Recicla Net

Óticas Olhar Brasil
Farias Calçados

Lojas Surya
Supermercado
Natália Calçados

Seg Vida
 

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

admin

Nossa editora Daniela Bernardi, que está sempre testando as novidades do mundo fitness, sugere um treino rápido e divertido!

BOA FORMA e Mormaii se uniram para ajudar você a atingir sua meta fitness: agora é possível malhar com acessórios lindos e funcionais. Conheça todo mês os lançamentos para levar para casa e montar sua própria academia.“Um treino completo recruta os músculos que fazem rotação, extensão e flexão”, diz Renata Whyte Gailey, treinadora máster do método Mormaii Fitness. A seguir, mostro um circuito bem curtinho para suar o top e atacar os pneuzinhos.

  • 3 a 6 séries de 10 a 15 repetições sem descanso entre os exercícios
  • De 30 a 60 segundos de intervalo entre cada ciclo

1. Agachamento com rotação 

Treino para secar

                                   (Eduardo Svezia/BOA FORMA)

Aponte os pés para fora e agache o máximo que der, mantendo a coluna alinhada. Estenda os braços à frente, expire e leve a mão em direção ao teto, girando o tronco e acompanhando-a com o olhar. Reveze os lados.

2. Deslocamento com burpee

Treino para secar

                                (Eduardo Svezia/BOA FORMA)

Dê curtos passos para a frente e para trás, deslocando lateralmente em zigue-zague. Ao chegar ao disco da ponta, inspire e faça um burpee (apoie as mãos no solo com os joelhos flexionados, jogue as pernas para trás e forme uma prancha). Volte a ficar em pé e salte.

3. Abdominal com sand bag

Treino para secar

                                                      (Eduardo Svezia/BOA FORMA)

Segure a sand bag atrás da cabeça e eleve os ombros e as pernas. Expirando, aproxime as mãos e os pés. Importante: inicie o movimento com os braços estendidos, depois a cabeça e, em seguida, o tronco, sempre olhando para os pés.

4. Pular corda

Treino para secar

                             (Eduardo Svezia/BOA FORMA)

Salte do modo que você achar mais confortável. 40 a 60 segundos. Nossa editora Daniela Bernardi está sempre testando as novidades do mundo fitness que prometem deixar seu treino mais eficiente e divertido.

Está decretado o fim da fome em dias de temperatura mínima. O principal prato desta nossa dieta bem sacada vai esquentar o seu inverno sem juntar gordurinhas.

Que delícia exterminar os quilinhos a mais tomando caldos nutritivos e suculentos! Já que a sopa é um dos mais apreciados pratos da nossa culinária, aproveite, porque a dieta sugerida pela BOA FORMA e elaborada por Vanderlí Marchiori, diretora da Associação Paulista de Nutrição, tem variações sob medida para o seu plano de emagrecimento. · Se você precisa perder 2 quilos a jato, pode fazer a dieta de dois dias, em que só entra a sopa nas principais refeições. · Quem trabalha fora toma sopa no jantar e almoça sanduíche, em vez de correr para o restaurante por quilo. As sugestões da nutricionista para levar de casa são balanceadas e com valor calórico mais baixo do que as ofertas convencionais das lanchonetes. Você perde 3 quilos em 15 dias. · Por fim, se você costuma almoçar em casa, nada melhor do que a dobradinha clássica – comida de todo dia no almoço e uma boa sopinha à noite. A promessa também é enxugar 6 quilos por mês. Você não precisa obrigatoriamente tomar as sopas na ordem em que aparecem nos cardápios. Alterne à vontade. 

Que frio! Que fome! 

O inverno combina com… comida. Não é à toa que o apetite aumenta nos dias frios. O organismo gasta mais energia para manter a temperatura interna ideal, em torno de 36 graus. Abaixo disso, dispara uma espécie de alarme que vai direto para o cérebro, como um aviso: atenção, o combustível está acabando. É preciso compensar esse descontrole térmico. E o papel das calorias é justamente esse – repor a energia perdida. 

Dieta pra lá de saudável 

“A sopa ajuda a controlar a temperatura corporal e a diminuir a sensação de fome”, explica Vanderlí Marchiori. Feita, em geral, à base de legumes e verduras, ricos em fibras, vitaminas e sais minerais, substitui à altura frutas e saladas, boas fontes dos mesmos nutrientes, porém pouco consumidas no inverno. Há até um estudo comprovando que quem toma sopa todos os dias ingere menos calorias do que aqueles que preferem outro tipo de alimento, sem qualquer prejuízo nutricional. Pensando em facilitar a sua vida, sugerimos três receitas simples e idéias para enriquecer as sopinhas instantâneas, à venda nos supermercados. As sopas mais nutritivas são as que levam carne ou frango e legumes. Evite aquelas com creme de leite, bacon ou engrossadas com farinha. 

Escolha a dieta que melhor se adapta ao seu modo de vida:

Continue lendo

Taxa de desemprego no Brasil no último trimestre foi de 13,6% - Créditos: Agência Brasil
Taxa de desemprego no Brasil no último trimestre foi de 13,6% / Agência Brasil

Ao contrário das recentes declarações do governo federal, como a feita pelo ministro do Fazenda Henrique Meirelles via Twitter, de que a economia brasileira está decolando após uma crise severa, economistas ouvidos pelo Brasil de Fato garantem que a crise que assola o país está longe de acabar.  “A tendência é a situação se agravar com o teto de gastos. É um equivoco achar que isso vai recuperar. A economia brasileira recebeu choque negativo de tarifas e queda de investimentos públicos. O Brasil não está em uma recessão. Ele está em uma depressão”, afirma o economista Luis Gonzaga Belluzzo. A taxa de desemprego no Brasil no último trimestre foi de 13,6%, o que representa 14 milhões de pessoas fora do mercado de trabalho, segundo levantamento divulgado pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em abril deste ano. Além disso, a perspectiva do brasileiro de que a situação pode melhorar caiu 2,7%. É a primeira queda comparativa com meses anteriores desde maio de 2016, de acordo com pesquisa Confederação Nacional da Indústria (CNI) de maio de 2017.Para Cristina Helena de Mello, professora de economia da Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP), “estamos diante de um cenário com uma perspectiva muito lenta de recuperação. Dificilmente teremos uma recuperação ainda esse ano”, diz. “Independentemente desse quadro político, eu não vejo no mercado privado indicadores de que a gente esteja, de fato, em vias de recuperação. Ela é muito lenta e não deve se reverter em quadros de emprego”, completa.Segundo a PNAD, cerca de 1,2 milhão de pessoas perderam seus empregos com carteira assinada no trimestre de fevereiro de abril de 2017 em relação ao mesmo período do ano passado. Hoje, há cerca de 32,1 milhões vagas de empregos formais. 

“Dificuldade enorme”

O técnico em eletrotécnica Mario Sérgio Duarte Pereira dos Santos, 35, procura emprego em sua área de atuação há três meses. Morador de Itaquaquecetuba, ele faz curso superior na área de sistemas de telecomunicação. “Está difícil. Marcam a entrevista, mas nada de retorno”, conta. O momento político, segundo Santos, é outro fator que influencia nas decisões dos empregadores em não abrirem novos postos de trabalho. “[O momento político do país] dificulta porque os empresários não querem investir, eles não querem jogar o dinheiro assim, contratar empregado. A economia do país está instável e, para eles, não é viável”, interpreta.

Técnico em eletrotécnica Mario Sérgio Duarte Pereira dos Santos,

35, morador de Itaquaquecetuba/Foto: José Eduardo Bernardes

Em comparação com outros momentos em que precisou recorrer ao mercado de trabalho, Santos acredita que agora há uma dificuldade ainda maior para novas contratações. “Tem muito mais gente desempregada do que três anos atrás. Hoje, a dificuldade é enorme. Aparece vaga, mas é uma em um mês. Fica nessa defasagem de mercado. É difícil”, comenta. Para Maria Célia Luz Pereira, 57, moradora de São Caetano, a situação é ainda mais complicada. Apesar de já ter trabalhado como supervisora e encarregada de limpeza, doméstica, babá e ter cursos de auxiliar e técnico de enfermagem, ela busca há dois anos uma recolocação no mercado. Seu filho, que está no terceiro ano de jornalismo, também está desempregado. Assim, é Pereira quem arca com todas as despesas, como a mensalidade da faculdade e o aluguel da casa onde vivem. Seu sonho é que o filho se forme para, segundo ela, ter uma vida melhor e mais tranquila que a sua.  “Estou conseguindo viver porque fiz um empréstimo para pagar as contas. Não sei como vou fazer para pagar os empréstimos”, diz.  Pereira trabalhava como doméstica, fazendo bicos, nada fixo, e agora gostaria de um trabalho com carteira de trabalho e direitos trabalhistas. “Está muito complicado. Estou até com crise de ansiedade, não esperava passar por isso. Antigamente, você procurava no jornal, ia preencher a ficha e, às vezes, já marcavam a entrevista no mesmo dia”, lembra.

Técnica em enfermagem Maria Célia Luz Pereira, 57, moradora de São Caetano

/Foto: José Eduardo Bernardes

Reforma trabalhista

Continue lendo

A seguir, os principais trechos da entrevista publicada na edição de ÉPOCA desta semana. Leia as 12 páginas da conversa com Joesley na edição que chega às bancas neste sábado (17) ou disponível agora nos aplicativos ÉPOCA e Globo+:

Revista ÉPOCA - capa da edição 991 - Entrevista exclusiva com Joesley Batista: "Temer é o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil" (Foto: Revista ÉPOCA)

ÉPOCA – Quando o senhor conheceu Temer?

