Lojas Surya
Óticas Olhar Brasil
Farias Calçados

Lojas Surya
Supermercado
Natália Calçados

Seg Vida
 

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

admin

Isis Valverde e André Resente (Foto: Reprodução/Instagram)

Isis Valverde e André Resente 

Isis Valverde e o filho, Rael (Foto: Reprodução/Instagram)

André Resende, marido de Isis Valverde, publicou uma série de fotos com a atriz de Amor de Mãe no Instagram nesta quarta-feira (1) para se declarar. Os dois se casaram em junho de 2018 e têm Rael.

“Pra minha eterna namorada com quem tenho o prazer de aprender, amar e viver”, escreveu o modelo. A família está em quarentena devido à pandemia do novo coronavírus e Isis já mostrou sua rotina em casaRecentemente, Isis sofreu com uma perda na família. A atriz compartilhou fotos em que aparece abraçada a avó paterna e fez texto emocionante em sua homenagem, depois falou sobre as dificuldades de 2020. “Só pancada este ano. Com ela foram três de uma vez só. Meu pai, uma das minhas melhores amigas e agora minha avó”, lamentou.

revistaquem

O final de semana em casa pode ser um bom momento para reservar aquele tempinho para nós mesmas. Cuidar dos cabelos é uma das formas de fazer um agrado ao seu corpo e ainda fazer um verdadeiro spa em casa.

Para falar da melhor forma de cuidar dos cabelos, nada melhor do que o hairstylist Rodrigo Cintra, idealizador do The Art Salon e também o responsável por levantar a autoestima de tantas leitoras de CLAUDIA no nosso Desafio da Leitora. Cabelos sem brilho, ressecados e quebradiços são comuns em quem mantém uma rotina de secador, babyliss e chapinha  práticas que fazem com que os fios percam água e nutrientes. O exposição ao sol e a poluição também contribuem para fios opacos, assim como a coloração e descoloração. Confira as dicas de Rodrigo para fazer uma hidratação de salão em casa:

TRUQUES DURANTE A LAVAGEM

Segundo o hairstylist, os cuidados começam ainda no banho. “Use um xampu para o seu tipo de cabelo e coloque a água em temperatura mais baixa (entre fria e morna). A água quente estimula a oleosidade do couro cabeludo, dilata as escamas, retira o brilho e desbota a cor”, explica. O especialista também chama a atenção para quem tem raiz oleosa e ponta seca. Segundo ele, pessoas com cabelo desse tipo devem usar um produto para higienizar o couro cabeludo e, em seguida, aplicar outro para lavar o restante dos fios. Rodrigo explica que o correto é retirar com uma espátula a quantidade de produto de tratamento que vai usar. Em seguida, aplicar do meio dos cabelos até as pontas. “Nunca aplique na raiz, a não ser que o produto seja para essa finalidade”, afirma.

HIDRATAÇÃO X NUTRIÇÃO X RECONSTRUÇÃO

Conforme explica Rodrigo, máscara de hidratação vai repor água e nutrientes, pode ser indicada para todo tipo de cabelo, principalmente aquele não possui processo químico. Já a de nutrição é indicada para cabelos com colorações e para os cacheados, já que oleosidade raramente chega até as pontas. E a de reconstrução é indicada quando os fios passaram por um processo químico, como alisamento ou descoloração, para tratar as camadas externas e devolver o brilho e a saúde dos fios.

“Após a lavagem coloque algumas gotas de óleo de reparação na máscara hidratante. Separe os fios em mechas e aplique o creme, deixando espaço de dois dedos da raiz. Deixe agir pelo tempo que está na embalagem e enxágue”, explica. Ele afirma também sobre a importância de evitar água quente. “Se conseguir lavar com água fria, melhor, pois ela ajuda a fechar as cutículas”, garante.

POTENCIALIZANDO A HIDRATAÇÃO APÓS O BANHO

O especialista indica umedecer uma toalha quente, torcer e colocar nos cabelos. “Se a hidratação tiver um aquecimento, nada muito forte, será bom para dilatar as escamas e penetrar o produto. Quando você coloca a touca de banho na hora da hidratação com uma toalha quente por cima, ela ajuda a abrir essas escamas. Só a toalha quente também funciona”, indica. Rodrigo alerta para tomar cuidado com a touca térmica elétrica sem o aviso de temperatura, pois ela pode atingir altas temperaturas e ao invés de beneficiar os fios, pode acabar agredindo ainda mais.

FAZER COM QUAL FREQUÊNCIA?

Rodrigo enfatiza que não basta apenas uma hidratação para resolver o problema dos cabelos sem vida. As sessões precisam ser constantes e com produtos potentes. Em casa, ela pode ser realizada de uma a duas vezes por semana.

Maeve Jinkings
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Atriz foi uma das convidadas da sétima edição do programa BdF em Casa, que foi ao at nesta terça-feira, 31 –
AFP/ANNE-CHRISTINE POUJOULAT

“Vivemos dois fatores de extrema violência: essa pandemia e a maneira como o governo federal lida com ela”, afirma a atriz Maeve Jinkings. Ela foi uma das convidadas da sétima edição do programa BdF em Casa, que vai ao ar no Youtube e no Facebook do Brasil de Fato, todos os dias, às 17h. Para Jinkings, “Bolsonaro é um inimigo institucional. É um governo que não preza pelas pessoas que mais precisam, mas sim pelo poder econômico, pelas elites”. O programa também conversou com Adriana Marcolino, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), que ajudou na elaboração da plataforma das Frentes Brasil Popular e Povo sem Medo, que traz medidas para ajudar o Brasil a enfrentar a crise da pandemia de coronavírus. Na ultima parte do programa, Luiza Mançano, editora de Internacional do Brasil de Fato, trouxe a dica cultural do dia. Ela apresentou aos internautas a edição de Amora, da escritora Natalia Borges Polesso, que reúne contos sobre relacionamentos lésbicos. O livro foi vencedor do Prêmio Jabuti de 2016.

brasildefato

Termina nesta terça-feira (31) o prazo para saques imediatos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) de até R$ 998 por conta. A partir de amanhã (01), o dinheiro que não for sacado retorna à conta original com correção monetária e juros referentes ao período em que estava disponível para retirada.

