Lojas Surya
Óticas Olhar Brasil
Farias Calçados

Lojas Surya
Supermercado
Natália Calçados

Seg Vida
 

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

Monthly Archives: julho 2019

A ginasta Flávia Saraiva (à dir.), 19, que levou bronze, tem 1, 45 m de altura

EFE/ Orlando Barría – 29.7

Flávia Saraiva, 19, é a ginasta mais baixa da delegação brasileira. Tinha 1,33 m no Pan Toronto 2015 e hoje, no Pan Lima 2019, tem 1,45 m. Outra grande estrela da ginástica artística, Arthur Zanetti, 29, mede apenas 1,56 m.

A baixa estatura dos atletas da modalidade chama a atenção, levantando a dúvida: ginastas são menores por causa do exercício ou os melhores atletas são pequenos porque isso ajuda na performance? As duas respostas estão corretas. O centro de gravidade mais próximo da terra contribui para o desempenho dessa atividade e o alto impacto do exercício pode influenciar no fechamento da cartilagem entre os ossos, interferindo no crescimento, segundo a endocrinologista pediatra Louise Cominato, presidente do Departamento de Endocrinologia da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP). “O hormônio do crescimento é estimulado pela atividade física, portanto a prática de qualquer esporte, inclusive da ginástica artística, ajuda a criança a crescer. No entanto, o impacto mais alto pode fechar a cartilagem de crescimento, levando a criança ficar menor antes da hora. Isso é uma possibilidade, não uma regra”, afirma. Ela explica que estudos mostram que a ginástica artística não interfere no crescimento. No entanto, existe a possibilidade de que o alto impacto, praticado todos os dias, como fazem os atletas profissionais, atrapalhe o crescimento.

Continue lendo

Resultado de imagem para Fernanda Souza posta foto misteriosa com a mãe e explica por que ela NUNCA aparece

A atriz Fernanda Souza publicou uma foto linda com a mãe e, curiosamente, revelou porque ela nunca aparece nos registros da famosa, nas redes sociais ou em eventos públicos. A atriz até brincou com o fato de os seguidores só saberem qual é a voz dela: “Minha mãe is the new (é o novo) Lombardi”. Na rara publicação com a mãe, Fernanda Souza aparece dando um selinho nela contra a luz do sol. A foto é linda e tem total conexão com a natureza, já que as duas estão na praia em frente ao por do sol. Mas, pelo posicionamento delas, não é possível sequer ver o rosto da mãe da famosa.

.vix.com

As férias de julho são aquela paradinha estratégica no meio do ano letivo para descansar, passear, viajar e também para recarregar as energias para o segundo semestre letivo. Mas com o distanciamento da escola, tanto os educadores quanto os alunos perdem um pouco o ritmo. Então, precisamos de uma readaptação. No entanto, essa readaptação de agosto é diferente do acolhimento do início do ano letivo porque já temos algumas conquistas: as crianças se conhecem, estão integradas à turma, reconhecem o ambiente escolar e os funcionários, a relação professor-aluno está constituída, a rotina diária é conhecida por todos etc. Esses pontos tornam a adaptação para o segundo semestre mais tranquila. Isso não significa, porém, que ela não seja importante ou não imponha desafios. E para fazê-la com cuidado, listei seis dicas que podem ajudar gestores e professores a fazerem o acolhimento de agosto:

1. Preste atenção aos sinais das crianças

Nós não somos sempre os mesmos. O comportamento das nossas crianças é influenciado por aquilo que elas vivenciam não somente no ambiente escolar, mas também fora dele. Por isso, cabe aqui o olhar atento do professor às possíveis diferenças significativas nas atitudes de seus alunos, como desinteresse, choro atípico, nervosismo, tristeza etc

Esta aproximação precisa ser respeitosa, sem que pareça uma investigação ou um interrogatório. É melhor que o professor demonstre estar disponível aos seus alunos para que eles se sintam à vontade em procurá-lo, caso necessitem. Esse acolhimento é permanente e precisa ser foco de autoavaliação do docente: “Será que eu estou atento e disponível às necessidades das minhas crianças?”

2. Comece com calma

Voltar às aulas requer também um planejamento docente. Para os primeiros dias, recomendo ao meu grupo de professores que não proponha muitas atividades escritas. Assim, eles valorizam o diálogo e a retomada dos combinados.

A rotina precisa ser flexível, prevendo momentos de roda de conversa e interação entre a turma. É importante retomar os combinados e fazer uma avaliação com a turma para verificar se os “contratos didáticos” estabelecidos no início do ano são suficientes às realidades vivenciadas. Também é preciso perceber se os combinados dão conta das expectativas de boa convivência daquele grupo ou se precisam ser alterados ou ampliados.

3. Esqueça aquela redação clichê

Proposta de produção de texto “Minhas férias”? Nem pensar! Mais do que escrever a respeito, é preciso respeitar o espaço das crianças, para que elas abordem o tema livremente, sem cobranças. Nem todo mundo teve férias espetaculares que rendem uma boa história. Além disso, as crianças querem contar suas experiências e não transformar suas aventuras em uma prática escolarizada.Para refletir a respeito, indico um livro do qual gosto muito que e vale a pena ser lido com a equipe docente: “Minhas Férias, Pula Uma Linha, Parágrafo”, de Christiane Gribel com ilustrações de Jean-Claude R. Alphen (editora Salamandra).Num trecho do livro, o autor resume bem a questão: “Aqueles dois meses inteirinhos de despreocupações estavam prestes a virar 30 linhas de preocupações com acentos, vírgulas, parágrafos e ainda por cima com a letra legível depois de tanto tempo sem treino.”