ÉPOCA – Quando o senhor conheceu Temer?
Joesley Batista – Conheci Temer através do ministro Wagner Rossi, em 2009, 2010. Logo no segundo encontro ele já me deu o celular dele. Daí em diante passamos a falar. Eu mandava mensagem para ele, ele mandava para mim. De 2010 em diante. Sempre tive relação direta. Fui várias vezes ao escritório da Praça Pan-Americana, fui várias vezes ao escritório no Itaim, fui várias vezes à casa dele em São Paulo, fui alguma vezes ao Jaburu, ele já esteve aqui em casa, ele foi ao meu casamento. Foi inaugurar a fábrica da Eldorado.

ÉPOCA – Qual, afinal, a natureza da relação do senhor com o presidente Temer?
Joesley –
Nunca foi uma relação de amizade. Sempre foi uma relação institucional, de um empresário que precisava resolver problemas e via nele a condição de resolver problemas. Acho que ele me via como um empresário que poderia financiar as campanhas dele – e fazer esquemas que renderiam propina. Toda a vida tive total acesso a ele. Ele por vezes me ligava para conversar, me chamava, e eu ia lá.

ÉPOCA – Conversar sobre política?
Joesley –
Ele sempre tinha um assunto específico. Nunca me chamou lá para bater papo. Sempre que me chamava, eu sabia que ele ia me pedir alguma coisa ou ele queria alguma informação.

ÉPOCA – Segundo a colaboração, Temer pediu dinheiro ao senhor já em 2010. É isso?
Joesley –
Isso. Logo no início. Conheci Temer, e esse negócio de dinheiro para campanha aconteceu logo no inicio 
sozinho. O Temer não tem muita cerimônia para tratar desse assunto. Não é um cara cerimonioso com dinheiro.

ÉPOCA – Ele sempre pediu sem algo em troca?
Joesley –
Sempre estava ligado a alguma coisa ou a algum favor. Raras vezes não. Uma delas foi quando ele pediu os R$ 300 mil para fazer campanha na internet antes do impeachment, preocupado com a imagem dele. Fazia pequenos pedidos. Quando o Wagner saiu, Temer pediu um dinheiro para ele se manter. Também pediu para um tal de Milton Ortolon, que está lá na nossa colaboração. Um sujeito que é ligado a ele. Pediu para fazermos um mensalinho. Fizemos. Volta e meia fazia pedidos assim. Uma vez ele me chamou para apresentar o Yunes. Disse que o Yunes era amigo dele e para ver se dava para ajudar o Yunes.

ÉPOCA – E ajudou?
Joesley –
Não chegamos a contratar. Teve uma vez também que ele me pediu para ver se eu pagava o aluguel do escritório dele na praça [Pan-Americana, em São Paulo]. Eu desconversei, fiz de conta que não entendi, não ouvi. Ele nunca mais me cobrou.

ÉPOCA – Ele explicava a razão desses pedidos? Por que o senhor deveria pagar?
Joesley –
O Temer tem esse jeito calmo, esse jeito dócil de tratar e coisa. Não falava.

ÉPOCA – Ele não deu nenhuma razão?
Joesley –
Não, não ele. Há políticos que acreditam que pelo simples fato do cargo que ele está ocupando já o habilita a você ficar devendo favores a ele. Já o habilita a pedir algo a você de maneira que seja quase uma obrigação você fazer. Temer é assim.

ÉPOCA – O empréstimo do jatinho da JBS ao presidente também ocorreu dessa maneira?
Joesley –
Não lembro direito. Mas é dentro desse contexto: “Eu preciso viajar, você tem um avião, me empresta aí”. Acha que o cargo já o habilita. Sempre pedindo dinheiro. Pediu para o Chalita em 2012, pediu para o grupo dele em 2014.

ÉPOCAHouve uma briga por dinheiro dentro do PMDB na campanha de 2014, segundo o lobista Ricardo Saud, que está na colaboração da JBS.
Joesley –
Ricardinho falava direto com Temer, além de mim. O PT mandou dar um dinheiro para os senadores do PMDB. Acho que R$ 35 milhões. O Temer e o Eduardo descobriram e deu uma briga danada. Pediram R$ 15 milhões, o Temer reclamou conosco. Demos o dinheiro. Foi aí que Temer voltou à Presidência do PMDB, da qual ele havia se ausentado. O Eduardo também participou ativamente disso.

ÉPOCA – Como era a relação entre Temer e Eduardo Cunha?
Joesley –
A pessoa a qual o Eduardo se referia como seu superior hierárquico sempre foi o Temer. Sempre falando em nome do Temer. Tudo que o Eduardo conseguia resolver sozinho, ele resolvia. Quando ficava difícil, levava para o Temer. Essa era a hierarquia. Funcionava assim: primeiro vinha o Lúcio [o operador Lúcio Funaro]. O que ele não conseguia resolver pedia para o Eduardo. Se o Eduardo não conseguia resolver, envolvia o Michel.

ÉPOCA – Segundo as provas da delação da JBS e de outras investigações, o senhor pagava constantemente tanto para Eduardo Cunha quanto para Lúcio Funaro, seja por acertos na Câmara, seja por acertos na Caixa, entre outros. Quem ficava com o dinheiro?
Joesley –
Em grande parte do período que convivemos, meu acerto era direto com o Lúcio. Eu não sei como era o acerto do Lúcio do Eduardo, tampouco do Eduardo com o Michel. Eu não sei como era a distribuição entre eles. Eu evitava falar de dinheiro de um com o outro. Não sabia como era o acerto entre eles. Depois, comecei a tratar uns negócios direto com o Eduardo. Em 2015, quando ele assumiu a presidência da Câmara. Não sei também quanto desses acertos iam para o Michel. E com o Michel mesmo eu também tratei várias doações. Quando eu ia
falar de esquema mais estrutural com Michel, ele sempre pedia para falar com o Eduardo. “Presidente, o negócio do Ministério da Agricultura, o negócio dos acertos…” Ele dizia: “Joesley, essa parte financeira toca com o Eduardo e se acerta com o Eduardo”. Ele se envolvia somente nos pequenos favores pessoais ou em disputas internas, como a de 2014.

ÉPOCA – O senhor realmente precisava tanto assim desse grupo de Eduardo Cunha, Lúcio Funaro e Temer?
Joesley –
Eles foram crescendo no FI-FGTS, na Caixa, na Agricultura – todos órgãos onde tínhamos interesses. Eu morria de medo de eles encamparem o Ministério da Agricultura. Eu sabia que o achaque ia ser grande. Eles tentaram. Graças a Deus, mudou o governo e eles saíram. O mais relevante foi quando Eduardo tomou a Câmara. Aí virou CPI para cá, achaque para lá. Tinha de tudo. Eduardo sempre deixava claro que o fortalecimento dele era o fortalecimento do grupo da Câmara e do próprio Michel. Aquele grupo tem o estilo de entrar na sua vida sem ser convidado.

ÉPOCA – Pode dar um exemplo?
Joesley –
O Eduardo, quando já era presidente da Câmara, um dia me disse assim: “Joesley, tão querendo abrir uma CPI contra a JBS para investigar o BNDES. É o seguinte: você me dá R$ 5 milhões que eu acabo com a CPI”. Falei: “Eduardo, pode abrir, não tem problema”. “Como não tem problema? Investigar o BNDES, vocês.” Falei: “Não, não tem problema”. “Você tá louco?” Depois de tanto insistir, ele virou bem sério: “É sério que não tem problema?”. Eu: “É sério”. Ele: “Não vai te prejudicar em nada?”. “Não, Eduardo.” Ele imediatamente falou assim: “Seu concorrente me paga R$ 5 milhões para abrir essa CPI. Se não vai te prejudicar, se não tem problema… Eu acho que eles me dão os R$ 5 milhões”. “Uai, Eduardo, vai sua consciência. Faz o que você achar melhor.” Esse é o Eduardo. Não paguei e não abriu. Não sei se ele foi atrás. Esse é o exemplo mais bem-acabado da lógica dessa Orcrim.

ÉPOCA – Algum outro?
Joesley –
Lúcio fazia a mesma coisa. Virava para mim e dizia: “Tem um requerimento numa CPI para te convocar. Me dá R$ 1 milhão que eu barro”. Mas a gente ia ver e descobria que era algum deputado a mando dele que estava fazendo. É uma coisa de louco.

ÉPOCA – O senhor não pagou?
Joesley –
Nesse tipo de coisa, não. Tinha alguns limites. Tinha que tomar cuidado. Essa é a maior e mais perigosa organização criminosa deste país. Liderada pelo presidente.

ÉPOCA – O chefe é o presidente Temer?
Joesley –
O Temer é o chefe da Orcrim da Câmara. Temer, Eduardo, Geddel, Henrique, Padilha e Moreira. É o grupo deles. Quem não está preso está hoje no Planalto. Essa turma é muita perigosa. Não pode brigar com eles. Nunca tive coragem de brigar com eles. Por outro lado, se você baixar a guarda, eles não têm limites. Então meu convívio com eles foi sempre mantendo à meia distância: nem deixando eles aproximarem demais nem deixando eles longe demais. Para não armar alguma coisa contra mim. A realidade é que esse grupo é o de mais difícil convívio que já tive na minha vida. Daquele sujeito que nunca tive coragem de romper, mas também morria de medo de me abraçar com ele.

ÉPOCA – No decorrer de 2016, o senhor, segundo admite e as provas corroboram, estava pagando pelo silêncio de Eduardo Cunha e Lúcio Funaro, ambos já presos na Lava Jato, com quem o senhor tivera acertos na Caixa e na Câmara. O custo de manter esse silêncio ficou alto demais? Muito arriscado?
Joesley –
Virei refém de dois presidiários. Combinei quando já estava claro que eles seriam presos, no ano passado. O Eduardo me pediu R$ 5 milhões. Disse que eu devia a ele. Não devia, mas como ia brigar com ele? Dez dias depois ele foi preso. Eu tinha perguntado para ele: “Se você for preso, quem é a pessoa que posso considerar seu mensageiro?”. Ele disse: “O Altair procura vocês. Qualquer outra pessoa não atenda”.  Passou um mês, veio o Altair. Meu Deus, como vou dar esse dinheiro para o cara que está preso? Aí o Altair disse que a família do Eduardo precisava e que ele estaria solto logo, logo. E que o dinheiro duraria até março deste ano. Fui pagando, em dinheiro vivo, ao longo de 2016. E eu sabia que, quando ele não saísse da cadeia, ia mandar recados.