Desde setembro de 2019, a Caixa Econômica Federal está liberando o valor de contas ativas e inativas do FGTS com o objetivo de aumentar o dinheiro em circulação na economia. Seguindo um calendário de data de nascimento do trabalhador, os saques foram autorizados aos poucos até dezembro. O que determina o valor a ser sacado é a quantidade de dinheiro que havia em cada conta no dia em que a medida provisória que liberou a retirada dos valores entrou em vigor. Assim, quem tinha até R$ 998 em uma conta no dia 24 de julho de 2019 pode sacar todo o valor. Quem tinha mais de R$ 998 na mesma data poderá sacar até R$ 500Por exemplo: Uma trabalhadora que possui duas contas associadas ao seu fundo de garantia, uma com R$ 2000 e outra com R$ 1500, poderá sacar R$ 500 de cada uma delas. Agora, se ela tiver R$ 100 na conta, poderá sacar o valor integral. Se o trabalhador não fizer a retirada do dinheiro, o valor volta para a conta do fundo de garantia. E, então, só poderá ser retirado em algumas circunstâncias, como aposentadoria e compra da casa própria. De acordo com o último balanço divulgado pela Caixa, até o dia 24 de março, dos 96 milhões de trabalhadores que tinham recursos a serem sacados, apenas 60 milhões haviam retirado os valores. No total, dos R$ 42,6 bilhões liberados pela medida provisória, R$ 28 bilhões foram pagos. Portanto, 63% dos trabalhadores sacaram 66% dos recursos disponíveis.

Saque online

Seguinto a orientação de permanecer em casa, a Caixa passou a permitir o saque através do aplicativo do FGTS. O sistema é gratuito e está disponível para iOS e Android. Ao solicitar o saque pela plataforma, o trabalhador deverá informar uma conta bancária de sua titularidade em qualquer instituição financeira para transferir o valor. A transferência não terá custo adicional. A ideia é evitar o deslocamento das pessoas até uma agência da Caixa Econômica Federal.

Em último caso

Mas, caso não possa optar pelo acesso virtual, existem outras alternativas:

  • Lotéricas: Para fazer saques de até R$ 100, é preciso levar um documento de identidade e Carteira de Trabalho. Para valores até R$ 998, é necessário documento de identidade, Carteira de Trabalho e senha do Cartão Cidadão.
  • Caixas Eletrônicos: até R$ 998 é preciso a senha do Cartão Cidadão e Carteira de Trabalho.
  • Agências da Caixa: até R$ 998 é necessário documento de identidade e Carteira de Trabalho.
  • Correspondentes Caixa Aqui: até R$ 998 é necessário documento de identidade, Carteira de Trabalho, Cartão Cidadão e senha do cartão.

Para correntistas da Caixa é diferente

Continue lendo

Thais Fersoza compartilha linda reflexão ao comemorar a chegada do mês de abril

Thais Fersoza compartilha linda reflexão ao comemorar a chegada do mês de abril
Thais Fersoza compartilha linda reflexão ao comemorar a chegada do mês de abril 

Thais Fersoza não esconde o quando sabe valorizar as pequenas coisas da vida.

Nesta quarta-feira, 1, a amada de Michel Teló utilizou sua conta do Instagram para compartilhar uma linda reflexão em comemoração à chegada do mês de abril.”E chegou ABRIL… meu mês, mês da Páscoa que eu amo! Um dos meus meses preferidos! Mas confesso que hoje me deu um apertinho no coração.. chegou e chegou tããão diferente do que eu imaginava/esperava que me leva a refletir ainda mais sobre tudo.. que loucura né?”, apontou a atriz que aproveitou a oportunidade para compartilhar um lindo clique em que surge com a feição tranquila

”E a vida é isso.. o inesperado.. o surpreendente.. o incerto.. o HOJE! Mas com Deus no coração a gente consegue superar tudo! Então creio Nele, espero Nele e peço a Ele saúde e proteção pros meus e pros seus. FELIZ ABRIL! Na esperança que nele tudo isso acabe, que nós possamos nos abraçar novamente e que se encerrem as perdas.. Vem Abril da esperança! Seja leve..”, escreveu a mamãe de Melinda e Teodoro, passando uma verdadeira mensagem de esperança aos seus seguidores. 

Confira:

Thais Fersoza compartilha linda reflexão ao comemorar a chegada do mês de abril

Cara

NICHOLAS KAMM/AFP
Governo do Estado busca adquirir materiais para ajudar na luta contra o coronavírus
FOTO: NICHOLAS KAMM/AFP

A Secretaria de Saúde de Pernambuco publicou no Diário Oficial do Estado, desta quarta-feira (1º), um aviso de chamamento público de Saúde convocando empresas interessadas em fornecer, via contratação direta (emergencial), insumos e materiais necessários para a luta contra o novo coronavírus (covid-19).

A secretaria pretende adquirir:

Ventilador pulmonar mecânico para uso em terapia intensiva em pacientes adulto e pediátrico de alta complexidade (85 unidades);

Monitor multiparamétrico com ecg, pni, spo2, temp, 2 canais de pi, capnografia (10 unidades);

Ventilador pulmonar mecânico para transporte de pacientes adulto e pediátrico (10 unidades);

Colchão pneumático com compressor (200 unidades);

Ventilador pulmonar para insuficiência respiratória (100 unidades);

Ventilador pulmonar de suporte à vida de uso contínuo (12 unidades).

Álcool em gel

Além destes materiais, a Secretaria de Saúde também busca empresas interessadas em fornecer, também via contratação direta (emergencial), 800 unidades de álcool em gel (70%), de 1000 ML. A secretaria ainda destacou que, caso a empresa interessada não possua a totalidade, é possível apresentar propostas com o que dispõe.

