Lojas Surya
Ateliê Geilson
Lojas Surya Acessórios
Natura
Natália Calçados

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

  • 28
  • 22
  • 24
  • 20
  • 11
  • 09
  • 11
  • 01
  • 29
  • 03
  • 04
  • 05
  • 07
  • 02

Supermercado
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
 

 Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter oFlash Player instalado. 

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

admin

Giovanna Antonelli
Giovanna Antonelli 

Atriz Giovanna Antonelli arranca elogios de fãs ao posar

com look estiloso para viajar

Nesta terça-feira, 10, Giovanna Antonelli posou em seu Instagram com um look bem estiloso, preparada para ir viajar para a Europa. “Aero lookinho RJ-Lisboa!” e ainda acrescentou a hashtag: “Rodinha no pé”, concluiu. Diversos internautas elogiaram a atriz: “Gata”, “Ai que linda”, “Que perfeitinha”, “maravilhosa”, “Chique né amor”, “Boa viagem meu amor”, “Toda menininha, não aguento”, “Que look maravilhoso”, “Piscamos e você tá em Lisboa”, afirmaram os seguidores. E os comentários não pararam por aí: “Linda e perfeita sempre. Transmitindo por fora a beleza maior que habita dentro de você”, “Maravilhosa, grande atriz”, destacaram. 

Vale lembrar que, recentemente, Giovanna deu declarações ousadas em uma conversa com o youtuber Matheus Mazzafera

Vem conferir o look fashion da artista:

por CARAS Digital
Resultado de imagem para brasil nossa patria
         Nesta tarde de 08.09.19, desfilaram as Escolas: José Paulino de Siqueira e Mônica Tavares Guimarães,  com a participação da Escola particular Dádiva Divina e do Centro de Convivência (com o grupo de maracatu).
      Estiveram participando as bandas marciais: CNC, EMJPS  Banda Macial Monsenhor Manoel – Patos – PB.
       A Escola  Municipal  José Paulino de Siqueira, vem se destacando e se superando a cada ano, com desfiles bem representandos a Escola Mônica Tavares Guimarães com.
      No encerramento estavam presentes o prefeito Geovane Martins,  a secretária de Educação Mariza Lima,  o secretário de saúde Fábio Lucena, os vereadores: Lindomar Leite, Júnior Pereira,  José Martins e a vereadora Elizangela Lira. Muitas pessoas estiveram presentes prestigiando o evento, pessoas da comunidade local,  da zona rural e de cidades vizinhas.
      “Esta data deve ser comemorada sempre, é um evento cívico relevante. Onde merece o respeito, a colaboração e o empenho na organização, para que possa elevar cada vez mais o nível  social da nossa cidade, o conhecimento além fronteiras,  onde a mídia está sempre presente. Isto faz a diferença. Aproveitando para parabenizar aos professores,  alunos, gestores, pais de alunos e todos que direta ou indiretamente contribuíram para este evento. Vale destacar também a importância da imprensa na divulgação e agradecer aos internautas do blog que já acessaram”.
                                                         
ACESSEM O VÍDEO VEJAM O PASSO A PASSO

                                                         

ACESSEM O VÍDEO VEJAM OUTRAS IMAGENS COM ÂNGULOS DIFERENTES.

De quem será esta menina? imaginem….

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   Agradeço, primeiro a Deus que tem nos sustentado, depois todos os que fazem a E.J.P.S que sempre nos surpreende com seu grande espetáculo, ainda estou emocionada com o que tive o privilégio de ver ontem, enchi meus olhos e meu coração está explodindo de alegria por ver tanta gente querendo dá o seu melhor e deram, só tenho de agradecer a todos que direto ou indiretamente fizeram a festa mais linda da região. Gratidão é a palavra.

    Agradeço, como sempre a Deus, depois a todos que fazem a escola Mônica Tavares que como sempre dão o seu melhor, e ontem fiquei um tempo só observando sem saber o que dizer com tanta dedicação, ainda hoje está passando flash na minha cabeça e eu pensando como pode tanto carinho desses profissionais, para ver nossa educação crescer. Minha palavra é gratidão por tudo que vcs nos proporcionam, foi simplesmente um espetáculo. Obrigada a todos.

    Agradeço, a Deus e a todos que fazem a banda marcial da E J P. Especialmente ao maestro Silas que com muito compromisso e dedicação fizeram a festa acontecer, e aconteceu em melhor estilo, foi um show de competência e beleza nunca visto antes. E estou aqui para dar apoio e fazer com que cada vez mais a nossa banda brilhe, minha palavra é gratidão. Obrigada por tudo.

   Agradeço a Deus sempre, e também a equipe multiprofissional, que com muita competência deram o seu melhor. Fico muito feliz em saber que posso contar com vcs todas as horas, sem esse companheirismo os trabalhos não sairiam tão brilhantes, vcs são minhas estrelas. Gratidão por tudo.

    Agora chegou a hora de agradecer a prefeitura municipal que é de fundamental importância para que tudo o que nós presenciamos acontecesse com esse brilho que jamais ninguém pode nos tirar, obrigada por nos apoiar em todos os sentidos. Minha palavra é gratidão.

