Ateliê Geilson
Natura
Natália Calçados

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

  • 28
  • 22
  • 24
  • 20
  • 11
  • 09
  • 11
  • 01
  • 29
  • 03
  • 04
  • 05
  • 07
  • 02

Supermercado
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
 

 Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter oFlash Player instalado. 

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

admin

Sete motivos pelos quais seu pastor pode estar despreparado ou não desejar pregar sobre as profecias dos tempos finais

Depois de 68 anos no ministério e servindo também como palestrante convidado em centenas de igrejas, frequentemente me pergunto por que tantos ministros são tão silenciosos quando se trata de usar seus púlpitos para falar sobre a profecia bíblica. Devemos lembrar que pelo menos 28% da Bíblia eram proféticos no tempo em que ela foi escrita.

O Dr. John Walvoord, grande estudioso da profecia, identificou mais de 1.000 profecias em seu livro The Bible Prophecy Handbook [O Manual da Profecia Bíblica]. Dessas profecias, mais da metade já foram cumpridas literalmente, assegurando-nos que a outra metade, que é composta das profecias dos tempos do fim, também será cumprida literalmente. Essas profecias já cumpridas deveriam tornar mais fácil crermos que estamos vivendo nos tempos, ou muito próximos do tempo, que a Bíblia chama de “os últimos dias” ou “os tempos finais”.

Dentre os muitos sinais que já foram cumpridos, nenhum é mais óbvio do que a própria existência do povo judeu agora morando em sua pátria, tendo sido obrigado a ir ou voluntariamente migrado para lá, vindo de mais de 170 nações do mundo durante os últimos 125 anos.

Hoje, Israel existe e ocupa o noticiário diário na televisão, no rádio e na mídia mundial, exatamente como os profetas e apóstolos predisseram que aconteceria nos últimos dias.

Continue lendo

Realizou-se na manhã de ontem 13/05, a inauguração da “nova sede” do Escritório de Contabilidade “Contabilize”, na pessoa de Inácio Leite, onde pudemos constatar a felicidade de todos que fazem a empresa, ao presenciar e participar de um sonho realizado, e saberem que a partir de então estarão trabalhando em sede própria. A mesma está localizada à Rua Vereador Vicente Soares de Freitas, 341, centro, próximo ao posto interativo, com o fone (87)38591288, e-mail: contabilizest@gmail.com 
Em nome de todos que fazem a Contabilize nossa gratidão e a todos que participaram desse momento.

Garantir o direito à amamentação nas escolas ou em qualquer lugar é o lema da portaria assinada quarta-feira, 10, pelo ministro da Educação, Mendonça Filho. A partir de agora, com o dispositivo legal, todas as mães lactantes têm o direito à amamentação assegurado em todas as instituições do sistema federal de ensino, independentemente da existência de locais, equipamentos ou instalações reservados exclusivamente para esse fim.

O objetivo, explica o ministro, é estimular a cultura da convivência e do respeito ao próximo, reforçando o papel da educação em direitos humanos, para o exercício pleno da cidadania. “Como ministro da Educação, tenho a obrigação e o dever de agir nessa direção, para que dentro dos espaços públicos vinculados ao MEC haja apoio às mulheres, a fim de que tenham livre escolha para alimentar os seus filhos”, declarou Mendonça Filho. ”O aleitamento materno, todos sabemos, é fundamental do ponto de vista nutricional, mas também para a formação de um ser humano, que, no contato direto com a mãe, naturalmente vai ter melhor desenvolvimento.”Segundo a secretária de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), Ivana de Siqueira, a portaria atende a uma demanda antiga por parte de alunos, professores e outros profissionais de educação, incluindo escolas de ensino básico, universidades e autarquias federais vinculadas ao MEC. “É o reconhecimento de algo já assegurado tanto no Estatuto da Criança e do Adolescente quanto em orientações da Organização Mundial de Saúde”, informou. “Estamos sinalizando para esse direito da mulher de amamentar livremente. O uso de uma sala deve ser uma decisão unicamente dela [a mãe], voluntária, e não uma questão compulsória.”

