Lojas Surya
Supermercado Compre Bem
Judivan Contábil
Natália Calçados

 

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

Monthly Archives: novembro 2020

Isis Valverde refresca-se de biquíni (Foto: Reprodução/Instagram/JR Dur

Isis Valverde aproveitou o início deste sábado (28) para se refrescar de biquíni: “Sabadou”, postou a atriz na legenda da foto em que aparece recebendo um jato de água ao ar livre. Na semana passada, Isis comemorou os dois anos de Rael, seu filho com o modelo André Resende. O menininho ganhou uma celebração com direito a bolo de chocolate, brigadeiro e pão de queijo. No Instagram Stories, a atriz mostrou alguns momentos da comemoração. “Minha luz, meu amor maior, minha vida inteira! Parabéns, meu filho, meu menino de luz! Obrigada por me dar minha melhor versão. Te amo”, escreveu Isis, na legenda das fotos postadas no Instagram. André Resende também homenageou o filho em sua rede social. “Dois anos vivendo o maior amor e aprendendo mais do que ensinando. Rael, parabéns, meu filho, saúde e alegria sempre”, escreveu ele Isis Valverde refresca-se de biquíni (Foto: Reprodução/Instagram/JR Duran)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Usuários das redes sociais colocaram o nome da pedetista em evidência após a vitória de seu namorado, João Campos (PSB), na eleição da capital pernambucana

Apesar de não ter sido candidata, o nome da deputada Tabata Amaral (PDT-SP) foi para o topo da lista de assuntos mais comentados do Twitter na noite deste domingo (29), dia do segundo turno das eleições municipais. O motivo é o fato de Tabata ser namorada de João Campos (PSB), que derrotou Marília Arraes (PT) e se tornou o prefeito eleito de Recife (PE)

A deputada, que declarou apoio a Guilherme Boulos (PSOL) em São Paulo, votou na capital paulista na tarde deste domingo e, em seguida, viajou para a capital pernambucana para comemorar a vitória de seu namorado. Ela ficou ao lado de João Campos durante seu discurso de vitória.b“Eu não poderia deixar de estar hoje em #SP, na Vila Missionária, para dar meu voto na esperança. Cada um de nós tem o poder da mudança, por isso não desperdicem seus votos. Não se abstenham e não votem branco ou nulo. Escolham com coragem!”, escreveu Tabata, em suas redes sociais, na parte da tarde. Já à noite, quando estava com João Campos, a deputada fez um comentário sobre a derrota de Boulos em São Paulo. “Parabenizo @GuilhermeBoulos e @luizaerundina, que tiveram meu voto e fizeram uma linda campanha que colocou no centro os desafios das nossas periferias. Parabéns e boa sorte ao prefeito @brunocovas. Seguiremos fiscalizando e contribuindo para a construção uma #SP justa”. Nas redes sociais, internautas têm constatado que Tabata agora é a “primeira-dama” de Recife e a maioria das postagens são irônicas e críticas à deputada.

revistaforum

De acordo com os boletins epidemiológicos divulgados pelas secretarias de saúde dos municípios da região nesta quarta-feira (27.11), o Pajeú totaliza 11.433 casos confirmados de Covid-19.

Portanto, os números de casos confirmados no Pajeú ficam assim: Serra Talhada continua liderando o número de casos na região e conta com 4.932 confirmações. Logo em seguida, com 1.458 casos confirmados está Afogados da IngazeiraTabira conta com 1.094, São José do Egito está com 929, Santa Terezinha tem 455, Carnaíba está com 421 e Triunfo tem 365.

Itapetim tem 307, Flores está com 269, Brejinho está com 211, Calumbi tem 197 casos, Iguaracy tem 178, Quixaba tem 153, Solidão tem  152, Tuparetama tem 134, Santa Cruz da Baixa Verde está com 97 e Ingazeira está com 81 casos confirmados.

Mortes – A região tem no total, 197 óbitos por Covid-19. Todas as dezessete cidades da região registraram mortes. São elas: Serra Talhada tem 66, Afogados da Ingazeira tem 19, Carnaíba tem 15 óbitos, Flores tem 13, Triunfo, Tabira e São José do Egito tem 12 cada, Santa Terezinha tem 11, Iguaracy tem 10, Tuparetama tem 8, Itapetim tem 6, Quixaba tem 4, Brejinho tem 3, Calumbi e Santa Cruz da Baixa Verde tem 2 cada e Ingazeira tem 1 óbito.

Recuperados – A região conta agora com 10.697 recuperados. O que corresponde a 93,56% dos casos confirmados.

Recuperados – A região conta agora com 10.593 recuperados. O que corresponde a 93,52% dos casos confirmados.

ATIVOS, PESSOAS AINDA DOENTES

Apenas duas cidades continuam sem ativos, Santa Cruz da Baixa Verde e Quixaba. Em compensação as outras 15 cidades apresentam um número de pessoas doentes de 544 neste sábado (28), terceiro dia seguido de alta nesse número, elevando o percentual de ativos para 4,75%.

A lista segue com Tabira no topo, com 119 pessoas ativas, Serra Talhada tem 75 pessoas doentes, em seguida aparece Afogados da Ingazeira com 67, a cidade de Santa Terezinha com 65, Flores tem 64, São José do Egito tem 36, Itapetim 33 e Carnaíba 24. Brejinho tem 19, Tuparetama 13, Solidão tem 10, Calumbi tem 8, Iguaracy 6, Triunfo 3 e a Ingazeirtem2 ativos.

Dados dos Blog’s : Nill Junior e André Luiz, Blog do Erbi.