    Agradeço, primeiro a Deus, segundo a todos que fazem a escola Dádiva Divina por terem enriquecido ainda mais o nosso evento. Minha palavra é gratidão.

          Neste dia 7 de setembro as escolas: Colégio Nova Conquista e Creche Municipal Maria Helena, estiveram desfilando nas ruas da cidade de Santa Terezinha PE. 
       O CNC comemorou seu aniversário de 15 anos de fundação,  tema o qual fez alusão no desfile. Parabéns aos fundadores desta escola: Eduardo Oliveira e Avani e demais funcionários,  pelo empenho e dedicação desta escola e pelo belo desfile.
       Parabéns aos organizadores do desfile da CEMEI. Os pequeninos estiveram mostrando que sabem fazer e fizeram bonito. Parabéns a todos os gestores, professores e pais dos alunos. Agradecemos o empenho da secretária de educação Mariza Lima e demais funcionários,  bem como a população que esteve presente para presenciar o desfile.”Que possamos continuar elevando a nossa cultura e este desfile cívico de 7 de setembro, que a cada ano surpreende mais. Parabéns as bandas do CNC e da EMJPS”. Amanhã continua o desfile. Será desta feita as escolas: Municipal José Paulino de Siqueira e Escola Mônica Tavares Guimarães. 

                                                         

ACESSEM O VÍDEO

Secretária de educação de Santa Terezinha – PE

 

     Nota de agradecimento DA SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO MARIZA LIMA:

   Agradeço primeiro a Deus pela força e coragem que tem nos dado, quero agradecer a todos que fazem a CEMEI Maria Helena que não mediram esforços para que este brilhante desfile acontecesse, e olha que foi um espetáculo, fiquei várias vezes emocionada a ponto das lágrimas descerem com tanto amor e dedicação que vi no decorrer do desfile, não tenho palavras para agradecer a todos que direto ou indiretamente fizeram acontecer com muito sucesso, minha nota é 1000,00 sem mais nada a declarar.  De todos os que fazem a secretaria de educação. Quero parabenizar e agradecer a escola  Tobias Nunes, que também deram seu show, tudo feito com muito carinho e dedicação, apresentações fantásticas com muito conteúdo repassando mensagens educativas, só tenho agradecer a todos que fazem a Tobias Nunes.

“Com tanta gente online diariamente e por longos períodos, os consumidores estão cada vez mais antenados e atentos às novidades.”

Uma das funções da escola é contribuir para a formação do cidadão crítico e atuante na sociedade, e isso se dá quando ela ensina e pratica em seu dia-a-dia valores, costumes e conhecimentos que levam o aluno a adquirir condições para efetivar tal formação. Partindo desse pressuposto, desenvolvemos na escola, projetos que visam alcançar esse e outros objetivos, também, ligados a formação humana e social do aluno, bem como, levar esses conhecimentos a comunidade, como forma de enriquecimento cultural e intelectual.

Dessa forma, comemorar a data 7 de setembro não é só comemorar uma data cívica, ou cumprir com a proposta do calendário escolar, mas antes, informar, formar, levar conhecimentos, atualizar informações, fazer com que o aluno cresça em conhecimentos e valores.

A Escola proclamando a “Independência do Brasil”, tem por justificativa a necessidade de valorizar, junto aos alunos o Brasil como um país diversificado desde sua formação humana, suas riquezas, suas belezas naturais, sua história de “Independência” sobre os olhares críticos e construtores de novos conhecimentos, além do que o livro didático pode oferecer, mas reconhecendo tal diversidade no próprio aluno, na sua família, na sua cidade, seu estado e finalmente no seu país.

                                                                        Desfile cívico-militar do 7 de setembro na Avenida Presidente Vargas, centro do Rio de Janeiro (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Brasília - Desfile militar durante as comemorações de 7 de Setembro, em Brasília ( Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Empresa Brasil de Comunicação (EBC) lança uma série de conteúdos especiais e uma ampla cobertura para a Semana da Pátria a partir desta segunda-feira (2). A programação é voltada para a comemoração do 7 de setembro, data em que se celebra a Independência do Brasil.

As transmissões temáticas tiveram início no último domingo (1º), com a exibição da cerimônia de troca da Bandeira Nacional pela TV Brasil, e culminam no desfile de 7 de setembro, no próximo sábado(7).  “São meses de preparação para que tudo esteja testado e pronto para exibição do Desfile da Independência do Brasil. A EBC preparou um esquema especial para 2019, que contou com a participação de muitos profissionais e de todas as equipes e plataformas da empresa”, destaca o Diretor de Conteúdo e Programação da EBC, Vancarlos Alves.

De hoje até sexta-feira(6), uma sequência especial de reportagens vai ao ar no Jornal Repórter Brasil, a partir das 20h15, na TV Brasil. A série Independência do Brasil detalha, em cinco episódios, curiosidades históricas, como as relacionadas ao caminho trilhado no 7 de setembro e à Serra do Mar – último endereço do Brasil Colônia. A reportagem do jornalismo da TV Brasil também visita o Museu do Ipiranga e revela detalhes da obra Independência ou Morte (1888), histórica pintura do artista brasileiro Pedro Américo. Por fim, o especial resgata o papel de importantes personagens da independência brasileira.