O ministro com as secretárias do MEC Maria Helena Guimarães, Ivana de Siqueira e Eline Nascimento (Foto: Mariana Leal/MEC)

Recorde brasileiro – Para Francisco de Assis Figueiredo, secretário do Ministério da Saúde presente à solenidade, a iniciativa do MEC reforça uma série de ações nesse sentido. “Temos hoje o maior banco de leite do mundo, em que pelo menos 60% das crianças recém-nascidas em UTIs neonatais podem contar com o produto”, destacou. “No ano passado nossos bancos de leite atenderam 2,3 milhões de mulheres, um número muito representativo.”

Assessoria de Comunicação Social

A partir desta sexta-feira (12), 150.669 trabalhadores pernambucanos nascidos em junho, julho e agosto poderão sacar as contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Nesta fase, que corresponde ao terceiro lote, são R$ 177,54 milhões a serem resgatados. 

Nesta fase, são R$ 177,54 milhões a serem resgatados em Pernambuco. Segundo a Caixa Econômica Federal, mais de 7,6 milhões de brasileiros têm direito ao saque, a partir desta sexta-feira (1

Começa saque de contas inativas do FGTS para nascidos em junho, julho e agosto

Começa saque de contas inativas do FGTS para nascidos em junho, julho e agosto

No estado, 27 agências da Caixa localizadas na Região Metropolitana do Recife e 18 unidades situadas no interior abrem das 9h às 15h no sábado. Nesse dia, no mesmo horário, mais de 2 mil agências estarão abertas pelo país. De acordo com a Caixa Econômica Federal, mais de 7,6 milhões de brasileiros têm direito ao saque a partir deste mês. O valor desse lote é de R$ 10,8 bilhões e equivale a quase 25% do total disponível. Até o momento, 235.601 trabalhadores pernambucanos já sacaram o saldo do FGTS desde o primeiro lote, segundo a Caixa Econômica Federal. O que totaliza o montante de R$ 305,87 milhões. No Brasil, do dia 10 de março a 3 de maio, foram mais de R$ 16,6 bilhões. São trabalhadores nascidos nos meses de janeiro a maio, que representa 10,6 milhões de pessoas.

As pessoas que não conseguirem fazer as retiradas até o prazo limite de 31 de julho não conseguirão fazer o saque em outra data, segundo a Caixa. Depois disso, os saques de contas inativas só poderão ser feitos nas outras situações previstas em lei, como aposentadoria, pessoas acima de 70 anos ou após a conta de FGTS permanecer sem depósitos por 3 anos ininterruptos, por exemplo.

Novo calendário de saque das contas inativas do FGTS (Foto: Editoria de arte/G1)
     
Marcelo Diniz Cordeiro, Superintendente da PF fala da operação

Coletiva explicou como e porque houve operação da PF nessas cidades

Publicado em Notícias por em 11 de maio de 2017

O esquema de desvio de recursos federais investigado pela Operação Couraça, deflagrada hoje (11) pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria Geral da União (CGU) em Pernambuco, erguia escolas e postos de saúde de má qualidade, tendo apenas um mestre de obras como responsável pelas construções. Prefeitos e ex-prefeitos de Itapetim e Brejinho são apontados como suspeitos de participação no esquema. A informação foi passada em coletiva da PF e CGU hoje, em Recife. De acordo com o superintendente da CGU em Pernambuco, Fábio Araújo, as empresas Canteiro de Obras e Itapajeú, além de uma terceira que não teve o nome divulgado porque as provas contra ela ainda estão em levantamento, não tinham condições de executar as obras das licitações que venciam, e subcontratavam o mestre de obras. Há indícios de que esse profissional era responsável por erguer os prédios, sem que houvesse cálculo de engenharia ou o uso de material adequado, por exemplo.

“A gente já conseguiu uma série de constatações que demonstram que as empresas de fato não têm condições de executar, e que as obras estão sendo feitas de forma diferente daquilo que preceitua os normativos para esse tipo de construção”, disse Araújo em entrevista coletiva.

