Lojas Surya
Ateliê Geilson
Lojas Surya Acessórios
Natura
Natália Calçados

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

  • 28
  • 22
  • 24
  • 20
  • 11
  • 09
  • 11
  • 01
  • 29
  • 03
  • 04
  • 05
  • 07
  • 02

Supermercado
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
 

 Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter oFlash Player instalado. 

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

Saúde

IMG 0711dddddO Fundo Nacional de Saúde (FNS) comemora o cinquentenário de sua criação em 2019. Na manhã da última quarta-feira (24/07), um café da manhã comemorativo foi realizado no hall do 2º andar do Anexo. Na ocasião, o diretor executivo do FNS, Dárcio Guedes Júnior e o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, realizaram os discursos de abertura do evento. Também estiveram presentes na comemoração o secretário-executivo, João Gabbardo, o secretário de Atenção Especializada à Saúde, Francisco Figueiredo e a secretária especial de Saúde Indígena, Sílvia Nobre Waiãpi.

O diretor executivo do FNS abriu sua fala agradecendo aos colaboradores do Fundo Nacional de Saúde e ressaltando a importância do trabalho de cada um. “Esse é o Fundo Nacional de Saúde, ministro! Um povo valoroso, um povo que briga. Pessoas que não medem esforços para que o recurso chegue a cada cidadão brasileiro, a tempo e hora, da forma mais qualificada e transparente possível”, disse. 

Dárcio agradeceu também aos profissionais que já passaram pelo Fundo Nacional de Saúde. “São 50 anos de história e quantas pessoas já passaram por aqui? Nossa comemoração hoje é um momento de gratidão aos que se dedicaram durante todo esse tempo e aos que ainda se dedicam para entregar serviços de qualidade para a população”, concluiu. 

Em seguida, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, começou sua fala realizando uma homenagem ao ex-diretor executivo do FNS, Erasmo Ferreira, falecido em junho de 2014. “Nesse momento, queria relembrar de um amigo que fiz no Fundo Nacional de Saúde, o Erasmo. Me lembro que o conheci quando era um jovem secretário municipal de saúde, naquela época eu lutava pelos recursos para minha cidade e lutava com muita garra. Eu não tinha nenhum vínculo com o Erasmo na época, eu só pedia por Campo Grande, ele se interessava e lutava para ajudar. Depois, descobri que ele fazia o mesmo por todos os municípios. Acredito que o Erasmo retrata o espírito do que tem sido o Fundo Nacional de Saúde nesses 50 anos. Um trabalho quase anônimo, sem cara, sem holofote, mas que é o próprio coração do Ministério da Saúde”, relembrou. 

O ministro pediu ainda que os colaboradores do FNS continuem fazendo um serviço de qualidade pelo Brasil. “Ministros passam, governos passam e o Fundo Nacional fica. Por isso, façam o melhor pelos municípios. Continuem realizando um trabalho bem feito e ético para que possamos comemorar mais 10, 20, 30 ou 50 anos de Fundo Nacional de Saúde. Gostaria de cumprimentar todos os funcionários com meu respeito, minha admiração e dizer que estamos juntos! Parabéns Fundo Nacional de Saúde, muitos anos de vida para vocês”, finalizou. 

50 anos de história 

IMG 0673xxxx

A história do Fundo Nacional de Saúde teve início no dia 24 de julho de 1969, com o decreto nº 64.867. Desde então, o FNS passou a ser o gestor dos recursos da saúde pública brasileira. Nos próximos meses, diversas atividades e homenagens serão realizadas no Ministério da Saúde em comemoração aos 50 anos do Fundo Nacional de Saúde

 

Foto: Ministério da Saúde

Brasília (DF) – O Ministério da Cidadania conquistou cerca de R$ 6,2 milhões para investir na prevenção ao uso de álcool, tabaco e outras drogas por gestantes, lactantes e mães de crianças na primeira infância, que vai até os três anos de vida. Elas irão receber orientações de técnicos capacitados, visando a promoção da saúde, o fortalecimento de vínculos familiares e a proteção e conscientização sobre os riscos que estas substâncias podem causar.