Ainda na TV Brasil, o jornal matinal Brasil em Dia exibe material dedicado às celebrações da Pátria. Durante toda a semana, a partir das 9h45, vão ao ar reportagens com temas que passam pela participação de estudantes no desfile do 7 de setembro, pela missão dos paraquedistas do Exército brasileiro e por ações sociais desenvolvidas pelas forças militares nacionais.

                                                 

A grande cobertura fica por conta da transmissão, ao vivo, na TV Brasil e TV Brasil Gov do tradicional desfile cívico militar na Esplanada dos Ministérios, no sábado(7). Mais de 300 funcionários da EBC trabalharão no evento.

A transmissão na TV Brasil começará às 7h e levará aos telespectadores, além do desfile de Brasília, informações sobre as comemorações em São Paulo e no Rio de Janeiro e reportagens especiais produzidas para a data – com temas como os Fuzileiros Navais, a Esquadrilha da Fumaça e a Força Expedicionária Brasileira (FEB).  Na programação, está prevista entrevista exclusiva com o vice-presidente da República, Hamilton Mourão. Militar, o pai de Mourão esteve na FEB como oficial.

O especial sobre a Independência também será reapresentado na data, assim como os melhores momentos da cerimônia da troca da Bandeira.

Nas Rádios EBC, as emissoras Nacional Brasília AMNacional Rio de Janeiro AM, Nacional da Amazônia e Nacional do Alto Solimões retransmitirão trechos da cobertura da TV Brasil e contarão com a participação de emissoras parceiras de todo país para contar um pouco sobre as comemorações em cada estado.  O programa Na Trilha da História, atração semanal que mistura entrevistas sobre a história do Brasil e músicas do tema, apresentará edição especial, alusiva ao Dia da Independência.

Câmeras exclusivas nos aviões da Esquadrilha

                                                                                                                                                              

A cobertura jornalística do desfile de 7 de setembro terá início às 8h e será guiada diretamente do estúdio da EBC no Salão Nobre do Palácio do Planalto. Três representantes das Forças Armadas comentarão o desfile, ao lado dos apresentadores da Casa. O público poderá participar da transmissão por meio das redes sociais utilizando a hashtag #TVBrasilno7.

Resultado de imagem para 7 de setembro de 2019

Continue lendo

Protestos em maio e agosto levaram milhões de estudantes às ruas - Créditos: Mídia Ninja
Protestos em maio e agosto levaram milhões de estudantes às ruas / Mídia Ninja

Os estudantes brasileiros voltam às ruas no próximo sábado, 7 de Setembro, para protestar contra os ataques do governo Bolsonaro à educação pública, entre eles o corte de verbas para o setor, a ingerência na autonomia universitária e a tentativa de “privatização” das universidades e institutos federais por meio do programa “Future-se”.

Resultado de imagem para amazona
Resultado de imagem para amazona
Resultado de imagem para estudantes

Os outros protestos deste ano se desdobraram em manifestações contra a reforma da Previdênciae de apoio à greve geral dos trabalhadores. No sábado, os estudantes vão incorporar à pauta educacional a bandeira do meio ambiente e da defesa da Amazônia.

Esta é a quarta manifestação contra as políticas do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e seu ministro da Educação, Abrahan Weintraub, para o setor. As anteriores, em 15 de maio30 de maio e 13 de agosto, levaram milhões de pessoas às ruas de todo o país. Segundo a União Nacional dos Estudantes (UNE), já estão definidos os locais dos atos em 19 Estados, sendo 11 capitais. Confira:

Rio Grande do Sul: Porto Alegre, às 15h, no Parque Farroupilha, Redenção.

Santa Catarina: Florianópolis, 8h30, na Catedral.

Paraná: Curitiba, às 11h, na praça Santos Andrade.

São Paulo: São Paulo, às 10h, na praça Oswaldo Cruz. Em Campinas, às 14h, no Largo do Rosário.

Minas Gerais: Belo Horizonte, às 9h, no viaduto Santa Tereza. Em Uberlândia, às 8h30, no Terminal Central.

Rio de Janeiro: Rio de Janeiro, horário a definir, na Candelária.

Espírito Santo: Vitória, às 8h, na Praça de Porto de Santana.

Goiás: Goiânia, às 8h30, na Catedral de Goiânia.

Brasília: Plano Piloto, às 15h, na praça dos Três Poderes.

Mato Grosso: Cuiabá, às 15h, na praça Cultural do CPA II.

Amazonas: Manaus, às 15h, na praça da Saudade.

Pará: Belém, às 8h, no Terminal Rodoviário São Brás. Em Santarém, às 8h, na Praça São Sebastião.

Bahia: Salvador, às 8h, praça Campo Grande.

Pernambuco, Recife, às 8h, na praça do Derby.

Ceará: Fortaleza, às 8h, na avenida Dioguinho; e às 15h, na praia de Iracema.

Rio Grande do Norte: Natal, às 8h, na praça Heróis dos Pescadores

Maranhão: São Luís, às 10h, na Areinha

Paraíba: João Pessoa, às 14h, na igreja de Nossa Senhora das Neves. Em Campina Grande, às 8h30, na Catedral.

Alagoas: Maceió, às 9h, na praça Sinimbu.