ÉPOCA – E o Lúcio Funaro?
Joesley –
Foi parecido. Perguntei para ele quem seria o mensageiro se ele fosse preso. Ele disse que seria um irmão dele, o Dante. Depois virou a irmã. Fomos pagando mesada. O Eduardo sempre dizia: “Joesley, estamos juntos, estamos juntos. Não te delato nunca. Eu confio em você. Sei que nunca vai me deixar na mão, vai cuidar da minha família”. Lúcio era a mesma coisa: “Confio em você, eu posso ir preso porque eu sei que você não vai deixar minha família mal. Não te delato”.

ÉPOCA

  

TEXTO ÁUREO
“E José, despertando do sonho, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher.” (Mt 1.24) 


VERDADE PRÁTICA
José, pai de JESUS, nos deixou um exemplo marcante de um caráter humilde, submisso e amoroso.  

LEITURA DIÁRIA Segunda – Jo 1.1 O Verbo se fez carne
Terça – Lc 2.4 José era da descendência de Davi
Quarta – Mt 2.13,14 José fugiu para o Egito com Maria e JESUS
Quinta – Mt 13.55 JESUS, “o filho do carpinteiro”
Sexta – Mc 6.3 JESUS, “carpinteiro”
Sábado – Mt 1.19 José, um homem justo
 LEITURA BÍBLICA EM CLASSE – Mateus 1.18-2518 – Ora, o nascimento de JESUS CRISTO foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do ESPÍRITO SANTO. 19 – Então, José, seu marido, como era justo e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. 20 – E, projetando ele isso, eis que, em sonho, lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do ESPÍRITO SANTO.  21 – E ela dará à luz um filho, e lhe porás o nome de JESUS, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. 22 – Tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz:  23 – Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de EMANUEL. (EMANUEL traduzido é: DEUS conosco). 24 – E José, despertando do sonho, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher, 25 – e não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe o nome de JESUS. 

OBJETIVO GERAL – Apresentar José como exemplo de caráter humilde, submisso e amoroso.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS Mostrar alguns aspectos do perfil de José, pai de JESUS; Apontar o caráter exemplar de José; Explicar a nobre missão de José INTERAGINDO COM O PROFESSOR
José, assim como Maria, teve um papel importante no plano de redenção divina. Na Bíblia não encontramos muitas informações a respeito dele. Analisando os textos bíblicos a respeito de José, podemos ver o quanto era obediente, humilde e amoroso. Ao saber da gravidez de Maria, até intentou deixá-la, mas secretamente, para que a jovem não viesse a sofrer. Diferente de Maria que viu e ouviu do anjo Gabriel que seria a mãe do Salvador, José não teve uma revelação direta da parte de DEUS. Só quando planejou deixar Maria, o Senhor falou com ele em sonhos e José demonstrou ter fé e comunhão com DEUS, pois não teve dificuldades em discernir que não se tratava de um sonho comum, mas era a voz de DEUS e a sua revelação divina a respeito daquEle que seria o Salvador.

 PONTO CENTRAL – José, pai adotivo de JESUS, é um exemplo de caráter humilde, submisso e amoroso.
Resumo da Lição 12, José, O Pai Terreno de JESUS – Um Homem de CaráterI – JOSÉ, O PAI DE JESUS
1. Quem era José? 
2. Pai adotivo de JESUS.3. José, um sonhador obediente.II – O CARÁTER EXEMPLAR DE JOSÉ1. Um homem obediente.2. Um homem temperante.III – A NOBRE MISSÃO DE JOSÉ1. Assegurar a ascendência real de JESUS.2. Proteger JESUS em seus primeiros anos.a) No nascimento de JESUS.b) Nas cerimônias exigidas pela Lei.c) Na fuga para o Egito.3. O zelo pela formação espiritual de JESUS. 

SÍNTESE DO TÓPICO I – José foi escolhido por DEUS para ser o pai adotivo de JESUS.

SÍNTESE DO TÓPICO II – José foi um homem de caráter exemplar.

SÍNTESE DO TÓPICO III – José recebeu de DEUS a nobre missão de ser o pai adotivo de JESUS.

 SUBSÍDIO DIDÁTICO parte 1

(Extraído de Bíblica Cronológica Aplicação Pessoal. Rio de Janeiro: CPAD, 2015, p. 1277).  
Professor, reproduza o quadro abaixo e utilize-o para mostrar aos alunos algumas das características do perfil de José.
(Extraído de Bíblica Cronológica Aplicação Pessoal. Rio de Janeiro: CPAD, 2015, p. 1277).
PARA REFLETIR – A respeito de José, o pai terreno de JESUS, um homem de caráter, responda:
Que fez José, ao saber da gravidez de Maria? Pensou em deixá-la secretamente para não infamá-la.  
Como José participou do nascimento de JESUS? Ajudando Maria em todos os detalhes.
Quando José voltou do Egito com Maria e JESUS? Quando Herodes morreu.
Por que José e Maria levavam JESUS a Jerusalém? Para a festa da Páscoa.
Que preceitos legais José e Maria obedeceram após o nascimento de JESUS? A circuncisão de JESUS e a purificação de Maria. 

CONSULTE – Revista Ensinador Cristão – CPAD, nº 70, p 42.   COMENTÁRIO RÁPIDO DO Pr. HENRIQUE – EBD NA TV Lição 12, José, O Pai Terreno de JESUS – Um Homem de Caráter LEITURA BÍBLICA EM CLASSE – Mateus 1.18-2518 – Ora, o nascimento de JESUS CRISTO foi assim: Estando Maria, sua mãe, desposada com José, antes de se ajuntarem, achou-se ter concebido do ESPÍRITO SANTO. 19 – Então, José, seu marido, como era justo e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. 20 – E, projetando ele isso, eis que, em sonho, lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do ESPÍRITO SANTO.  21 – E ela dará à luz um filho, e lhe porás o nome de JESUS, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. 22 – Tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz:  23 – Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de EMANUEL. (EMANUEL traduzido é: DEUS conosco). 24 – E José, despertando do sonho, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher, 25 – e não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe o nome de JESUS. 

INTRODUÇÃO

Estudaremos nesta Lição sobre José, marido de Maria, da casa de Davi, pai adotivo de JESUS e seu caráter digno de ser imitado, principalmente quanto ao seu amor, à sua justiça, obediência, temperança e submissão a DEUS. 