O projeto Hera, que faz referência à deusa do nascimento na mitologia grega, foi elaborado pela Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção ao Uso de Drogas (Senapred), e irá capacitar 10,4 mil trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (Suas), do Sistema Único de Saúde (SUS) e do Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas (Sisnad) em todo o País.

Os mais de R$ 6 milhões de reais que serão investidos na prevenção, são provenientes do Fundo de Defesa de Direitos Difusos – ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. O dinheiro é fruto de condenações judiciais, indenizações e multas aplicadas em ações do Conselho Administrativo de Defesa do Econômica (Cade). Os projetos e programas que serão financiados pelo órgão devem ter como foco a recuperação, conservação e preservação do meio ambiente; à proteção e defesa do consumidor; à promoção e defesa da concorrência; ao patrimônio cultural brasileiro, entre outros. O Fundo é comandado por um Conselho Federal Gestor, composto por representantes do governo federal, Ministério Público Federal e sociedade civil.

Continue lendo

Por cerca de uma hora ministro da Saúde e sua equipe recebeu vaias da plenária da 16ª Conferência Nacional - Créditos: Foto: Setorial de Saúde do PT
Por cerca de uma hora ministro da Saúde e sua equipe recebeu vaias da plenária da 16ª Conferência Nacional / Foto: Setorial de Saúde do PT

A abertura oficial da 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8), em Brasília, indicou o descontentamento de gestores, trabalhadores e usuários do SUS com o atual governo Bolsonaro. O encontro reuniu aproximadamente 3 mil pessoas e foi realizado  pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) – vinculado ao ministério – na noite de domingo (4). Por volta de uma hora, o grande salão do Pavilhão de Exposições, na capital federal, foi tomado por vaias direcionadas ao ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e sua equipe (com exceção da titular da Sesai, Silvia Waiãpi). Os presentes também gritaram palavras de ordem, como: “Ele não; ele nunca” e “Fora fascista”.Convidado do evento, Mandetta e sua equipe foram cercados por seguranças numa barreira humana distanciando-o do povo, ato em desalinho ao tema da conferência “Democracia e Saúde”.

Hostilização

As vaias acompanharam os discursos da maioria das autoridades presentes. No caso do ministro, último a falar, o período de tensão se arrastou por cerca de 17 minutos, segundo alguns conselheiros. O ministro citou escândalos de corrupção em governos anteriores, mau uso de recursos públicos para estar naconferência e disse que quem não usasse verbas públicas da forma correta teria o mesmo destino dos presos na Operação Lava-Jato. Ao lado de três ex-ministros da Saúde, Agenor Álvares, Arthur Chioro e Saraiva Felipe, Mandetta afirmou que só agora o país chegou “ao momento da democracia”, e “pela primeira vez o Ministério se faz sem toma lá, dá cá”.Sem ser ouvido e nem deixar de falar, Mandetta alcançou a antipatia explícita da maioria do público ao dizer que doenças como difteria e sarampo “nascem da maior ditadura da América do Sul”.

Revogação da EC 95

Na avaliação de Nayara Oliveira, delegada eleita para a 16ª Conferência Nacional de Saúde pelo segmento usuária, o primeiro dia surpreendeu. “Foi uma plenária mais à esquerda do que poderíamos imaginar. Fiz a defesa, em minha fala, sobre focarmos após a conferência na revogação da Emenda Constitucional 95”.Nayara Oliveira criticou a fala do ministro, que segundo ela, carregada de “fake news graves” e que criou animosidade na plenária.”Do tipo responsabilizar epidemias de sarampo ao governo da Venezuela. A cobertura vacinal na região da fronteira no Brasil é 2% para este tipo de [doenças] pólio, sarampo…É baixa para caramba. Uma falha no sistema de saúde do Brasil. E ele imputou a responsabilidade à Venezuela”, citou.Fernando Pigatto, presidente do CNS, foi obrigado a intervir para tentar acalmar o público. Mandetta, por outro lado, continuou alimentando o discurso da polarização. Conforme publicado no site Outra Saúde, o chefe da pasta disse que teremos duas escolhas: olhar para trás e se utilizar do sistema de saúde e dos espaços que ele oferece para “pequenos, míopes, tacanhos e remoermos os nossos ódios” ou “gigantes, altruístas” sermos defensores de uma história.Mandetta finalizou o discurso insinuando que a maior parte dos presentes havia viajado com recursos públicos para estar na conferência e que quem não usasse verbas públicas da forma correta teria o mesmo destino dos presos na Operação Lava-Jato. “Quem não faz bom uso de coisa pública, que sejam recebidos na suíte imperial de Curitiba”, disse o ministro ao jornal O Globo.