*Atualizada às 14h38

Edição: João Paulo Soares

Thais Fersoza e Michel Teló (Foto: Reprodução)

Thais Fersoza fica com os olhos brilhando quando o assunto é o marido, Michel Teló. A atriz contou, em conversa com QUEM, que pretende se mudar por um mês para o Rio de Janeiro para acompanhá-lo durante as apresentações ao vivo de The Voice Brasil, como concilia as agendas e, claro, se derreteu pelo maridão: “Ele é um cara por quem eu tenho uma profunda admiração e amor em tudo, como profissional e como pessoa. Ele é imbatível – como pai e marido. Como artista, é realmente diferenciado. Ele é muito talentoso, é músico, cantor, apresentador. Na verdade, ele desempenha muito bem tudo o que se propõe a fazer”.

Mãe de Melinda, de 3 anos, e Teodoro, de 2, do casamento com o músico, Thais contou como faz para se desdobrar para cuidar da rotina que envolve duas crianças pequenas, um marido com agenda lotada de shows pelo país e a carreira: “Tenho vários papéis e gosto de desempenhar todos. Aliás, a gente pode ser muitas coisas e ser o que queremos ser, né?  Quando estou com as crianças estou 100% com elas. Já quando estou no meu trabalho, também estou inteira. Tenho meu canal no Youtube e lancei um livro, ‘Nasce Uma Mãe: meus primeiros aprendizados e minhas aventuras na maternidade’, diz. “O livro é o meu terceiro filho e tenho o maior orgulho”, completou.  

Michel Teló e Thais Fersoza com os filho

Agendas
“Eu o conheci e ele já tinha esta rotina de trabalho, de viajar, fazer shows no país e no mundo todo. Para nós, isto é nossa rotina e nossa vida. Tenho meu trabalho, meus compromissos e meus filhos. Não o acompanho na estrada como fazia antes, quando a gente estava namorando. Naquela época, não tinha a nossa casa, a nossa estrutura, os nossos filhos.

Continue lendo

Ex-apresentador do Jornal Nacional lamenta não ter sido convidado para festa na Globo: ‘Emprestei meu talento’

Celso Freitas no TV Fama a (E) Foto:Reprodução / RedeTV!

O apresentador Celso Freitas ficou chateado ao não ter sido incluído nas celebrações dos 50 anos do Jornal Nacional, da Globo.

Atualmente na Record, ele apresentou o telejornal entre os anos de 1983 e 1989, mas não teve o seu nome exibido no especial do aniversário. Em entrevista ao TV Fama, da RedeTV!, Celso falou sobre a falta de convite para ir até a festa. “Acho que sou considerado persona não grata. Não gostaria de ter sido convidado e até entendo que não caberia um convite. Mas uma omissão de 32 anos dedicados a uma empresa? Emprestei meu talento”, disse ele.O apresentador ainda falou sobre sua mudança de emissora em 2004. “Não saí brigado. A minha competência e o meu talento que me deram serviço”.

contigo

 

4 de setembro de 2019 – É impossível negar. O neoliberalismo não pode prosperar sem explorar o ser humano, sem destruir, destruir e aniquilar o meio ambiente, assim como é difícil que funcione sem tráfico de drogas e prostituição, dois mercados de nicho. É parte da sua natureza, forma corpo em sua essência como sistema. Talvez seja o coração disso, ou talvez a alma.

O direito sul-americano – funcional aos interesses que defende – adora a destruição do meio ambiente; ele faz isso “em benefício da produção e desenvolvimento”, livre concorrência, mercado e economia, para os quais exerce argumentos tão estranhos quanto uma geleia de chuva. Nesse caso, discursos bombásticos, cujo significado é entendido apenas por ela e seus economistas. Sabe muito bem que dessa maneira ele não resolverá a pobreza ou a desigualdade.

A direita sul-americana adora destruir o ambiente e sobrecarregar os lares.

Um dia antes da ascensão de Jair Bolsonaro à presidência do Brasil, metade das espécies de árvores na Amazônia estava em perigo de extinção. Nesse ritmo de desmatamento, em menos de 20 anos, 57% dessa área gigantesca estará em alerta vermelho, pela morte de metade das espécies existentes. Bolsonaro e a direita brasileira querem apressar o passo e ajudar a Amazônia a morrer rapidamente. O governo do ex-capitão do exército autorizou com ‘orgulho nacional’ a invasão de empresas e aventureiros na área, para que eles desmatem e explorem tudo o que é possível explorar.

O “pulmão verde” do mundo hoje sofre o corte maciço de suas árvores. As organizações preocupadas com a conservação do meio ambiente e a proteção da natureza garantem que cinquenta e dois milhões de árvores sejam mortas a cada hora na Amazônia.

Sim, leu bem, 52 milhões de árvores a cada hora. Uma estupidez brutal que começa a se tornar um crime contra a humanidade.

Continue lendo

Na Universidade Paris 8, pesquisadores discutiram a atualidade do Brasil a partir do prisma da política de gênero

Praticamente no mesmo momento em que o presidente brasileiro Jair Bolsonaro anunciava seu projeto de proibir o que qualifica como ensino da “ideologia de gênero” nas escolas, o assunto era tema de debate em uma universidade francesa. Pesquisadores vindos dos dois lados do oceano passaram boa parte do dia discutindo a atualidade do Brasil a partir do prisma da política de gênero. Os universitários criticaram a posição do chefe de Estado, mas também lembraram que essa não é uma especificidade brasileira, mesmo se o caso nacional mescla vestígios históricos que tornam a questão ainda mais complexa.