I – JOSÉ, O PAI DE JESUS
1. Quem era José?  
JOSÉ – (Strong Português)José – ????? Ioseph – de origem hebraica ????;  – José = “deixe-o acrescentar”
O marido de Maria, a mãe de JESUS.
 José – Pai adotivo (?) de JESUSAdotivo para nós que sabemos que foi concebido pelo ESPÍRITO SANTO, mas ninguém saiu contando por toda parte isso. Portanto JESUS, quando nasceu, foi aceito por todos como filho legítmo de José e de Maria (os dois concentiram em ter este filho por obra e graça de DEUS).Temos pouca informação sobre José, marido de Maria, na Bíblia. Basicamente sabemos que era carpinteiro e que morava em Nazaré, na Galileia, também estava desposado com Maria, como seu noivo, também quase não sabemos nada sobre ela. José, apesar disso, é de suma importância para a genealogia de JESUS, como descendente da casa real, ou seja, descendente do rei Davi. Da tribo de Judá. Assim as profecias a respeito de JESU se cumpriram. (2 Sm 7.12, 16). Para todos era o pai legitimo de JESUS. Eles não saíram espalhando que Maria havia concebido do ESPÍRITO SANTO. JESUS nasceu e para todos era filho legítimo de José e de Maria.
JOSÉ – Dicionário Wycliffe O marido de Maria, mãe de JESUS. Sua genealogia é apresentada em Mateus 1 (cf. Lc 3.23-38). Ele era um carpinteiro (Mt 13.55; Mc 6.3) que vivia em Nazaré (Lc 2.4). Mas, como descendente de Davi, sua casa ancestral estava em Belém. Estava noivo de Maria na época em que JESUS foi concebido pelo ESPÍRITO SANTO (Mt 1.18; Lc 1.27; 2.5). Ao saber que Maria estava grávida, quis evitar que ela fosse exposta à vergonha pública, embora cogitasse divorciar-se e despedi-la secretamente. Mas em um sonho foi informado por DEUS que a concepção de Maria era divina e foi encorajado a se casar com ela (Mt 1.20-25). Para se registrarem no alistamento de Cesar Augusto, ele e Maria foram a Belém, onde JESUS nasceu. José é mencionado juntamente com Maria e JESUS na visita dos pastores (Lc 2.16) e na apresentação de JESUS no Templo (Lc 2.27,33). Em um sonho, DEUS instruiu José a fugir da ira de Herodes, ir para o Egito, e lá permanecer durante algum tempo (Mt 2.13-15). A última participação de José é mencionada no evento dos Evangelhos relacionado com a visita feita à festa anual em Jerusalém, quando JESUS tinha 12 anos de idade (Lc 2.41- 52). Ele não foi incluído com Maria e seus filhos em Mateus 12.46-50; Marcos 3.31-35 e Lucas 8.19-21 (cf. Mc 6.3), embora João 6.42 possa indicar que José ainda estivesse vivo durante parte do ministério de JESUS. Os judeus da época de JESUS consideravam que Ele era filho de José (veja Lc 3.23; 4.22; Jo 1. 45; 6.42). JOSÉ MORREU ANTES DE JESUS?Não creio que José morreu antes de JESUSIsso é crendice de católicos que inventaram um José velhinho e sem condições de ser pai depois que JESUS nasceu – Em João 6 José é mencionado. Em Mateus 13.55 José é mencionado como pai de JESUS e carpinteiro. Não consta na Bíblia que José faleceu em algum momento do ministério de JESUS. Se tivesse morrido JESUS o ressuscitaria ou pelo menos a bíblia teria mencionado a visita de JESUS a seu sepultamento. Se tivesse morrido quando JESUS ainda era criança a bíblia mencionaria este importante fato. Maria estava morando em Jerusalém no tempo da crucificação de JESUS, longe de Nazaré. JESUS indicou João para cuidar dela, isso não prova que José estivesse morto, poderia ter ficado em Nazaré trabalhando. Quem sabe já não suportava a caminhada até Jerusalém de 145 Km (3 a 4 dias de viagem a pé)?
Não é este o filho do carpinteiro? e não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Tiago, e José, e Simão, e Judas? E não estão entre nós todas as suas irmãs? De onde lhe veio, pois, tudo isto? Mateus 13:55,56 Jo 6. 42 E diziam: Não é este JESUS, o filho de José, cujo pai e mãe nós conhecemos? Como, pois, diz ele: Desci do céu?
Conhecemos – Não diz conhecíamos ou filho do José, já morto. Diz conhecemos, indicando presente e indicando que se está falando de alguém vivo.
Assim como supõem por tradições e livros teológicos que José morreu antes de JESUS, sem provas bíblicas. Estou dando versículos bíblicos como mostra que podem estar errados quando dizem que José havia morrido antes de JESUS.
Cada um pode interpretar como quer, eu prefiro acreditar que não morreu antes de JESUS por causa dos versículos que me convencem disso.  Tradição católica ou evangélica não é superior à Bíblia. Quem prefere acreditar na tradição tudo bem, mas não podem querer obrigar quem não quer ter que acreditar se seu jeito. Os versículos da bíblia me convencem mais para acredite que José estava vivo. Agora saber porque não foi a Jerusalém ou porque não tem registro aí não temos na Bíblia.  DEUS não se preocupou em e detalhes sobre isto. Já tem idolatria demais, para que ter mais detalhes da vida de José e de Maria?
 Quanto a José não estar na crucificação de JESUS Era mais fácil para João estar perto da cruz, era conhecido do sumo sacerdote, até teve facilidade para entrar no julgamento de JESUS por isso (E Simão Pedro e outro discípulo seguiam a JESUS. E este discípulo era conhecido do sumo sacerdote, e entrou com JESUS na sala do sumo sacerdote. João 18:15). João foi ó único discípulo que foi testemunha ocular do julgamento de JESUS e de sua crucificação. Onde estavam José de Arimateia e Nicodemos na hora da crucificação? onde estava Lázaro, amigo íntimo de JESUS? Nenhum outro discípulo chegou perto com medo de morrer. Os irmãos de JESUS também não.
Por que? Porque homem que chegasse perto poderia ser preso também? Poderia ser acusado de pertencer ao grupo de JESUS? Poderia se crucificado também? Bom estudarmos bem. José pode não ter comparecido para não morrer também.
 

POR QUE JOSÉ MORAVA NA GALILEIA E NÃO EM SEU TERRITÓRIO, A JUDEIA, EM JUDÁ?
Se José era da tribo de Judá, porque emigrou da Judeia, terra dos seus antepassados, onde poderia ter terrenos, para a Galileia, território de outra tribo, onde ele não poderia possuir propriedades?
Motivo um
A resposta está pode estar na sua profissão. Um carpinteiro necessita de madeira para trabalhar. Nos nossos dias, basta ir a algum fornecedor de material e comprar a madeira ou telefonar a uma serração que umas horas depois está na sua oficina um caminhão com o carregamento da madeira indicada, já serrada em tábuas, seca na estufa e pronta a ser trabalhada. Mas José viveu numa época bem diferente. Ele tinha de montar a sua oficina não muito longe duma floresta onde houvesse árvores que pudessem fornecer boa madeira.
Características geológicas e climatéricas dos nossos dias, serão quase as mesmas da época de José, bem como a vegetação de crescimento espontâneo. Na Judeia, terra dos seus antepassados, a precipitação média anual não vai além dos 100 milímetros por ano, enquanto na Galileia, esse valor é de 700 a 1000 milímetros por ano. Nazaré fica na baixa Galileia, região predominantemente agrícola, enquanto as árvores que poderiam fornecer matéria-prima para a pequena indústria de José, cresciam na alta Galileia e deve ter sido bem árduo o trabalho de levar os troncos para a sua oficina.
Motivo dois
Cumprimentos das profecias que diziam que JESUS seria chamado Nazareno ou Galileu. Portanto era necessário que tanto Maria como José morassem ali. É uma providência divina, um encaixar no plano divino no coração de seus servos obedientes e disponibilizados para fazerem sua obra.
3- Motivo três
Maria depois passou a ser seu principal motivo.
 Para Maria morar ali em Nazaré também tinha o Motivo da profecia a ser cumprida e ainda tinha o motivo chamado José. Um homem de Judá, carpinteiro, homem temente a DEUS e seu amor, esperado como esposo, que morava ali em Nazaré. 

2. Pai adotivo de JESUS.POR QUE DIFERENTES GENEALOGIAS ENTRE MATEUS E LUCAS?
Porque Lucas mostra a humanidade de JESUS e Mateus sua Realeza (na de Mateus é demonstrada a descendência de JESUS do rei Davi por causa de José que era da casa real)
Lucas coloca mais nomes de descendentes humildes e às vezes sem expressividade em sua genealogia para mostrar a humildade e humanidade de JESUS.
A intenção de Lucas é mostrar JESUS se fazendo homem para salvar a todos os descendentes de Adão. Por isso a genealogia de Lucas vai até Adão.
Já Mateus está interessado em provar que JESUS é rei e mostra JESUS descendente dos reis até Davi porque é filho de José, da casa de Davi. Entre tantos outros descendentes de Davi, José é mais um que poderia se candidatar ao trono. Assim JESUS nasce em Belém, tribo de Judá. Também é filho legalmente de José da casa de Davi.
Cuidado com fábulas artificialmente compostas (2 Pedro 1:16) de que na genealogia de Lucas está registrada a genealogia de Maria e que Eli é pai de Maria.Não existe nenhuma comprovação bíblica disso. A genealogia é de JESUS e as mulheres não influenciavam as genealogias. Apenas são citadas como esposas de alguém que faz parte da genealogia de JESUS.A única família de Maria encontrada na Bíblia é a de Isabel, sua prima, descendente de Arão, da tribo de Levi.Lucas 1:5 Existiu, no tempo de Herodes, rei da Judéia, um sacerdote chamado Zacarias, da ordem de Abias, e cuja mulher era das filhas de Arão; e o seu nome era Isabel.Lucas 1:36 E eis que também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril; SE MULHER INFLUENCIASSE GENEALOGIA DAVI SERIA APENAS UM ZERO A ESQUERDA.
Davi é descendente de Raabe,a prostituta e de Rute, a Moabita (descendente de um incesto das filhas de Ló com ele)
E Salmom gerou, de Raabe, a Boaz; e Boaz gerou de Rute a Obede; e Obede gerou a Jessé; Mateus 1:5. ISSO NOS MOSTRA CLARAMENTE QUE MULHER NÃO INFLUENCIA NA GENEALOGIA. JESUS SÓ É RECONHECIDO COMO DA CASA DE DAVI POR CAUSA DE JOSÉ, QUE É DA CASA DE DAVI. E subiu também José da Galiléia, da cidade de Nazaré, à Judéia, à cidade de Davi, chamada Belém (porque era da casa e família de Davi), Lucas 2:4
José tinha uma profissão que o mantinha dentro da classe média e não da pobre. Quando se ocupou com a ida a Belém, nascimento de JESUS, ida a Jerusalém para apresentação do menino JESUS e depois fuga para o Egito, ai sim, sem trabalhar, teve dificuldades financeiras, embora no Egito tivesse produtos ganhados no nascimento de JESUS com os quais podia sustentar sua família. 3. José, um sonhador obediente.QUAL ERA O CANAL DE COMUNICAÇÃO ENTRE DEUS E JOSÉ?“E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor”. Mateus 1:19-25 – Primeiro sonho.“E, tendo eles se retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José num sonho”. Mateus 2:13,14 – Segundo sonho.“Morto, porém, Herodes, eis que o anjo do Senhor apareceu num sonho a José no Egito” Mateus 2:19 – Terceiro sonho.Este era o canal de comunicação entre DEUS e José. Um sonho em que um anjo aparecia e lhe comunicava o que DEUS queria que fizesse. José acordava e obedecia. José tinha um caráter obediente a DEUS e submisso.Atualmente, DEUS fala em sonhos com seus servos? Como distinguir se o que sonhei é a voz de DEUS? DEUS ainda fala do mesmo jeito que sempre falou.
Fala pela Palavra escrita, Fala pela Palavra pregada ou ensinada.
Fala por sonhos como tem feito muito nos últimos dias em Meca, na Arábia Saudita.
Fala em nossos pensamentos.
Fala com voz audível.
Fala através de seus profetas.
Fala através de profecias.
DEUS continua sendo DEUS e falando conosco e se não tiver ninguém para ele usar vai usar uma jumenta como a de Balaão.
Para distinguir somente por uma revelação do ESPÍRITO SANTO que mora em nós e para sabermos no geral se é DEUS temos os métodos mostrados na Bíblia.
Se acontecer o que for falado.
Se o que for falado não nos afastar de DEUS.
Se o que for falado não for contra a Bíblia.
Etc…
Quando o profeta falar em nome do Senhor, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o Senhor não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele. Deuteronômio 18:22À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles. Isaías 8:20  

