Recicla Net

Óticas Olhar Brasil
Lojas Surya
Supermercado Compre Bem
Natália Calçados

Seg Vida
 

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

admin

04012020 lei kandir arte cnm

Os valores de janeiro de 2021 relativos ao acordo para compensar perdas relativas à Lei Kandir serão depositados nas contas das prefeituras nesta sexta-feira, 12 de fevereiro. O montante teria de ser pago no mês passado, mas sofreu atraso, segundo a Secretaria do Tesouro Nacional, porque não havia orçamento da União. No total, os Municípios receberão R$ 82.314.323,98 referentes à primeira parcela do ano.

Na aba de Transferências do Conteúdo Exclusivo da Confederação Nacional de Municípios (CNM), é possível conferir o valor que cada Município receberá na parcela de janeiro. Infelizmente, 145 prefeituras não vão receber o recurso, porque não apresentaram a declaração de renúncia exigida pela Lei Complementar 176/2020 como condicionante para ter direito à verba. Vale destacar que sobre o repasse não há desconto para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Além dos R$ 82,3 milhões destinados aos Municípios na primeira parcela, Estados e o Distrito Federal receberão R$ 250 milhões referente a janeiro.

De acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional, a parcela de fevereiro será paga no dia 26. A partir de março, as parcelas serão creditadas mensalmente no mesmo dia que os repasses da terceira cota dos Fundos de Participação dos Municípios e dos Estados (FPM e FPE).

Conquista
Conquista histórica do movimento municipalista, a LC 176/2020 instituiu transferências obrigatórias da União para Estados, Distrito Federal e Municípios no montante total de R$ 58 bilhões, distribuídos em um período de 18 anos, ou seja, até 2037. A quantia é para compensar perdas dos Entes com a desoneração de produtos destinados à exportação com a edição da Lei Kandir em 1996.

De 2020 a 2030, o valor transferido por ano será de R$ 4 bilhões. De 2031 a 2037, haverá uma redução de R$ 500 milhões por ano. Ficando assim: em 2031, R$ 3,5 bilhões; em 2032, R$ 3 bilhões; em 2033, de 2,5 bilhões, e assim por diante até o fim dos repasses em 2037. Quanto aos critérios para partilha da verba, a nova legislação é baseada na junção de critérios da então Lei Kandir (Lei Complementar 87/1996) e do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX).

 (Fotos: Marcos Pastich/PCR)

O prefeito do Recife, João Campos, acompanhou vacinação contra a covid-19 no drive-thru do Parque da Macaxeira, na Zona Norte da cidade, neste domingo. Quase 6 mil idosos entre 80 a 84 anos recebeu a primeira dose do imunizante pela Prefeitura do Recife. Sendo assim, a cidade alcança a marca de 52.142 pessoas vacinadas contra o novo coronavírus, sendo que 3.135 delas já receberam a segunda dose do imunizante.
“Estamos aqui no Parque da Macaxeira, que é um dos pontos de vacinação na nossa cidade. São cinco drives-thru e nove centros de vacinação. A marcação é 100% digital, fomos a primeira capital do Brasil a fazer o cadastro e o agendamento de maneira digital. E já temos, no dia de hoje, mais de 52 mil pessoas vacinadas no Recife”, comentou o prefeito, afirmando que está aberta a imunização para profissionais de saúde com 60 anos ou mais e para a população em geral, com 80 anos ou mais.
“E todas podem se cadastrar e se vacinar em um dos centros de vacinação ou drive-thru da nossa cidade. Tenho certeza que a única forma de vencer a pandemia é com amplo programa de vacinação e o Recife está fazendo o seu dever de casa”, detalhou o prefeito na ocasião. Desde o início da campanha, no dia 19 de janeiro, o Recife vacinou 24.332 trabalhadores de saúde da linha de frente da covid-19; 15.553 idosos a partir de 85 anos; 5.849 idosos de 80 a 84 anos; 5.160 trabalhadores da Atenção Básica à Saúde; 813 pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas; 435 pessoas com deficiência severa maiores de 18 anos que vivem em residências inclusivas.

Continue lendo

Para muita gente, churrasco sem picanha não é churrasco. Incensado com toda a razão o corte em geral é também um dos mais caros do açougues – culpa, claro, da alta procura. Mas não faltam boas alternativas tão ou mais elogiadas – e, geralmente, com valores mais palatáveis. Anote nossas dicas para driblar o alto preço da picanha e bom churrasco de carnaval.