De acordo com a publicação no Diário Oficial, o prazo para apresentação das propostas é imediato e as cotações/propostas deverão ser realizadas através do endereço eletrônico: farma.ceasp@gmail.com

Máscaras

Por meio da publicação desta quarta-feira, a Secretaria também ratificou a contratação, via dispensa de licitação emergencial, para aquisição duas mil máscaras de proteção para atender as necessidades da pasta. A empresa contratada foi a BDP – Brasil Distribuidora de Produtos OPME EIRELI num total para o item de R$ 37.980,00. Também foi ratificada a aquisição de 15.168 unidades de óculos cirúrgico de proteção – em material acrílico ou similar sem rebarbas, atoxico, antialérgico. A empresa contratada foi a JJMR EMPREENDIMENTOS EIRELI EPP, num valor de R$ 113.760,00.O Ministério da Saúde divulgou no último dia 30 um balanço dos equipamentos de proteção individual (EPIs) destinados aos profissionais de saúde enviados aos Estados. No total, foram direcionadas 14,2 milhões de máscaras cirúrgicas, recurso fundamental para evitar o contágio de profissionais por pacientes infectados. Além disso, o Executivo Federal encaminhou 24 milhões de luvas para procedimento não cirúrgico, 742 mil aventais, 290 mil toucas hospitalares, 168 mil frascos de álcool etílico 100 mil sapatilhas e 60 mil óculos de proteção.

O ministério também afirmou que está adquirindo mais 200 milhões de máscaras cirúrgicas, 120 milhões de toucas, 80 milhões de aventais impermeáveis, 40 milhões de aventais, 40 milhões de máscaras N95, 2 milhões de frascos de álcool, 1 milhão de óculos de proteção e 1 milhão de sapatilhas.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa. A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

Continue lendo

BRUNOSILVEIRA/DIVULGAÇÃO
Novo centro médico fará parte da estrutura da UPAE de Goiana (PE) e será entregue até a metade deste mês de abril – FOTO: BRUNOSILVEIRA/DIVULGAÇÃO

A construção de um hospital de campanha, que depois se tornará uma estrutura permanente, em Goiana (PE), com capacidade para 100 leitos foi a principal medida anunciada nesta terça-feira (31) pelo presidente do grupo FCA para a América Latina, Antonio Filosa. A iniciativa faz parte de uma série de ações do grupo para combater a pandemia do coronavírus nas localidades onde o grupo FCA mantém fábricas: Betim (MG), Goiana (PE) e Córdoba (Argentina). Em Pernambuco, a Fiat Chrysler ainda irá fazer o empréstimo de viaturas às equipes de saúde, doar roupas e equipamentos de segurança para o SAMU, doar 30 mil máscaras, 50 quilos de álcool em gel e recuperar junto com o SENAI cerca de 270 respiradores pulmonares que estão fora de uso na rede pública de saúde. A FCA ainda vai utilizar as impressoras 3D da fábrica da Jeep, em Goiana, para produzir “face shields”, espécie de escudo de segurança para o rosto, utilizado por profissionais no atendimento a casos contagiosos.“Nosso programa está baseado em uma estratégia coordenada e multidisciplinar, que abrange desde doações às autoridades da saúde até o aproveitamento dos conhecimentos e habilidades de nossos profissionais em áreas como engenharia, manufatura, design, finanças, compras, logística e direito para auxiliar em diversas frentes no combate aos efeitos da pandemia no Brasil”, afirmou Antonio Filosa, presidente da FCA para a América Latina.O grupo FCA não divulgou quanto está investindo nas ações de combate ao Coronavírus. “Estamos trabalhando em cooperação estreita e altamente positiva com todas as esferas governamentais, tendo como prioridade contribuir de forma efetiva nas áreas onde há maior necessidade. O momento pede união de esforços, e a FCA faz questão de se fazer presente e atuante”, disse Filosa.

HOSPITAL

A FCA já iniciou a montagem de um hospital de campanha totalmente equipado para o atendimento de casos da Covid-19 registrados em Goiana e região, na Zona da Mata Norte. O prédio, construído pela FCA para a instalação de uma Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE), está em fase de adequação para abrigar 100 leitos, sendo três do tipo sala vermelha (para abrigar casos mais graves, que precisem de estabilização até o deslocamento para uma UTI) e outros 97 em enfermaria. A estrutura vai oferecer ainda dez consultórios, uma sala de triagem, posto de enfermagem, sala de inalação, sala de administração, banheiros e vestiários, central de material e esterilização e sala de espera.

“Todos os espaços serão entregues equipados e prontos para operação na segunda quinzena deste mês de abril. O hospital será entregue ao governo de Pernambuco, que se encarregará de sua operação e manutenção. Após a crise da Covid-19, o hospital continuará a serviço da população, sob operação do Governo, funcionando como uma UPAE”, afirmou Fernão Siveira, diretor de comunicação e sustentabilidade da FCA.

VENTILADORES PULMONARES

A FCA divulgou ainda que fará o reparo imediato de ventiladores pulmonares quebrados da rede de saúde. Estima-se que estejam fora de operação no Brasil mais de 3,6 mil desses aparelhos. Em Pernambuco e na Paraíba, o grupo FCA estima que sejam cerca de 275 aparelhos inoperantes. A fábrica da Jeep servirá como ponto de manutenção desses ventiladores que são essências no tratamento da insuficiência respiratória provocada pelo Coronavaírus.

jc.ne10.uol

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou à Procuradoria Geral da República (PGR), uma notícia-crime apresentada por um deputado do PT contra o presidente Jair Bolsonaro. Na peça, o parlamentar lista ações do presidente que colocariam a sociedade em risco durante a pandemia de covid-19.
O parlamentar pede que Bolsonaro seja denunciado por sua conduta “irresponsável e tenebrosa” que coloca em risco “a saúde pública de todos os brasileiros”. No peça, o deputado Reginaldo Lopes diz que “Bolsonaro não está à altura do cargo. A necessidade de sua saída não é uma necessidade política, é de saúde pública”, afirmou o deputado.
Para que a ação tenha andamento, é necessário que a PGR dê parecer favorável a denúncia, caso contrário, é arquivada. Em seguida, a denúncia segue para a Câmara dos Deputados, que envia para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Em seguida, o presidente tem prazo para se manifestar e em última etapa, a solicitação de afastamento é analisada pelo plenário. 
DP
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Muitas pessoas demonstraram insatisfação com a postura do presidente diante da crise – FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

Com Agência Brasil

No Grande Recife, houve protesto em bairros como Piedade e Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, e Jardim Atlântico, em Olinda.