II – O CARÁTER EXEMPLAR DE JOSÉ1. Um homem obediente.
JOSÉ DEMONSTROU OBEDIÊNCIA CASANDO-SE COM MARIA
QUANDO JOSÉ SE CASOU COM MARIA? COM QUANTOS MESES DE GRÁVIDA?José obedeceu ao Anjo (DEUS lhe mostrou a profecia que dizia que a virgem conceberia). José fez como o anjo lhe ordenara e se casou imediatamente com Maria, pois já estava com três meses de gravidez e logo, logo, a barriguinha se revelaria. era preciso urgência. Por que três meses? Porque Maria passou quase três meses em casa de sua prima Isabel em outra cidade após receber JESUS em seu ventre pela ação sobrenatural do ESPÍRITO SANTO. – E Maria ficou com ela quase três meses, e depois voltou para sua casa. Lucas 1:56 – (mais a viagem de ida e volta à cidade onde morava sua prima Isabel).Então José, seu marido, como era justo, e a não queria infamar, intentou deixá-la secretamente. E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do ESPÍRITO SANTO; E dará à luz um filho e chamarás o seu nome JESUS; porque ele salvará o seu povo dos seus pecados. Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta, que diz; Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: DEUS conosco. E José, despertando do sono, fez como o anjo do Senhor lhe ordenara, e recebeu a sua mulher; E não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome JESUS. Mateus 1:19-25
JOSÉ DEMONSTROU OBEDIÊNCIA TAMBÉM DESCENDO AO EGITO
A FUGA DE JOSÉ, MARIA E JESUS PARA O EGITO“E, tendo eles se retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José num sonho, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino para o matar. E, levantando-se ele, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egito.” (Mateus 2:13,14). Assim como no tempo de Moisés, o diabo intentou destruir o profeta enviado por DEUS para libertar seu povo da escravidão, no tempo de JESUS o diabo levantou Herodes para matar as crianças de Israel para não permitir nascer o libertador do pecado e da morte, JESUS. Herodes manda matar os meninos de dois anos para baixo, pois havia perguntado aos homens que vieram do Oriente pela provável idade do menino que eles diziam ser rei. este menino poderia ser uma ameaça ao seu reinado. Poderia ser seu substituto. Poderia causar problemas sérios para seu reinado. Poderia causar uma rebelião durante seu reinado e lhe tirar o trono. Que barbaridade, que maldade – O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. João 10:10 Em Ramá se ouviu uma voz, Lamentação, choro e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, E não quer ser consolada, porque já não existem. Mateus 2:18 Assim diz o Senhor: Uma voz se ouviu em Ramá, lamentação, choro amargo; Raquel chora seus filhos; não quer ser consolada quanto a seus filhos, porque já não existem. Jeremias 31:15 Depois do primeiro Sonho dado a José sobre a virgindade e concepção milagrosa no ventre de Maria, agora, novamente José recebe um sonho revelador. Quando DEUS descobre em nós um canal eficiente de comunicação sempre nos vem através dele. Para José os sonhos eram este canal de comunicação eficiente. Avisado José do perigo que corria o menino, conduziu imediatamente sua família para o Egito, e lá permaneceu até a morte de Herodes, que foi substituído por seu filho. JOSÉ DEMONSTROU OBEDIÊNCIA TAMBÉM SAINDO DO EGITO E VOLTANDO PARA A GALILEIA Agora num terceiro sonho José recebe a revelação de DEUS de que era hora de voltar, pois Herodes estava morto.Mateus 2.15 E esteve lá, até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Do Egito chamei o meu Filho. Morto, porém, Herodes, eis que o anjo do Senhor apareceu num sonho a José no Egito, Dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e vai para a terra de Israel; porque já estão mortos os que procuravam a morte do menino. Então ele se levantou, e tomou o menino e sua mãe, e foi para a terra de Israel. E, ouvindo que Arquelau reinava na Judéia em lugar de Herodes, seu pai, receou ir para lá; mas avisado num sonho, por divina revelação, foi para as partes da Galiléia. E chegou, e habitou numa cidade chamada Nazaré, para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado Nazareno. Mateus 2:19-23 Agora José volta para Nazaré donde tinha saído antes de Maria conceber JESUS,antes de Ir a Belém, antes de fugir para o Egito.O justo José. José era tão pai quanto qualquer pai biológico, era o pai legal, era o pai que cuidava, protegia, responsável pela segurança e bem-estar de sua família. José tinha coração receptivo a DEUS. O Egito abrigou o povo de DEUS por várias vezes, pois DEUS os abençoou com fartura de alimentos, principalmente a região do Delta do Rio Nilo. Havia fartura de pão no Egito e de produção agrícola em geral. Era o celeiro daquela região toda da Ásia e África. DEUS protegeu JESUS com a cooperação de José e de Maria (cf. Mt 3.13,19,20,22). Obediência – fugir do país (Mt 2.14). JESUS era refugiado e estrangeiro noutro país (Mt 2.14,15). Na criação de JESUS quanto à sua humanidade, José e Maria tiveram participação importante no desenvolvimento de seu caráter. JESUS se entregou totalmente a DEUS e foi totalmente submisso a DEUS.E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Filipenses 2:8 2. Um homem temperante. JOSÉ DEMONSTROU SER TEMPERANTE NOS DIAS DE SEU NOIVADO COM MARIA José sabia da lei que dizia ser pecado tal ato (Dt 22.23,24). José era homem “justo” (Mt 1.19). “não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe o nome de JESUS” (Mt 1.25).JOSÉ DEMONSTROU SER TEMPERANTE NOS DIAS DE PURIFICAÇÃO DE MARIA Dias de purificação ou resguardo da mulherHomem 40 – Mulher 80 – Fala aos filhos de Israel, dizendo: Se uma mulher conceber e der à luz um menino, será imunda sete dias, assim como nos dias da separação da sua enfermidade, será imunda. E no dia oitavo se circuncidará ao menino a carne do seu prepúcio. Depois ficará ela trinta e três dias no sangue da sua purificação; nenhuma coisa santa tocará e não entrará no santuário até que se cumpram os dias da sua purificação. Mas, se der à luz uma menina será imunda duas semanas, como na sua separação; depois ficará sessenta e seis dias no sangue da sua purificação. Levítico 12:2-5. JOSÉ DEMONSTROU SER TEMPERANTE NA ESPERA ATÉ VOLTAREM A NAZARÉ DEPOIS DE PELO MENOS 3 ANOS DEPOIS DO NASCIMENTO DE JESUS, PARA SÓ AI TER SEUS FILHOS COM MARIA.Quando os irmãos de JESUS começaram a nascer?Quanto tempo José e Maria moraram em Belém depois do nascimento de JESUS?Pelo menos dois anos. Mateus 2.16 Então Herodes, vendo que tinha sido iludido pelos magos, irritou-se muito, e mandou matar todos os meninos que havia em Belém, e em todos os seus contornos, de dois anos para baixo, segundo o tempo que diligentemente inquirira dos magos.José se controlou sexualmente para não ter relações sexuais com Maria até que JESUS nascesse. Creio que só tiveram relações sexuais após voltarem do Egito, depois de fugirem para lá orientados por DEUS e de lá voltarem para Nazaré, novamente orientados por DEUS. Ai sim, tiveram seus outros filhos – Não é este o filho do carpinteiro? e não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Tiago, e José, e Simão, e Judas? E não estão entre nós todas as suas irmãs? De onde lhe veio, pois, tudo isto? Mateus 13:55,56E não a conheceu até que deu à luz seu filho, o primogênito; e pôs-lhe por nome JESUS. Mateus 1:25Os irmãos de JESUS só começaram a nascer depois que José voltou do Egito com Maria, muito provavelmente após três anos ou quatro anos depois que JESUS houvera nascido (Herodes havia mandado matar as crianças de dois anos para baixo, ai acrescenta-se o tempo que moraram no Egito que pode ter sido por volta de um ano ou dois e a volta para Nazaré).E esteve lá, até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Do Egito chamei o meu Filho. Mateus 2:15Quando Israel era menino, eu o amei; e do Egito chamei a meu filho. Oséias 11:1 E não vi a nenhum outro dos apóstolos, senão a Tiago, irmão do Senhor. Gálatas 1:19Judas, servo de JESUS CRISTO, e irmão de Tiago, aos chamados, santificados em DEUS Pai, e conservados por JESUS CRISTO: Judas 1.1 (irmão de JESUS)Não temos nós direito de levar conosco uma esposa crente, como também os demais apóstolos, e os irmãos do Senhor, e Cefas? 1 Coríntios 9:5  

III – A NOBRE MISSÃO DE JOSÉ

1. Assegurar a ascendência real de JESUSJoão 7.42 Não diz a Escritura que o CRISTO vem da descendência de Davi, e de Belém, da aldeia de onde era Davi?Para ser da tribo de Judá JESUS teve que nascer em Belém – “E Davi era filho de um homem, efrateu, de Belém de Judá, cujo nome era Jessé […] ” (1 Sm 17.12).Para ser descendente do rei Davi precisava ser da casa real de Davi – E subiu também José da Galiléia, da cidade de Nazaré, à Judéia, à cidade de Davi, chamada Belém (porque era da casa e família de Davi), Lucas 2:4 Para cumprir as profecias tinha que ser descendente da casa real de Davi – E nos levantou uma salvação poderosa Na casa de Davi seu servo. Como falou pela boca dos seus santos profetas, desde o princípio do mundo; Lucas 1:67-70.Para ser rei no milênio JESUS precisava ser descendente do rei Davi – (Na verdade, se os judeus o tivessem recebido como o Messias não precisaria esperar pelo milênio, ele reinaria sobre eles naquela época mesmo, mas eles não o receberam (João 1.11 Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.- então só o remanescente é que terá seu reino terrestre como prometido a Davi) –Porque assim diz o Senhor: Nunca faltará a Davi homem que se assente sobre o trono da casa de Israel; Jeremias 33:17… e viveram, e reinaram com CRISTO durante mil anos. Apocalipse 20:4b. Só de ter nascido em Belém JESUS já era da tribo de Judá e JudeuPara ser da casa de Davi teve que pegar a genealogia de José que era da casa de Davi – José é reconhecido como pai legitimo de JESUS pela cultura judaica, oficialmente e legalmente é pai de JESUS. JESUS foi reconhecido filho de Davi pelo povo judeu e por seus discípulosMt 12.23 E toda a multidão se admirava e dizia: Não é este o Filho de Davi? Dizendo: Que pensais vós do CRISTO? De quem é filho? Eles disseram-lhe: De Davi. Mateus 22:42
E a multidão os repreendia, para que se calassem; eles, porém, cada vez clamavam mais, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de nós! Mateus 20:31
Em Apocalipse JESUS é o “o Leão da tribo de Judá” (Ap 5.5).Mateus registra a genealogia de JESUS, a partir da descendência de Davi. JESUS foi adotado legalmente por José, que era da tribo de Judá. 