Além disso, as empresas eram de fachada, segundo os investigadores. “Os sócios estão registrados como pessoas hipossuficientes no cadastro do Ministério do Desenvolvimento Social, temos vigilantes, faxineiros, como sócios. Em regra, as empresas não possuem as características de uma empresa com estrutura apropriada para realizar esse tipo de obra”, disse. As companhias também não tinham registro de empregados e não foram localizadas nos endereços divulgados como sedes – um deles era na verdade a casa da avó de um dos sócios.

De acordo com o superintendente da CGU em Pernambuco, há suspeita de irregularidades em cerca de 50 obras contratadas em diversos municípios. Nas duas cidades investigadas nessa operação, são cerca de 15 obras. Em Itapetim, duas escolas e uma unidade básica de saúde estão na lista de obras supostamente mal feitas.

Fraudes: as licitações vencidas por essas empresas são apontadas como fraudulentas. Eram usadas modalidades como carta convite e pregão presencial para fazer as contratações, modelos considerados mais frágeis pela CGU. Um dos pontos a serem esclarecidos é como as prefeituras faziam para que as outras empresas verdadeiras não concorressem, já que apenas as companhias investigadas se interessavam pelos certames.

O prefeito de Itapetim, Adelmo Moura, e o ex-prefeito e agora diretor de obras do município, Arquimedes Machado, são apontados como integrantes da organização criminosa, assim como a prefeita de Brejinho, Tania Maria dos Santos, que foi Secretária de Finanças do Prefeito José Vanderley e apoiada por ele em outubro. “As licitações ganhas por essas empresas têm um relacionamento muito próximo com os gestores, e tinham facilidade para ganhar as licitações”, disse o superintendente da PF em Pernambuco, Marcello Diniz Cordeiro. Segundo ele, os prefeitos “não só sabiam como participavam”.

Somando todas as licitações vencidas pelas empresas investigadas, os recursos contratados chegam a R$ 40 milhões. “Não é fácil fazer o cálculo de quanto foi desviado, é preciso ver que material foi usado, quem foi contratado, entre outros. Mas, em média, pelo que geralmente acontece, de 30% a 40% desse valor é desviado”, calculou o superintendente da CGU. Os recursos eram federais, sobretudo da área de saúde, educação e infraestrutura urbana.

PF queria conduzir prefeitos coercitivamente, mas Justiça negou: Vinte mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Itapetim, Brejinho, São José do Egito e Recife, a fim de reunir mais provas para comprovar as acusações, como registros contábeis e relatórios do andamento das obras.

A PF também pediu à Justiça oito mandados de condução coercitiva, inclusive para os prefeitos citados, mas eles não foram concedidos. Segundo a PF, os alvos serão intimados a prestar depoimento.

Prefeitura de Itapetim emitiu nota: a Prefeitura de Itapetim, por meio de sua Assessoria de Comunicação, se manifestou há pouco sobre a operação Couraça, da Polícia Federal em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), que teve repercussão na imprensa estadual.

A Prefeitura informou que os servidores ainda estão concluindo o levantamento dos documentos que foram apreendidos em cada departamento, para só após a investigação, determinar o teor e o assunto a que se relacionam.

Segundo a nota, sabe-se até o momento por parte do executivo que a Operação originou-se de uma denúncia no âmbito do embate político partidário local, subscritas por opositor, relacionada à licitações e obras realizadas entre os anos de 2013 e 2014.“Por ordem do atual prefeito Adelmo Moura, foi prestada inteira colaboração aos trabalhos à Polícia, com a indicação célere de arquivos e a entrega imediata de todos os documentos solicitados, de modo a permitir o esclarecimento real dos fatos”.

Conclui a nota: “Como não poderia ser diferente, o interesse na atual gestão é sempre o de demonstrar a regularidade dos seus atos de gestão, repudiando qualquer ilação apressada e interessada, que só serve para argumento tacanho da politicagem”.