4. Faça atividades diagnósticas e uma boa retomada

No que se refere à retomada dos conteúdos, após uns dias mais tranquilos para a readaptação, é recomendável que os professores insiram na rotina, gradativamente, atividades diagnósticas para verificar quais conceitos estão consolidados e quais precisam ser abordados novamente. Não dá para “continuar de onde parou”, ou seja, seguir adiante sem fazer essa retomada fundamental. Na escola onde atuo, os professores estão elaborando boas situações de revisão do que já foi ensinado no primeiro semestre.

Continue lendo

legal”. “Irregular”. “Abusivo”. “Absurdo”. “Indecente”. “Exorbitante”. São alguns dos adjetivos usados por ex-ministros da Justiça que ocuparam o cargo nos últimos 24 anos – nos governos FHC, Lula, Dilma e Temer -, para se referir à conduta do atual ocupante da pasta, o ex-juiz federal Sergio Moro, no caso da investigação da Polícia Federal sobre hackers.

Sete ex-ocupantes do Ministério da Justiça reprovaram a conduta de Moro no caso dos supostos hackers
Sete ex-ocupantes do Ministério da Justiça reprovaram a
conduta de Moro no caso dos supostos hackers
Foto: Reuters / BBC News Brasil
Para os sete ex-ministros ouvidos pela BBC News Brasil, embora seja chefe administrativo da corporação, não cabe ao ocupante da pasta determinar rumos de investigação, receber informações antecipadas sobre operações, ter acesso a provas e informações sob sigilo judicial e repassar tais informações a pessoas que não são parte do inquérito. Para eles, há indícios de que Moro possa ter recentemente violado alguma dessas regras.

Depois que a Operação Spoofing, na semana passada, prendeu quatro pessoas acusadas de ser responsáveis pelo hackeamento de mensagens trocadas por Moro, procuradores da Operação Lava Jato e cerca de mil autoridades, o ex-juiz federal telefonou para alguns dos supostos alvos dos criminosos, na última quinta-feira, 25 de julho, para informá-los.Consultado pela BBC News Brasil, o ministro Moro admitiu, em nota, por meio de sua assessoria de imprensa, que “por questões de segurança nacional e pessoal, se encarregou de comunicar algumas autoridades de elevada posição, como o presidente da República, que estariam entre as vítimas”.Na mesma nota, no entanto, ele negou ter tido “acesso ao inquérito de investigação das invasões criminosas de celulares e mensagens de autoridades”. Segue a nota: “A manifestação do ministro sobre o tema só se deu após realização das buscas e prisões e a decisão judicial terem se tornado públicas. Não houve acesso à lista de vítimas”.Para pelo menos uma dessas autoridades, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio Noronha, Moro teria garantido que os eventuais diálogos interceptados pelos hackers – provas do inquérito sigiloso – seriam apagados.

Moro levou para sua equipe no ministério delegados da PF que trabalharam na Lava Jato
Moro levou para sua equipe no ministério delegados da PF que
trabalharam na Lava Jato

Foto: Agência Senado / BBC News Brasil

“Acho um absurdo, ele não poderia ter acesso a essas informações, nem ele, nem o presidente, nem ninguém. Ele está exorbitando, é um abuso de poder sem precedentes na democracia recente. Não gosto de dar sentença, mas cabe ao MPF investigar a conduta de Moro”, afirmou José Carlos Dias, ex-ministro da Justiça de Fernando Henrique Cardoso, entre 1999 e 2000.

“A conduta de Moro é totalmente fora de padrão. Existe uma dimensão de abusividade e pode ser crime de responsabilidade. Ele deveria se afastar para ser investigado e, eticamente, pode ter perdido condições de chefiar a PF”, acrescenta José Eduardo Cardozo, ex-ministro da Justiça de Dilma Rousseff, entre 2011 e 2016.”O ministro da Justiça não pode se imiscuir à função de polícia judiciária. Ele não pode ligar pras pessoas e dizer que iria destruir provas, é absurdo. É ilegal, é irregular, eu jamais tomaria uma atitude dessas, como nunca tomei”, afirma Miguel Reale Júnior, ministro de Fernando Henrique Cardoso em 2002 e autor do pedido de impeachment contra a ex-presidente Dilma.

Ambiguidades do cargo

Desde a redemocratização, 30 pessoas ocuparam a cadeira do Ministério da Justiça e, passaram a ser, por isso, chefes da corporação policial. É uma situação ambígua: se, por um lado, o diretor-geral da Polícia Federal está subordinado ao ministro, indicado pelo governo da ocasião, por outro, a corporação é, em tese, autônoma para investigar, inclusive integrantes do próprio governo. Na prática, isso leva a situações complexas: cabe ao ministro da Justiça autorizar o uso de verbas para diárias e passagens de policiais quando há uma operação. No entanto, os preceitos republicanos recomendam que o ministro sequer saiba quando uma operação acontecerá. Ou ainda, é função do ministro abrir processos de sindicância contra agentes ou delegados que tenham cometido desvio de função, mas não cabe ao ministro determinar quais caminhos os profissionais deveriam seguir ao longo das diligências.

