação é “incontornável”, interpretando que houve um rompimento institucional entre os dois.mA crítica foi feita por causa de uma mensagem encaminhada por Vitor Hugo em grupos de WhatsApp, em que associa a negociação do governo com o Congresso com sacos de dinheiro. Maia teve acesso à sátira e ficou irritado.

Rodrigo Maia

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, durante reunião com líderes de partido; à esquerda, os deputados Agnaldo Ribeiro, o lider do governo na Câmara, Major Vitor Hugo, e a líder do PSL no Congresso, Joice Hasselmann Foto: Dida Sampaio/Estadão

Para aliados, o ataque feito por Maia é uma resposta às críticas públicas que o líder do governo tem feito sobre o Legislativo nas redes sociais. O ato foi visto como a defesa mais veemente do papel da Câmara e dos seus deputados desde que Maia entrou em embate público com o presidente Jair Bolsonaro em março.O líder do governo negou que tenha inferido que a negociação com o Congresso é espúria, mas Maia encerrou a conversa informando que não havia mais dialogo entre eles. Ao Estadão/BroadcastVitor Hugo afirmou que a situação é contornável, mas não disse se procurará o presidente da Casa para esclarecer a situação.

estadao.

O mosquito Aedes aegypit transmite dengue, zika e chikungunya

Pixabay

O Brasil registra cinco vezes mais casos de dengue que no ano passado. Segundo o último informe epidemiológico do Ministério da Saúde, de 4 de maio, foram registrados 675.174 casos prováveis da doença desde o início do ano. No mesmo período do ano passado, houve 134.048 ocorrências, o que representa um aumento de 403%. A incidência da dengue, que considera a proporção de casos em relação ao número de habitantes, tem taxa de 323,8 casos por 100 mil habitantes. O número de mortes também cresceu 115%, passando de 82 em 2018 para 189 este ano, sendo a maior parte no Estado de São Paulo, líder em número de casos, com 232.183. A região Sudeste concentra mais de 474 mil casos de dengue. 

O Ministério ressalta que em 10 Estados e o Distrito Federal a situação é “mais preocupante”, pois apresentam alta incidência da doença – maior que 100 casos por 100 mil habitantes.  Esses Estados são Minas Gerais (1.000 casos/100 mil hab.), Tocantins (903,5 casos/100 mil hab.), Mato Grosso do Sul (902,6 casos/100 mil hab.), Goiás (829,4 casos/100 mil hab.), Acre (539,4 casos/100 mil hab.), Espírito Santo (539,4 casos/100 mil hab.), São Paulo (509,9 casos/100 mil hab.), Distrito Federal (431,2 casos/100 mil hab.), Paraná (216,8 casos/100 mil hab.), Rio Grande do Norte (147,4 casos/100 mil hab.) e Mato Grosso (126,5 casos/100 mil hab.). A zika também registrou aumento esse ano, de 7%. Até 20 de abril, houve 4.161 casos. No ano passado, foram 3.877 no mesmo período. Não há registro de morte por zika este ano.

A região que concentra o maior número de casos passou do Nordesde para o Sudesde, com 1.684 casos. A maior incidência da doença ocorre no Tocantins (46,3 casos/100 mil hab.), segundo a pasta. A zika continua acometendo grávidas. Neste ano, foram registrados 988 casos prováveis em gestantes, sendo 193 já confirmados. O Ministério destaca que 37,3% (72) dos casos confirmados foram registrados no Rio de Janeiro, seguido do Espirito Santo 18,1% (35), Minas Gerais com 7,7% (15) e Mato Grosso do Sul com 5,6% (11). Já a chikungunya teve redução de 29%, passando de 48.344 no ano passsado para 34.054 este ano. No entanto, no Rio de Janeiro, a doença explodiu, com mais de 26 mil casos registrados e incidência de 121,8 casos por 100 mil habitantes. Neste ano, cinco pessoas morrreram em decorrência da chikungunya, sendo três no Rio de Janeiro, uma na Bahia e uma no Distrito Federal.

Precisamos de lideranças lúcidas que conclamem à pacificação do País                                               Precisamos de lideranças lúcidas que conclamem à pacificação do País
Reprodução/Pixabay

Segurem seus radicais que nós seguramos os nossos!

O pedido foi feito aos opositores da ditadura militar pelo então chefe da Casa Civil do governo Geisel (1974-1979), o lendário Golbery do Couto e Silva.  Eram tempos de “abertura lenta, gradual e segura”. Mas agentes do governo eram contra essa distensão e saiam às ruas para jogar bombas em banca de jornais e livrarias. Apostavam no caos e na violência. Foram derrotados internamente e o Brasil pode seguir seu longo caminho rumo à redemocratização.

Quatro décadas depois, cá estamos, à espera de alguma mente lúcida que desarme a bomba-relógio que se alojou em Brasília e vem conclamando “o povo” a participar de uma inédita e estranha manifestação a favor de um governo que não sofre ameaças nem enfrenta uma oposição digna de registro.Muitos aliados do governo já desembarcaram dessa Nau dos Insensatos. Que bom. O ato convocado para domingo (26) só vai dar certo se for pouca gente. Caso contrário, uma indesejada multidão ateará fogo às vestes – suas ou de outrem –, na falta do que fazer. Melhor não.O Brasil precisa de reformas, emprego, saúde, segurança, perspectivas. O Brasil precisa de muita coisa, menos de confronto e radicalização. Um governo foi eleito nas urnas, em um regime que se pretende democrático. Democracia tem regras simples, e devem ser seguidas. Todos deveriam se manifestar. Primeiro, Bolsonaro. Depois os outros.

 

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Zé Freitas no Twitter
Parceiros