Continue lendo

 

Resultado de imagem para Amamentação: um relato amor e persistência

Quando algo é difícil, bem difícil, quase insuportável, enrolado e tenso, comumente usamos a expressão “nossa, foi um parto”. Pois, na minha experiência, eu diria que desafiador mesmo é a amamentação. Depois de passar por um parto relativamente tranquilo e muito inspirado, vi minha pequena bebê prematura (Stella Nour nasceu com 35 semanas e 5 dias – oitavo mês de gestação) chegar em casa com cinco dias de vida e não conseguir sugar o leite que começava a descer. NMeus seios pareciam duas bolas de boliche – e obviamente nenhum dos meus sutiãs cabiam (nem mesmo os que comprei na gravidez). Stella vinha para os meus braços para tentar mamar e dormia profundamente naquele aconchego. A enfermeira que me ajudou neste começo colocava as luvas e fazia massagem em sua pequena boca para estimular a sucção. Chegávamos, bebê, eu e enfermeira, a ficar duas horas sentadas tentando fazer com que ela mamasse, processo que muitas vezes terminava comigo triste e frustrada, e com Stella morrendo de fome.Para aproveitar o leite que ia descendo (e consequentemente molhando sutiã, camiseta, pijama, roupa de cama, algo desesperador!), minha melhor amiga virou a máquina de extrair leite. Tenho a da marca Medela com dois bocais (encaixo-os num top que acompanha o equipamento para extrair o líquido dos dois seios simultaneamente). No começo chegava a chorar de dor nas primeiras sugadas! Para tentar descontrair, fazia selfies daquela situação bizarra, ordenhando como uma vaquinha…Stella começou finalmente a aprender a sugar quando passei a usar um bico de silicone, dica preciosa que ouvi de amigas (a tal rede de apoio, valiosíssima!). Antes disso, alimentava ela com a ajuda de um copinho ou na mamadeira. Quando tudo parecia mais calmo, um dia meus seios, cheíssimos de leite, começaram a ficar mais duros que o normal, com leite empedrado, as mamas doloridas e avermelhadas. Fui apresentada à mastite, inflamação nas mamas comum entre lactantes. Tive febre por dois dias e senti muita dor. Fui aconselhada a fazer massagem no chuveiro quente, para desobstruir os dutos inflamados. Mas só uma semana de antibióticos fez com que quadro melhorasse.

Continue lendo

Cubanos do Mais Médicos terão direito a residência no Brasil

Karina Zambrana

Os profissionais de Cuba que atuaram programa Mais Médicos vão poder solicitar autorização de residência no Brasil, de acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 29. Os interessados devem apresentar o requerimento em uma das unidades da Polícia Federal e prazo da autorização de residência será de dois anos.Além de foto e documentos de identidade, os cubanos devem entregar declaração de que participaram do programa, certidão de antecedentes criminais dos Estados em que residiu no Brasil e de ausência de antecedentes criminais em qualquer outro país nos últimos cinco anos.Estima-se que, dos 8 mil profissionais que vieram para o Brasil para trabalhar no programa, cerca de 2 mil permaneceram no País após o fim do acordo de colaboração entre Brasil e Cuba, que foi rompido em novembro do ano passado.A ruptura se deu por iniciativa do governo cubano em resposta a críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro, que comparou os profissionais a escravos.A portaria diz ainda que, antes da expiração do prazo de dois anos, será possível solicitar a autorização de residência por tempo indeterminado, desde que o interessado comprove meios de subsistência, não tenha se ausentado do Brasil por mais de 90 dias por ano e não tenha registros criminais.“É garantida ao migrante beneficiado por esta Portaria a possibilidade de livre exercício da atividade laboral no Brasil”, diz o texto. A autorização de residência implica na desistência da solicitação de reconhecimento da condição de refugiado pelos profissional