'É uma relação difícil para qualquer um', diz Raul Jungmann
É uma relação difícil para qualquer um’, diz Raul Jungmann
Foto: Agência Brasil / BBC News Brasil

“É uma relação difícil para qualquer um, porque o ministro faz uma supervisão administrativa, e a polícia faz o controle judiciário do ministro. Em caso de investigação, sai totalmente do controle do ministro – e as pessoas não entendem e pressionam. Ao mesmo tempo, qualquer iniciativa do Executivo pode ser vista como obstrução de Justiça e prevaricação”, afirma Raul Jungmann, ex-ministro de Segurança Pública e responsável pela Polícia Federal na gestão Michel Temer. Para os ex-ministros, o fato de Moro ter se cercado de delegados da Polícia Federal na equipe ministerial pode acentuar a confusão entre a função administrativa e a policial. Como diretor da PF, ele escolheu o delegado Maurício Valeixo, ex- superintendente da Polícia Federal do Paraná, onde Moro atuava como juiz federal. Erika Marena, uma das primeiras delegadas a comandar fases da Operação Lava Jato foi destacada para o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional. Outro delegado da Lava Jato, Rosalvo Ferreira, foi empossado como secretário de Operações Integradas.“O ministro da Justiça não é juiz, nem presidente de inquérito. Quem decide é a Justiça, não o ministro”, diz Cardozo.

“Passarinho na Gaiola”

A Operação Lava Jato nasceu (em março de 2014) e se desenvolveu enquanto o ministro da Justiça era um filiado do PT. José Eduardo Cardozo afirma que, normalmente, só sabia de operações da PF no momento de sua deflagração, por volta das 6 da manhã. Até por isso, era intensamente criticado dentro do partido, frequentemente alvo das investigações.”Só sabia antes se fosse algo que precisasse da minha intervenção institucional, como, por exemplo, quando havia alguma busca e apreensão no Congresso”, diz Cardozo. Sucessor de Cardozo, Eugênio Aragão relata ter tido cuidado semelhante.

'Só sabia (de operações) antes se fosse algo que precisasse da minha intervenção institucional', diz Cardozo
‘Só sabia (de operações) antes se fosse algo que precisasse da minha
intervenção institucional’, diz Cardozo
Foto: Agência Brasil / BBC News Brasil

“Eu discordava do (diretor da PF Leandro) Daiello em relação às operações, mas isso sequer foi tratado por nós. Eu pedia a ele que não me avisasse previamente de nada. Só ficava sabendo do nome dos presos depois, se não estivesse sob sigilo”, diz Aragão, que hoje é advogado de Lula no âmbito da Lava Jato.Já Tarso Genro, ministro do governo Lula entre 2007 e 2010, afirmou que “se o caso poderia suscitar alguma questão política, reportava-me à PF por escrito”.”Era informado previamente através da chefia, de que iria ocorrer uma ‘operação sensível’, quando incidia sobre o mundo político, sem ser informado sobre o assunto e sobre os personagens envolvidos”, diz Genro.Jungmann tinha sua senha com o diretor da PF Rogério Galloro: “Quando ele me perguntava: ‘vai dormir onde amanhã, ministro?’, eu já sabia que na madrugada haveria uma ação de ressonância política, mas jamais sabia o que seria”.Apenas um dos entrevistados admitiu ter conhecimento do alvo de uma operação da Polícia Federal de antemão. José Carlos Dias era ministro da Justiça, em 1999, quando foi preso o ex-deputado federal Hildebrando Pascoal, do Acre, acusado de cometer assassinatos usando uma motosserra. Ele acompanhou cada minuto da operação porque Hildebrando só poderia ser preso depois de cassado pelos deputados – tudo ocorreu em um intervalo de poucas horas.”Às 3 da manhã, o delegado me ligou e disse apenas: ‘passarinho está na gaiola'”, relembra Dias. Hildebrando foi condenado a 18 anos de prisão no caso da motosserra.

Vazamentos

Continue lendo

O consórcio deve ajudar a economizar recursos nas compras de materiais - Créditos: Fernando Vivas/Governo da Bahia
O consórcio deve ajudar a economizar recursos nas compras de materiais
/ Fernando Vivas/Governo da Bahia

Na última segunda-feira (29) os representantes dos estados da região Nordeste se reuniram no ato de lançamento do Consórcio Nordeste. A parceria jurídica entre as nove unidades federativas da região foi proposta em março, mas precisava ser aprovada pelas Assembleias Legislativas de cada estado. O consórcio deve ajudar a economizar recursos nas compras de materiais, além de facilitar o desenvolvimento e execução de políticas públicas envolvendo mais de um estado nordestino. A ideia é que ainda em agosto o Consórcio lance seu primeiro edital de compras. Os governos esperam economizar recursos ao fazerem compras – de material para educação, saúde ou segurança, por exemplo – em quantidade para os nove estados da região, em vez de comprarem separadamente. Também foi confirmada a intenção de ter um programa Mais Médicos Nordeste, similar ao programa federal lançado pela presidenta Dilma Rousseff e também em parceria com a Organização Pan-americana de Saúde (Opas/OMS), para trazer profissionais cubanos recebendo salários menos custosos aos cofres públicos.