Clik neste nome abaixo para vê a matéria na íntegra

Continue lendo

 

     Nesta Quinta Feira (15/06), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, Antônio Carlos Alves da Silva e a diretora-geral, Isabela Landim participaram da inauguração do posto de recadastramento biométrico do município de Santa Terezinha – PE.

    Quem não realizar o recadastramento biométrico, terá o título cancelado e com isso terá restrições no CPF, perdendo benefícios de programas sociais como o Bolsa Família e outros benefícios,e não poderá fazer matrículas em instituições de ensino, nem obter passaporte ou assumir cargos públicos.

      A inauguração desse posto é fundamental para a própria melhoria do processo eleitoral e para o desenvolvimento da cidadania. A biometria vai trazer mais segurança, pois está sendo utilizado uma tecnologia extraordinária e o TRE-PE está de parabéns em relação a essa inauguração. É importante que a população participe e faça aqui a biometria”

                                                  

Vejam a explanação na íntegra no vídeo.

Se avexe não
Amanhã pode acontecer tudo
Inclusive….

Não adianta mudar o político que senta na cadeira do presidente se o povo continua afastado de Deus…

O deputado federal Francisco Everardo, mais conhecido como Tiririca, emocionou seus fãs e eleitores em entrevista concedida no Salão Verde da Câmara dos Deputados. Ao ser abordado por repórteres que o perguntaram sobre seu famoso slogan das campanhas de 2010 e 2014, onde pedia voto dizendo que “Pior que está não fica”. Todos esperavam mais uma piada mas o que ouviram foi profundo e profético, como nenhum outro político jamais teve coragem de dizer.

Era começo de noite em Brasília, numa segunda-feira vazia como quase todas no Congresso Nacional. Segundas e sextas são dias em que tradicionalmente deputados e senadores não comparecem às sessões legislativas. Não é o caso do deputado Tiririca, que por três oportunidades já se deparou com o Câmara dos Deputados completamente vazia, sendo o único que se fez presente na sessão plenária. Nesta segunda não foi diferente, ele era um dos poucos deputados realizando trabalhos nas comissões internas do Congresso. Ao sair de uma das reuniões por volta de 19h45min um grupo de quatro repórteres de TV o abordaram em clima de brincadeira e o perguntaram:

_ E aí Tiririca? Você também vai ser pego pela Lava Jato, heim? Vai ser delatado por propaganda enganosa. Você disse que “pior que está não fica” e ficou muito pior. O que você tem a dizer pros seus eleitores agora?

O deputado Francisco Everardo olhou seriamente para o repórter Altair Cardoso, e respondeu:

_ O que eu vou dizer para meus eleitores? É isso que você quer saber? Vou dizer que o Brasil esqueceu de Deus. Por isso está assim. Deus nos disse que ninguém acende uma luz para escondê-la dentro de uma caixa, e sim para colocar a luz no alto de uma casa e assim iluminar a todos que estão ali.

Sabe porque eu estou te dizendo isso? Acabei de sair de uma reunião onde me apresentaram um projeto que quer tirar todas os símbolos de Deus das escolas. Querem tirar a bíblia das escolas, os crucifixos e qualquer imagem que lembre da passagem de Jesus pela Terra. Estão querendo fazer isso dizendo que a Escola não deve ensinar religião. Mas isso não é ensinar religião. É apenas lembrar que temos um pai que ofereceu seu único filho pra nos salvar. Vão substituir a imagem de Jesus pela imagem do presidente. Isso é uma vergonha. Deus deve estar com muita vergonha de todos nós.

Enquanto eu for vivo vou lutar pela honra e pela glória do Senhor. O Brasil hoje está dividido entre pessoas que vivem, matam ou se matam por causa de um partido, ou um político. Pessoas que passam horas do seu dia brigando com amigos e familiares por causa de política. Estas mesmas pessoas não conseguem encontrar um só minuto do seu dia pra conversar com Deus. Estas mesmas pessoas estão querendo tirar Deus das escolas. Já tiraram da casa delas agora querem tirar do coração das crianças. Isso é muito triste, cara. Desculpa se eu não respondi com a piada que vocês esperavam. Mas aqui sou deputado, e estou muito triste com o rumo que o Brasil tá tomando. Não adianta mudar o político que senta na cadeira do presidente se o povo continua afastado de Deus…

afolhabrasil

Ato cultural pelas "Direta Já" reúne mais se 100 mil pessoas em São Paulo - Créditos: Mídia Ninja

Ato cultural pelas “Direta Já” reúne mais se 100 mil pessoas em São Paulo

/ Mídia Ninja

O sistema de democracia representativa vivido no Brasil, em que o povo participa da vida política do país de quatro em quatro anos apenas para eleger os candidatos aos poderes executivo e legislativo, é tido como um dos grandes entraves para democratização do Estado brasileiro.

Somado a isso, ainda existe a enorme influência de grandes empresas privadas nos processos eleitorais, que contribuíram com R$ 5 bilhões em doações somente nas eleições de 2014. Esses seriam apenas alguns dos fatores que contribuem para a falta de credibilidade e o não reconhecimento da população em relação às instituições do país, como mostra a pesquisa realizada pela organização GfK Verein, ao constatar que o brasileiro é o povo que menos confia em seus políticos entre as grandes economias do mundo, realizada em 2016.

Para José Antonio Moroni, cientista político e integrante do colegiado de gestão do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), o direito ao voto é somente a base da democratização, mas da forma como o temos hoje, ele “não pode ser a única expressão de soberania popular”.Moroni ainda destaca que as elites políticas e econômicas brasileiras nem sequer são capazes de respeitar o mínimo estabelecido, já que em 2014 destituíram a ex-presidenta eleita democraticamente Dilma Rousseff, assumindo o governo de Michel Temer, responsável por implementar uma agenda política contrária aos interesses do povo brasileiro, como as reforma trabalhistas e da Previdência.

“A gente percebe que as nossas elites, tanto políticas quanto econômicas, não tem apreço nenhum ao princípio básico da democracia, que é o respeito ao voto”, ressalta Moroni.

Continue lendo

Maior parte da produção de alimentos no país provém da agricultura familiar, não do agronegócio, dizem pesquisas - Créditos: Fernando Frazão/ Agência Brasil
Maior parte da produção de alimentos no país provém da agricultura familiar, não do agronegócio, dizem pesquisas / Fernando Frazão/ Agência Brasil

O agronegócio não mata a fome, não gera emprego e tampouco é sustentável

Em 2011, a escola de samba Unidos da Lona Preta compôs um samba cujo refrão termina com o verso: “Agronegócio, a mentira do Brasil”. O que a princípio poderia parecer uma frase de efeito na guerra simbólica entre agroecologia e agronegócio revela-se a cada dia uma verdade incontestável. A mentira em questão possui diversas dimensões: o agronegócio não mata a fome, como afirma, não gera emprego e tampouco é sustentável, como às vezes tem a cara de pau de propagandear. Hoje, o assunto é a viabilidade econômica do agronegócio. 

Em relação à dimensão econômica, um dos aspectos dessa mentira que temos alertado há tempos é o alto custo de produção que muitas vezes encosta ou ultrapassa o preço de venda das mercadorias. Nesta semana, foi publicada uma reportagem contendo declarações do presidente da Aprosoja-GO que ajudam a descortinar didaticamente mais essa balela do agronegócio.

O que entendemos por agronegócio

Como prólogo, é importante alinhar o que entendemos por agronegócio. O tema é extenso, mas aqui falamos especificamente sobre uma cadeia de produção, que engloba três grandes grupos de atividades, denominados:

Antes da porteira;

Dentro da porteira; e

Depois da porteira.

O primeiro estágio se refere à parte da cadeia que produz os insumos que serão utilizados na produção: agrotóxicos, sementes (híbridas ou transgênicas) e adubos químicos. Além dos insumos, outra parte importante neste estágio são as empresas produtoras de máquinas agrícolas.

O segundo estágio – dentro da porteira – se refere à atividade agrícola em si: semear, plantar e colher (regado a muitas aplicações de agrotóxicos). Esta atividade é a que povoa o imaginário da sociedade e que, muitas vezes, se confunde com o próprio termo “agronegócio”. 

Finalmente, o terceiro estágio – depois da porteira – inclui uma vastíssima gama de atividades econômicas, por exemplo: a recepção e armazenamento da produção (originação), tradings que distribuem a produção no mercado interno e externo, as indústrias de transformação (alimentação humana, animal, produção de óleos e combustíveis), e sobretudo o mercado financeiro, que eleva a produção agrícola ao abstrato mercado de ações presentes e futuras, fazendo todo o tipo de malabarismo especulativo.