istoe

                                                                   Resultado de imagem para Conheça os benefícios de comer abacaxi todos os dias

Foto: Pixarbay

O abacaxi além de delicioso pode ser muito benéfico para a saúde se consumido da maneira correta. De acordo com o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS), a dose diária recomendada para se usufruir dos benefícios do fruto são de 2 fatias por dia.

Confira 7 bons motivos para consumir abacaxi todos os dias:

1. Diminuição da inflamação

O abacaxi contém bromelina, uma substância que ajuda a lutar contra as inflamações. Isso ajuda a diminuir o inchaço, a dor e acelera o processo de cura de feridas. Além disso, ajuda a eliminar as células ‘más’. Por ajudar a regenerar os tecidos  é muitas vezes aplicado em lesões de atletas.

2. O coração funciona melhor

A vitamina C do abacaxi protege o organismo de problemas vasculares e ajuda na produção de colágeno nos ossos, músculos e vasos sanguíneos.

3. Ajuda a emagrecer

Por conter bastante água, o abacaxi é um excelente diurético e, consequentemente, um bom aliado para o corpo, ajudando a diminuir a retenção de líquidos. O consumo de abacaxi diminui a vontade de comer doces, sendo como tal muito indicado para quem deseja perder peso. Recomenda-se consumir duas fatias da fruta com canela em pó logo de manhã.

4. Contribui para a preservação da memória

As substâncias presentes na fruta atuam diretamente nos nossos neurotransmissores, promovendo a melhoria da renovação celular, e desse modo preservando a memória e prevenindo doenças neuro-degenerativas como o Alzheimer.

5. Auxilia no controle do colesterol e triglicerídeos

O abacaxi é um ótimo remédio natural para diminuir os níveis de colesterol, pois ajuda a normalizar esta dislipidemia no sangue por ser rico em fibras solúveis que melhoram o trânsito intestinal e diminuem a captação do colesterol proveniente da alimentação. Além disso, por possuir fibras solúveis que ajudam a reduzir a concentração de gordura na corrente sanguínea, contribui para baixar os valores de triglicerídeos no sangue.

6. Prevenção do risco de AVC

O abacaxi contém muito potássio, que ajuda a reduzir a pressão sanguínea e ajuda a prevenir acidentes vasculares cerebrais.

7. Conserva a juventude por mais tempo

Esta fruta é riquíssima em manganês, que protege as células do corpo dos radicais livres, que destroem as células e aceleram o envelhecimento da pele dos órgãos.

portaldoholanda

Resultado de imagem para Como alimentos funcionais são aliados de uma vida mais saudável

“Que seu remédio seja seu alimento”, dizia Hipócrates. Séculos depois, a ciência da alimentação evoluiu a ponto de corroborar com a máxima do pioneiro da medicina na Grécia Antiga. Hoje, os nutricionistas sabem apontar exatamente quais são e onde encontrar as substâncias com mais potencial de prolongar a vida, evitar doenças e promover o bem-estar. São os chamados alimentos funcionais, nenhum deles milagroso em si, mas que podem ser poderosos aliados na manutenção de uma vida saudável.

Embora esteja na moda, a expressão é abrangente o suficiente para deixar muita gente confusa na gôndola do supermercado. A nutricionista Lara Natacci, da rede do plano de saúde premium Amil One, explica que o conceito de alimentos funcionais passa longe das antigas classificações de carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais. “Eles são compostos bioativos potencialmente saudáveis, com uma ação antioxidante, por exemplo”.