Aposte no assado de tira
Quem comanda a rede Corrientes 348 é o empresário Jair Coser, que, com Arri, seu irmão, fundou a cadeia Fogo de Chão, vendida à gestora GP. Com seis unidades, uma delas nos Estados Unidos, em Dallas, a rede de Jair recomenda, como alternativa à picanha, o assado de tira. Trata-se de um corte bastante saboroso extraído da costela dianteira – é fatiado em tiras, daí o nome. Com 600 gramas, é vendido pelo grupo por 148 reais, inclusive no delivery. A meia porção sai por 118 reais. Onde provar ou encomendar: Corrientes 348, Rua Comendador Miguel Calfat, 348, Vila Nova Conceição, São Paulo, entre outros endereços, tel. (11) 3849-0348. corrientes348.com.br

Opte pela fraldinha
Fundado no ano passado pelos empresários Fabricio Ribeiro e Tito Livio Capobianco (esse é um dos sócios do restaurante japonês Tatá Sushi), o açougue Natural Meat aposta em carnes bovinas e suínas e também em aves, pescados e crustáceos congelados. Outro diferencial são as embalagens, práticas e seguras. A picanha, naturalmente, é um dos itens mais pedidos pelos clientes que vão promover um churrasco. Custa 168,80 reais. Já a fraldinha, cujo quilo custa cerca de 15% menos, sai por 78,80 reais. É uma alternativa que quase não deixa a desejar. Onde comprar e encomendar: Açougue Natural Meat, Rua do Rocio, 423, 8o Andar, Vila Olímpia, São Paulo, tel. 0800 111 2929 e (11) 97600-8329. naturalmeat.com.br

                                          A fraldinha do Natural Meat

Não despreze a maminha
À frente do açougue Intermezzo, ligado ao restaurante Varanda Grill, Darcio Lazzarini lembra que a maminha é uma ótima alternativa para a picanha. “Tem preço mais baixo e qualidade similar”, afirma, lembrando que o assado de tira é outra boa opção, para quem não se importa de comer carnes com osso. “Não existe carne de segunda, só existe gado de segunda”, emenda o especialista. A peça de maminha extraída de gado angus que ele vende sai por 61,74 reais (o quilo). Onde encomendar ou ir comprar: Açougue Intermezzo Carnes, Av. São Gabriel, 18, Jardim Paulista, São Paulo, tel. (11) 98804-5176 e (11) 97543-9357. intermezzocarnes.com.br

           Assado de tira suíno do açougue Intermezzo

Invista no bife ancho
Inaugurada no ano passado, a Casa Porteña adota os preceitos do churrasco argentino. Dentro do ParkShopping, em São Caetano do Sul, chama atenção pelo salão arejado e pela decoração aconchegante. A recomendação do restaurante para quem quer fugir da picanha é o bife ancho, que alguns conhecem como filé de costela. Extraído do contrafilé, destaca-se pela textura e maciez. No salão e no delivery a Casa Porteña o vende por 156 reais, a peça de 600 gramas, e por 84 reais a de 300. Onde provar ou encomendar: Casa Porteña, Alameda Terracota, 545, 2º Piso (Loja 2013/2014/20150), Bairro Cerâmica, São Caetano do Sul (dentro do ParkShopping São Caetano), tel. (11) 4234-2240 e 4234-2491. casaportena.com.br

                                Bife ancho da Casa Porteña

Recorra ao bife de chorizo
Com treze unidades no país, a rede Pobre Juan é outra que presta tributo ao modo argentino de assar carnes. Como alternativa à picanha, o grupo recomenda o bife de chorizo, cuja peça de 280 gramas é vendida a 98 reais (na unidade no Shopping Cidade Jardim o preço sobe para 104 reais). O grupo também entrega cortes como bife ancho (88,40 reais) e ojo del bife (80,90 reais), que podem vir acompanhados, por exemplo, de arroz biro-biro e panelinha de vegetais. Para abrir o apetite as croquetas de jamón (11,90 reais) são uma ótima escolha, assim como as empanadas (24,90 reais cada). Os churros com doce de leite (19,79 reais) e a torta de chocolate (22 reais) fecham a refeição à altura. Onde provar ou encomendar: Pobre Juan, Rua Comendador Miguel Calfat, 525, Vila Nova Conceição, São Paulo, entre outros endereços, tel. (11) 2397-0099. pobrejuan.com.br

 Bife de chorizo da rede Pobre Juan

Continue lendo

Isabella Santoni (Foto: João Moura / Divulgação)

Isabella Santoni (Foto: João Moura / Divulgação)

Uma das personagens mais marcantes da vida de Isabella Santoni, Karina está de volta ao ar com o retorno de “Malhação” à TV. A atriz está aproveitando a reprise para relembrar bons momentos de sua carreira enquanto as gravações permanecem paralisadas em função da pandemia de Covid-19.“Desde a primeira vez que a novela foi ao ar nós tivemos um retorno muito positivo dos telespectadores. Na Globo Play, ‘Malhação Sonhos’ é a mais procurada desde o início da plataforma, isso é muito importante, gratificante e significativo para mim e para todos que participaram de alguma forma para esse sucesso”, contou ela à Vogue.