   No Twitter, #panelacocontrabolsonaro chegou ao segundo lugar da lista de assuntos mais comentados no Brasil.

Pronunciamento do presidente Bolsonaro

O presidente afirmou que a pandemia é o “maior desafio da nossa geração”. Bolsonaro voltou a enfatizar a necessidade de se implementar medidas para a preservação de empregos. “O efeito colateral das medidas de combate ao coronavírus não pode ser pior do que a própria doença. A minha obrigação como presidente vai para além dos próximos meses. Preparar o Brasil para a sua retomada, reorganizar nossa economia e mobilizar todos os nossos recursos e energia para tornar o Brasil ainda mais forte após a pandemia.”

Bolsonaro disse que as medidas de proteção à população estão sendo implementadas de forma coordenada, racional e responsável. Segundo Bolsonaro, o Brasil avançou muito nos últimos 15 meses, desde que tomou posse em janeiro de 2019, e sua preocupação sempre foi salvar vidas. “Tanto as que perderemos pela pandemia quanto aquelas que serão atingidas pelo desemprego, violência e fome.”

Ele destacou políticas em defesa do emprego e da renda como a ajuda financeira aos estados e municípios (com adiamento de pagamento das dívidas), linhas de crédito para empresas, auxílio mensal de R$ 600 aos trabalhadores informais e vulneráveis e entrada de cerca de 1,2 milhão de famílias no programa Bolsa Família. “Temos uma missão: salvar vidas, sem deixar para trás os empregos. Por um lado, temos que ter cautela e precaução com todos, principalmente junto aos mais idosos e portadores de doenças preexistentes. Por outro, temos que combater o desemprego, que cresce rapidamente, em especial entre os mais pobres. Vamos cumprir essa missão ao mesmo tempo em que cuidamos da saúde das pessoas.”

OMS

Bolsonaro citou a fala do diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, que disse ontem (30) que há muitas muitas pessoas que têm que trabalhar todos os dias e que essa população precisa ser levada em conta pelo governo. “[O diretor-geral] continua ainda: ‘Se fecharmos ou limitarmos movimentações, o que acontecerá com estas pessoas, que têm que trabalhar todos os dias e que têm que ganhar o pão de cada dia todos os dias?’ Ele prossegue: ‘Então, cada país, baseado em sua situação, deveria responder a esta questão’”, disse o presidente em referência à fala de Tedros Adhanom.“Não me valho dessas palavras para negar a importância das medidas de prevenção e controle da pandemia, mas para mostrar que da mesma forma precisamos pensar nos mais vulneráveis. Esta tem sido a minha preocupação desde o princípio”, acrescentou o presidente, ao citar trabalhadores informais e autônomos.Nesta terça-feira, pelas redes sociais, o diretor-presidente da organização, sem citar o presidente brasileiro, se manifestou e afirmou que pessoas sem renda merecem ter a dignidade garantida e convocou os países a desenvolverem políticas que forneçam proteção econômica a essas pessoas. “Eu cresci pobre e entendo essa realidade. Convoco os países a desenvolverem políticas que forneçam proteção econômica às pessoas que não possam receber ou trabalhar devido à pandemia da covid-19. Solidariedade”, disse em mensagem retuitada pela OMS.

Saúde

Continue lendo

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Os empresários não afirmam, mas expectativa é de que 60% do quadro seja demitido por causa da crise.

POR ROBERTA SOARES, DA COLUNA MOBILIDADE

Tudo dentro do previsto. Como era temido, os rodoviários começaram a ser demitidos pelas empresas de ônibus que operam o transporte por ônibus da Região Metropolitana do Recife (STPP/RMR) devido à vertiginosa queda de demanda de passageiros provocada pela pandemia do coronavírus. Duzentos profissionais foram demitidos entre a segunda-feira (30/3) e a manhã desta terça (31/3) somente na empresa Transcol, que opera na Zona Norte da capital. Das onze empresas que atuam no sistema, dez teriam promovido demissões. A expectativa é de que pelo menos 60% do quadro de profissionais do sistema percam os empregos. E, dessa vez, motoristas e cobradores querem que o governo de Pernambuco intervenha.

A categoria está desesperada e implora ao Estado – gestor do sistema de transporte por ônibus – que se envolva no processo. Que não assuma, mais uma vez e como tem feito ao longo dos anos, uma postura de isenção diante das demissões. Que não alegue, novamente, tratar-se de uma relação privada, entre patrões e empregados. São motoristas, cobradores, fiscais e mecânicos afastados das funções porque as empresas de ônibus alegam não ter como manter o quadro com uma queda de demanda entre 74% e 75%, e tendo que manter parte da frota de coletivos nas ruas por ser um serviço essencial.

Continue lendo

A concessão de um auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais será votada na segunda-feira pelo Senado Federal, informou o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), em sua conta no Twitter. A votação é o passo que falta para que o projeto possa ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro e comece a valer. Só então é que o dinheiro começará a ser liberado às famílias brasileiras. O benefício será repassado por três meses e será pago em dobro para mulheres chefes de família. “Diante da importância do repasse de R$ 600 a R$ 1.200, por três meses, aos trabalhadores autônomos, o Senado cumprirá o seu papel em nome do povo brasileiro e votará o projeto na segunda-feira”, disse Alcolumbre.

A criação do benefício foi aprovada ontem pela Câmara. Além do auxílio emergencial, também será paga uma antecipação de R$ 600 a pessoas com deficiência que ainda aguardam na fila de espera do INSS para a concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O valor é o dobro do que havia sido avalizado pela equipe econômica em meio às negociações com os deputados nos últimos dias (R$ 300). Inicialmente, o governo havia proposto um benefício de R$ 200 mensais. O relator do projeto, deputado Marcelo Aro (PP-MG), decidiu subir o valor a R$ 500, mas na quinta-feira o presidente Jair Bolsonaro deu aval para subir para R$ 600.

Os valores serão pagos por três meses, podendo ser prorrogados enquanto durar a calamidade pública causada pela pandemia do novo coronavírus. A proposta foi aprovada simbolicamente, sem a contagem dos votos mas de forma unânime pela indicação dos partidos durante sessão virtual. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que o aumento da ajuda para R$ 600 foi a demonstração de que o governo tem de conversar com o Congresso mesmo com “divergências”.