Continue lendo

Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos - Créditos: Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos
/ Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, por meio da Comissão de Mortos e Desaparecidos, emitiu, na semana passada, uma certidão de óbito para Fernando Santa Cruz, pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz.No documento, a pasta comandada pela ministra Damares Alves informa que a morte do militante foi “não natural, violenta, causada pelo Estado brasileiro”. A data da morte informada é dia 23 de fevereiro de 1974, no Rio de Janeiro (RJ), “no contexto da perseguição sistemática e generalizada à população identificada como opositora política ao regime ditatorial de 1964 a 1985”.A certidão emitida pelo ministério desmente Bolsonaro, que na tarde desta segunda-feira (29), durante transmissão ao vivo em suas redes sociais, disse que Santa Cruz teria sido assassinado por integrantes da Ação Popular do Rio de Janeiro, organização que o militante integrava.O caso seria, segundo o presidente, uma traição dos companheiros ao pai do presidente da OAB.

Atestado diz que morte foi violenta e causada pelo Estado brasileiro. (Foto: Divulgação)

Mais cedo, Bolsonaro aproveitou uma entrevista coletiva para atacar pessoalmente o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, cujo pai desapareceu durante a ditadura militar. “Um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, eu conto. Ele não vai querer ouvir a verdade. Eu conto para ele”, afirmou.

Prisão confirmada

A Aeronáutica, em um documento de 8 de setembro de 1978, confirma que Santa Cruz teria sido preso em 22 de fevereiro de 1974. Confirmada a detenção, a tese de Bolsonaro fica menos crível, já que o presidente afirmou que o pai do presidente da OAB teria sido capturado pelos integrantes da Ação Popular quando chegou ao Rio de Janeiro e, em seguida, teria sido assassinado.

” É uma verdadeira bagunça, ninguém sabe quem e quem neste governo”

brasildefato

   Em nota, o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) manifesta solidariedade ao presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, por fala do presidente Jair Bolsonaro.      Confira a nota na íntegra: Há quase 40 anos no parlamento, praticamente sem poder advogar, continuo inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em meu Estado, Pernambuco, por se tratar de uma das mais sérias instituições do pais.

   Fiquei muito feliz quando vi ser eleito presidente desta Ordem, Felipe Santa Cruz, filho do grande defensor do retorno do processo democrático brasileiro, Fernando Santa Cruz que, fora covardemente torturado, morto e teve o seu corpo ocultado da família e dos brasileiros, em 1974. Conheci Fernando Santa Cruz, juntamente com Gregório Bezerra, ainda na adolescência, quando trabalhava na Rede Ferroviária Federal, em Recife e, junto com outros patriotas, defensores da derrubada da ditadura militar, participamos de várias reuniões e atos políticos. Sua execução no Rio de Janeiro, em 1974, me deixou triste e chocado, como a de muitos outros companheiros de batalha, em Pernambuco e no Brasil, abatidos pelos defensores da ditadura militar de 1964. Neste momento em que o presidente da república, Jair Bolsonaro, que exerce o cargo máximo do país, de forma irresponsável, diz saber como ocorrera esse desaparecimento e, que poderia contar o que aconteceu com esse grande brasileiro Fernando Santa Cruz, preso pela ditadura e desaparecido há 45 anos, me solidarizo com todos da sua família e, em particular, com o seu filho e meu presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, pelo inaceitável desrespeito do presidente da república. Agora, não mais só como ferroviário e sindicalista, mas, também, como parlamentar, mais uma vez, à disposição da família de Fernando Santa Cruz, em busca do seu corpo e da identificação dos responsáveis pela sua covarde execução, finalizou Gonzaga Patriota.

O Prefeito José Patriota vistoriou nesse final de semana a conclusão da instalação do novo piso da quadra do ginásio desportivo municipal. Além do piso, a Prefeitura também instalou uma moderna e econômica iluminação em LED, que vai garantir uma melhor visibilidade durante os jogos.

“Vocês tem um piso de qualidade, um dos melhores que existem no mundo. É a Ferrari dos pisos. A durabilidade dele não se encontra em qualquer lugar. A vida útil dos atletas será maior, pois esse piso absorve o impacto, diminuindo problemas no joelho, por exemplo,” finalizou Adriano Alves, técnico da empresa responsável pela instalação.

Outra informação repassada pela empresa é a de que apenas em Recife se pode encontrar um piso igual ao que a Prefeitura está instalando em Afogados da Ingazeira. “Fico feliz em poder propiciar aos nossos desportistas a possibilidade de jogar em um piso com essa qualidade. Depois de transformar o nosso ‘Vianão’ é uma referência em todo o Estado, poder instalar um piso de qualidade mundial aqui em nosso ginásio é sinal de nosso compromisso com o esporte,” destacou o Prefeito José Patriota. As obras tiveram investimento do município da ordem de 170 mil Reais. Ainda esta semana a Prefeitura irá divulgar a data da inauguração.

Vantagens do piso – O piso modular em polipropileno com retorno de bola 100% se comparado ao concreto. Garante a proteção da integridade física dos atletas devido à sua excelente absorção ao impacto, minimizando os riscos de lesão nas articulações e coluna. Possui resistência a altas temperaturas, sem custos de manutenção (apenas sabão e água para limpeza). É 100% permeável, com amortecimento de alto impacto de mínimo 20% com relação ao concreto. O piso vem com garantia de fábrica de dez anos e vida útil estimada em 20 anos.

    

   A Igreja Evangélica Assembleia de Deus,  filial São José do Egito-PE,  realizou nos dias 27 e 28 de julho de 2019, o 5° Congresso de Mulheres,  com o tema: “MULHERES CRISTÃS CONSERVANDO O AZEITE EM SUAS VIDAS”.
   Formando um grande coral de mulheres, com 138 mulheres, da sede em São José e das cidades pertencentes ao campo.
  A abertura aconteceu no sábado a noite (27), com maravilhosas apresentações representando algumas mulheres da Bíblia e uma representação do exército de Deus. Na tarde do domingo (28) foi realizado o círculo de oração.Muitos louvores no sábado e no encerramento no domingo a noite (28), acompanhados da pregação da Palavra de Deus, com muito poder e ousadia do Espírito Santo. Tudo para a honra e a glória de Deus. 
        