João Campos durante primeiro pronunciamento, no Pina (Foto: Leandro de Santana/DP )
João Campos durante primeiro pronunciamento, no Pina (Foto: Leandro de Santana/DP )
Após vencer uma das disputas eleitorais mais acirradas dos últimos tempos no Recife, tendo 56,27% dos votos, João Campos (PSB) fez seu primeiro pronunciamento como prefeito eleito da capital pernambucana no Salão Limoeiro do Recife Praia Hotel, no Pina, Zona Sul da cidade. Após acompanhar a apuração com familiares e assessores em um mezanino do hotel, o candidato da Frente Popular do Recife agradeceu pelos 447 mil votos, pelo apoio das lideranças partidárias e afirmou: “Fomos eleitos para governar para todos os recifenses. Independente de qual candidato votou, qual é o seu credo, raça e onde mora, nós governaremos para todos os recifenses da nossa cidade”. “Não tem como celebrar essa vitória sem lembrar daquele que é a referência da minha vida na política, como pessoa e como cidadão, que é o meu pai, Eduardo Campos”, disse João, dando continuidade aos agradecimentos. “Ele dizia assim: ‘Sempre que puder ajudar alguém, ajude e não queria nada em troca. Sempre que fizer algo na vida, faça bem feito’. Nós vamos fazer o que Eduardo Campos nos ensinou.”
João Campos apareceu no Salão Limoeiro acompanhado pela vice Isabella de Roldão (PDT), a companheira Tábata Amaral e o atual prefeito do Recife, Geraldo Julio. O governador Paulo Câmara; o presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe), Eriberto Leão; os deputados federais Silvio Costa Filho e Felipe Carreras, além de Renata Campos, mãe do prefeito eleito, também estavam presentes no evento. Quando passou das 18h30, com aproximadamente 90% das urnas apuradas, fogos de artifício tomaram conta da área próxima ao hotel, realizando mais de 15 minutos de explosões. A comemoração também se deu entre militantes do partido, que também foram até o prédio para assistir o discurso oficial do vencedor.
“Eu acreditava que o político tinha de saber ouvir, tinha de saber dialogar, unir, falar de futuro e construir o futuro”, continuou o eleito. “Agora chegou a hora: Nós vamos mostrar que faz política se unindo, se olhando e construindo o futuro. Se faz política enfrentando cada desafio da cidade. A razão verdadeira pela qual disputei essa eleição é saber que podemos fazer muito pela cidade do Recife. Que viveremos um tempo desafiador, com uma crise sanitária que ainda não acessou, uma crise econômica e social. Mas nós vamos vencer no dia a dia porque vamos governar juntos do povo.”
Apesar das diversas ações judiciais que marcaram as campanhas que chegaram até o segundo turno, Campos disse que “nós mostramos como fazer uma campanha sempre de cabeça erguida, respeitando as pessoas e falando daquilo que pode despertar a esperança no coração de cada um”. Ele finalizou afirmando que conhece o tamanho da responsabilidade do cargo e que vai dedicar todo o seu trabalho ao Recife.
O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, concedeu uma breve entrevista no salão. “João Campos fez uma campanha bonita, propositiva e olhando para o futuro. Eu tive e honra de governar o estado em parceria com Geraldo Julio na capital, agora será uma honra com João”. Questionado se a vitória de Campos fortalece o PSB para as eleições de 2002, o socialista evitou projeções e afirmou que “Temos que trabalhar muito e podemos conversar sobre 2022 mais para frente”. Ele concordou que o PSB sai das eleições municipais mais fortalecido nacionalmente. “É um partido que quer ver um país melhor, diferente do que temos hoje”, disse.
Sobre como ficará a relação do PSB com o PT em Pernambuco, Paulo Câmara admitiu que o tema será discutido. “Estamos sempre discutindo, muitas pessoas do PT conversaram conosco. É um processo a ser avaliado, pois evidentemente tivemos uma disputa eleitoral muito dura e isso cabe reflexões que iremos fazer no âmbito interno, com a Frente Popular, da forma que a gente sempre fez”, afirmou.

Festa
A candidata a prefeita do Recife, Marília Arraes (PT), participou de um ato em que recebeu o apoio de professores e técnicos das universidades públicas de Pernambuco, nesta terça-feira (10). Ao lado do candidato a vice-prefeito João Arnaldo (PSOL), Marília Arraes reuniu-se com representantes da Universidade de Pernambuco (UPE), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) em um encontro que também contou com transmissão e participação virtual de centenas de pessoas, entre professores, estudantes e técnicos administrativos das universidades. O encontro teve também a participação especial do ex-ministro da Educação, Fernando Haddad, que disse esperar visitar Recife com Marília na prefeitura a partir de 2021. “Tenho certeza que Recife vai ser uma nova cidade com Marília, pois ela vai estar unida à inteligência universitária de Pernambuco, que é excepcional”, disse. Na reunião, foram apresentados manifestos elaborados pelas universidades que defendem pontos como a democratização da educação e o aprofundamento das parcerias com as universidades públicas para encontrar soluções para o Recife.

“Vamos aproximar a Prefeitura do Recife das universidades, o que não aconteceu nos últimos oito anos. Se quisermos falar em inclusão social e combate às desigualdades no Recife precisamos inserir também as universidades, com todo o seu capital intelectual, o seu potencial científico e tecnológico, para que os recifenses possam se beneficiar dessa parceria entre gestão e educação pública”, afirmou Marília.