“Agora que está de volta ao ar, já sinto um pouco do que foi essa loucura, tenho recebido muitas mensagens, a Karina foi uma personagem muito querida e isso me deixa muito feliz. Eu amo a minha ‘esquentadinha’”, lembrou a atriz. Enquanto ficou em casa durante a pandemia, Isabella aproveitou para tirar do papel um importante projeto com o qual sonhava há bastante tempo. Ela lançou sua própria marca de moda praia, a NIA, que tem entre seus valores a diversidade. “Quando começamos a seleção, eu sabia que queria cinco modelos, entre elas, uma trans. A partir daí fomos buscar nossas mulheres oceânicas”, explicou. “Como nossa grade é diversa, eu queria ter uma modelo representando cada tamanho (do PP ao GG), então, precisei de todos os tipos de mulheres”, prosseguiu. Outra causa com a qual Isabella se aprofundou ao longo da pandemia foi o feminismo. “Eu vejo a importância do feminismo na vida de todas as mulheres. O machismo é tão presente na triste cultura brasileira que é um dos maiores fatores de mortes de mulheres no nosso país, os dados são muito tristes. O feminismo é uma luta que salva a vida de muitas mulheres que lutam todos os dias para contribuir com as próximas gerações”, argumentou. A atriz explicou ainda que vai continuar usando sua voz para dar visibilidade ao tema. “Mesmo com alguns (poucos) avanços, a luta continua, enquanto existir violência, desigualdade, machismo, preconceito e ódio, mortes vão acontecer, então, ainda temos motivos para brigar por todas as mulheres que diariamente são silenciadas. A luta é de todos e enquanto eu puder usar a minha visibilidade para dar voz a essa causa na mídia o farei”, finalizou.

INSS: Quem nunca contribuiu vai RECEBER R$600 durante pandemia

Com o novo reajuste de 5,45%, o teto dos benefícios previdenciários sobe de R$ 6.101,06 para R$ 6.433,57.

Em 2021, os benefícios pagos pelo INSS com valores acima do salário mínimo serão reajustados em 5,45%, acompanhando o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado no ano passado.Divulgado ainda em janeiro pelo IBGE, o índice mede a inflação para famílias com renda entre um e cinco salários mínimos, sendo ela a referência para a atualização de benefícios pagos pelo INSS.Com o novo reajuste de 5,45%, o teto dos benefícios previdenciários sobe de R$ 6.101,06 para R$ 6.433,57.Os beneficiários que começaram a receber benefícios a partir de fevereiro do ano passado terão o reajuste equivalente à inflação acumulada durante a quantidade de meses em que receberam a renda do INSS em 2020.Ainda, os benefícios pagos no início deste ano são referentes a competência de dezembro de 2020 e, por esse motivo, ainda não serão reajustados. Os beneficiários que recebem o piso somente receberam o valor corrigido a partir de 25 de janeiro. Já os segurados com renda superior ao piso, os pagamentos com o reajuste terão início em 1º de fevereiro. Ainda, a portaria apresentará o valor do piso dos benefícios, que será estabelecido conforme o que estiver determinado por decreto do presidente Jair Bolsonaro para o salário mínimo.

Confira abaixo o reajuste na sua renda

Benefício em 2020 Benefício em 2021
1.200 1.265,40
1.500 1.581,75
1.800 1.898,10
2.100 2.214,45
2.400 2.530,80
2.700 2.847,15
3.000 3.163,50
3.300 3.479,85
3.600 3.796,20
3.900 4.112,55
4.200 4.428,90
4.500 4.745,25
4.800 5.061,60
5.100 5.377,95
5.400 5.694,30
5.700 6.010,65
6.000 6.327,00
6.101,06 6.433,57

noticiasconcurso

Whindersson Nunes posou com a namorada e falou sobre a gravidez da amada
  Whindersson Nunes mostrou que está curtindo muito a gravidez da sua amada, Maria Lina.