A maior parte dessas substâncias é produzida pelas plantas para se proteger de agressões do ambiente. Quando viram alimento, esses mesmos compostos ajudam o organismo humano a combater seus vilões internos, os tão falados radicais livres. Essas moléculas que nascem no metabolismo do corpo têm o potencial de danificar as células, causando envelhecimento precoce e doenças como o câncer. “Temos mecanismos naturais para atenuar esse desequilíbrio, mas a vida corrida, o estresse e a alimentação ruim colaboram para a produção de radicais livres”, explica Lara.

Entre os alimentos mais conhecidos pelas propriedades antioxidantes estão o azeite de oliva (graças aos polifenóis), os vegetais da família das brássicas (couve, couve-flor e brócolis, ricos em glicosinolatos) e a uva usada nos vinhos (com alto teor de resveratrol). Alguns estudos apontam que os orgânicos têm presença ainda maior desses compostos. As cores vivas ajudam a identificar vegetais potencialmente benéficos. “É o caso do licopeno, do tomate, que também combate radicais livres. Por isso que é importante fazer um prato colorido, porque aumentamos a variedade dessas substâncias”, diz a nutricionista.

Outros alimentos funcionais incluem o alho, que ajuda a regular a pressão sanguínea por conta da alicina, o chá verde, conhecido pela ação anticancerígena das catequinas, e sementes como a chia e a linhaça, ricas em ômega 3, gordura boa que favorece o bom funcionamento do coração e do cérebro. Já a soja contém isoflavonas, que auxiliam o controle do colesterol. A cúrcuma vem sendo estudada pelo seu poder antioxidante.

A advogada Simone Giardina levou a máxima de Hipócrates ao pé da letra. Portadora de anemia falciforme, recebeu dos médicos a indicação de tomar comprimidos de ácido fólico. Porém, pesquisando propriedades funcionais dos alimentos, acabou substituindo a farmácia pelo brócolis, rico na vitamina. “Como dois maços por dia. Faço exames de sangue a cada dois meses e está tudo ótimo”, revela. “Comecei a me interessar por tudo o que vem da terra, evitando ao máximo me entupir de remédios”, diz ela, que já enfrentou um câncer. No entanto, explica Lara Natacci, é preciso ter cuidado para não virar refém dos últimos modismos nem atribuir aos alimentos funcionais poderes milagrosos. “Não adianta comer chia diariamente e não dormir direito, fugir dos exercícios. Se sua vida for muito estressante, existe a chance de você nem absorver bem esses compostos”, alerta. Outro grupo de alimentos que vem ganhando destaque nos últimos tempos são os probióticos, que ajudam a povoar a flora intestinal de bactérias benéficas. Entram nessa lista o kombucha, o kefir – dois fermentados que podem ser feitos em casa – e o iogurte. Quem tem problemas intestinais específicos pode procurar um médico para uma receita probiótica individualizada, produzida em farmácia de manipulação. “A importância da microbiota (conjunto de microorganismos) do corpo tem sido muito pesquisada. Ela tem influência na imunidade, na parte mental e emocional”, diz a nutricionista.

imagem sem descrição.
O Fundo Nacional da Saúde (FNS) transferiu o total de 5.013.711.607,40 em recursos distribuídos entre os procedimentos ligados ao Piso de Atenção Básica Variável, aos Procedimentos de Média e Alta Complexidade (MAC), ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e às ações de assistência complementar dos estados e o Distrito Federal (DF). Confira abaixo o detalhamento dos pagamentos efetuados na primeira semana do mês de julho de 2019: 

• Atenção à Saúde da População para Procedimentos no MAC – R$ 3.348.517.412,56

• Piso de Atenção Básica Variável (PAB)  –  Custeio De Atenção à Saúde Bucal – Agente Comunitário de Saúde – Apoio à Manutenção dos Polos de Academia da Saúde – R$ 979.467.767,95

• Assistência Financeira Complementar aos Estados, Distrito Federal e Municípios para Agentes de Combate às Endemias e Incentivo Financeiro aos Estados, Distrito Federal e Municípios para a Vigilância em Saúde – Despesas DiversasR$ 168.581.477,80

SAMUR$ 91.451.242,56• Piso de Atenção Básica Fixo (PAB FIXO) – R$ 429.211.541,61

• Promoção da Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos na Atenção Básica em Saúde e Apoio Financeiro para Aquisição e Distribuição de Medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica – R$ 96.482.164,92