Gastos

Com um valor de R$ 200, o governo estimava um gasto de R$ 15 bilhões no caso do auxílio emergencial e de R$ 5 bilhões para a antecipação do BPC. Permanecendo o mesmo alcance, as despesas passariam a R$ 45 bilhões e R$ 15 bilhões, respectivamente. Porém, a diferenciação para mulheres chefes de família pode ampliar o impacto.

Para ter direito ao auxílio emergencial, a renda por pessoa tem de ser de até R$ 552,50. O auxílio emergencial será operacionalizado pelos bancos públicos.

BPC

A elevação do valor dos benefícios não é o único ponto do qual o governo discorda no projeto. O relator restabeleceu o acesso ao BPC às famílias com renda de até R$ 261,25 por pessoa (um quarto do salário mínimo) em 2020, mas previu nova elevação desse limite a R$ 522,50 por pessoa (meio salário mínimo) a partir de 2021.

O governo é contra essa mudança no critério do BPC, que traria um gasto adicional de R$ 20,5 bilhões no ano que vem. A despesa permaneceria nos anos seguintes. Um custo desse porte pode inviabilizar o teto de gastos, mecanismo que limita o avanço das despesas à inflação.

O Congresso já havia tentado implementar esse limite mais amplo – que na prática aumenta o número de famílias beneficiadas – ao derrubar um veto do presidente Jair Bolsonaro. Como a mudança valeria para este ano, o Tribunal de Contas da União (TCU) condicionou a eficácia da medida a compensações, como cortes de outras despesas. Essa ação da corte de contas deflagrou a nova negociação do projeto no Congresso.

exame

                Cena exibida no vídeo da campanha lançada pelo governo federalreprodução


O governo federal lançou a campanha “O Brasil não pode parar” nas redes sociais. A ação publicitária custou R$ 4,8 milhões –com dispensa de licitação–, conforme reportagem do Poder360 mostrou nesta 5ª feira (26). A peça reforça mensagens pregadas nos últimos dias pelo presidente Jair Bolsonaro, que critica a paralisia da economia em nome do isolamento social para prevenção à covid-19 (doença causada pelo coronavírus).

O vídeo criado para a campanha (assista mais abaixo esta reportagem) acompanha 1 texto que destaca o baixo índice de fatalidade dos pacientes jovens infectados pela covid-19 e incentiva os brasileiros a retornarem às suas rotinas.

                                                                       

R$ 4,8 MILHÕES SEM LICITAÇÃO

Para executar a campanha, o governo federal contratou por R$ 4.897.855,00, com dispensa de licitação, a agência de publicidade iComunicação para “disseminar informações de interesse público à sociedade”. Consta no DOU (Diário Oficial da União) desta 5ª feira (26.mar.2020). A empresa abriu em 2002 e tem capital social estimado em R$ 250 mil, de acordo com a Receita Federal. Ocupa 6 salas de 1 prédio empresarial no Setor de Autarquia Sul, em Brasília.

A contratação foi assinada pela secretária de Gestão e Controle, Maria Lúcia Valadares e Silva, e pelo secretário especial de Comunicação Social, Fabio Wajngarten, na última 3ª feira (24). O Poder360 procurou a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social), mas não obteve resposta. O espaço continua aberto. O ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), a quem a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) está subordinada, autorizou Wajngarten na última 2ª feira (23)  “a celebrar a contratação emergencial de serviços de planejamento, desenvolvimento e execução de soluções de comunicação digital”, de acordo com o DOU da própria 2ª“A delegação produzirá efeitos exclusivamente para o procedimento administrativo de contratação emergencial, processo SEI 00170.000322/2020-59”, diz o texto. Wajngarten ainda nem retornou aos trabalhos depois de ter sido diagnosticado com covid-19, doença do novo coronavírus. Ele tem publicado atualizações diárias sobre seu estado físico em sua conta no Twitter.

ECONOMIA X PREVENÇÃO

Bolsonaro tem minimizado a importância da pandemia de covid-19 há semanas, tendo chamado a enfermidade que já matou mais de 20.000 pessoas em todo o mundo de “fantasia” e acusando a imprensa de estimular “histeria” em relação ao coronavírus. Na 3ª feira (24.mar.2020), o presidente fez pronunciamento em rede nacional de televisão e rádio no qual criticou governadores e prefeitos que promovem o “confinamento em massa“. O presidente disse que a covid-19 trata-se de uma “gripezinha” e contestou até mesmo o fechamento das escolas, mencionando que a maioria das vítimas da doença está na faixa acima dos 60 anos. O isolamento social é defendido por autoridades sanitárias do Brasil e do mundo, incluindo a OMS (Organização Mundial da Saúde). O Ministério da Saúde também endossa o pedido para que as pessoas fiquem em casa, mas o ministro Henrique Mandetta ajustou seu discurso ao do presidente nesta 4ª feira (25.mar). Afirmou que a imposição de quarentena precisa de 1 prazo para ter fim e reclamou que medidas extremas foram tomadas “praticamente no início” do surto. Apesar das declarações de Bolsonaro e do ministro, os governadores mantiveram a decisão de manter as medidas restritivas e de isolamento social. Em carta assinada por 26 governadores (apenas Ibaneis Rocha, do Distrito Federal, não assinou), os chefes dos governos estaduais pregaram “bom senso, empatia e união” contra a pandemia e convidaram o presidente a “liderar” esse processo em parceria com os governadores. Ainda na noite de 4ª feira (25.mar.2020), o presidente reclamou de “demagogia” e disse que quem faz “politicagem” neste momento de pandemia é “covarde“. Afirmou também que seu governo está buscando “a dose adequada para combater esse mal sem causar 1 ainda maior“.

COVID-19 NO BRASIL

Esta 5ª feira (26.mar.2020) marcou 1 mês do 1º diagnóstico de covid-19 no Brasil. O país já soma até agora ao menos 2.915 casos e 77 mortes por covid-19, segundo os dados atualizados até as 17h30 desta 5ª pelo Ministério da Saúde.