O candidato a vice-prefeito, João Arnaldo, afirmou que estar ao lado da comunidade acadêmica é a demonstração clara do projeto progressista que Marilia representa. “Estamos do lado de quem defende os que mais precisam. Essa é uma demonstração do compromisso que temos. De governarmos a cidade em parceria”, disse.

Emendas para universidades públicas

Como deputada federal, Marília Arraes já destinou emendas para viabilizar projetos importantes realizados pela UPE e UFPE. São recursos que permitiram, por exemplo, a implementação e consolidação do laboratório de Instrumentação Biomédica e Sistemas Inteligentes em Saúde do Centro de Tecnologia e Geociência (CTG) da Universidade Federal de Pernambuco. Com os recursos, o CTG também receberá computadores que beneficiarão projetos de pesquisa e extensão em farmácia e engenharia biomédica.

DP

Marília afirmou que seguirá fazendo oposição.  (Foto: Bruna Costa/Esp.DP)
Marília afirmou que seguirá fazendo oposição. (Foto: Bruna Costa/Esp.DP)
Após a derrota no segundo turno das eleições do Recife, Marília Arraes (PT) falou sobre o legado deixado pela campanha e agradeceu o apoio da militância. Acompanhada de aliados, Marília fez um pronunciamento na noite deste domingo (29) em um hotel no bairro da Soledade, no centro do Recife, onde foi saudada pelos apoiadores.  “Queria agradecer aos quase 350 mil recifenses que depositaram nas urnas essa esperança de mudança. E nós temos a consciência tranquila de que fizemos uma campanha bonita, limpa. É importante dizer que desde 2006 nenhuma candidatura do PSB tinha essa dificuldade de ganhar uma eleição. Nós fomos ao segundo turno com praticamente o mesmo percentual de votos e chegamos aqui com uma votação expressiva. Isso mostra a insatisfação das pessoas com a atual gestão”, afirmou Marília.
A candidata estava acompanhada da deputada estadual Teresa Leitão (PT), o deputado federal José Guimarães (PT/CE), o candidato a vice na chapa, João Arnaldo (Psol), o prefeito reeleito de Jaboatão dos Guararapes Anderson Ferreira (PL) e o presidente estadual do Podemos, deputado federal Ricardo Teobaldo (Podemos).  Outros que estiveram presentes foram os vereadores Aline Mariano (PP) e Jairo Britto (PT), os deputados estaduais Wanderson Florêncio (PSC) e Jô Cavalcanti (Juntas), e os deputados federais Natália Bonavides (PT-RN) e Carlos Veras (PT). Este último declarou que o sentimento não é de derrota. “Politicamente o PT sai cada vez mais forte e estamos prontos para enfrentar um novo processo eleitoral. Vamos organizar, discutir e dialogar para construir um novo processo em Pernambuco. O PT é muito forte em Pernambuco. É uma vitória política muita grande que o PT teve no Recife”, disse.  Marília também anunciou que seguirá fazendo oposição ao PSB. “Foi feita a democracia e temos que respeitá-la. Também temos que desejar sempre o melhor para a cidade. Mas é importante também deixar marcado que aqui começa uma nova articulação da oposição no estado de Pernambuco”, falou.  A petista acrescentou que independente do resultado, o sentimento era de felicidade. “Estou muito feliz, porque a gente viu reacender a esperança de muita gente nessa campanha. Só isso já é uma grande vitória. Estou muito feliz com tudo que nós fizemos, com todo o debate que nós fizemos sobre a cidade”.
A candidata derrotada falou que quer ser vista como inspiração para o público feminino. “Nunca uma mulher tinha conseguido chegar ao segundo turno no Recife. Quero que nas próximas eleições mais mulheres estejam nesses espaços e quero que minhas posições inspirem outras mulheres. Sejam mulheres que estão na política, ou mulheres que estão no seu dia-a-dia sofrendo todas essas violências que nós sofremos, assédio moral, assédio sexual, machismo, discriminação”. Marília finalizou agradecendo aos familiares e aos eleitores. “Não foi uma candidatura de Marília. Foi um projeto para o Recife e esse projeto não morreu, porque a gente quer muito mais para nossa cidade. Agradeço novamente a todos os recifenses. Não deixem a esperança de vocês morrer”.
DP

Por G1 Rio

 


Rio tem domingo de praia cheia — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Rio tem domingo de praia cheia — Foto: Marcos Serra Lima/G1

As praias do Rio de Janeiro ficaram lotadas neste domingo (29), dia do segundo turno das eleições para prefeito em alguns municípios do estado. O forte calor fez com que muitas pessoas aproveitassem o dia com banho de mar e permanência na areia, já liberada na fase atual de flexibilização. A temperatura máxima hoje foi de 36ºC na Base Aérea de Santa Cruz e de 35,3ºC na Vila Militar, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

RJ tem domingo de calor e praias lotadas — Foto: Marcos Serra Lima/G1

RJ tem domingo de calor e praias lotadas — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Na Zona Sul, a orla estava lotada, com muitas pessoas circulando sem máscara. Nas praias da Zona Oeste da cidade o panorama foi o mesmo durante todo o dia. A movimentação fez com que o trânsito tivesse reflexo na Linha Amarela. Por volta das 11h30, os motoristas chegavam a levar quase 1 hora no trânsito entre a Maré até o pedágio, sentido Barra da Tijuca. As praias de Niterói, na Região Metropolitana, ainda na parte da manhã, já registravam bastante movimento de banhistas.