ASSISTAM OS VÍDEOS COM MOMENTOS INESQUECÍVEIS

                             

      ASSISTAM OS VÍDEOS COM MOMENTOS INESQUECÍVEIS 

 A Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco tem como pastor presidente Ailton José Alves e como Pastor do campo,o evangelista Dário Gomes (pastor responsável pelo campo em São José do Egito e cidades pertencentes)   

Cubanos do Mais Médicos terão direito a residência no Brasil

Karina Zambrana

Os profissionais de Cuba que atuaram programa Mais Médicos vão poder solicitar autorização de residência no Brasil, de acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 29. Os interessados devem apresentar o requerimento em uma das unidades da Polícia Federal e prazo da autorização de residência será de dois anos.Além de foto e documentos de identidade, os cubanos devem entregar declaração de que participaram do programa, certidão de antecedentes criminais dos Estados em que residiu no Brasil e de ausência de antecedentes criminais em qualquer outro país nos últimos cinco anos.Estima-se que, dos 8 mil profissionais que vieram para o Brasil para trabalhar no programa, cerca de 2 mil permaneceram no País após o fim do acordo de colaboração entre Brasil e Cuba, que foi rompido em novembro do ano passado.A ruptura se deu por iniciativa do governo cubano em resposta a críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro, que comparou os profissionais a escravos.A portaria diz ainda que, antes da expiração do prazo de dois anos, será possível solicitar a autorização de residência por tempo indeterminado, desde que o interessado comprove meios de subsistência, não tenha se ausentado do Brasil por mais de 90 dias por ano e não tenha registros criminais.“É garantida ao migrante beneficiado por esta Portaria a possibilidade de livre exercício da atividade laboral no Brasil”, diz o texto. A autorização de residência implica na desistência da solicitação de reconhecimento da condição de refugiado pelos profissional

istoe

Banco do Brasil

EDSON GÊS/CB/D.A PRESS

HAMILTON FERRARI

O Banco do Brasil (BB) deve oferecer incentivos que variam de R$ 20 mil a R$ 200 mil para funcionários que se demitirem voluntariamente. A medida faz parte do Programa de Adequação de Quadro (PAQ), anunciado na manhã desta segunda-feira (29/7) e antecipada pelo BlogPelo que ficou acertado, o trabalhador com até 20 anos de empresa receberá 7,8 salários brutos como incentivo para o desligamento. Os funcionários da estatal com duas décadas ou mais de casa poderão receber até 9,8 salário.Também está em estudo a possibilidade de que o BB pague o plano de saúde destes funcionários por mais um ano, incluindo os dependentes. O trabalhador que aderir ao PAQ também deve ficar isento de pagamento de custos de treinamento, como cursos, graduação, idiomas e certificações. O fato relevante com o anúncio de reestruturação foi publicado na manhã desta segunda-feira (29/7) pelo BB.

Reestruturação

Blog mostrou no último sábado (27/7) que o Banco do Brasil faria um Programa de Demissão Voluntária (PDV), com medidas que teriam o nome de reorganização institucional. As ações forma aprovadas pelo Conselho de Administração do BB. De acordo com o BB, o PAQ busca otimizar a distribuição da força de trabalho, equacionando os excessos de pessoal nas unidades da instituição financeira. O programa vai em direção à “revisão” e “redimensionamento” da estrutura organizacional. Uma das medidas é reduzir o número de agências, transformando 333 delas em Posto de Atendimento Avançado (PAA), que , que são pontos destinados a municípios desassistidos de serviços bancários e possuem estrutura reduzida de funcionários.A implementação dessas ações ocorrerá no segundo semestre de 2019. O impacto financeiro do programa será divulgado até o final de agosto e não altera as projeções divulgadas para 2019. “O Banco do Brasil reitera que estas e outras iniciativas se alinham ao propósito de ampliar a competitividade, por meio da transformação digital e do dinamismo do modelo de atendimento e relacionamento”, completou o fato relevante.

Sasha Meneghel e Luma Antunes (Foto: Reprodução / Instagram)

Sasha Meneghel e Luma Antunes (Foto: Reprodução / Instagram)Sasha Meneghel e Luma Antunes (Foto: Reprodução / Instagram)

“Luma – a fada sensata do role! Amo tu hermana , já ta fazendo falta”, disse.

A jovem decidiu celebrar a chegada de seus vinte e um anos de idade em Fernando de Noronha. No começo da tarde do domingo (28), ela compartilhou uma foto em que aparecia na praia, usando chapéu. Na legenda, ela comentou sobre o aniversário. “Oi 21, vc mal chegou e eu ja te amo. Que seja leve, luz, amor … axé”, disse.