O secretário-executivo da Saúde, João Gabbardo, disse que não é possível estabelecer uma estimativa de casos e mortes para o próximo mês, mas afirmou que “a precisão é que vamos ter 30 dias muito difíceis”. Gabbardo disse ainda que “provavelmente nós estejamos na fase crítica da pandemia. Nós não vamos começar a reduzir os casos em 30 dias”.

poder360

Sair de casa sem um pingo de maquiagem, uma gota de corretivo ou mesmo base, é o sonho de muitas mulheres. Mas, para a maioria delas, as manchas, rosácea, acne, danos causados pelo sol e melasmas, ainda geram dependência da pele facial pelos pigmentos. Mas a dúvida sempre fica: é possível ter uma pele perfeita sem recorrer ao make?  “Uma pele naturalmente bonita deve ser saudável e ter uma rotina de cuidados adequados a cada tipo, idade e época do ano. Independentemente da boa genética, bons hábitos de vida são pilares que promovem a beleza, saúde e longevidade. A alimentação equilibrada, sono de boa qualidade, exercícios regulares, baixa ingestão de bebida alcoólica e evitar o tabagismo são fundamentais para a manutenção da beleza da pele, além do uso de fotoprotetores adequados, que são os princípios elementos para prover saúde ao nosso corpo como um todo e, isto, claramente inclui seu maior órgão: a pele”, afirma a dermatologista Dra Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

O passo a passo diário de cuidados com a pele e o hábito constante de visitar o dermatologista podem colaborar muito nesse processo e aqui elencamos os principais deles

Limpeza – O rosto, pescoço e área do colo devem ser lavados de manhã e à noite para controle da oleosidade, retirada da sujidade e das nanopartículas de poluentes que ficam aderidas à superfície da pele. “Os sabonetes devem ter pH próximo ao da pele, sem amidas, sulfas ou parabenos e, de preferência, que apresentem na formulação extratos puros naturais em alta concentração como hamamélis, camomila, calêndula, aveia, malva grapefruit, entre outros”, afirma a médica. Após lavar, o uso de um esfoliante, duas vezes na semana, é bem-vindo. Ele deve conseguir retirar estas pequenas imperfeições do estrato córneo em mais de 50% com remoção de asperezas e microcomedos que ficam depositados no ducto de saída das glândulas sebáceas”, explica.

A última etapa conclusiva do ritual de limpeza é a tonificação. “Estes produtos, apesar da nomenclatura tônico, podem ser calmantes, hidratantes, antioxidantes e adstringentes”. Os tônicos têm o papel de recuperar também o PH da pele.

Hidratação com antioxidantes e fotoproteção – Após lavar e tonificar a pele pela manhã, é o momento de usar um sérum tensor com efeito lifting, hidratante, que promova ação antioxidante e de proteção à barreira cutânea. “Ácido ferúlico e um pool de Vitaminas podem estar na formulação, que é um booster de energia para a boa atividade celular principalmente para atuar da junção dermoepidérmica”, explica. “A seguir o uso de fotoprotetor sempre acima de FPS 30 E PPD sempre 1/3 do total da proteção solar com ação anti UVA”, recomenda. Fototipos mais claros devem aumentar a fotoproteção: FPS 50 no mínimo.

Tratamentos noturnos Principalmente durante as épocas mais frias do ano, à noite é o momento de seguir a prescrição do dermatologista e utilizar compostos à base de vitamina A ácida, alfa-hidroxiácidos e derivados associados a clareadores como hidroquinona, alfa arbutin, decapeptídeo e antioxidantes como o resveratrol a vitamina E e C, as antocianinas presentes nos frutos vermelhos, fatores de crescimento, dentre outras formulações específicas para cada caso, tipo de pele e idade. “O regime de tratamento utilizado é prescrito no receituário e pode variar de acordo com a necessidade da pele, o problema em questão, além do estilo de vida de cada paciente”, destaca.

Continue lendo

Anel Mirian Ana Khouri (Foto: Reprodução/Instagram)

Os efeitos devastadores da Covid-19 levaram uma grande parcela da indústria da moda a agir para ajudar a minimizar a situação. Sejam mobilizações para a produção de máscaras ou a doação de parte dos lucros de suas vendas, confia abaixo algumas das ações anunciadas até agora.

Ana Khouri, designer de joias brasileira baseada em Nova York, é um dos nomes que se engajou na causa: ela criou uma versão do anel Mirian adornada com safiras azuis, que terá 100% do lucro revertido para a organização Médicos sem Fronteira. “Escolhi essa gema para essa peça pois o azul em muitas culturas está associado à esperança, paz e proteção”. Grupo Morena Rosa, que controla as marcas Morena Rosa, IódiceLebôh, Zinco e Maria Valentina, doou 60 máscaras com respiradores (selo Anvisa e Inmetro) da equipe de Segurança de Trabalho para a Santa Casa de Cianorte, no Paraná, onde fica a sede da empresa. Além disso, em contato com o Governo do Estado do Paraná, a empresa se colocou à disposição para ajudar na confecção de máscaras. No total foram produzidas 7 mil máscaras: 500 foram entregues para a saúde de Cianorte e o restante vai ser retirado pelo governo estadual.Vivara anunciou parceria com a Cruz Vermelha Brasileira, para distribuir 10 mil kits de higiene pessoal para pessoas em regiões de vulnerabilidade social. Contendo álcool em gel, sabonete antibacteriano, máscara, e um folheto com dicas de segurança, serão distribuídas em unidades de saúde, centros de acolhida de idosos e para população em situação de rua, principalmente, nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro – locais onde há o maior número de casos confirmados do novo coronavírus.