Em seu feed, o artista postou dois cliques com a namorada e falou sobre a alegria em acordar ao lado dela e acariciar a sua barriguinha: “Gosto muito de imaginar o momento em que o universo resolveu que seria legal minha vida encontrar com a sua e criar outra”, escreveu. “Amo tanto acordar e colocar a mão na sua barriga, que barriguinha gostosa um calombinho que tá fabricando um feijaozim, um forninho de eu da uns beijim”, encerrou ele, todo encantado com o momento. Vale pontuar que Whindersson anunciou que seria papai no final do mês de janeiro com um lindo texto: “Eu não sei se você vai ser menino ou menina, mas eu quero que você saiba que eu passei a minha vida inteira indo atrás do melhor pra você, não sei se você vai empinar pneu de moto ou balé, mas eu quero que você saiba que seu pai trabalhou muito pra dar a você a opção de poder escolher”, escreveu em um trecho.

caras

Crédito: Reprodução/Instagram

Maisa usou seu Twitter para desabafar sobre as críticas que recebe nas redes sociais. A apresentadora usou o exemplo de Lumena, participante do Big Brother Brasil, que virou meme nas redes por “autorizar” e “proibir” comportamentos dentro da casa.

“Mano, a galera critica a Lumena, mas se vocês vissem o tanto que essa rede social implica com qualquer coisa boba… Comida, pose em foto, opinião até sobre ficção. Tudo vira briga por razão, é impressionante”, começou ela. “Cada coisa nos meus comentários que eu fico em choque. Se eu estou com um interruptor apagado e outro aceso já vem encher o saco”, pontuou Maisa. Em seguida, um internauta falou sobre o fato de Maisa ter um “bom psicólogo” para não se deixar levar pelas críticas. “Às vezes me afeta, mas eu dou um tempo e tento pensar nas pessoas que torcem por mim.” apresentadora rebateu um seguidor que disse que “essas são as consequências por pedir para ser famosa”. “O tanto que eu já ouvi isso, gente kkkk E eu nunca pedi. E mesmo se tivesse pedido, ser famoso não anula a humanidade”, afirmou.

istoe

Rumo de investigação no STF tem potencial de levar ministro da Saúde à Justiça Militar

O inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar se houve omissão do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no colapso da rede pública de hospitais de Manaus pode levar a uma condenação do general da ativa e até mesmo, em última análise, à sua perda de posto e patente pelo Superior Tribunal Militar (STM). Em outras palavras, na visão de especialistas ouvidos pelo Estadão, o oficial do Exército coloca em risco sua carreira militar por atos como agente político.

Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, fala em sessão especial no Senado 11/02/2021 REUTERS/Adriano Machado
Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, fala em sessão especial no Senado 11/02/2021 REUTERS/Adriano Machado

Foto: Reuters

Pazuello prestou depoimento à Polícia Federal no início do mês para explicar a sua atuação na crise instalada na capital do Amazonas, onde dezenas de pacientes morreram asfixiados por falta de oxigênio. A suspeita é de que houve omissão da pasta no episódio. O processo tramita no Supremo porque o militar possui prerrogativa de foro perante a Corte, já que ocupa um cargo de ministro de governo. Ao determinar a abertura da investigação, no último dia 25, o ministro Ricardo Lewandowski deu um prazo de dois meses para a conclusão dos trabalhos.Uma eventual condenação de Pazuello pela Justiça Militar, em um segundo momento, com a perda de posto e patente (uma espécie de encerramento da carreira no Exército), está diretamente ligada aos desdobramentos do inquérito contra o ministro que atualmente tramita no Supremo.

Caberá ao procurador-geral da República, Augusto Aras, verificar os indícios levantados contra Pazuello e decidir se apresenta ou não uma denúncia. A análise de uma eventual acusação ficaria sob a responsabilidade dos 11 integrantes do plenário do STF, que poderiam colocar o general no banco dos réus.”É preciso deixar bem claro que o Supremo absolve inocentes e condena culpados. Não se tem ainda elemento para se formar uma convicção. O que houve, no meu modo de ver, foi o fator-surpresa, porque alguns países também foram surpreendidos com falta de oxigênio”, disse ao Estadão o presidente do STF, Luiz Fux, em entrevista publicada no último dia 7.Se a denúncia for aceita pela Corte, o passo seguinte seria abrir uma ação penal e aprofundar as investigações sobre a atuação de Pazuello no cargo, que poderiam resultar na condenação ou na absolvição do ministro.O inquérito poderia sair das mãos do Supremo se eventualmente Pazuello deixar o cargo de ministro de Saúde. Nesse cenário, a tendência é que o inquérito seja encaminhado à Justiça Federal do Distrito Federal.”Penso que não há que se falar em crime propriamente ou impropriamente militar, já que o general Pazuello agiu dentro dos ditames do ordenamento jurídico comum”, avalia o advogado Pedro Carvalho, secretário-geral adjunto da comissão de direito militar da OAB-DF. “Ademais, não haveria razão para tal imputação em crime militar, já que ele, apesar de ser oficial general em atividade, exerce o cargo de ministro de Estado, ou seja, ele agiu como agente público e não como militar”, acrescentou. Além do inquérito no STF, a atuação de Pazuello é alvo de questionamentos no Tribunal de Contas da União (TCU) e de um pedido de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado. Na quinta-feira passada, o ministro esteve no Congresso e apelou para que a pandemia não seja usada como “frente política”. “(É) contra esse inimigo (covid-19) que temos de nos unir”, disse o ministro.