É claro que ainda há toda a base de sustentação simbólica (mídia), jurídica/legal (legislativo) e financeira (executivo). A participação desses atores é crucial para a manutenção do agronegócio, como veremos à frente.

Quem é o agronegócio?

Continue lendo

Item desejo do momento, o secador da marca Dyson é silencioso e leve, tem potência até oito vezes maior que os outros aparelhos e controla o jato para que ele não seja prejudicial aos fios – dá pra acreditar em tudo isso? “Ele possui um termostato que mede a temperatura a cada 20 segundos e a mantém entre 60 e 100 °C”, diz a cabeleireira Renata Souza, do Spa Dios, um dos salões que já possuem o acessório, em São Paulo. Infelizmente, ele ainda não é comercializado no Brasil.

Para que a espera não seja tão sofrida, adapte seu secador de estimação:

ACOPLE UM SILENCIADOR na parte de trás do aparelho para diminuir o barulho dele.

AJUSTE O VENTO NA TEMPERATURA MÉDIA, que seca sem ressecar os fios.

MANTENHA DISTÂNCIA – o acessório deve ficar, no mínimo, a 15 centímetros da sua cabeça.

boaforma

Comece o dia comendo banana para emagrecer! Surpresa? Nós também ficamos, e, por isso, fomos investigar a Dieta da Banana Matinal que está circulando na internet com a promessa de secar a cintura sem sacrifício. No Japão, onde foi criada por Hitoshi Watanabe, especialista em medicina preventiva, virou mania. Desde que a notícia repercutiu nos Estados Unidos, vem reunindo um grande número de adeptos, especialmente em Nova York. 

Mas, não engorda?

Em excesso, a fruta pode pesar na balança. Ainda assim, a dieta não impõe limite: a candidata a perder peso pode comer quantas unidades quiser no café-da-manhã. Mas é difícil exagerar. Isso porque a fruta sacia rapidinho. Além disso, deve ser acompanhada de goles de água morna. É estranho, mas funciona. Em contato com a água, as fibras solúveis da banana formam uma espécie de gel que preenche o estômago, espantando a fome por um bom tempo. Lucyanna Kalluf, nutricionista do Instituto Alpha de Saúde Integral, em São Paulo, acrescenta outros dois poderes da fruta contra os quilinhos extras: estimula o funcionamento do intestino e combate a ansiedade e o mau humor. “É um alimento que combina doses importantes de vitamina B6 e triptofano – substâncias que, juntas, aumentam a produção de serotonina, o neurotransmissor do bem-estar”, diz a nutricionista, autora do livro Fitoterapia Funcional (VP Editora). E, feliz, a gente resiste melhor aos doces. Você malha? Mais um motivo para apostar na banana. Lotada de potássio, melhora o poder de contração dos músculos, aumentando sua performance e, de quebra, a queima de calorias.
Dispense o que é ruim

Nem tudo é perfeito na dieta que veio do Oriente. A versão original permite você comer o que e quanto quiser no almoço e no jantar. Não dá! “Isso pode resultar num exagero de calorias, anulando qualquer esforço para emagrecer”, alerta Andréia Naves, diretora da VP Consultoria Nutricional, em São Paulo.

Aproveite o lado bom

Cortar bebida alcoólica, evitar refeições pesadas após às 8 da noite e ir para cama antes da meia-noite, no entanto, são sugestões muito bem-vindas. Então, aproveite o que é bom e dispense o que ruim. Nem pensar em começar o dia comendo banana e bebendo água morna? A gente deu um jeitinho nisso: você vai beber chá (ou outra bebida quentinha). O cardápio também está mais gostoso. Tem banana e outras comidinhas que potencializam o resultado da dieta – você vai perder 3 quilos em dez dias!
O poder da banana verde

Continue lendo

 Lei de Acesso à Informação é fundamental para dar condições de um jornalismo plural e democrático no que diz respeito ao dinheiro público - Créditos: Divulgação
Lei de Acesso à Informação é fundamental para dar condições de um jornalismo plural e democrático no que diz respeito ao dinheiro público / Divulgação

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa deve respeitar a Lei de Acesso à Informação (LAI). A recente determinação do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE) é básica, mas revela o quanto o descaso para com a legislação ainda é uma realidade em inúmeros municípios do estado e também do país. No segundo semestre de 2012, logo após entrar em vigor a Lei de Acesso à informação (LAI), protocolei um pedido de informação sobre a gestão do serviço de transporte público municipal de Ponta Grossa, que deveria ter a fiscalização diária da Prefeitura. O então chefe do executivo local, Pedro Wosgrau (PSDB) ignorou. Cobrado, manteve a arrogância habitual e não atendeu ao pedido. Acionado pelo TCE, através da ouvidoria, a demanda passou ao gestor seguinte, que assumiu em janeiro de 2013. A lógica do descaso manteve o ritmo da indiferença e da “caixa preta”.

Continue lendo

Para conseguir os 172 votos necessários para barrar a aceitação da acusação da PGR, presidente promete liberação de verbas, troca de comando na PF e benesses para governadores

Quem é a tropa de choque de Temer para barrar denúncia de Janot Gabriel Renner/Arte ZH/

Foto: Gabriel Renner/Arte ZH

Para segurar a volátil base parlamentar e barrar a aguardada denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR), o presidente Michel Temer trabalha em um plano de contenção do que seus aliados mais próximos chamam de “tempestade perfeita”: a investida do procurador-geral Rodrigo Janot, somada a delações do operador Lúcio Funaro e do ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). Na estratégia palaciana, a distribuição de emendas e cargos ganhou reforço do afago aos governadores na renegociação de dívidas e das promessas do PMDB de blindagem para evitar a cassação do senador Aécio Neves (PSDBMG). Além disso, apoio ao PSDB na corrida presidencial de 2018. A aprovação do distrição na reforma política, a fim de facilitar reeleições de deputados, e a troca do comando da Polícia Federal também estão no horizonte.

Como a denúncia de Janot precisa do aval de 342 dos 513 deputados para ser apreciada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o foco de Temer está na Câmara. Ele busca 172 aliados dispostos a engavetar o caso, fruto da delação da JBS e da conversa gravada entre o presidente e o empresário Joesley Batista. Parlamentares de diferentes partidos afirmam que, no momento, o Planalto tem os votos para sobreviver.  — Toda abstenção ou ausência favorece o governo, então, Janot e a oposição que precisam de 342 votos. Eles não fazem 150 — projeta o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS).

A permanência do PSDB no governo, conquistada graças à negociação do PMDB com caciques do Senado e governadores, foi considerada decisiva no Palácio para garantir a confiança do momento. Porém, 20 dos 46 deputados tucanos, na ala jovem da bancada chamada de “cabeças pretas”, adiantam que não blindarão Temer.

— Defendo o apoio à agenda de reformas, mas não à participação em um governo em meio à tentativa de barrar investigações — afirma Daniel Coelho (PSDB-PE).

Continue lendo

Em um esforço conjunto de seis órgãos estaduais e a Celpe, a CAPHAB vai desburocratizar e agilizar análises técnicas de projetos habitacionais em todo o Estado.
O governador Paulo Câmara assinou, nesta segunda-feira (12.06), em evento no Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco (SINDUSCON/PE), no Recife, decreto que cria a Câmara de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais (CAPHAB). Com o intuito de incentivar o setor a investir na construção de moradias populares, a iniciativa prevê a redução do tempo de análise dos projetos, no âmbito estadual, de oito meses para até 30 dias úteis. O objetivo é agilizar e desburocratizar os pareceres técnicos de projetos habitacionais através da centralização da tramitação em seis órgãos estaduais e a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe).
“Essa ferramenta vai permitir que a gente avance nas análises de projetos habitacionais tão necessários e importantes para grande parte da população que precisa dessas moradias de baixo custo. Essa ação é fruto de uma série de reuniões, de um grande consenso e da necessidade de desburocratizar esses processos que demoram meses. Então, é muito importante no momento que nós estamos vivendo que hajam, por parte do Estado, os devidos encaminhamentos para que esses projetos possam sair do papel com a maior celeridade possível”, destacou o governador.

Continue lendo

O Senhor conduza o coração de vocês ao amor de Deus…”! (2Tessalonicenses 3.5)

Há dias em que preferimos puxar o cobertor por cima da cabeça – não ver nem ouvir nada! Adeus mundo desprezível!

Com que ânimo você enfrenta o seu dia? Talvez haja montanhas de compromissos a cumprir, tarefas impossíveis que causam desgaste implacável. Você acaba sentindo a pressão da sua incapacidade. O desânimo o deprime. O que te causa pavor? Que circunstâncias fazem a sua pulsação disparar? Nunca esqueça: “Aquilo que o impressiona também domina o seu pensamento”. Por favor, não faça parte do grupo de cristãos que carregam seu desânimo como se fosse um mapa em seu rosto e de quem não se consegue receber sequer um sorriso. Você tem direito ao cuidado de Deus por ser seu filho. Você mesmo tem culpa se estiver sofrendo pela falta da graça de Deus e se uma raiz de amargura está se alastrando em seu coração. Isso não deve acontecer. Não importa quais sejam as suas circunstâncias, aqui está uma Palavra de Deus que pretende mudar a direção do seu olhar.

Se nosso coração não estiver direcionado para o amor de Deus, a nossa alma atrofia.