     Zé Vanderlei e Tânia Maria: gestora atual diz que em entrevista PF errou o alvo: era seu antecessor

Em nota ao blog, a prefeita de Brejinho, Tânia Maria, repudiou “veementemente” as declarações feitas pelo delegado da Polícia Federal proferidas nesta quinta-feira (11), em coletiva de imprensa, sobre a “Operação Couraça”. “É público e notório que a prefeita Tânia Maria iniciou seu mandato no dia 1º de janeiro deste ano, sendo este, portanto, o primeiro ano de sua gestão”, afirmou. A gestora afirmou que, como informa a própria Polícia Federal, a Operação visa a apuração de atos administrativos ocorridos no município entre os anos de 2013 e 2014. “Ou seja, de um período em que Tânia Maria ainda não estava à frente da Prefeitura”.A prefeita se solidarizou com o seu antecessor, José Vanderley da Silva, implicitamente, segundo a própria nota, o alvo da investigação, “com quem trabalhou durante quase 20 anos”. Ao final, disse que “está absolutamente certa de que ele provará na Justiça a correção e lisura de todos os atos praticados durante a sua administração”. De fato, Tânia foi Secretária de Finanças da gestão José Vanderlei. Apoiada por ele em outubro passado, foi eleita para gerir o município, o que ocorre desde janeiro deste ano.

Publicado em Notícias por em 11 de maio de 2017

Polícia visa cumprir 20 mandados de busca e apreensão (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Polícia visa cumprir 20 mandados de busca e apreensão

(Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Uma operação da Polícia Federal, denominada “Couraça”, foi deflagrada nesta quinta-feira (11) com o objetivo de combater fraude a licitação e desvio de recursos públicos em Itapetim e Brejinho, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a PF, os crimes seriam cometidos por uma associação criminosa, que vem atuando desde 2013 e já desviou mais de R$ 40 milhões.

A ação realizada em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU) visa cumprir 20 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Federal. O cumprimento dos mandados também deve ocorrer em São José do Egito e no Recife, em locais como escritórios, residências e prefeituras.

“O inquérito policial foi instaurado em 2016 com base em notícia-crime formulada por um vereador de Itapetim e confirmada através de diligências de policiais federais, que concluíram que a fraude também alcançava município vizinhos”, conforme destacou a PF.

Os detalhes da operação serão apresentados em coletiva de imprensa na manhã desta quinta na sede da Polícia Federal, no Recife.

g1   CARUARU E REGIÃO

Operação apura fraudes em licitação e desvio de dinheiro público em Itapetim e Brejinho. Foto: PF/ Divulgação
Operação apura fraudes em licitação e desvio de dinheiro público em Itapetim e Brejinho.

Foto: PF/ Divulgação

A Polícia Federal em Pernambuco deflagra nesta quinta-feira a “Operação Couraça” em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU). O objetivo é combater fraude a licitação e desvio de recursos públicos nos municípios de Itapetim, no Sertão e Brejinho, no Agreste do estado.Oitenta policiais federais e quatro servidores da CGU estão dando cumprimento a 20 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 5.ª Região nas cidades de Itapetim, Brejinho, Recife e São Jose do Egito, em locais como escritórios, residência e prefeituras.
No ano passado, um inquérito policial foi instaurado com base em notícia-crime formulada por um vereador de Itapetim e confirmada após diligências de policiais federais que concluíram que a fraude também alcançava o município vizinho. De acordo com a PF, o favorecimento a determinadas empresas “fantasmas” compostas de “sócios-laranjas” podem estar contribuindo para a situação das  cidades, que têm baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), ocupamdo a 99ª e 128ª posição no estado. As empresas foram vencedoras em licitações para execução de obras públicas com verbas federais, especialmente nos setores de saúde e educação.
A fraude ao caráter competitivo dos procedimentos licitatórios é crime previsto no artigo 90 da Lei 8666/93 e já está amplamente configurado. As medidas de hoje buscam elucidar a ocorrência de outros delitos, a saber, corrupção e lavagem de dinheiro, tudo orquestrado por associação criminosa, que vem atuando desde 2013 e já movimentou mais de 40 milhões de reais.

 Por: Diário de Pernambuco

Na sessão deste dia 10/05/17, na Câmara Municipal de Santa Terezinha-PE, foram aprovados por unanimidade os pareceres, indicações e requerimentos apresentadas pelos legisladores. 