Desdobramentos

Continue lendo

Redes públicas de ensino definem calendário e modelo de aulas em 2021

Funcionário de uma escola checa a temperatura de uma aluna antes de liberar seu acesso à sala de aulas em Buenos Aires, 13 de outubro de 2020 – AFP

Escolas públicas de todo o país começam a retomar as atividades e as redes de ensino anunciam os calendários do ano letivo de 2021. As datas para início e término das aulas, assim como os modelos adotados variam. Algumas redes estaduais anunciaram que manterão o ensino exclusivamente remoto. Outras, retomam as atividades presenciais, mantendo ainda as aulas a distância. Ao todo, as redes públicas de educação de 15 estados retomam as atividades escolares neste mês de fevereiro: Acre, Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, São Paulo e Tocantins. O estado de Goiás é o único em todo país que já retornou às atividades escolares em janeiro deste ano.

A Bahia ainda não divulgou informações sobre o início das atividades escolares na rede estadual. Os demais estados e o Distrito Federal devem começar o ano letivo em março.

istoe

 

Nas próximas semanas, o projeto de lei que abre caminho para a privatização dos Correios deverá ser enviado ao Congresso. Ao mesmo tempo, a capitalização da Eletrobras, uma das estrelas do programa de desestatizações do governo, deverá sair do papel, seja por meio da edição de uma medida provisória ou da votação do projeto de lei sobre a privatização da empresa, diz Diogo Mac Cord, secretário especial de desestatização do Ministério da Economia, em entrevista exclusiva à EXAME. Com a capitalização, a capacidade de investimento da Eletrobras deve passar de 3,5 bilhões reais para 12,5 bilhões de reais por ano, acompanhada pela valorização das ações da companhia. Veja, a seguir, os principais trechos da entrevista. O cronograma de privatizações previsto para este ano inclui estatais como a Eletrobras. Essa privatização sai mesmo? Qual é a sua avaliação sobre uma eventual resistência de deputados que têm base eleitoral no Norte e Nordeste, regiões em que a estatal é uma grande empregadora? Até dezembro deste ano, a Eletrobras será privatizada. É necessário lembrar que a aprovação do projeto de lei referente à privatização depende de maioria simples no Congresso. Além disso, o modelo de desestatização prevê o direcionamento de cerca de 10 bilhões de reais oriundos da concessão de outorgas para programas de políticas públicas no Norte e Nordeste, como a revitalização do Vale do Rio São Francisco, o que deve colaborar para o desenvolvimento local. É uma pauta bastante positiva.

Continue lendo

Em meio à decadência moral da Lava-Jato –a “maior operação anticorrupção do mundo” que virou o maior escândalo judicial da história–, e enquanto Jair Bolsonaro destrói o país e causa a morte de milhares de pessoas por conta da má gestão da pandemia e do seu negacionismo, o que faz o Ministério Público Federal?Continua a perseguir o ex-ministro José Dirceu, fora do poder há quase 16 anos.

José Dirceu deixou o governo Lula no longínquo ano de 2005, no dia 16 de junho, durante o escândalo do “mensalão”, e  foi cassado do mandato de deputado federal em dezembro daquele ano. Detalhe: o petista, de 75 anos, foi condenado a 40 anos de prisão, já passou 3 anos e meio preso em regime fechado, 4 meses e meio no semiaberto, dormindo na prisão, 10 meses no aberto e 1 ano usando tornozeleira eletrônica.