Orla da Zona Sul do Rio — Foto: Marcos Serra Lima/ G1

Orla da Zona Sul do Rio — Foto: Marcos Serra Lima/ G1

Na Zona Sul do Rio, a orla lotada, com muitas pessoas sem máscara. — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Na Zona Sul do Rio, a orla lotada, com muitas pessoas sem máscara. — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Próximos dias

Segundo o Alerta Rio, um sistema de alta pressão influenciou o tempo neste domingo. Os ventos estiveram fracos a moderados e as temperaturas permaneceram estáveis em relação ao dia anterior. A previsão é de calor nesta segunda-feira, último dia de novembro. Na terça, primeiro dia de dezembro, deve ter chuva e trovoada.

Áreas de lazer suspensas

A CET-Rio informou que as áreas de lazer em vias do município estão suspensas neste domingo, por conta da realização das eleições municipais e as prescrições específicas da legislação eleitoral.

” A aglomeração tem contribuído para COVID 19 a vida de inúmeras pessoas e autoridade não toma as medida para amenizar a situação caótica que vivemos no país.”

g1

Eleitora se dirige para cabina de votação
Seções eleitorais contaram com medidas preventivas contra a Covid-19

Neste domingo, deputados foram eleitos para as prefeituras de quatro capitais: João H. Campos (PSB), no Recife (PE); Edmilson Rodrigues (Psol), em Belém (PA); Eduardo Braide (Podemos), em São Luís (MA); e JHC (PSB), em Maceió (AL). Outros três deputados disputavam prefeituras em capitais, mas acabaram em segundo lugar: Marília Arraes (PT), no Recife (PE); Capitão Wagner (Pros), em Fortaleza (CE), e Ottaci Nascimento (Solidariedade), em Boa Vista (RR). Ainda assim, esta foi uma das eleições municipais mais bem-sucedidas para deputados na última década.

Contando com os resultados do primeiro e segundo turno, no total sete deputados foram eleitos prefeitos e três vice-prefeitos. O resultado é inferior ao da eleição passada, quando 15 deputados se elegeram prefeitos e quatro vice-prefeitos. No entanto, em 2016, apenas um deputado foi eleito em uma capital: Nelson Marquezan Jr (PSDB), em Porto Alegre.

O desempenho de parlamentares neste ano nas capitais só se compara ao de 2012, quando seis deputados se elegeram para prefeituras de Belém, Boa Vista, Maceió, Porto Velho, Salvador e São Luís. Já em 2008, nenhum deputado ganhou o cargo de prefeito em uma capital.

Outras cidades que elegeram deputados para prefeito foram:
Margarida Salomão (PT) – Juiz de Fora (MG)
Sergio Vidigal (PDT) – Serra (ES)
Alexandre Serfiotis (PSD) – Porto Real (RJ)

Foram eleitos vice-prefeitos:
Deuzinho Filho (Republicanos) – Serra (ES)
Paulo Marinho Jr (PL) – Caxias (MA)
Juninho do Pneu (DEM) – Nova Iguaçu (RJ)

Outro deputado candidato, Wladimir Garotinho (PSD), conquistou 52,4% dos votos para prefeito no segundo turno em Campos dos Goytacazes (RJ). No entanto, ele ainda não é considerado eleito porque sua candidatura foi impugnada e está em julgamento na Justiça Eleitoral.

Nestas eleições, 66 deputados concorreram a cargos de prefeito ou vice-prefeito em 43 cidades, sendo que 40 deles disputavam vagas em capitais. O número é inferior à eleição de 2016, quando 80 deputados se lançaram candidatos em 57 cidades.

Reportagem- Francisco Brandão
Edição – Wilson Silveira

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Foto: iStock

Com as urnas praticamente 100% apuradas, o TSE divulgou dados de abstenção nas capitais onde houve segundo turno. Com 37%, lidera a lista Goiânia, onde foi eleito Maguito Vilela (MDB), há um mês internado por covid-19. São Paulo e Rio de Janeiro apresentaram índices de abstenção maiores que no primeiro turno. Na capital paulista, o número de eleitores faltosos foi de 29% para 30%. E no Rio, de 32,7% para 35% – maior percentual da história.

Confira o ranking:

Goiânia (GO): 37%

Rio de Janeiro (RJ): 35%

Porto Velho (RO): 34%

Porto Alegre (RS): 33%

Rio Branco (AC): 32%

São Paulo (SP): 30%

Aracaju (SE): 28%

Maceió (AL): 27%

São Luiz (MA): 26%

Vitória (ES): 26%

Cuiabá (MT): 25%

Teresina (PI): 25%

João Pessoa (PB): 23%

Fortaleza (CE): 22%

Manaus (AM): 22%

Recife (PE): 21%

Belém (PA): 20%

 

 

 

 

 

 

 

  É com muito pesar na alma que este blog informa o falecimento nesta manhã (29.11.20) da senhora NECI CAETANO, conhecida por Nicinha de Danda, esposa do falecido ex-prefeito João Batista Martins (Danda Martins) e mãe de Geovane Martins, que era o atual prefeito desta cidade Santa Terezinha-PE, (Vaninho de Danda). O mesmo também faleceu na sexta feira dia 27/11/ seu sepultamento foi neste dia 21/10/2020 , vítima de complicações da Covid-19.
Esta sendo muito melancólico para os familiares e amigos.
  Segundo informações, a mesma ficou muito depressiva com a morte repentina do filho Vaninho e não resistiu, falecendo hoje (domingo – 29). Ainda não se sabe a causa da morte.
  Mas externamos nosso sentimento de pesar e nos solidarizamos com a família. Nicinha sempre foi uma pessoa alegre, solidária e admirável. Nossos sentimentos a toda família Martins. Mas Deus em sua infinita misericórdia consolará vossos corações. 
Obs. Ao fecha desta matéria já foi feito o sepultamento
      “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia”. Salmo 46:1

 

Pastor Audeir: Neste domingo 29.11.2020I acontecerá na Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Santa Terezinha  o culto em Ação de Graça pelo aniversário do círculo de oração , cantora convidada Clemilda santos ,pregador Eev .Dario Gomes, na direção do pastor presidente Ailton José Alves direção local Evangelista Audeir  Lopes ,venha vc e nosso convidado especial Deus tem uma palavra para o seu coração.