Continue lendo

FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Ninguém pode ser abandonado, e todos temos o que fazer”, disse o governador Paulo Câmara
                       – FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Em pronunciamento nesta sexta-feira (27), o governador Paulo Câmara (PSB) adotou um tom mais duro em relação à conduta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19).O socialista inicia sua fala afirmando que a negação ou adiamento de decisões de combate à proliferação do vírus, a exemplo do distanciamento social, custou caro a outros países, “uma conta paga com vidas”, disse. Pernambuco registrou nesta sexta-feira (27) a quarta morte por coronavírus.“Todo dia cresce o número de mortes na Europa, nos Estados Unidos e no Brasil. A determinação mundial é manter as pessoas em casa por um tempo para diminuir a propagação do vírus. O trabalho dos governos, a dedicação dos profissionais de saúde e a colaboração da maioria da população acabam sendo insuficientes por causa de gestos irresponsáveis. Depois que Bolsonaro defendeu na última terça-feira (24), durante pronunciamento em rede nacional, a reabertura do comércio e a flexibilização do isolamento social, além de ter criticado os governadores e a imprensa, Paulo já havia feito críticas ao presidente. Ele chegou a afirmar que o gesto do presidente “comprova que o Brasil está sem comando”. Segundo a coluna Cena Política, ele quem deu a ideia da realização de uma videoconferência na última quarta (25) com os governadores nordestinos para reafirmar as medidas de isolamento social que já estavam sendo adotadas nos estados. Paulo alegou que em Pernambuco tem sido feito “todo o possível”, mas é responsabilidade do governo federal comandar programas de renda voltado para os trabalhadores “É assim no mundo. Não faz sentido aqui o governo federal procurar briga com os governadores e querer colocar as pessoas em risco sem assumir ações efetivas dedicadas ao social e à economia”, disse o socialista. 

Campanha

Paulo rebateu a campanha publicitária “Brasil não pode parar” lançada pelo governo federal, com o intuito de chamar a população a voltar a circular nas ruas. “Em vez de se proteger e de proteger a família, quem vai para a rua pode se contaminar e virar agente de transmissão. Coloca a vida em risco e ameaça os outros. A covid-19 continua matando milhares de pessoas. No Brasil, a situação vai se agravar se a população não obedecer a orientação de quem entende”, disse Paulo Câmara. Todos os dias, de domingo a domingo, sempre às 20h, o Jornal do Commercio divulga uma nova newsletter diretamente para o seu email sobre os assuntos mais atualizados do coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo. E como faço para receber? É simples. Os interessados podem assinar esta e outras newsletters através do link jc.com.br/newsletter ou no box localizado no final das matérias.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa. A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

Continue lendo

                                             Doutor em microbiologia pela USP, Iamarino estuda a disseminação de vírus e a forma como evoluem

Pessoa sendo submetida a teste de temperatura

Interromper agora as medidas de isolamento contra o novo coronavírus é querer voltar a uma realidade que não existe mais, alerta é o biólogo e divulgador científico Atila Iamarino.

Mulher em isolamento social

O mundo (e o Brasil) mudaram com a disseminação do novo coronavírus, e a preocupação de governos e empresas agora deveria ser a de se preparar para esta nova realidade, diz ele em entrevista à BBC News Brasil. Nos últimos dias, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e alguns empresários têm insistido na necessidade de restabelecer o funcionamento do comércio e de outros serviços. Carreatas com essa bandeira foram organizadas em diversas cidades brasileiras. O argumento é de que os danos econômicos serão irreversíveis caso o país continue parado por muito tempo. O consenso entre cientistas da área, no entanto, é de que é fundamental manter medidas de isolamento social por enquanto, diz Atila — inclusive para ganhar tempo a fim de trabalhar em alternativas. “Manter as medidas que a gente tem agora é o que vai fazer dar tempo para buscarmos outras medidas lá na frente. Na verdade, parar agora é ganhar o tempo para fazer escolhas”, diz ele.

Doutor em microbiologia pela Universidade de São Paulo (USP), Atila concluiu dois pós-doutorados estudando a disseminação (ele prefere o termo “espalhamento”) dos vírus e a forma como esses organismos evoluem. Um desses pós-doutorados foi na própria USP, e o outro na Universidade Yale, nos Estados Unidos. Em sua carreira, o pesquisador de 36 anos estudou vírus como ebola e HIV. A ideia desse tipo de pesquisa, explica ele, é analisar o material genético dos vírus para entender como eles se propagam entre os humanos. Atila se tornou conhecido por sua participação no canal de YouTube do Nerdologia, um dos maiores do país. Nos últimos dias, tem feito transmissões ao vivo sobre o novo coronavírus. Uma delas atingiu a marca de 5,2 milhões de visualizações em menos de uma semana e fez com que o nome do biólogo chegasse à lista de assuntos mais comentados pelos brasileiros no Twitter.

Atila conversou com a BBC News Brasil por telefone, na última quarta-feira (25/02). Confirma a seguir alguns dos principais trechos da entrevista.

BBC News Brasil – À luz do que já se sabe sobre a pandemia, o que você acha das últimas intervenções presidente da República, Jair Bolsonaro, dizendo que o país precisa “voltar à normalidade”?

Atila Iamarino – Eu acho que não importa (o discurso do presidente). Felizmente, isso vai contra o que todos os países estão fazendo. Quase que sem exceção. Todos os países sobre os quais estou informado estão tomando medidas na direção contrária, de fechar em diferentes graus, e até de deixar a população em casa, como a Índia acabou de fazer com mais de 1 bilhão de pessoas.

Então, em relação às políticas internacionais, não faz sentido (o discurso de Bolsonaro).

Continue lendo

Após testar negativo para coronavírus, Ana Hickmann reencontra o filho e encanta
Ana Hickmann revê o filho após quatro dias de isolamento – Reprodução/Instagram

Ana Hickmann usou sua rede social para compartilhar um momento super fofo com seus seguidores.

A apresentadora precisou ficar em isolamento por 4 dias por estar com sintomas parecidos com o do coronavírus e mostrou na web momentos após encontrar com o filho, Alexandre, depois do período distante. Em seus stories do Instagram, ela dividiu uma série de vídeos ao lado do pequeno de 6 anos, mostrando toda a sua felicidade em estar pertinho do herdeiro novamente.