O Laboratório de estudos de gênero e de sexualidade (LEGS na sigla em francês) da Universidade Paris 8, na periferia da capital francesa, organizou nesta terça-feira (3), no âmbito de um programa de pesquisas franco-brasileiro, uma jornada de estudos intitulada “Gênero ameaçador / Gênero ameaçado: A atualidade política do gênero no Brasil”. Coincidência do calendário, o debate aconteceu no mesmo dia em que Bolsonaro informou pelas redes sociais ter determinado ao Ministério da Educação (MEC) a preparação de um projeto de lei que “proíba a ideologia de gênero no fundamental”. Segundo as palavras do chefe de Estado, a inciativa parte do “princípio da proteção integral da criança”.“Ao falar de gênero, nós falamos da sociedade”, rebate o sociólogo francês Eric Fassin, autor de vários livros sobre o assunto e um dos organizadores do debate, em conjunto com a antropóloga Anna Uziel, da UERJ. “Os ataques à teoria do gênero – como é chamada na França – são a confirmação de que esse tema incomoda, assim como os ataques contra a Filosofia ou as Ciências Sociais. Nós constatamos que essas questões, que poderiam parecer marginais, têm uma função política importante. Na verdade, estão atacando todas as maneiras de se pensar a sociedade”, insiste o sociólogo.

Tema favorito dos governos autoritários

Prova disso, “a questão de gênero constitui um tema favorito dos governos autoritários ou ultraconservadores”, frisou a reitora da Universidade Paris 8, Annick Allaigre, lembrando na abertura do evento que “os estudos de gênero foram ameaçados da mesma maneira em países como a Hungria ou a Rússia”. No entanto, o que emerge do debate realizado na Universidade Paris 8, instituição conhecida por sua tradição de resistência e contestação, é a complexidade do assunto, que dificilmente se discute de forma isolada.

HISTORIADORES, SOCIÓLOGOS, ANTROPÓLOGOS, FILÓSOFOS E POLÍTICOS PARTICIPARAM DO DEBATE SOBRE A QUESTÃO DE GÊNERO NO BRASIL.

Todos os participantes mostraram que falar de gênero vai bem além de uma questão de diversidade sexual ou de “azul para menina e rosa para menina”, frase da ministra brasileira da Mulher, Família e Diretos Humanos, Damares Alves, citada por Annick Allaigre. Impossível, mostraram os palestrantes, abordar a questão de gênero, principalmente no Brasil, sem falar de raça e classe.

Por essa razão, alguns universitários reunidos no evento passaram mais tempo falando do impacto na sociedade brasileira da mudança da legislação sobre a remuneração das empregadas domésticas – a maioria mulheres e negras, como bem lembrou a antropóloga catarinense Miriam Grossi. Ou ainda da tradição militar – “extremamente ideológica e viril” –, que alimenta parte da retórica do presidente Jair Bolsonaro, como ressaltou a historiadora francesa Maud Cherio.

O Brasil sempre foi um país conservador?

Continue lendo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FOTO: CAROLINA ANTUNES/ PR

O Conanda foi criado em 1991 e tem como função fiscalizar ações e elaborar diretrizes para assegurar a proteção de crianças e adolescentes
Em mais uma de suas canetadas, o presidente Jair Bolsonaro mirou dessa vez no Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente) e praticamente anulou o órgão. Na prática, as decisões publicadas em decreto nesta quinta-feira 5 diminuem o poder do conselho de tomar decisões e emitir posicionamentos sobre a proteção aos direitos dos menores. Não é de hoje que o Conanda vem sendo enfraquecido pelo governo Bolsonaro. Em maio, o ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, ao qual responde o Conanda, suspendeu o pagamento de passagens e diárias para que conselheiros pudessem participar das assembleias. Os conselheiros representam a sociedade civil e não ganham para participar das reuniões. O Estado fica responsável apenas por custear passagem e hospedagem em Brasília. Em agosto, entidades chegaram a custear os valores por conta própria para participar das assembleias, mas a ausência de integrantes do governo evitou que o quórum fosse atingido.  Na última semana, a pasta também exonerou a secretária-executiva do Conanda sem que a decisão fosse submetida ao órgão. Prevista para ser realizada em outubro, a Conferência Nacional dos Direitos da Criança também foi cancelada. Pelo decreto publicado nesta quinta-feira 5, ficam dispensados os membros atuais, diminui para nove o número de conselheiros da sociedade civil, reuniões trimestrais em vez de mensais e por vídeo conferência para aqueles que não estiverem em Brasília. Também é vetada a recondução, processo de seleção será feito pelo Ministério da Família, Mulher e Direitos Humanos, presidente do Conanda será designado pelo presidente da República. O presidente do Conanda será substituído pelo secretário nacional da Criança e do Adolescente do MFMDH. O Conanda foi criado em 1991 e tem como função fiscalizar ações e elaborar normas e diretrizes para assegurar a proteção dos direitos da criança e do adolescente no País.