Total de Repasses: R$ 5.013.711.607,40

Médicos cubanos que permaneceram no Brasil estão impedidos há 8 meses de exercer profissão. - Créditos: Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

                                                                 

Médicos cubanos que permaneceram no Brasil estão impedidos                                                               há 8 meses de exercer profissão. / Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

O governo Bolsonaro continua enfrentando problemas paras preencher as vagas deixadas pelos 8 mil cubanos que atendiam pelo Mais Médicos no país – e que deixaram o programa após os ataques do presidente ao trabalho dos profissionais. Desde então, o governo lançou sucessivos editais para preenchimento das vagas ociosas, sem êxito. Além disso, cerca dos 15% dos médicos brasileiros que aderiram ao programa, em substituição aos cubanos, abandonam os postos após três meses de atuação.

Nesta sexta-feira (12), encerra-se o prazo de um novo edital para preencher 600 vagas do programa. A primeira etapa era voltada a profissionais formados no Brasil e agora é para brasileiros titulados no exterior (sem a necessidade de revalidação do diploma no país). Anunciada desde janeiro de 2019, a substituição do programa agora é esperada para agosto e o governo já admire reincorporar os 2 mil cubanos que não voltaram ao país de origem após o rompimento do convênio.

“Eles viram que o que fizeram com o Mais Médicos não deu resposta para o que o povo precisava”, avalia o médico e mestre em Saúde Pública, Thiago Henrique Silva, integrante da Rede Nacional de Médicas e Médicos Populares (RNMMP).

Para ele, há uma incapacidade em resolver os problemas do povo e uma persistência em manter uma “guerra ideológica”, mas a realidade falou mais alto. [O governo Bolsonaro] fez de tudo para prescindir dos cubanos, de tudo mesmo, mas não conseguiram. Agora estão apelando para os cubanos que ficaram meses aí vendendo espetinho, fazendo bicos, para atender nas áreas remotas; lugares que os brasileiros não quiseram e nem os brasileiros formados fora do Brasil. Eles desqualificaram os médicos cubanos e agora estão apelando pra eles”, lembrou Thiago Silva.

Enquanto o governo federal não consegue resolver o problema criado pelos preconceitos de Bolsonaro e seus seguidores, há regiões do país onde alternativas já estão em curso, como o Mais Médicos do Nordeste e o Mais Médicos Campineiro, para ficar em dois exemplos.

O deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) vê o anúncio da proposta do governo com ceticismo. “Várias vezes o governo anunciou ter recomposto todas as vagas abertas e nunca foi verdade”. Para o parlamentar, a possível volta dos cubanos é uma admissão do governo sobre o “valor dos médicos” e, caso se concretize, a garantia dos “direitos humanos” desses profissionais. Em fevereiro, o governo Bolsonaro se limitava a prometer asilo e ajuda humanitária a estes profissionais, por meio do Ministério da Justiça. No final de maio, durante entrevista ao programa Roda Viva, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, colocou em dúvida a capacidade dos profissionais cubanos que atuaram no programa entre 2013 e 2018. “Eu não vi nenhum cubano atendendo no Albert Einstein, na avenida Paulista, porque decerto se fizesse algo com alguém da elite paulista seria um absurdo, mas para o interior vale”, disse ele.

Revalidação

Continue lendo

Resultado de imagem para Efeito pós-ioga: aprenda a conquistar a pele glow da vez