    A seguir houve uma explanação do secretário de saúde deste município Fabio Lucena, a diretora da Unidade Mista Tereza Martins e a Coordenadora PSFS Juliana Souza acerca da possibilidade de haver uma pactuaçao entre a prefeitura Santa Terezinha com a de São José do Egito-PE, para atender as gestantes no hospital Maria Rafaela ,evitando assim que estas pacientes sejam conduzidas para localidades mais distantes.Mas como houve muitas conversas e perguntas paralelas a este respeito,quem vai dá um baste neste assunto e o Prefeito Geovne Martins com Evandro Valadares. Sendo assim, este blog entrou em contato com o Secretário Municipal de Saúde, o senhor Fábio Lucena, para melhor esclarecimento, e o mesmo reafirmou que o prefeito Giovane Martins irá levar a proposta para o prefeito Evandro Valadares para uma possível pactuação, beneficiando assim de 10 a 12 gestantes por mês do município de Santa Terezinha, evitando que alguma gestante ganhar bebê nas estradas, sendo conduzidas para locais longínquos. Só após esta pactuação oficial entre os dois prefeitos, poderão ser levadas estas gestante  para o hospital Maria Rafaela 

  É importante que o poder legislativo e outras autoridades que iram participarem das futuras reuniões, ao debaterem os assuntos, elaborem bem as perguntas e que seja em tempo hábil, evitando assim confusão na mente, incompreensão do assunto e perca de tempo, deixando os assuntos sem uma boa compreensão e as pessoas sem entender.

Conheça as atribuições do Vereador

O Vereador é a pessoa eleita pelo povo para cuidar do bem e dos negócios do povo em relação à administração pública, ditando as leis necessárias para esse objetivo, sem, contudo, ter nenhum poder de execução administrativa. Portanto, não pode prometer, já que não tem poderes para cumprir e/ou realizar obras, resolver problemas da saúde, da educação, do esporte, da cultura, do lazer, do asfalto, do meio ambiente, do trânsito, dos loteamentos e casas populares, etc.

Sua atribuição é auxiliar a administração nesses objetivos, por meio de Indicações e/ou Requerimentos.

Os Vereadores têm quatro funções principais:

  1. Função Legislativa: consiste em elaborar as leis que são de competência do Município, discutir e votar os projetos que serão transformados em Leis, buscando organizar a vida da comunidade.
  2. Função Fiscalizadora: o Vereador tem o poder e o dever de fiscalizar a administração, cuidar da aplicação dos recursos, a observância do orçamento. Também fiscaliza através do pedido de informações.
  3. Função de Assessoramento ao Executivo: esta função é aplicada às atividades parlamentares de apoio e de discussão das políticas públicas a serem implantadas por programas governamentais, via plano plurianual, lei de diretrizes orçamentárias e lei orçamentária anual (poder de emendar, participação da sociedade e a realização de audiências públicas).
  4. Função Julgadora: a Câmara tem a função de apreciação das contas públicas dos administradores e da apuração de infrações político-administrativas por parte do Prefeito e dos Vereadores.

Sua atribuição do Secretário Municipal de saúde

O Secretário Municipal é escolhido pelo prefeito para orientar, coordenar e executar as atividades dos órgãos e das entidades da administração municipal, na área de sua competência; referendar os atos e os decretos do Prefeito e expedir instruções para a execução das leis, dos decretos e dos regulamentos relativos.

SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 10/05/2017.

                                                                 

                                       Assistam vídeo

REQUERIMENTO Nº 002/2017 Ao Plenário da Câmara Municipal, o Vereador que o presente subscrevem, no uso de suas atribuições legais, regimentais, com fundamento no art. 21, III, do Regimento Interno, requer a renúncia ao cargo de 1º Secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Santa Terezinha – PE, biênio 2017/2018. ADALBERTO GONÇALVES DE BRITO JÚNIOR – VEREADOR.

                             

                                         Assistam vídeo

Depoimento de Lula a Sergio Moro_10/05/2017

Lula prestou depoimento a Moro na tarde desta quarta-feira (10), em Curitiba 

São Paulo – Na tarde desta quarta-feira (10), pela primeira vez o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prestou depoimento ao juiz Sergio Moro na Operação Lava Jato. A seguir, você confere o interrogatório do Dia D da Lava Jato, disponibilizado no sistema eletrônico da Justiça Federal do Paraná.