Criança Feliz

O desmonte do Conanda acontece um dia depois de o Brasil ter vencido a edição 2019 de um dos maiores prêmios internacionais do mundo na área da educação, o Wise Awards da Cúpula Mundial de Inovação para a Educação.

O prêmio reconheceu o trabalho desenvolvido pelo programa Criança Feliz, do governo federal. Lançado em 2016, a iniciativa atua na ampliação da rede de atenção e cuidado integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida.

cartacapital

macarrão-de-forno-cremoso

© Gisele Tesser/Colaborador macarrão-de-forno-cremoso

Nós amamos receitas que vão ao forno e deixam aquela casquinha gratinada nas massas, batatas e carnes, não é mesmo? Elas são sempre práticas e fáceis de fazer, e este prato não é diferente! Leva apenas 45 minutos para ser preparado e fica irresistível. Aprenda a fazer um delicioso macarrão cremoso de forno e se surpreenda!

Tempo: 45 minutos

Rendimento: 5 porções

Dificuldade: fácil

Ingredientes do macarrão de forno cremoso

  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 gomo de linguiça calabresa sem pele em cubos
  • 8 tomates maduros batidos no liquidificador e peneirados
  • Sal, pimenta-do-reino e manjericão fresco picado a gosto
  • 1 lata de milho escorrido
  • 1 pacote de macarrão tipo talharim (500g)
  • 10 azeitonas verdes picadas
  • 1 xícara (chá) de queijo muçarela ralado
  • 1/2 xícara (chá) de requeijão tipo Catupiry®

Modo de preparo

Continue lendo

Fundo Amazônia já arrecadou R$ 3 bilhões desde sua criação, em 2008. (Foto: Roberto Konda/Ed. Globo)

Noruega vai suspender repasses equivalentes a R$ 133 milhões para o Fundo Amazônia em ações de proteção da floresta. A notícia foi dada pelo ministro de Clima e Meio Ambiente do país, Ola Elvestuen. Segundo o jornal norueguês Dagens Næringsliv, o governo do país nórdico estaria insatisfeito com as novas configurações do Comitê do Fundo Amazônia, em discussão em Brasília. Além da Noruega, a Alemanha se posicionou contra a medida e também suspendeu verbas destinadas a projetos de conservação da biodiversidade da Amazônia no Brasil. 

Após o anúncio da Noruega, o presidente Jair Bolsonaro sugeriu que o país use o dinheiro “para ajudar a Angela Merkel a reflorestar a Alemanha”, disse. O presidente ainda fez outras referências à Noruega e ressaltou que o país não tem nada a dar de exemplo. “A Noruega não é aquela que mata baleia lá em cima, no Polo Norte, não? Que explora petróleo também lá? Não tem nada a dar exemplo para nós, pega a grana e ajude a Angela Merkel a reflorestar a Alemanha”, disse o presidente brasileiro.

O Fundo Amazônia foi criado em 2008 e tem como objetivo levantar recursos para financiar projetos de estados e municípios que visem o desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal. Desde sua criação, o fundo já arrecadou R$ 3 bilhões em doações. As contribuições da Noruega e Alemanha representam 90% do total do fundo, administrado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

revistagloborural

Capítulo sobre a galinha frita que mostra que até na cozinha existe preconceitos (Foto: Pixabay/Sharonang/Creative Commons)

Já faz tempo que presto atenção num cozinheiro de Nova York que é coreano, foi criado nos Estados Unidos, em uma família de imigrantes que se adaptava aos poucos, comendo tanto as suas coisas costumeiras como as maiores americanices. Na verdade, a mãe primava por fazer coisas da terra, e ele se envergonhava um pouco dos seus lanches no colégio, com um cheiro perfurante de conservas, e também se queixava de não poder levar os colegas em casa para o almoço, pois estranhariam muito. A cara dele desde pequeno mostrava que era inteligente, cheio de opiniões e ideias, e que pensava por si próprio com um bom grau de crítica e ceticismo. Agora, a moda é chamar os nossos medos de “as saídas da zona de conforto”. Cozinhar sem receita é como se jogar de paraquedas, beeeem longe da tal zona de conforto que é o delivery.

De tanto passear pelo mundo e restaurantes afora, começa a misturar as comidas, e, como é jeitoso e inteligente, acerta sempre. Quem diria? Comida vietnamita com a de Nova Orleans? Ele deleita-se com os frutos do mar, o lagostim vivo, o modo de fritar um peixe, quantos mistérios dentro da comilança desse mundo! Conversa com a autora inglesa Fuchsia Dunlop, que morou na China e estudou sua comida a fundo. Vale a pena lê-la. Aconselho a vocês. É inteligente, fácil e engraçada. No fim, o que acompanhamos, mesmo, é a sua real apreciação por tudo que se come, uma paixão pelo lámen, ou rámen, a sopa de macarrão com caldo precioso, e de tanto prová-la até adoece numa visita ao Japão. Adora galinha. Acha que a galinha é daqueles bichos que na primeira vez que foi visto pelo homem já se tornou comestível, não havia outra coisa a se fazer com ela do que assá-la ou ensopá-la. E nos traz um capítulo sobre a galinha frita que mostra que até na cozinha existe o racismo, quem diria!