Pastor Valdeir: São 35 anos de círculo  de oração.

O tema da festa é:  Por causa disso, me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus cristo. Efésios: 3;14

João Valadares

Recife, PE

Servidores com cargos comissionados na Prefeitura do Recife estão sendo escalados pelos chefes diretos para cumprir desde o primeiro turno missões diárias na campanha de João Campos (PSB). Filho do ex-governador Eduardo Campos, o candidato é apoiado pelo prefeito Geraldo Julio (PSB). As convocações incluem bandeiraços, distribuição de panfletos em semáforos e comunidades e o uso de camisetas amarelas —cor da coligação do PSB. São feitas em grupos organizados pelo WhatsApp e divididos de maneira sistêmica por secretarias e órgãos públicos municipais. A Folha teve acesso ao conteúdo de grupos de pelo menos quatro secretarias municipais e confirmou a autenticidade das mensagens após entrevistar alguns dos funcionários que integram o que eles chamam de “time”. Em algumas das mensagens postadas, o servidor precisa indicar qual a agenda em que ele estará presente. Os grupos são compostos por no máximo dez pessoas e têm uma espécie de capitão, geralmente o que tem maior poder hierárquico dentro do órgão municipal, que orienta os comandados. Parte deles relata que, apesar de serem chamados de “voluntários”, são pressionados e constrangidos pelos chefes a cumprir a missão determinada.

Em um dos grupos a que a Folha teve acesso, uma funcionária que ocupa cargo de chefia na Secretaria de Turismo da Prefeitura do Recife lista numa mensagem postada o que os cargos comissionados devem fazer naquele determinado dia. “Pessoal, amanhã preciso do grupo inteiro. Vamos sair do posto às 17h de ônibus, pontualmente, para alguma ação na nona zona (não tenho o destino final). Peço que usem amarelo, ok?” Em seguida, uma nova mensagem informa aos subordinados o ponto onde os servidores públicos devem se encontrar para começarem o trabalho. “O ponto de encontro é no posto shell às 16h45. Não vou confirmar os nomes porque conto com a presença de todos nesta reta final”, diz o aviso postado.

Um dos integrantes do grupo confirmou à Folha que existe uma coação velada para que todos os servidores estejam no local determinado após as convocatórias. No fim da agenda, uma foto de todo o grupo é postada para comprovar o cumprimento da demanda estabelecida. “Gente, nesse segundo turno, não iremos fazer sinal. Será apenas comunidade e com carga máxima. Aguardem novas orientações”, diz a mensagem postada pela mesma funcionária. Dois dias após a divulgação dos resultados do primeiro turno, que colocou João Campos e Marília Arraes (PT) na disputa final, uma nova mensagem foi encaminhada a todos os comissionados da secretaria. “Gente, vencemos a primeira batalha e agora vamos ganhar a guerra. A partir de amanhã, voltaremos às ruas com toda força. Teremos ações todos os dias para todos os times. Aguardem novas orientações.” Em outro grupo, um alerta importante para os servidores é emitido: “Ontem, às 23h, recebi uma nova planilha com alteração de algumas escolas. Vou colocar a planilha aqui e peço que, com muito cuidado, vocês procurem os nomes de vocês e em seguida preencham uma lista confirmando que sabem onde vão atuar no dia D!”.

Os funcionários municipais respondem com um “ok”. Um dos servidores explicou à Folha que, na maioria das vezes, as mensagens convocatórias estabelecem um ponto de encontro. De acordo com ele, que não se identificou por temer represálias, todos entram em um ônibus e vão para os destinos estabelecidos. Não há, de acordo com o relato dele, pagamentos de lanches ou uso de carros oficiais. “Peço que não esqueça de usar amarelo, tá? Acabaram de reforçar esse pedido. Peço que todos contribuam. Muito obrigada”, diz a mensagem postada no grupo na primeira semana do segundo turno. Os nomes dos funcionários são listados um a um com a ação de campanha a ser feita no dia. “Ação Panfletagem porta a porta. Quarta-feira (25/11). Saída: 16h30 (Praça do Arsenal). Local: Nova descoberta (6ª zona)”, avisa mensagem postada nesta quarta-feira (25) em um dos grupos. A Folha conversou com um dos “capitães”, que exerce cargo de chefia em um dos órgãos municipais. Ele relatou que os ônibus com os servidores saem com 40 pessoas. Há determinação para as pessoas não irem com seus próprios veículos ao local da ação. De acordo com as mensagens convocatórias, o objetivo é não dispersar o grupo e mostrar força e união. Há ainda a ressalva de que os ônibus estão pagos e são caros.

” Cadê a justiça  eleitoral?