Enquanto o lavajatismo continua a perseguir Dirceu, uma pesquisa revelada em janeiro sustenta que Bolsonaro não só foi inepto em relação ao vírus como pode ter agido de forma sistemática para propagá-lo. E o MPF? Nada

Nesta quarta-feira, o MPF anunciou que Dirceu, o ex-diretor de serviços da Petrobras, Renato Duque, e mais 13 pessoas foram denunciadas por crimes que variam de formação de cartel, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e fraude à licitação, crimes praticados em licitações e contratos na área de “serviços compartilhados”, de responsabilidade da Diretoria de Serviços da Petrobras. O texto com o anúncio é uma espécie de “não deixar a peteca cair” da Lava-Jato: em vez de assumir que a operação simplesmente acabou, o MP diz que ela foi “incorporada ao Gaeco (Grupo de Ação Especial de Combate ao Crime Organizado). O ex-ministro publicou um texto, Os estertores da chamada Lava-Jato, protestando contra a nova denúncia. “Saltam à vista a pressa e o momento –e de novo o caráter político e de propaganda– do pedido extemporâneo dos procuradores”, escreveu Dirceu. “Já é hora de dar um basta naqueles que, acima da Lei e da Constituição, usaram e abusaram da luta contra a corrupção com fins e objetivos políticos e pessoais –por vaidade, busca do poder, exibicionismo e ascensão social, como hoje está escancarado nas trocas de mensagens entre os procuradores e o ex-juiz Sérgio Moro.”

Continue lendo

Após receber 250 ligações de cobrança em 12 dias, por conta das parcelas atrasadas de um financiamento de imóvel, uma cliente do Banco Pan receberá indenização de R$ 3 mil.

A instituição financeira foi condenada pela juíza do 5º Juizado Especial Cível de Brasília, Rita de Cássia de Cerqueira Lima Rocha, por danos morais por conta da cobrança abusiva. O caso ainda cabe recurso por parte do banco. Além dos telefonemas, o banco ainda teria enviado mensagens pelo aplicativo WhatsApp pessoal e de conhecidos. Foram registrados 60 telefonemas em apenas um dia.De acordo com a juíza em sua sentença, “a realização de diversas ligações ao celular do Autor, ainda que referente a débito existente e reconhecido, configura abuso, nos termos do artigo 42 do Código de Defesa do Consumidor, ultrapassando o exercício regular de direito e os meros dissabores do cotidiano, pois atenta contra a paz do consumidor”. Além da indenização por danos morais, o Banco Pan foi condenado ao pagamento de multa de R$ 9.600 pelo descumprimento da decisão liminar, e determinou o prazo de dois dias para que a instituição financeira interrompa qualquer contato telefônico e de mensagens com a cliente.

 

Sem sutiã, Marcela Mc Gowan posa com o blazer aberto e aumenta a temperatura: ”Dei até zoom” Marcela Mc Gowan dispensa sutiã e posa belíssima em clique ousado

Marcela Mc Gowan dispensa sutiã e posa belíssima em clique ousado
                                                          Marcela Mc Gowan posa com o blazer aberto sem sutiã 

Marcela Mc Gowan aumentou a temperatura da web!

A ex-BBB usou sua rede social nos últimos dias para compartilhar alguns cliques sensuais e ousados. Em seu Instagram, ela dividiu duas fotos poderosas exibindo a sua beleza. A loira posou toda maquiada usando um blazer azul. Mas o destaque da publicação foi para o toque sexy do look. A médica dispensou o sutiã e surgiu com a peça aberta, exibindo parte dos seios. “A cor mais quente”, escreveu na legenda se referin

do a cor do blazer.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

caras

Bia Bonemer posou de biquíni e colecionou elogios dos fãs

Filha gata de Fátima Bernardes esbanja beleza natural

Beatriz Bonemer deixou a web babando mais uma vez! A filha de Fátima Bernardes e William Bonner usou sua rede social na última quinta-feira, 11, para relembrar um clique de como ela gostaria de estar. Na imagem compartilhada em seu Instagram, ela surgiu esbanjando a sua beleza natural em uma foto completamente sem maquiagem.“Queria estar assim: sol e vento no rosto”, escreveu na legenda. A jovem posou usando um biquíni preto e óculos de sol escuro enquanto curtia um dia de sol. Ao fundo da publicação ainda é possível ver o mar.Bia colecionou elogios dos seguidores. “Perfeita essa mulher”, comentou uma. “Nossa que espetáculo”, falou outra. “Perfeição”, disse mais uma.

 

                       

O ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, ACM Neto, foi hostilizado por militantes bolsonaristas na tarde de ontem (31), no aeroporto de Brasília. Ele esteve na capital federal para discutir o posicionamento do partido nas eleições para a presidência da Câmara dos Deputados, que acontecem hoje (1º).

Em vídeo publicado nas redes sociais, ACM Neto é perseguido por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro que estavam no aeroporto. Os militantes chamaram o presidente do DEM de “bandido comunista” e “capacho socialista”.

Inicialmente, o DEM sinalizava apoio à candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP), nome lançado pelo atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mas decidiu declarar neutralidade na disputa, deixando os deputados da sigla livres para votarem conforme suas preferências.