A celebração acontece logo após Sasha se envolver em rumores de que estaria conhecendo melhor o ator José Loreto, ex-marido de Débora Nascimento. De acordo com o jornal O Dia, ainda não é namoro mas, segundo uma vizinha de Xuxa, mãe da estudante de moda, o ator tem sido visto entrando com alguma frequência na casa da apresentadora em um condomínio de luxo da Zona Oeste do Rio. A colunista disse que recentemente eles foram vistos saindo juntos, de moto. Loreto pilotava e Sasha estava agarrada ao ator na garupa. Em junho, Loreto esteve em Nova York, onde Sasha mora. Eles se seguem nas redes sociais, mas nunca postaram fotos juntos. Ainda segundo a jornalista, o ator não está incluído na seleta lista de aniversário de Sasha, que acontece em Fernando de Noronha (PE) neste fim de semana.

revistaquem
                                                                   Resultado de imagem para Conheça os benefícios de comer abacaxi todos os dias

Foto: Pixarbay

O abacaxi além de delicioso pode ser muito benéfico para a saúde se consumido da maneira correta. De acordo com o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS), a dose diária recomendada para se usufruir dos benefícios do fruto são de 2 fatias por dia.

Confira 7 bons motivos para consumir abacaxi todos os dias:

1. Diminuição da inflamação

O abacaxi contém bromelina, uma substância que ajuda a lutar contra as inflamações. Isso ajuda a diminuir o inchaço, a dor e acelera o processo de cura de feridas. Além disso, ajuda a eliminar as células ‘más’. Por ajudar a regenerar os tecidos  é muitas vezes aplicado em lesões de atletas.

2. O coração funciona melhor

A vitamina C do abacaxi protege o organismo de problemas vasculares e ajuda na produção de colágeno nos ossos, músculos e vasos sanguíneos.

3. Ajuda a emagrecer

Por conter bastante água, o abacaxi é um excelente diurético e, consequentemente, um bom aliado para o corpo, ajudando a diminuir a retenção de líquidos. O consumo de abacaxi diminui a vontade de comer doces, sendo como tal muito indicado para quem deseja perder peso. Recomenda-se consumir duas fatias da fruta com canela em pó logo de manhã.

4. Contribui para a preservação da memória

As substâncias presentes na fruta atuam diretamente nos nossos neurotransmissores, promovendo a melhoria da renovação celular, e desse modo preservando a memória e prevenindo doenças neuro-degenerativas como o Alzheimer.

5. Auxilia no controle do colesterol e triglicerídeos

O abacaxi é um ótimo remédio natural para diminuir os níveis de colesterol, pois ajuda a normalizar esta dislipidemia no sangue por ser rico em fibras solúveis que melhoram o trânsito intestinal e diminuem a captação do colesterol proveniente da alimentação. Além disso, por possuir fibras solúveis que ajudam a reduzir a concentração de gordura na corrente sanguínea, contribui para baixar os valores de triglicerídeos no sangue.

6. Prevenção do risco de AVC

O abacaxi contém muito potássio, que ajuda a reduzir a pressão sanguínea e ajuda a prevenir acidentes vasculares cerebrais.

7. Conserva a juventude por mais tempo

Esta fruta é riquíssima em manganês, que protege as células do corpo dos radicais livres, que destroem as células e aceleram o envelhecimento da pele dos órgãos.

portaldoholanda

Jair Bolsonaro fez um ataque inimaginável ao presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz, que teve seu pai assassinado pela ditadura militar. Bolsonaro disse saber como ele foi assassinado e praticamente defendeu sua execução, fazendo apologia de um crime cometido pelo estado brasileiro; com sua declaração, ele sinalizou, mais uma vez, que está disposto a implantar uma ditadura fascista no Brasil

(Foto: PR | ABr | Divulgação

247 – O presidente Jair Bolsonaro atacou o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, pela atuação na investigação do caso de Adélio Bispo, autor do ferimento a faca que sofreu no período eleitoral, e disse que, “se a OAB quiser”, pode explicar como “o pai dele desapareceu no período militar”. 

“Por que a OAB impediu que a Polícia Federal entrasse no telefone de um dos caríssimos advogados? Qual a intenção da OAB? Quem é essa OAB? Um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, conto pra ele. Ele não vai querer ouvir a verdade. Conto pra ele. Não é minha versão. É que a minha vivência me fez chegar nas conclusões naquele momento. O pai dele integrou a Ação Popular, o grupo mais sanguinário e violento da guerrilha lá de Pernambuco e veio desaparecer no Rio de Janeiro”, afirmou Bolsonaro. O presidente da OAB é filho de Felipe é filho de Fernando Augusto Santa Cruz de Oliveira, desaparecido após ter sido preso no Rio de Janeiro por agentes da ditadura, em fevereiro de 1974. Segundo documentos da Comissão da Verdade, que investiga os crimes da ditadura, não há registros de que Fernando tenha participado de luta armada contra o regime, ao contrário do afirmado por Bolsonaro. Sobre o caso de Adélio, Bolsonaro disse que “ele se deu mal. Eu não recorri porque se recorresse ele seria julgado não por homicídio, mas tentativa de homicídio, em um ano e meio ou dois estaria na rua. Como não recorri, agora é maluco o resto da vida. Vai ficar num manicômio judicial, é uma prisão perpétua. Já fiquei sabendo que está aloprando por lá. Abre a boca, pô”, disse. 

brasil247

William Bonner e Galvão Bueno estariam entre os que tiveram o celular invadido pelo hacker de Araraquara, Walter Delgatti Neto (Foto: Reprodução/Globo)
William Bonner e Galvão Bueno estariam entre os que tiveram o celular invadido pelo hacker de Araraquara, Walter Delgatti Neto (Foto: Reprodução/Globo)