                   








(Montagem de Rodrigo Sanches/EXAME.com)

Puxado pela queda no preço das contas de luz, o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) ampliou uma forte queda de 1,24% em abril, depois de ter recuado 0,38% em março. Os dados são da Fundação Getulio Vargas (FGV).Na prática, isso significa preços mais baixos para o consumidor. Esse indicador é importante pois é usado para reajustar diversos contratos do setor produtivo, como os da construção civil e da indústria. No acumulado de janeiro a abril, o indicador acumula queda de 1,13% e, em 12 meses, o IGP-DI caiu de 4,41% para 2,74%.Para se chegar a esse resultado, outros indicadores são calculados. Um deles é o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que caiu de 0,47% em março para 0,12% em abril. Esse desempenho foi influenciado, principalmente, pela forte redução nas contas de luz, que reverteu uma alta de 6,15% em março para uma queda de 6,22% no mês passado.Outros grupos também apresentaram reduções importantes em abril.

Continue lendo

Doação de R$ 100 bilhões às operadoras de telefonia que atuam no Brasil é um presente de Natal jamais visto no planeta em tempo algum e provocará um déficit gigantesco ao patrimônio público nacional.

Michel Temer telecomunicações teles bilionário

Na última segunda-feira (19), a Mesa Diretora do Senado Federal rejeitou o recurso que pedia votação em plenário do Projeto de Lei 79/2016, que transforma as concessões de telecomunicações em autorizações e transfere uma infraestrutura estratégica da União, avaliada em R$ 100 bilhões, para o patrimônio privado das operadoras. Em tempos de fazer descer goela abaixo da população a PEC do teto, que congela gastos públicos por 20 anos, presentear as operadoras nesta quantia é mais do que criminoso. A medida, articulada com Michel Temer — que já estava literalmente com a festa pronta para confraternizar com as teles esta semana –, foi implementada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB/AL) e os vice-presidentes Jorge Viana (PT/AC) e Romero Jucá (PMDB-RR). Ela resultará no fim da universalização dos serviços de telecomunicações e pode elevar preços de conexão e deixar regiões interioranas desconectadas.

No Senado, o PLC 79/2016 foi aprovado em sete dias corridos, sem qualquer debate com os usuários dos serviços de telecomunicações ou entidades de defesa do consumidor. Para o governo Temer, a lei é “fundamental para que as teles possam atrair um investidores”. Só a ‘Oi’ acumula dívidas de R$ 65,4 bilhões. Um recurso no Senado Federal tenta barrar o repasse bilionário. A jornalista Conceição Lemes, do Viomundo, revelou como aconteceram as manobras de bastidores para doar bilhões às teles às pressas. Confira:

Nos bastidores, o jogo de pressão para doar às pressas R$ 100 bi às empresas de telefonia; veja como foi.

O vídeo é este. Assista-o.

                                                            

O Palácio do Planalto já havia agendado uma grande cerimônia para a entrega do presente de Natal jamais visto no planeta em tempo algum: a “doação” R$100 bilhões às operadoras de telefonia que atuam no Brasil — as famosas teles.

“Brasileiro gasta 5 meses de trabalho para pagar impostos. E onde está o retorno?”

” O retorno é este que vocês vão ouvir através deste vídeo

Continue lendo

Taxas passaram de 456,6% ao ano em março para 233,9% ao ano em abril

Um mês depois das mudanças nas regras do cartão de crédito, os juros do rotativo (também conhecido como pagamento mínimo), caíram pela metade. Os dados são da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) e foram divulgados nesta segunda-feira (08). De acordo com a entidade, as taxas passaram de 456,6% ao ano em março para 233,9% ao ano em abril. Esse recuo, explicou a Abecs, ocorreu depois que o Conselho Monetário Nacional (CMN) mudou as regras do cartão. Antes, o consumidor podia ficar indefinidamente no rotativo do cartão de crédito. Para isso, era preciso pagar apenas o mínimo a cada fatura. Esse procedimento, no entanto, levava ao superendividamento e a níveis elevados de inadimplência nessa modalidade.