” A ponto chegou alguns políticos?.

metro1

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) abriu inquérito para apurar se a deputada estadual paulista Letícia Aguiar (PSL) operou um esquema de “rachadinhas”, “funcionários fantasmas” e “laranjas” em seu gabinete na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). As suspeitas de irregularidades vieram à tona no final do ano passado, quando o órgão recebeu uma denúncia de desvios de salários envolvendo cinco funcionários em cargos comissionados. Na ocasião, um pedido formal de esclarecimentos foi enviado ao gabinete da deputada

Deputada Letícia Aguiar (PSL)
Deputada Letícia Aguiar (PSL)

Com base nas informações prestadas e nos dados colhidos em uma análise preliminar do caso, o promotor Paulo Destro, da Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de São Paulo, decidiu instaurar uma investigação na quarta-feira, 10.

A hipótese é a de que funcionários em exercício nos cargos de auxiliar, secretário e assessor parlamentar, incluindo o então chefe de gabinete da deputada, se descompatibilizaram para disputar as eleições municipais e foram substituídos por indicados sem experiência nas funções – três deles com idades entre 63 e 72 anos, diz o MP. Os sucessores estariam repassando parte dos salários, que somados chegavam a R$ 38 mil mensais, enquanto trabalhariam como “cabos eleitorais” dos antigos funcionários durante o expediente. “Atendendo, possivelmente, os interesses pessoais da parlamentar”, registra o promotor. O chefe de gabinete, Anderson Senna (PSL), deixou o cargo para disputar a prefeitura de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, cidade natal da deputada. Outros dois funcionários, Carlos Alberto Favaro e Aurinho da Zona Sul, tentaram se eleger vereadores no município e um último, Lino de Jacareí, tentou vaga na Câmara Municipal de Jacareí, na mesma região. Todos foram lançados pelo PSL e acabaram derrotados nas urnas. Passada a eleição, três deles voltaram, ainda no início de dezembro, aos cargos, como informa no site da Assembleia Legislativa de São Paulo. Na portaria que instaurou o inquérito, Paulo Destro determinou que o presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), apresente em até 15 dias a identificação e qualificação dos funcionários que passaram pelo gabinete da deputada desde o início da legislatura, a folha de frequência dos cinco empregados no período eleitoral e informações sobre suas atribuições.

Defesa

Continue lendo

As frutas ácidas e não ácidas compõe o cardápio de todos os brasileiros. São elas que hidratam, proporcionam vitaminas importantes para o organismo e garantem o funcionamento de nosso sistema digestivo. Entretanto, você sabe quais são as diferenças entre os dois grupos? Quer saber mais sobre cada um dos tipos de frutas? Então acompanhe este nosso guia e entenda tudo sobre o tema!

Entenda tudo sobre as frutas ácidas e não ácidas

Tanto as frutas cítricas quanto as não ácidas fazem parte de qualquer dieta saudável. São elas que proporcionam uma quantidade razoável de fibras em nossa dieta, além de serem saborosas, nutritivas e ótimas para serem consumidas nos lanches intermediários. No entanto, cada uma pode apresentar características únicas que, quando usadas da maneira correta, podem trazer ainda mais benefícios. Entenda:

O que são e quais são as frutas cítricas?

São consideradas frutas ácidas todas aquelas que compõem a categoria de cítricas, ou seja, que possuem um toque “azedo” em seu sabor. Tendem a ser ricas em água, além de conterem grandes quantidades de vitamina C em sua composição.

noticiasconcursos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Edital publicado. No Estado de Pernambuco, a Prefeitura Municipal de Itapetim divulgou a abertura de um novo edital de processo seletivo simplificado para preenchimento de 118 vagas em cargos de níveis médio e superior.

Confira abaixo as oportunidades:

Professor de Ensino Fundamental I (7); Professor de Ensino Fundamental I (4); Professor de Ensino Fundamental I (10);  Professor de Ensino Fundamental (4); Professor de Ensino Fundamental I (3); Professor de Educação Infantil (10); Professor de Educação Infantil (1); Professor de Ensino Fundamental II – História) (1); Professor de Educação Infantil (4); Professor de Ensino Fundamental I (4); Professor de Ensino Fundamental I Sala AEE* (1); Professor de Ensino Fundamental I Sala AEE* (1); Professor de Ensino Fundamental II Matemática (1); Professor de Ensino Fundamental II – Geografia (1); Professor de Ensino Fundamental II – Educ. Física (1); Professor de Ensino Fundamental II – Educ. Física (1); Professor de Ensino Fundamental II Português (1); Professor de Ensino Fundamental II Português (1); Professor de Ensino Fundamental II Português Professor de Ensino Fundamental II – Ciências (1); Professor de Ensino Fundamental II – Ciências (1); Professor de Educação Infantil (1); Professor de Ensino Fundamental II – História (1); Auxiliar de Educação Especial (24); Auxiliar de Educação Especial (2); Auxiliar de Educação(3); Auxiliar de Educação Especial (1); Auxiliar de Educação Especial (1); Auxiliar de Educação Infantil (4); Auxiliar de Educação Infantil; (4); Auxiliar de Educação Infantil (1);  Auxiliar de Educação Especial (2); Auxiliar de Educação Infantil (12); Auxiliar de Educação Infantil(2); e Auxiliar de Educação Infantil (2).