É consenso que “natural” é a palavra-chave dos tempos de hoje. Depois de uma revolução na indústria do skincare, que se tornou protagonista da beleza, é a vez da maquiagem valorizar a pele real. Com textura doadora de glow e cor translúcida, o make cremoso surge com força para somar à beleza, em vez de mascará-la. As camadas de pó, contorno e supercobertura saem de cena. O visual-desejo de agora prima por correções inteligentes e viço natural.“A aparência é de um brilho que vem de dentro, uma pele quase molhada”, explica Rodrigo Costa, beauty artist que assina a beleza deste editorial. Conhecido lá fora como buttery skin ou yoga skin, este make é construído com texturas cremosas, blushes translúcidos, balms e produtos em gel. “Fórmulas hidratantes são essenciais para preparação dessa pele. Com elas, criamos uma base emoliente para receber os próximos produtos”, ensina Rodrigo. Para quem quer aderir à tendência, uma boa notícia: o mercado já se movimenta para lançar fórmulas que, mesmo muito leves, dão o tom do visual creamy. É o caso da nova paleta de iluminadores cremosos Dynamic by Danessa Myricks, da Lime Life, e do Baume Essentiel Transparent, da Chanel. Ambos trazem o brilho do highlighter, mas sem o peso da cintilância. “Aplicar os produtos com as mãos é outro truque valioso aqui. O calor dos dedos faz com que a maquiagem seja incorporada mais facilmente à pele”, completa Rodrigo.

Beleza: Rodrigo Costa
Styling: Gio Grassi
Modelo: Isis Bataglia (FORD)
Assistentes de foto: Rafael Monteiro e Guga Ribeiro
Assistentes de beleza: Lola Maria e Paul Kardous
Manicure: Roberta Muniz
Tratamento de imagem: 2lab Studio
Agradecimento: Le Dep Eventos
Tratamento de imagem (still): Luciano Custódio

vogue

Resultado de imagem para Como alimentos funcionais são aliados de uma vida mais saudável

“Que seu remédio seja seu alimento”, dizia Hipócrates. Séculos depois, a ciência da alimentação evoluiu a ponto de corroborar com a máxima do pioneiro da medicina na Grécia Antiga. Hoje, os nutricionistas sabem apontar exatamente quais são e onde encontrar as substâncias com mais potencial de prolongar a vida, evitar doenças e promover o bem-estar. São os chamados alimentos funcionais, nenhum deles milagroso em si, mas que podem ser poderosos aliados na manutenção de uma vida saudável.

Embora esteja na moda, a expressão é abrangente o suficiente para deixar muita gente confusa na gôndola do supermercado. A nutricionista Lara Natacci, da rede do plano de saúde premium Amil One, explica que o conceito de alimentos funcionais passa longe das antigas classificações de carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais. “Eles são compostos bioativos potencialmente saudáveis, com uma ação antioxidante, por exemplo”. A maior parte dessas substâncias é produzida pelas plantas para se proteger de agressões do ambiente. Quando viram alimento, esses mesmos compostos ajudam o organismo humano a combater seus vilões internos, os tão falados radicais livres. Essas moléculas que nascem no metabolismo do corpo têm o potencial de danificar as células, causando envelhecimento precoce e doenças como o câncer. “Temos mecanismos naturais para atenuar esse desequilíbrio, mas a vida corrida, o estresse e a alimentação ruim colaboram para a produção de radicais livres”, explica Lara. Entre os alimentos mais conhecidos pelas propriedades antioxidantes estão o azeite de oliva (graças aos polifenóis), os vegetais da família das brássicas (couve, couve-flor e brócolis, ricos em glicosinolatos) e a uva usada nos vinhos (com alto teor de resveratrol). Alguns estudos apontam que os orgânicos têm presença ainda maior desses compostos. As cores vivas ajudam a identificar vegetais potencialmente benéficos. “É o caso do licopeno, do tomate, que também combate radicais livres.

Continue lendo

Divulgação

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira, 19 de junho, o resultado final da primeira fase dos médicos selecionados no 18º ciclo do programa Mais Médicos. A previsão é que 1.010 Municípios em 26 Estados recebam os profissionais. As contratações são referentes ao edital 11 de 2019.

No total, foram selecionados 1.975 médicos para atuar na Atenção Primária das unidades de saúde. O edital oferecia 2.149 vagas. De acordo com a pasta, os profissionais devem se apresentar nos Municípios de 24 e 28 de junho para o início das atividades de atendimento à população. A lista completa com as cidades e o número de médicos por Município está disponível aqui (http://www.li.cnm.org.br/r/Z1XSSJ).