Continue lendo

Luiz Augusto Lopes Serrano - Sementes guardadas há 20 anos apresentaram índice de germinação de 90%, o que é um alento para a ciência, preocupada com o declínio de populações de cajueiro

Sementes guardadas há 20 anos apresentaram índice de germinação de 90%, o que é um alento para a ciência, preocupada com o declínio de populações de cajueiro

Testes realizados na Embrapa Agroindústria Tropical (CE) e Embrapa Recursos Genéticos (DF) revelaram ser possível preservar o patrimônio genético do cajueiro, a longo prazo, por meio de sementes. Pelas características da planta, acreditava-se que as sementes do cajueiro não se mantivessem viáveis por longos períodos. Contrariando essa ideia, sementes guardadas há 20 anos foram testadas com índice de germinação de 90%. Esse resultado é um alento para a ciência, que está preocupada com o declínio crescente de populações de cajueiro, em decorrência do desmatamento, agricultura extensiva e da intensa ocupação da terra nas áreas de ocorrência natural da planta. 

O resultado do teste animou os pesquisadores porque a manutenção de sementes em câmara fria ampliará os esforços de conservação da diversidade. Até agora, o padrão estabelecido é a utilização de plantas em campo e telado, uma estratégia que exige grande investimentos em área agrícola, insumos e serviços. 

Para os pesquisadores, a viabilidade de uma segunda via de conservação representa uma esperança para o futuro. “O cajueiro é uma importante planta nativa, os velhos cajueiros gigantes, mesmo improdutivos, guardam um rico patrimônio genético”, diz a pesquisadora Ana Cecília Ribeiro de Castro, coordenadora do Banco de Germoplasma de Cajueiro, o BAG Caju – o maior e mais antigo banco dedicado à conservação da variabilidade genética do cajueiro do mundo. A cientista salienta que essa variabilidade é muito valiosa e guarda riquezas como resistência a doenças e pragas que poderão surgir no futuro. 

Do gelo para a mesa: sementes conservadas há mais de 20 anos germinam como novas.

” Nós somos uma nação riquíssimas, temos a natureza proporcionando inúmera fruticulturas etc. Lamentável que vivemos em um país que é galopante a corrupção, onde a mesma deixa mulheres de famílias na miserabilidade.”

Ana Cecília Ribeiro de Castro (foto à direita) explica que até o momento não havia dados de pesquisa que atestassem a viabilidade da manutenção de sementes de cajueiro a longo prazo. Uma remessa de sementes guardadas há 20 anos a – 20°C na Coleção de Base de Sementes (Colbase) – mantida na Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, revelou que essa é uma estratégia factível. “Solicitamos o material ao pesquisador Juliano Pádua, responsável pela Colbase. A germinação foi praticamente a de uma semente recém-colhida. Excelente”, comemora.

Continue lendo

LeiaJáImagens/Arquivo Antônio rompeu o PSB e filiou-se aos bolsonaristas do PRTBLeiaJáImagens/Arquivo

Mais um familiar decidiu agitar a disputa entre primos pela Prefeitura do Recife. Antônio Campos, irmão do ex-governador Eduardo Campos, afirmou que a prima Marília Arraes (PT) é a verdadeira sucessora de Miguel Arraes e que o PSB, partido do sobrinho João Campos, tem a “traição” como marca. 

Integrante do PRTB, sigla do vice presidente Hamilton Mourão, embora bolsonarista, o atual gestor da Fundação Joaquim Nabuco mostrou apoio à candidata do PT, em entrevista ao Globo. “Se votasse no Recife, embora tenha grandes discordâncias com o PT, votaria na pessoa de Marília Arraes, em homenagem ao meu avô, Miguel Arraes”, disse Antônio, que cumpre as obrigações eleitorais em Olinda. A petista representa o legado do ex-governador Miguel Arraes, segundo o primo, pela “semelhança de ideias e postura”. “A eleição do Recife não é uma briga de família. É uma briga de valores e de projetos. É a visão política de Arraes contra a visão pragmática do PSB, pós Eduardo. A eleição de Marília repara uma grave injustiça, reacende de forma correta o legado de um homem justo, Arraes”, comparou. Distante da família desde o acidente aéreo que matou o irmão Eduardo, em 2014, Antônio entende que, para o PSB, a perda deixou um “vácuo enorme de comando de poder” e acusa a ex-cunhada e mãe de João, Renata Campos, de reger o partido de forma oculta e autoritária. “Renata Andrade Lima (Renata Campos, mãe de João Campos) tem um projeto de poder que exclui qualquer pessoa que não se submeta aos seus caprichos e que não seja por ela comandado […] Ela, com Geraldo Julio, é o núcleo do poder, no Recife e mesmo no Estado”, analisou.

Atual oposição aos socialistas, em 2016, ele chegou a se candidatar a prefeito de Olinda pelo partido, mas foi derrotado nas urnas para Lupércio (Solidariedade). “Havia resistência do PSB estadual, ante receio de se criar uma nova liderança. Estive com o governador Paulo Câmara e disse que se havia incômodo, poderia concorrer por outro partido. Ele pediu para que permanecesse no PSB. Disse também que teria apoio do partido. Não esperavam que eu chegasse ao segundo turno e, nessa fase, intensificaram, sem cerimônias, um forte trabalho para me derrotar eleitoralmente. Fui traído e perseguido. A marca do PSB em Pernambuco é a traição”, expressou.

Na sua visão, “é bom para a Democracia que haja alternância de poder”, por isso reforça que o melhor para a capital pernambucana seria eleger Marília. “O PSB está com fadiga de material e o Recife está com ventos de mudança. As bandeiras políticas do histórico PSB foram trocadas por uma visão muito pragmática da política e da vida”, rechaçou.