                                     

Em março, no entanto, o governo mudou essas regras. O consumidor, a partir dessa nova legislação, passou a ter um limite para ficar no rotativo do cartão de crédito: somente 30 dias. Depois desse prazo, o cliente tem duas opções, ou ele paga a conta à vista ou parcela a fatura em até 24 vezes.

Mudança na legislação

Essa mudança havia sido anunciada pelo presidente da República, Michel Temer, em dezembro do ano passado e se tornou definitiva depois de ser regulamentada pelo CMN – o órgão é responsável por garantir a organização do sistema financeiro.

Juros do rotativo do cartão caem pela metade

brasil.gov.br

A reforma tributária está em pauta no governo, mas pelo que já foi dito até agora, o sinal dado à população é de que não existe intenção em reduzir a carga tributária, pelo contrário, temos o risco de ver uma carga maior no futuro próximo. Além da notícia não agradar a ninguém, isso reforça o peso cada vez maior dos impostos no bolso da população ao longo dos anos. E não falo isso apenas por “sensação” de que a pressão está maior, a carga tributária brasileira realmente vem crescendo de um modo assustador ao longo do tempo. Basta observar o quanto o brasileiro precisa trabalhar por ano para dar conta da carga tributária. Um estudo feito pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) mostra a evolução do peso dos tributos ao longo do tempo. Na gestão de Fernando Collor, por exemplo, o brasileiro precisava trabalhar 3 meses inteiros somente para pagar a carga tributária.  Da gestão de Itamar Franco até Fernando Henrique Cardoso, o tempo de trabalho para cobrir a carga tributária cresceu gradativamente para 4 meses. Nos anos entre Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff o tempo de trabalho saltou para 5 meses. Em 2016, o brasileiro precisou trabalhar 5 meses e 1 dia para conseguir arcar com a carga tributária do país.

Continue lendo

Marcelo Camargo/Agência BrasilResultado de imagem para os mais carentes

Resultado de imagem para os eleitores pobre

Embora seja rejeitado por 92% da população, Michel Temer abriu os cofres federais para comprar votos de parlamentares na reforma da Previdência, também rechaçada por sete em cada de brasileiros; para garantir o apoio dos deputados, Temer planeja acelerar a liberação de verbas para pagar emendas daqueles que se comprometerem a votar a favor do desmonte previdenciário; a estimativa é desembolsar R$ 1,9 bilhão a receber até o fim do ano —média de quase R$ 6 milhões para cada um.

247 – Para comprar o apoio de deputados para sua reforma da Previdência, que acaba com a aposentadoria dos brasileiros, Michel Temer planeja acelerar a liberação de verbas para pagar emendas dos parlamentares que se comprometerem a votar a favor das mudanças. Em reunião nesta segunda-feira (8), Temer determinou que seus ministros privilegiem cerca de 330 parlamentares na distribuição dos recursos, usados para bancar obras e projetos nas bases eleitorais dos congressistas.

“Este são os que dizem nos palanques que vão para a câmara federal ou o senador para defender nossos interesses? Os mesmos sem credibilidade estão levando a nação brasileira a uma situação de miserabilidade, enquanto os mesmo estão sendo privilegiados com suor dos seus humildes eleitores, isto é uma atrocidade que estão fazendo com os mais carentes do Brasil.”

“O governo estima que os projetos indicados por esses parlamentares ainda têm R$ 1,9 bilhão a receber até o fim do ano —média de quase R$ 6 milhões para cada um. A ideia é pagar parte agora para reduzir a resistência dos deputados na votação. As liberações devem ser feitas nas próximas três semanas. Parlamentares de oposição e aqueles que traíram o governo em votações recentes ficarão fora da distribuição, e suas emendas devem ficar represadas até o fim do ano. A estratégia do Palácio do Planalto é dar conforto aos integrantes mais fiéis da base aliada, que poderão levar o dinheiro para os projetos em seus municípios e, assim, compensar a carga negativa que terão em suas bases eleitorais ao votar pela reforma.