“Tem alguém fazendo bastante bagunça aqui com a mãe, porque como ele ficou sem a mamãe durante pouco mais de quatro dias, ele está matando a saudade. Foi tão bom ficar com ele durante as atividades da escola”, se derreteu. A loira seguiu filmando Alezinho e complementou: “Estava morrendo de saudades”. Na última terça-feira, 24, Ana entrou ao vivo no Hoje Em Dia e informou que seu teste para o covid-19 deu negativo. Ela ainda revelou que está apenas com uma gripe forte e que já havia saído do isolamento.

caras

Angelina Jolie tem um longo histórico com as causas humanitárias e, nessa pandemia do novo coronavírus, não foi diferente. A atriz fez uma doação de US $ 1 milhão para o No Kid Hungry, uma organização não-governamental dos EUA responsável por distribuir alimentos para crianças que dependem do almoço escolar para as refeições.

Em um comunicado, Jolie explicou mais detalhes do contexto social que as crianças estão passando durante a pandemia. “A partir desta semana, mais de um bilhão de crianças estão fora da escola em todo o mundo por causa de fechamentos ligados ao coronavírus […]. Muitas crianças dependem dos cuidados e nutrição que recebem durante o horário escolar, incluindo quase 22 milhões de crianças nos Estados Unidos que dependem de apoio alimentar. No Kid Hungry está fazendo esforços resolutos para alcançar o maior número possível de crianças”, apontou a atriz.

E a ajuda de Angelina não parou por aí. Segundo People, uma doação para a Agência de Refugiados da ONU e o envio de apoio às escolas que financia no Afeganistão, Camboja, Quênia e Namíbia foram bancados pela atriz. O intuito é garantir que os estudos não parem nesse período. Atualmente, ela financia 10 escolas no Camboja através da Maddox Jolie Pitt Foundation, criada em nome de seu filho mais velho, bem como da escola Angelina Jolie para meninas no Quênia e duas outras escolas para meninas no Afeganistão.

Continue lendo

Ayurveda sugere algumas atitudes simples, mas eficazes, para ajudar você a perder peso de maneira saudável. Segundo essa tradição indiana, os quilos a mais podem têm a ver com o excesso do dosha Kapha, que é definido como frio, úmido e pesado. E estar acima do peso pode provocar algumas características Kapha mesmo no corpo de uma pessoa que não tem esse dosha como base. Quando o Kapha está fora de equilíbrio costuma ocorrer ganho de peso facilmente, excesso de sono, preguiça e cansaço, por isso é importante equilibrar esse dosha por meio de alguns princípios. Segundo os especialistas em Ayurveda, é importante ressaltar que esse sistema de bem-estar não se concentra em ganhos de curto prazo, para que você não precise passar fome ou limitar de forma irrealista a variedade de alimentos que pode desfrutar. Em vez disso, enfatiza a constância ao seguir princípios que vão ajudar não apenas a perder peso, como também a conquistar um estilo de vida mais saudável.

6 PRINCÍPIOS DA AYURVEDA PARA PERDER PESO DE FORMA SAUDÁVEL

1. Coma três boas refeições por dia

Segundo a Ayurveda, para manter um metabolismo saudável é preciso o acendimento adequado do fogo digestivo, o que pode ser feito adicionando combustível regular e confiável ao organismo. Por isso é tão importante ter frequência e constância quando o assunto são refeições saudáveis e de boa digestão – e sem lanchinhos entre elas. Só assim é possível alcançar o equilíbrio necessário que irá garantir que o fogo digestivo seja estimulado de forma adequada.

2. Jante leve

Receita de sopa de abóbora com gengibre

 (AnnaPustynnikova/Thinkstock/Getty Images)

Um jantar leve e, de preferência, até às 19h, permite que o estômago se esvazie antes de dormir, o que ajuda os processos de desintoxicação que acontecem durante a madrugada. Apostar mais em sopas, caldos e saladas nessa refeição garante uma limpeza mais efetiva do organismo.

3. Ajude a equilibrar o Kapha

Assim você consegue eliminar o excesso desse dosha e, então, equilibrar o organismo e perder peso. Idealmente, a dieta Kapha deve incluir alimentos quentes, secos, ásperos, leves e de fácil digestão. Pense em cenoura, vagem, folhas verdes escuras (picantes e amargas), berinjela, couve, lentilha, grão-de-bico, ervilha, maçã, amora, framboesa, pera, e frutas secas (tâmara, damasco, ameixa e uva-passa).

4. Exercite-se ao menos três vezes por semana

Mulher caminhando no parque com roupa fitness e tênis de corrida

                                           (NickyLloyd/Thinkstock/Getty Images)

Isso é importante para garantir uma taxa metabólica mais rápida e queima de gordura mais eficiente. Para a Ayurveda, o melhor horário para a pratica de atividades físicas é pela manhã, período em que o corpo está desintoxicado e pronto para começar um novo dia. E vale qualquer modalidade: caminhada, corrida, ioga, natação…

 5. Beba água morna ou chá durante o dia

Na tradição Ayurveda, a água morna é conhecida como um elixir, pois tem o poder de dissolver o Ama. O Ama são as toxinas que se acumulam no nosso corpo, toxinas essas que podem ter como origem poluição ou escolhas alimentares não saudáveis, por exemplo. Por isso, procure beber água morna logo ao acordas e durante o dia. Vale acrescentar gengibre, limão, hortelã…

6. Procure dormir bem

mulher-sono-cama

(YakobchukOlena/Thinkstock/Getty Images)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Várias pesquisas comprovam que um sono ruim ou insuficiente é um forte gatilho para o ganho de peso. E, segundo a Ayurveda, garantir uma boa noite de sono entre às 22h e 6h seria muito importante não apenas para um processo de emagrecimento como para conquistar uma qualidade de vida melhor.

Rainha de bateria, musa fitness, influencer nas redes sociais e atriz. Aline Riscado, 31 anos, joga no time de quem não para um segundo. Mesmo assim, ela ainda encontra tempo e disposição para manter uma vida ativa e saudável. A Boa Forma conversou com ela e com seu médico Bruno Menezes, o diretor médico do Spazio Essenza, no Rio de Janeiro, para saber mais sobre a rotina de Aline.

boaforma

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Clínica Climed / Plano Assistencial

Clínica Climed.

Av: Vereador Horácio José de s/n de frente o Banco do Brasil.

Contato (87) 9.9161-1779

Santa Terezinha PE

Lições Bíblicas
Zé Freitas no Twitter
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
Parceiros