Continue lendo

 (Foto: PRF/Divulgação )

A Polícia Federal (PF) de Pernambuco deflagrou, nesta quarta-feira (25), a terceira fase da Operação Outline, que decorre de investigação de uma organização criminosa que atuava em parceria ao Departamento de Estradas e Rodagens (DER) do estado de Pernambuco. O grupo é  suspeito de desvios de recursos que deveriam ter sido empregados em obras e serviços geridos pelo órgão, como a Requalificação da BR-101 – trecho do Contorno Viário da Região Metropolitana de Recife. A organização, segundo a PF, também é investigada pela prática de crimes como corrupção e lavagem de dinheiro. De acordo com a Polícia Federal, a atual fase da operação tem como objetivo a reposição de prejuízos causados pelo grupo sob investigação. Hoje estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão de bens, entre eles um veículo avaliado em R$ 190 mil e uma lancha, avaliada em R$ 270 mil. Além de veículos, determinou-se o sequestro de apartamentos no Recife e em Gravatá, no Agreste do estado, jóias e relógios de alto valor, um deles avaliado em mais de R$ 200 mil, e ainda bloqueio de contas bancárias, apresentando um prejuízo estimado em mais de R$ 10 milhões com as atividades do grupo. 

As medidas foram deferidas pela 13ª Vara da Justiça Federal, no Recife. As buscas foram realizadas nos municípios de Recife e em Paulista para apreensão de veículos e embarcação.  Os alvos das medidas cumpridas nesta quarta-feira (25) são ex-servidores do DER-PE, que foram responsáveis pela fiscalização e liberação de recursos da obra da BR-101  entre 2017 e 2019, e que, de acordo com a PF, tiveram acréscimo patrimonial incompatível com os seus rendimentos nos últimos anos. A PF informou que apenas um irrisório percentual das movimentações financeiras desses investigados era decorrente de salários. A PF comunicou que o valor total do contrato firmado para execução dos serviços supera o valor de R$ 190 milhões, onde a maior parte dos recursos é foi feita através de repasse do Governo Federal para o Estado de Pernambuco, sob a gestão do DER-PE. De acordo com relatórios de auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) e Tribunal de Contas do Estado (TCE), a obra vem sendo executada com material – incluindo asfalto – de baixa qualidade e pouca durabilidade, o que pode estar afetando trechos de rodovias já entregues. O delegado Daniel Silvestre informou que a Secretaria de Tansporte (SETRA) de Pernambuco sabia do esquema. O deputado federal Sebastião Oliveira (PL-PE), secretário de de Transportes de Pernambuco na época, foi alvo da operação. A PF cumpriu mandados de busca e apreensão nos endereços de Sebastião no Recife e em Brasília. O deputado ainda não se pronunciou sobre o caso.   Além disso, a Polícia Federal informou que foi constatado, durante a metade da execução do contrato, apenas um servidor do Departamento teria atuado como fiscal dos serviços, que seria incomum, segundo a PF, devido à proporção da obra. Ainda de acordo com a Polícia Federal, uma empresa componente do próprio consórcio contratado para execução chegou a atuar como supervisora da obra. A PF também comunicou que empresa contratada constantemente para execução de obras e serviços pelo DER-PE realizou diversas transações simuladas com empresas fantasmas. Um empresário representante dessa empresa também foi alvo de medidas de sequestro de bens. O grupo responde pela prática de crimes como peculato, corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro, cujas penas máximas, somadas, chegam a 42 anos de reclusão.

Resposta DER

Continue lendo

Para Lalo Leal, EBC passa por um processo “imoral”, em que pessoas sem habilitação ocupam cargos técnicos
– EBC/Agência Brasil

Sete militares da reserva ocupam postos de comando na Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), recebendo, somados, R$ 146 mil por mês, R$ 20 mil de média. Seis deles, foram admitidos em 2019, durante o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Apenas um foi contratado em 2018, quando Michel Temer (MDB) presidia o país.

As informações foram adquiridas via Lei de Acesso à Informação (LAI), através do coletivo Fiquem Sabendo. De acordo com o levantamento, os militares Cássio Murilo Garcia Coutinho (R$ 21 mil), Cristiano Mendonça Filho (R$ 17 mil), Hidenobu Yatabe (R$ 26 mil), Luiz Gustavo Franco da Rocha (R$ 14 mil), Marcio Kasuaki Fusissava (R$ 25 mil), Pedro Felix de Goes Junior (R$ 14 mil) e Roni Baksys Pinto (R$ 26 mil) ocupam cargos de direção, chefia e assessoramento.

Havia um oitavo militar da reserva na lista, era o general Luiz Carlos Pereira Gomes (R$ 29 mil), que ocupava a presidência da EBC, mas que foi exonerado em 29 de setembro. Em seu lugar, assumiu o publicitário Glen Lopes Valente, que ficará no comando da estatal até 31 de outubro de 2021.

Márcio Garoni, funcionário da empresa e diretor da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) aponta que esses miliares “são o braço do governo dentro da empresa”. “Eles são os quadros do governo que gerenciam a EBC em cargos estratégicos. São cargos de direção, que definem as diretrizes da empresa, que basicamente é um desmonte. No Maranhão, a EBC foi fechada, no ano passado. A comunicação está cada vez mais institucional e governista na EBC”, afirma. Para o sociólogo e jornalista Laurindo Lalo Leal, a perda de autonomia da estatal vem desde 2016. “Em primeiro lugar é preciso dizer que a ocupação das emissoras públicas em golpes de estado pelo mundo é uma prática recorrente. Aqui não foi diferente. Um dos primeiros atos do governo golpista de Michel Temer foi acabar com o caráter público da EBC transformando-a em empresa governamental”

Ainda de acordo com Leal, durante o atual governo houve um crescimento “imoral” no número de pessoas que passaram a ocupar funções especializadas “sem nenhuma habilitação para ocupá-los”. “No governo Bolsonaro esse processo foi aprofundado e passou a ser operado diretamente por militares colocados em postos de comando. Uma prática de aparelhamento aplicada a praticamente todos os órgãos do governo. Militares da reserva principalmente viram nessa política a oportunidade de aumentarem significativamente os seus soldos.”