Temer tem enfrentado dificuldades para conquistar os 308 votos necessários para aprovar a proposta, que modifica vários artigos da Constituição e por isso precisa de 60% dos votos para ser aprovada. Temer distribuiu cargos e demitiu funcionários indicados por integrantes da base que votaram contra propostas de interesse do governo.”

EXPEDIENTE

N°. DE ORDEM. PROPOSIÇÃO ASSUNTO AUTORIA

1. Leitura da Ata da Sessão Anterior.

ORDEM DO DIA (PARA VOTAÇÃO)

Nº. DE ORDEM PROPOSIÇÃO ASSUNTO AUTORIA

1. PARECER N.º 016/2017 ANALISA PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 002/2017 QUE DISPÕE SOBRE O ACESSO PÚBLICO ÀS INFORMAÇÕES DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA TEREZINHA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final.

2. PARECER N.º 017/2017 ANALISA PROJETO DE LEI ORDINÁRIA N.º 017/2017 QUE DISPÕE SOBRE O ACESSO À INFORMAÇÃO PREVISTA Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final.

NO INCISO XXXIII, DO CAPUT, DO ART. 5º, INCISO II, DO § 3º, DO ART. 37 E NO § 2º DO ART. 216, TODOS DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

3. PARECER N.º 018/2017 ANALISA O PROJETO DE LEI ORDINÁRIA DE AUTORIA DO PODER EXECUTIVO QUE DISPÕE SOBRE A REFORMULAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final.

4. PARECER N.º 001/2017 ANALISA O PROJETO DE LEI ORDINÁRIA DE AUTORIA DO PODER EXECUTIVO QUE DISPÕE SOBRE A REFORMULAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Comissão de Educação, Saúde, Assistência e Desenvolvimento Comunitário.

5. INDICAÇÃO Nº 063/2017 Solicitação Exmo. Sr. Prefeito Constitucional deste Município Geovane Martins, no sentido de adquirir Condicionado em todas as salas da escola Tobias Nunes. Ar JOSÉ MARTINS NETO – VEREADOR

6. INDICAÇÃO Nº 065/2017 Solicitação Exmo. Sr. Prefeito Constitucional deste Município Geovane Martins, no sentido de Doar uma Ambulância para a comunidade da Lagoa do Mizael. MANOEL GONÇALVES DA SILVA – VEREADOR

7. INDICAÇÃO Nº 066/2017 Solicitação Exmo. Sr. Prefeito Constitucional deste Município Geovane Martins, no sentido de construir uma sede própria para o Conselho Tutelar. MANOEL GONÇALVES DA SILVA – VEREADOR

8. INDICAÇÃO Nº 068/2017 Solicitação Exmo. Sr. Prefeito Constitucional deste Município Geovane Martins, no sentido de conceder uma ajuda de custo para as gestantes do nosso município. ADALBERTO GONÇALVES DE BRITO JÚNIOR – VEREADOR ARNÔDO LUSTOSA DA SILVA – VEREADOR ANDRÉ FERREIRA DE OLIVEIRA – VEREADOR HELDER QUIRINO ANASTÁCIO – VEREADOR

9. REQUERIMENTO Nº 002/2017 Ao Plenário da Câmara Municipal, o Vereador que o presente subscrevem, no uso de suas atribuições legais, regimentais, com fundamento no art. 21, III, do Regimento Interno, requer a renúncia ao cargo de 1º Secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Santa Terezinha – PE, biênio 2017/2018. ADALBERTO GONÇALVES DE BRITO JÚNIOR – VEREADOR.

Santa Terezinha – PE. Em, 08 de maio de 2017.

ADALBERTO GONÇALVES DE BRITO JÚNIOR

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
  CLIQUE AQUI e fale com os novos ministros, fiquem de OLHO bem aberto alguma informação entre em contato com os ministros. Imagem relacionada
Vejam as verbas de suas cidades ,naveguem e fiquem bem informados CLIQUE AQUI E ACESSE!

CLIQUE AQUI e veja receita e despesa do seu municípios.

Aqui você encontra informações sobre a aplicação do dinheiro público nos municípios e no estado de Pernambuco.

Zé Freitas no Facebook

Zé Freitas no Twitter
Parceiros