Continue lendo

A assessora especial do prefeito de Santa Terezinha-PE, Geovane Martins, a senhorita  Lindeci Martins (Linda de Danda), tem se destacado, pelo relevante trabalho que tem desempenhado no município. A mesma tem sido muito prestativa e atenciosa, sempre que solicitada, e tem atendido na maneira do possível as demandas. 
    Podemos citar como exemplo de seus préstimos,  a iluminação das travessas (becos do Virgulino) nas proximidades do Banco do Brasil, esquina das ruas Edson Morato de Holanda e José Romão de Araújo, onde foram colocadas luminárias, as quais deixaram os locais com uma visibilidade favorável.
       Queremos aqui, expressar nossa admiração pela mesma. Dizendo que uma cidade organizada e com pessoas capacitadas e sociabilizadas, comprometidas a desenvolver e promover o bem comum para todos, são qualidades que nosso município e outros demais precisam, para alavancar e criar novas expectativas e credibilidade para toda população.  Fica aqui nossos parabéns a Lindeci Martin  (Linda de Danda  Martins). A sociedade está na expectativa para que dias melhores possam estar por vir para nosso município,  estado, país e todo mundo. 
      “Que Deus possa iluminar as mentes e os corações, para que a vontade Dele prevaleça, e a justiça e a bondade façam morada na vida das pessoas e que as pessoas desejem e permitam que Jesus promova a paz que tanto almejamos, principalmente nestes dias que estamos vivendo”.

Brasília – O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) liberou R$ 10 milhões para os agricultores familiares dos 115 municípios gaúchos em situação de emergência. A pasta também garantiu a antecipação do pagamento de julho do Programa Bolsa Família para os beneficiários das cidades atingidas pelas chuvas no Rio Grande do Sul. As compras de produtos da agricultura familiar serão feitas por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), coordenado pela pasta.De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, além de incentivar a economia local, os recursos vão beneficiar as famílias em vulnerabilidade. “Realocamos os recursos dentro do nosso orçamento para que os municípios possam comprar dos seus agricultores e direcionar esses alimentos para as pessoas afetadas pelas chuvas”.

Continue lendo

FNDE transfere R$ 927 milhões do salário-educação

Estados e municípios já podem investir os recursos em suas redes de ensino

Os recursos referentes à parcela de maio do salário-educação estão disponíveis a partir desta terça-feira, dia 13, nas contas correntes de estados, municípios e Distrito Federal. Responsável pelos repasses, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), transferiu R$ 927 milhões na última sexta-feira, 9, a entes federativos de todo o Brasil.

Foram destinados R$ 505,4 milhões para as redes municipais e R$ 421,6 milhões para as redes estaduais e distrital. Somente neste ano, o salário-educação já rendeu R$ 5,3 bilhões aos cofres públicos de estados, municípios e DF. O montante transferido a cada ente federativo pode ser conferido no portal do FNDE (www.fnde.gov.br), em Liberação de recursos.

Ao lado do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o salário-educação é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e o desenvolvimento do ensino. Trata-se de uma contribuição social recolhida de todas as empresas e entidades vinculadas ao Regime Geral da Previdência Social.

Continue lendo

É um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza.O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde. Em todo o Brasil, mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família.  Conheça o programa, os direitos e deveres das famílias participantes e conte com a Caixa no recebimento do benefício ou para tirar dúvidas.

Quem é beneficiário do Bolsa Família agora possui um novo jeito de receber seu benefício. A Poupança Caixa Fácil é uma conta simplificada, que pode ser aberta em Lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui, com limite de saldo e movimentação mensal de R$ 3.000,00. A conta possui um cartão magnético que possibilita compras, depósitos, saldos, transferências e muito mais.?

Chegou sua vez de ter o Bolsa Família no celular

                                                                                    

                                       Conheça o aplicativo

Quais os objetivos do programa

  • Combater a fome e promover a segurança alimentar e nutricional;
  • Combater a pobreza e outras formas de privação das famílias;
  • Promover o acesso à rede de serviços públicos, em especial, saúde, educação, segurança alimentar e assistência social.

Quem pode participar do programa

A população alvo do programa é constituída por famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza.  As famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda mensal de até R$ 85,00 por pessoa. As famílias pobres são aquelas que têm renda mensal entre R$ 85,01 e R$ 170,00 por pessoa. As famílias pobres participam do programa, desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos. Para se candidatar ao programa, é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com seus dados atualizados há menos de 2 anos. Caso atenda aos requisitos de renda e não esteja inscrito, procure o responsável pelo Programa Bolsa Família na prefeitura de sua cidade para se inscrever no Cadastro Único. E mantenha seus dados sempre atualizados, informando à prefeitura qualquer mudança, como de endereço e telefone de contato e modificações na constituição de sua família, como nascimento, morte, casamento, separação, adoção, etc.  O cadastramento é um pré-requisito, mas não implica na entrada imediata das famílias no programa, nem no recebimento do benefício. Mensalmente, o MDS – Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à  Fome seleciona, de forma automatizada, as famílias que serão incluídas para receber o benefício. Para saber se você foi incluído no programa, consulte o responsável pelo programa programa na prefeitura de sua cidade ou consulte aqui? a lista de famílias beneficiárias.?

?Renda até R$ 85

Famílias com renda mensal de até R$ 85,00 por pessoa.

Renda entre R$ 85,01 e R$ 170

Famílias com renda mensal entre R$ 85,01 e R$ 170,00 por pessoa, que possuam em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças e adolescentes com idade entre zero e 16 anos incompletos.

Renda de zero a R$ 170

Famílias com renda mensal de zero a R$ 170,00 por pessoa, que possuam em sua composição adolescentes entre 16 e 17 anos.??? Além disso, as famílias que atendem aos critérios do Programa Bolsa Família e estão inscritas em outros programas federais também têm direito ao benefício.

Quando Wesley Alexandre, de 8 anos, chega à escola 419, na cidade de Samambaia (DF), a primeira missão é: olhar como estão as plantinhas na horta. O espaço faz parte do projeto “Expresso Horta”, iniciado em 2016, após a participação da escola em uma feira de ciências sobre alimentação para o mundo.  São 54 crianças, entre 8 e 9 anos, que colocam a mão na terra para desenvolver o projeto que atualmente conta com 48 espécies, entre frutas e legumes. São variedades que fazem parte do cardápio do lanche na escola, através de receitas que são feitas pelos alunos e professores. Farofa de jiló e chips de berinjela estão entre os preferidos. A escola implantou o projeto “Expresso horta” em um espaço que estava abandonado. “Aqui se planta muitas coisas diferentes. Eu escolhi a batata doce porque é saudável e faz muito bem para a saúde”, conta Alexandre.  A ideia do projeto não fica apenas em plantar. A instituição trabalha com a interdisciplinaridade em vários aspectos. Cada aluno escolhe o que vai plantar. Em seguida, denomina seu espaço no terreno, seleciona a muda de uma espécie, molha a terra e colhe no período pronto para consumo. Segundo a professora Sueli Lucena, um dos principais objetivos do projeto é mostrar a importância da alimentação saudável e o cuidado com a natureza. Para ajudar com o manuseio da horta, ela participa de um curso, oferecido pela Secretaria de Educação do Distrito Federal, com orientações sobre a produção dos alimentos, cuidado com as plantações e como as frutas e legumes devem ser utilizados na merenda escolar.  

Aulas ao ar livre

As aulas não ficam apenas em sala de aula. Com um espaço feito por eles, denominado “Estaleiro do chuchu”, os alunos recebem orientações sobre plantio em hortas, importância da alimentação saudável e contato com a natureza. “Os alunos estão motivados e quando recebem os visitantes fazem questão de mostrar tudo que eles plantaram. Eles observam se cresceu, chamam os pais para ver, fazem propaganda para a comunidade. Sabem identificar cada planta e, isso, eles levarão para a vida inteira”, diz Sueli. A escola disponibiliza mudas de algumas espécies para quem tiver interesse em plantar em outro local. Isso abriu espaço para participação de voluntários, como Angélica Menezes. Emocionada, ela conta a importância do projeto em sua vida: “Tudo no Expresso Horta me encanta. Porque quando nós estávamos lá, no início de tudo, não imaginávamos que se tornaria tão grande e com uma participação intensa dos alunos. Venho todos os dias e, a cada visita, me encanto mais. Cuidar da horta virou rotina na minha vida”.

Pais que aprendem com os filhos

Casca de ovo, resto de frutas, lixo orgânico. Tudo que sobra em casa não vai mais para o lixo. Os pais dos alunos da escola 419, já estão se engajando no projeto. Quando as crianças chegam em casa, levam receitas do que aprenderam em sala de aula, alimentos que colheram, além do cuidado com o lixo. “Antes não tínhamos o hábito de comer verduras e frutas com tanta frequência. Depois do Expresso Horta, até a coleta seletiva nós fazemos. O Gabriel já cobra a separação do lixo. Essa ideia tem tudo para ser espelho para outras escolas do Distrito Federal”, almeja Francisco das Chagas, pai do aluno Gabriel. Para Maria Rosinete Macedo, mãe de Arthur Henrique, o Expresso Horta era um local abandonado que se transformou e mudou a rotina e os hábitos alimentares da casa. “A gente consome literalmente o ‘fruto’ do trabalho que é feito por eles. Foi surpreendente o que eles fizeram aqui”, diz.

Horta na lata

A história da horta começou em 2016, após a participação da escola em uma  feira de ciências da Secretaria de educação, junto com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com o tema “A ciência e a alimentação para o mundo”. A unidade de ensino aproveitou as latas vazias de tinta, que foram usadas na pintura da escola. A partir daí, nasceu a horta na lata. Um dos pais teve a ideia de criar um trem com vagões de plantas. A plataforma foi feita e os alunos pintaram as latas, que denominaram “Arte na lata” e colocaram as plantas em cada vagão. O trem é apresentado em feiras e eventos escolares. O Expresso Horta virou um sucesso e, então, surgiu a ideia de reaproveitar as latas e as plantas fixando-as no chão.

                                                   

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Clínica Climed / Plano Assistencial

Clínica Climed.

Av: Vereador Horácio José de s/n de frente o Banco do Brasil.

Contato (87) 9.9161-1779

Santa Terezinha PE

Lições Bíblicas
Zé Freitas no Twitter
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
Parceiros