De acordo com informações, os contratados da TV Globo William Bonner e Galvão Bueno também tiveram o celular invadido pelo hacker de Araraquara Walter Delgatti Neto

O hacker de Araraquara, como ficou conhecido o DJ Walter Delgatti Neto, preso pela Polícia Federal suspeito de invadir o celular de autoridades e acessar conversas pouco republicanas entre os procuradores da força tarefa da Lava Jato e o ex-juiz Sergio Moro, atingiu também algumas celebridades, como os contratados da TV Globo William Bonner e Galvão Bueno, âncora do Jornal Nacional e narrador esportivo, respectivamente.De acordo com informações do site ACidadeOn/Araraquara, Walter Delgatti Neto era conhecido na cidade por se vangloriar e mentir demais, por isso, quando ele contou a uma pessoa que tinha acessado o celular de nomes bastante conhecidos como o hoje ministro da Justiça Sergio Moro, a pessoa com quem o “hacker de Araraquara” expôs seu suposto crime não acreditou, e chegou até a ironizar o acusado, perguntando se ele tinha conseguido acessar o contato de algum artista. Nesse momento, ele conta que obteve os números de William Bonner e Galvão Bueno.“Pega de algum artista pra gente pegar número dele”, disse a pessoa em uma conversa íntima com o hacker de Araraquara, segundo o site ACidadeOn. “Vou Te mandar”, teria respondido Walter Delgatti Neto, um minuto depois, repassando os contatos do âncora do Jornal Nacional William Bonner, do narrador Galvão Bueno e, inclusive de outro apresentador famoso da Globo, Pedro Bial. “Aff, vc não é gente [sic]”, teria dito o colega, assustado.

William Bonner, Renata Vasconcellos e Galvão Bueno no Jornal Nacional da Globo (Foto: Reprodução/Globo)
William Bonner, Renata Vasconcellos e Galvão Bueno no Jornal Nacional da Globo (Foto: Reprodução/Globo)

Outro contratado da Globo que aparece na lista de supostos hackeados por Walter Delgatti Neto, além de William Bonner, Galvão Bueno e Pedro Bial, foi o comentarista esportivo e ex-jogador do Corinthians e da seleção brasileira, Walter Casagrande, o Casão. Ainda, o nome do ex-candidato à presidência da República pelo PSOL, e líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, também teria tido sua privacidade invadida pelo suposto criminoso.

O site aponta que “na conversa, o hacker não diz se invadiu a conta de todas essas pessoas, apenas envia as imagens dos números adquiridos de outros lugares sem nunca ter conversado com qualquer uma das pessoas que tiveram a sua privacidade invadida”.

Preso na semana passada, o hacker de Araraquara Walter Delgatti Neto, que teria conseguido e exposto a um amigo o número pessoal de William Bonner e Galvão Bueno, teria admitido em depoimento à Polícia Federal que todos os contatos ocorreram entre março e maio deste ano, e afirma ter armazenado apenas as conversas das contas do Telegram dos membros da Lava Jato do Paraná, pois teria constatado atos ilícitos nas conversas mantidas entre os procuradores, sobretudo Deltan Dallagnol e o ex-juiz Sergio Moro. Os diálogos teriam sido entregues por Walter Delgatti Neto ao jornalista Glenn Greenwald, do The Intercept Brasil. Desde o dia 09 de junho, Greenwald e a equipe do site tem divulgado uma série de reportagens, conhecida como Vaza Jato, em que expõe a relação promíscua entre os procuradores e o ex-juiz Sergio Moro, que teriam burlado a Constituição Federal durante a condução do processos da Lava Jato. Moro e Deltan negam irregularidades.

William Bonner e Galvão Bueno não se manifestaram publicamente sobre o suposto hackeamento de seus celulares.

otvfoco

Resultado de imagem para Mais de 11 mil famílias pediram desligamento do Bolsa Família em 2019

Neste ano, 11.269 famílias já solicitaram o desligamento voluntário do programa Bolsa Família, segundo o Ministério da Cidadania, ou seja as pessoas saíram por conta própria.

É o caso de dona Maria do Socorro Félix, de 45 anos. Em 2005, com três filhos e desempregada, buscou o auxílio para complementar a renda da casa. Recentemente, conseguiu um emprego de doméstica com carteira assinada, na cidade de Barbalha, no Ceará. Na mesma semana, procurou o órgão responsável em sua cidade e cancelou o Bolsa Família. “Fui muito bem beneficiada. Agora eu queria dar para outras pessoas porque, graças a Deus, estou muito feliz com meu emprego e sei que existem pessoas que precisam mais do que eu”, conta.

Caso a família que solicitou o desligamento voluntário tenha uma redução na renda e volte a precisar do benefício, o processo de retorno garantido e simples. “Se pediu o desligamento voluntário até 36 meses atrás, é só procurar o setor responsável pelo Bolsa Família na sua cidade, levar a documentação, atualizar o Cadastro Único e solicitar essa reversão do cancelamento”, explicou a diretora do Departamento de Benefícios do Ministério da Cidadania, Caroline Paranayba.O Programa Bolsa Família atende a famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza. Podem fazer parte do Programa todas as famílias com renda por pessoa de até R$ 89 mensais ou famílias com renda por pessoa de R$ 89,01 a R$ 178,00 que tenham crianças ou adolescentes de até 17 anos na sua composição.Atualmente cerca de 14 milhões de famílias são beneficiadas pelo programa no país, com um benefício médio mensal de R$ 188,51.  Além da renda, outros requisitos para permanecer no programa são a frequência escolar dos filhos dos beneficiários e o acompanhamento de saúde de mães e crianças.O Ministério da Cidadania possui mecanismos de controle para manter o foco naqueles que vivem em condição de pobreza e de extrema pobreza. Por isso, periodicamente saem famílias do programa, principalmente porque não atualizaram as informações cadastrais ou porque melhoraram de renda, não se adequando mais ao perfil para receber o benefício.