Continue lendo

palpar tieroide 0916 1400x800
                                                                                                                     CHESIIRECAT/ISTOCK

A doença imunológica conhecida como tireoidite de Hashimoto, ou apenas Hashimoto, pode ser uma das condições responsável pela alteração da função da tireoide. A glândula é responsável pelo controle do metabolismo do corpo, o que inclui a frequência cardíaca e também a rapidez com que o organismo faz a queima das calorias dos alimentos que consome. Mas, além das condições genéticas, outras podem ser as causas da enfermidade.

Causas de tireoidite de Hashimoto além da genética

Iodo em excesso

Segundo pesquisas, o consumo de iodo pode estar associado aos problemas hormonais. Estes, então, podem vir a desencadear a doença de tireoide em pessoas suscetíveis.

Hormônios sexuais

Ao que tudo indica, hormônios sexuais podem ser responsáveis pela doença. Isso pode ser constatado devido à decorrência da tireoidite de Hashimoto sete vezes maior em mulheres do que em homens.

problema tireoide 0318 1400x80
                                                                               KATERYNA KON/SHUTTERSTOCK

Exposição à radiação

Pacientes que se submetem ao tratamento de radiação para um tipo de câncer de sangue, conhecido como doença Hodgkin, estão mais dispostas a desenvolver problemas na tireoide. Os sintomas da tireoidite são muito parecidos com os de outras doenças, por esse e outros motivos, é importante procurar um especialista para o diagnóstico completo.

 

São Paulo – Uma pesquisa realizada pelo Mobile Time em parceria com a Opinion Box e a Infobip apontou o crescimento dos aplicativos de mensagens no Brasil. Os resultados mostram que o WhatsApp é utilizado por 98% dos respondentes, 1% a mais do que o registrado no ano passado. A análise mostra que apesar do mensageiro ser de longe o preferido, o internauta brasileiro não abriu mão de utilizar outras plataformas. O Messenger, por exemplo, aumentou seu uso de 73% para 79%. Já o Instagram, que tem um chat embutido no aplicativo de fotos, está instalado em 72% dos smartphones do País. Na lanterna está o Telegram. O aplicativo russo tem 19% de adeptos. No quesito frequência, a liderança também é do WhatsApp. O app conta com um percentual de 92% de usuários que afirmam utilizar a plataforma diariamente. O Instagram aparece na segunda posição com 66%.

Fim do SMS?

Com qual frequência você envia mensagens de texto pelo smartphone? Para mais da metade dos questionados na pesquisa, a resposta desta pergunta foi nunca ou quase nunca. Além disso, 83% dos entrevistados afirmou que seria preferível receber essas notificações por um aplicativo de mensagens. Em números, a extinção do SMS parecia provável. Mas não é bem assim. De acordo com Marcelo Ramos, gerente geral da Infobip para América Latina, o que atrapalha os aplicativos nesta batalha ainda é o custo para as empresas. “Essa migração só não ocorreu ainda porque o modelo de negócios do WhatsApp cobra dez vezes mais por mensagem do que o valor praticado pelas operadoras para o SMS.”

exame

Após duas semanas de confronto, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, tiveram nesta terça-feira, 27, uma conversa reservada no Palácio do Planalto. Interlocutores relataram que no encontro falou-se numa “rede de intrigas” que teria o objetivo de desgastar a relação dos dois. Bolsonaro costuma ser municiado por grupos de WhatsApp e, muitas vezes, age de acordo com as informações que recebe pelo aplicativo. Bolsonaro e Moro não fizeram comentários públicos sobre a reunião. Mas, poucas horas após o encontro reservado, o ministro afirmou e tuitou que o presidente tem compromisso com o combate à corrupção. Bolsonaro respondeu na rede social: “Vamos, Moro!”. Recebeu de volta: “Estamos juntos, Sr. Presidente. Pelo Brasil e pelo futuro”. Interlocutores viram na troca de declarações o resultado do que teriam combinado a portas fechadas.

Está incomodado com as críticas de interferência na Receita Federal e na Polícia Federal, o que afeta sua imagem, inclusive entre seus seguidores nas redes sociais. Até esta terça, Moro, a quem a PF é subordinada, não havia saído em defesa do presidente. No Planalto, não falta quem lembre que, num dos momentos mais delicados para o ministro, quando vazaram conversas com membros da Lava Jato, Bolsonaro o apoiou publicamente.Na semana passada, o presidente chegou a responder irritado a um comentário de internauta de que ele não poderia abandonar Moro. A mensagem dizia: “Jair Bolsonaro, cuide bem do ministro Moro. Você sabe que votamos em um governo composto por você, ele e o Paulo Guedes”. Em resposta, escreveu: “Todo respeito a ele, mas o mesmo não esteve comigo durante a campanha, até que, como juiz não poderia”. Enquanto Bolsonaro é acusado de interferir nos órgãos de controle que de alguma forma esbarraram em integrantes de sua família, o ministro aparece como o grande defensor do trabalho de investigação. No domingo, o contraponto entre os dois se acentuou. Moro recebeu demonstrações de apoio em várias cidades do País durante manifestação contra corrupção. Já Bolsonaro foi cobrado a vetar integralmente a Lei de Abuso de Autoridade, movimento que o colocará em confronto com o Congresso.