Demissões

Enquanto coloca militares da reserva em postos de comando, com salários altos, a EBC tem reduzido o seu quadro de trabalhadores. Desde 1 de janeiro de 2019, data da posse de Jair Bolsonaro, 90 trabalhadores da estatal foram demitidos. As exonerações custaram R$ 1,4 milhão aos cofres públicos.

Continue lendo

A Fazenda 2020: Mirella dá entrevista ao programa Hoje em Dia - Reprodução/RecordTV

A Fazenda 2020: Mirella dá entrevista ao programa Hoje em Dia  Reprodução/RecordTV

Durante sua participação no programa “Hoje em Dia”, da RecordTV, MC Mirella comentou sobre alguns aspectos que percebeu na roça formada ontem em “A Fazenda 2020″. Ela, que foi a eliminada da berlinda da semana passada, disse ter visto com surpresa a atitude de Jojo Todynho, que em uma situação de empate nos votos da casa, resolveu indicar Mariano para a roça.

Gente, eu fiquei surpresa. Mas eu já esperava que a Jojo pudesse fazer isso pela Teté. E achei lindo, né. Mariano lá dentro, de verdade…  Perguntada se considerava Mariano a grande “falsiane” da casa, Mirella disse que sim. “Demais! Nossa, ele é muito dissimulada. Ele e a namorada dele (Jake Oliveira) é uma coisa… Eles querem dar muito de bonzinho dentro da casa. Nossa senhora… Só que eles irritam muito em muitas coisas”, afirmou a cantora. Ela prosseguiu: “O Mariano, então, ele é muito inconveniente. Às vezes estavam eu e as meninas conversando sobre alguma coisa, ele chegava já apontando defeito na maquiagem dos outros. Falava da sobrancelha da Raissa, fazia umas piadas desnecessárias, em momentos que não estava no clima”, disse ela, que afirmou em seguida que o sertanejo tenta passar uma imagem que não corresponde ao que é na realidade. Ele passa de bom moço, mas infelizmente ele acaba se contradizendo em muitas coisas, porque as atitudes dele mostram que ele não é essa pessoa boazinha que ele quer mostrar ser.

tvefamosos

diego armando maradona clarín maradona morreu maradona morre

Morreu na manhã desta quarta-feira (25), o jogador argentino Diego Armando Maradona. O craque completou 60 anos em outubro deste ano.

A notícia, que tantas vezes correu como boato, desta vez foi confirmada pelo jornal argentino El Clarin. Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre.

Assim que correu a notícia de que Maradona havia sofrido uma descompensação, as mensagens de incentivo se multiplicaram e fizeram da frase “Fuerza Diego” uma tendência, mas logo depois, quando a morte foi confirmada, milhares de mensagens de todo o mundo inundaram as redes. O ex-jogador sofreu uma delicada cirurgia no cérebro no começo do mês e recebeu alta oito dias depois. O campeão mundial na Copa de 1986 passou por uma cirurgia para drenar uma pequena hemorragia no cérebro. O médico Leopoldo Luque afirmou na ocasião que a cirurgia era considerada simples, mas havia preocupação pela condição de saúde do ex-jogador. Em um texto emocionado, o diário argentino afirma: “E um dia aconteceu. Um dia o inevitável aconteceu. É um tapa emocional e nacional. Um golpe que reverbera em todas as latitudes. Um impacto mundial. Uma notícia que marca uma dobradiça na história. A frase que foi escrita várias vezes mas que foi driblada pelo destino agora faz parte da triste realidade: Diego Armando Maradona morreu”. O jornal afirma ainda que, ao contrário dos comuns dos mortais, “Maradona nunca conseguiu esconder seus defeitos”. Maradona sofreu ao longo da vida vários problemas com a saúde por causa, em grande parte, de seu vício em drogas, especialmente cocaína. Após sua aposentadoria, Maradona ficou à beira da morte em 2000 e 2004. Embora tenha parado de usar drogas, segundo informações médicas, ele o fez à custa do tratamento com várias drogas psicoativas que continua a tomar constantemente.

revistaforum

Giulia Bertolli (Foto: Reprodução/Instagram)
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Giulia Bertolli 

Lília Cabral se declarou para a filha, Giulia Bertolli, ao compartilhar uma foto da jovem no Instagram neste domingo (22). Na imagem, a filha da atriz de 63 anos de idade aparece sorrindo.”A paisagem pode estar cinzenta, mas a foto é iluminada! Bom domingo!”, escreveu a atriz. “Amei a legenda”, respondeu Giulia. Em setembro, as duas chegaram a trabalhar juntas e dividir o palco na peça virtual A Lista. “Eu e Giulia estávamos pensando em fazer um trabalho juntas no teatro. Lemos o texto e foi uma delícia! Fomos trabalhando juntas, sugerindo ideias e, quando vimos, estávamos dentro de um processo de criação gostoso. Rapidamente nós já estávamos interagindo com as personagens, tal a facilidade e a popularidade da peça e a dramaturgia clara, eficiente, sonora, divertida e, principalmente, emocionante. Acabou sendo uma surpresa muito gratificante, está sendo um belo encontro!”, afirmou Lília na época.

revistaquem

Farias Calçados

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Lições Bíblicas
Zé Freitas no Twitter
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
Parceiros