sofia

Sofia

Cinema 10

A atriz Sofia Carson, conhecida por Descendentes, vai viver a protagonista da nova série da Netflix. Segundo a Variety o nome da série deve ser Feel the Beat. Na série Carson vai viver uma dançarina que não consegue sucesso na Broadway e retorna a sua cidade Natal. Lá ela passa a treinar jovens bailarinas para uma grande competição.Elissa Down estará a frente da direção enquanto Michael Armbruster e Shawn Ku são responsáveis pelo roteiro. A produção já começou a ser rodada em Toronto.O primeiro filme de Os Descendentes mostra que as coisas não precisam ser preto ou branco e que as pessoas não são exclusivamente boas ou más, quando Carlos, Mal, Evvie e Jay descendentes de vilões, precisam escolher entre fazer o certo ou deixar os pais orgulhosos.   Aproveite para conferir nossa lista de filmes da Disney.   Por Milena Costa  

Crédito: Reprodução/Instagram

Simone, que faz dupla sertaneja com Simaria, mostrou os resultados de sua dieta no Instagram, com o objetivo de incentivar seus seguidores. Inicialmente, a ideia era perder 3 kg, porém, ela foi além, e já emagreceu 8 kg.“COMPROMETIMENTO… Não é fácil, temos rotinas, hábitos e manias que sempre podemos usar como desculpa, mas acreditem, coleguinhas, se eu consegui vocês também conseguem. Há 3 meses comecei meu tratamento e uma reeducação alimentar”, escreveu.“Meu objetivo eram 3 Kg por mês, cheguei perto, tive alguns deslizes (você sabe né amor??? mas nesses 3 meses emagreci 8 quilos. Primeira etapa concluída, agora é estabelecer um novo objetivo e continuar focada em melhorar minha qualidade de vida.)”, completou.Nos comentários da publicação, seguidores da coleguinha deixaram uma série de elogios, como “Sempre linda”, “Você é muito maravilhosa”, “Gatíssima”, entre outros.

Resultado de imagem para Rodrigo Costa ensina como usar sombra laranja como Julianne Moore, Margot Robbie e Alexa ChungResultado de imagem para Resultado de imagem para Rodrigo Costa ensina como usar sombra laranja como Julianne Moore, Margot Robbie e Alexa Chung

Margot Robbie usa sombra laranja para promover Era Uma Vez em Hollywood (Foto: Instagram Margot Robbie/ Reprodução

Usar a sombra combinando com a cor do look não é novidade alguma no tapete vermelho: a mais forte tendência de make dos red carpets voltou com tudo dos anos 80 graças a Lupita Nyong’o e seu maquiador Nick Barose, e não dá qualquer sinal de que vai sair de rotação.

Alguns tons, porém, podem ser arriscados. É o caso do laranja, que, se não usado com cautela, pode abater o visual. Mas basta olhar para uma dupla de famosas que combinou a sombra laranja com vestidos no mesmo tom para ficar com vontade de arriscar com gosto.

Antes dela, quem ousou na sombra telha na mesma cor do vestido foi Alexa Chung, em um evento da Chopard em Londres.O maquiador Rodrigo Costa aprova os looks: “No caso da Julianne, você nota que o mesmo tom foi usado em todo o visual, da sombra ao blush, passando pelas joias até o vestido”, comenta. Mas é no look de Alexa Chung que ele pinça dicas simples para replicar o visual em casa sem o perigo de ficar com o rosto abatido: “Ela usou um batom um pouco mais escuro, isso ajuda bastante. Outra dica boa é caprichar na máscara de cílios e jamais esquecer do blush.”

O makeup artist, aliás, refuta qualquer estigma que a cor laranja nos olhos pode ter com mais uma dica: “O tom alaranjado com fundo telha traz uma luz para a maquiagem, gosto muito de usá-lo até como fundo para um olho marrom. Às vezes passo a cor no côncavo antes de aplicar a sombra marrom na pálpebra – isso traz uma força e uma luz para o olhar. Para quem tem olhos claros, como mel ou verde, a cor se sobressai ainda mais, dando ainda mais destaque aos olhos”, ele conta. Quem confirma esse efeito de iluminar o olhar da sombra laranja é Margot Robbie, que deixa o aspecto em evidência ao combinar olhos laranja com um look all-white, durante a divulgação de seu novo filme, Era Uma Vez em Hollywood, em que interpreta Sharon Tate.Margot Robbie usa sombra laranja para promover Era Uma Vez em Hollywood (Foto: Instagram Margot Robbie/ Reprodução)

“Ela usou um batom mais forte, como fez Alexa Chung, o que dá esse ar mais saudável e saturado à maquiagem, além de apostar num visual bem bronzeado”, comenta Rodrigo Costa, ressaltando como um blush alaranjado ou terracota pode ser o maior aliado da sombra laranja para alcançar o visual fresh e a cara do verão.

Margot Robbie na divulgação de Era Uma Vez em Hollywood (Foto: Getty Images)

 

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Zé Freitas no Twitter
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
Parceiros