As distribuições serão nas seguintes localidades: Distrito de São Vicente; Lagoa da jurema; Secretaria Municipal de Educação (Sede); Logradouro; Ambó; Mocambo; Povoado de Piedade; Pé de Serra; Lagoa do Catolé; Santo Antônio de Lima e Historia.

Os salários oferecidos variam entre R$ 1.443,08 a R$ 1.716,01, por carga horária de 20 horas semanais.

noticiasconcursos

Concurso IBGE pode ter edital este mês (Foto: Divulgação)

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística prevê a abertura de novo edital de concurso público (Concurso IBGE 2021). O certame pode sair já no próximo dia 18 de fevereiro, conforme consta em alguns portais. No entanto, até agora, o IBGE ainda não confirma o cronograma.

O documento autorizativo foi publicado no Diário Oficial da União do dia 29 de janeiro. Oficialmente, o órgão informa que os editais do certame estão previstos para serem publicados entre o fim de fevereiro e início de março, conforme informou o Instituto ao site Folha Dirigida. São esperadas 213 mil vagas temporárias, sendo um com mais de 207 mil vagas. De acordo com o documento de autorização, estão previstos para o concurso do IBGE 2021, nada menos que três editais. Todas as autorizações da seleção foram dadas em uma única portaria.

O primeiro edital do concurso IBGE para o Censo vai contar com mais de 207 mil vagas. As vagas serão para os mesmos cargos que foram oferecidos no último edital, divulgado em 2020, mas suspenso por conta da pandemia do novo coronavírus. O novo documento de autorização, no entanto, conta com uma redução pequena de vagas, uma vez que o edital divulgado em 2020 contou com 208.695 vagas. Ou seja, o novo aval publicado em janeiro trouxe menos 1.675 vagas. Além do grande edital com mais de 200 mil vagas, a portaria traz autorização para outros dois editais que serão publicados pelo IBGE em diferentes momentos, também visando a realização do Censo 2021.

Foi autorizado, ainda, um edital visando o preenchimento de 192 vagas, distribuídas entre os cargos de agente censitário de pesquisa por telefone – nível médio (180 oportunidades); e supervisor censitário de pesquisa e codificação – nível superior (12).  Por fim, o último edital conta com vagas para Codificador, com exigência de nível médio. Para o cargo foram autorizadas 120 vagas.

concurso IBGE 2021 vai contar, assim, com nada menos que 207.332 vagas no total. Veja a distribuição de vagas por cada cargo:

Cargos Vagas Escolaridade Remuneração Edital
Agente censitário municipal 5.462 Nível médio R$2.100 + R$458 (auxílio-alimentação) = R$2.558 Previsão do 1º edital
Agente censitário supervisor 22.676 Nível médio R$1.700 + R$458 (auxílio-alimentação) = R$2.158 Previsão do 1º edital
Recenseador 180.557 Nível fundamental *valor variável – a ver região Previsão do 1º edital
Agente Censitário de Pesquisas por Telefone 180 Nível médio a definir Previsão do 2º edital
Supervisor Censitário de Pesquisas e Codificação 12 Nível superior a definir Previsão do 2º edital
Codificador Censitário 120 Nível médio a definir Previsão do 3º edital

Agora, com a nova autorização do concurso IBGE 2021, o novo processo de escolha para escolha da banca deve ser realizado. O Cebraspe é a grande favorita para organizar o edital com mais de 200 mil vagas, uma vez que em 2020 a banca já havia sido escolhida. Para os dois últimos editais, o processo de escolha da banca já está em andamento.

Já o segundo edital do concurso, com 312 vagas, está em fase de escolha da banca organizadora. Pela portaria autorizativa, esse documento pode sair até o fim de julho deste ano.

Concurso IBGE 2021

Continue lendo

Farias Calçados

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Lições Bíblicas
Zé Freitas no Twitter
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
Parceiros