Na sexta-feira passada, um antigo aliado de Moro, o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, disse em entrevista à Gazeta do Povo que o presidente está se distanciando da pauta de combate à corrupção. Mais uma vez, o ministro não saiu em defesa de Bolsonaro.

Continue lendo

48673934391_b111d440ea_k.jpg

Cerimônia de Lançamento da Campanha Semana do Brasil. Foto: Isac Nóbrega/PR

A primeira Semana do Brasil foi lançada, nesta terça-feira (03), em cerimônia no Palácio do Planalto, para melhorar a imagem do Brasil no exterior, estimular o turismo interno e movimentar a economia e o comércio varejista. A iniciativa pioneira do Governo Federal vai começar nesta sexta-feira (6) e vai até o dia 15 de setembro.

“Dia 7 é muito importante. É o momento em que estamos nos reencontrando com a cores da nossa bandeira e também com o seu lema Ordem e Progresso. O Brasil vai sair dessa. Nós, juntos, vamos fazer um Brasil diferente”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro durante a cerimônia.

Mais de 4,5 mil empresas participam da Semana do Brasil, oferecendo descontos, promoções e benefícios reais aos consumidores. Com o tema “Vamos valorizar o que é nosso”, a a ação visa gerar um ambiente de confiança para este e os próximos meses de 2019. “O Governo Federal deu todo o suporte para a participação das empresas nesta ação pioneira no Brasil. Para as próximas edições, a ideia é estimular ainda mais o comércio por meio do compromisso da iniciativa privada com o desenvolvimento do País”, afirmou o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. 

O lançamento da campanha foi elaborado com intenção de realçar o mês de setembro, para aquecer a economia. “Constatamos um vácuo e uma janela de oportunidade no mês que contém a data mais ‘patriótica’ para o brasileiro, em termos históricos. Além do mais, mesmo sendo um mês, tradicionalmente, de baixo apelo promocional, é considerado um importante termômetro de confiança que antecede o último trimestre de cada ano”, explicou Fábio Wajngarten, secretário Especial de Comunicação Social da Presidência da República (Secom). 

Ele destacou que a data precisará de tempo até ser incorporada pelo brasileiro. “Sejamos pacientes e persistentes. A própria Black Friday demorou para se consolidar e ainda está sendo construída no varejo brasileiro. Por isso, devemos ter perseverança nos próximos anos na construção do 7 de setembro como data símbolo da Semana do Brasil”, esclareceu. 

A iniciativa é uma parceria da Secom com o Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV) e, nos últimos meses, segmentos do varejo, comércio e serviços foram mobilizados.  Segundo Marcelo Silva, presidente do IDV, a Semana do Brasil “é um movimento totalmente suprapartidário que trará benefícios para a economia do país como um todo. Haverá incremento de consumo no mês de setembro, que será benéfico para as empresas envolvidas na campanha e, principalmente, para os consumidores”, disse. 

Para Marcos Gouvêa de Souza, conselheiro do IDV, a Semana do Brasil já pode ser considerada um marco histórico. “Esta é a primeira vez que todos os segmentos do varejo se reúnem, motivados pela Secom, para construir um evento promocional que beneficie o consumidor, juntamente com o resgate do patriotismo, e, desta forma, reforçando o protagonismo do setor empresarial sem pedir nada ou nenhum privilégio”, ressalta.

Além de empresários varejistas, também participarão das ações veículos de comunicação, como Rede Globo, Record, Bandeirantes, SBT e Grupo Abril, e diversas entidades, como Abap, ABF, Abrafarma, Abras, Abrasce, Abvtex, Anamaco, CNDL, Facesp e Secovi, entre outras.

Confira o vídeo da campanha:

Selo e carimbo comemorativos

Foto: Alan Santos/PR

Durante a cerimônia, a Empresa Brasileira de Correios lançou um selo personalizado e um carimbo comemorativo. “Utilizando as cores de nossa bandeira, essa emissão filatélica celebra a criação de um novo marco no calendário do comércio brasileiro, que se repetirá por todos os anos. Como empresa de encomendas número um do país, estamos prontos para ajudar a movimentar o comércio e fortalecer a economia”, destacou o presidente dos Correios, Floriano Peixoto.

Reprodução/Instagram
Nada de Bella Piero ou Marina Moschen. A Globo anunciou qual atriz viverá Joana, personagem que deve ser revelada como a filha verdadeira de Maria da Paz (Juliana Paes), em A Dona do Pedaço. Depois de muita procura, a emissora se decidiu e Bruna Hamú entrou no elenco. A doce jovem vai ser introduzida na trama no capítulo de número 100, previsto para ir ao ar no dia 21 de setembro.
Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
  CLIQUE AQUI e fale com os novos ministros, fiquem de OLHO bem aberto alguma informação entre em contato com os ministros. Imagem relacionada
Vejam as verbas de suas cidades ,naveguem e fiquem bem informados CLIQUE AQUI E ACESSE!

CLIQUE AQUI e veja receita e despesa do seu municípios.

Aqui você encontra informações sobre a aplicação do dinheiro público nos municípios e no estado de Pernambuco.

Zé Freitas no Facebook

Zé Freitas no Twitter
Parceiros