Ainda segundo o ministério, os locais contemplados são de áreas historicamente com maiores dificuldades de acesso, como as ribeirinhas, fluviais, quilombolas e indígenas, e que dependem do atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Esta fase do ciclo do programa priorizou profissionais formados e que têm registro do Conselho Regional de Medicina do Brasil.

Em reunião com a pasta de Saúde, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) tem questionado mudanças nos critérios do Mais Médicos. A partir de 2019, apenas os Municípios de perfis de 4 a 8 de vulnerabilidade social se tornaram elegíveis para os chamamentos públicos do programa Mais Médicos. Com isso, 1.429 Municípios — enquadrados nos perfis de 1 a 3 — não serão mais contemplados nem terão contratos renovados. A CNM reitera que o Ministério da Saúde precisa rever sua decisão e os critérios estipulados, a fim de alcançar todas as cidades que necessitam da estratégia para contratar e fixar os médicos, tendo em vista as especificidades e as diferentes realidades sociais. Outro ponto destacado pela entidade é a dificuldade de fixação dos profissionais. Informações dos Municípios confirmam aumento na rotatividade, desde o ano passado, com a saída dos estrangeiros. Pela complexidade no processo de reposição e fixação dos médicos nas equipes de atenção básica, principalmente nos Municípios de menor porte populacional e mais distantes dos grandes centros urbanos, a CNM continua reivindicando à pasta agilidade e transparência no processo.

tipos de batatas 0419 1400x800
SHAHPHOTO/SHUTTERSTOCK

Quem está de dieta normalmente aposta na substituição da batata inglesa (a amarela, mais comum) pela doce, acreditando que o segundo tipo é o único capaz de favorecer o emagrecimentoA ideia não chega a ser absurda, mas apenas um pouco equivocada. De acordo com a nutricionista Tamara Castro, a grande vantagem da batata-doceestá no seu índice glicêmico, que é inferior ao da batata inglesa.

batatas beneficios saude 0419 1400x800
BEATS1/SHUTTERSTOCK

Os valores de índice glicêmico dos alimentos estão relacionados à velocidade com que a glicemia aumenta conforme eles são digeridos e, portanto, podem ainda ser considerados indicadores da qualidade de um carboidrato, uma vez que são responsáveis por provocar alterações glicêmicas. Quanto menor a alteração, melhor o carboidrato. Quanto mais rápido a glicemia aumenta, pior o carboidrato.

Truque para emagrecer comendo batata

batata doce amarela fatiada 1116 1400x800
MARGOUILLATPHOTOS/ISTOCK 40338948

Ainda segundo a nutricionista, poucas pessoas sabem que é possível, sim, emagrecer com qualquer tipo de batata, não somente a doce, modificando de forma simples a resposta glicêmica do alimento. Tudo depende do método de preparo, além de alimentos e ingredientes associados na mesma refeição.

batata assada casca 0419 1400x800 0
BEATS1/SHUTTERSTOCK

O truque para perder peso comendo batata inglesa (ou qualquer outro tipo de alimento de índice glicêmico mais elevado) é acrescentar ao preparo boas fontes de gordura, como azeite, óleo de coco e oleaginosas, por exemplo, e fibras, como sementes, vegetais, farelos, entre outros. O modo de preparo também influencia no processo. Na versão cozida, por exemplo, a batata-doce tem índice glicêmico de 60, enquanto o da batata inglesa é de 95. No entanto, quando assada, a própria batata-doce passa a ter o índice glicêmico muito semelhante à batata inglesa cozida (94 e 95, respectivamente).

vix.com

Os profissionais aptos a participar do Programa Mais Médicos já podem indicar os municípios onde têm interesse de trabalhar. De acordo com informações divulgadas nesta sexta-feira (7) pelo Ministério da Saúde, os médicos têm até as 12h da próxima segunda-feira (10), para acessar o site do programa e fazer suas indicações. São oferecidas 2.149 vagas em 1.130 municípios com os maiores índices de vulnerabilidade social do país nos 26 estados da Federação, exceto no Distrito Federal, além de 13 distritos sanitários especiais indígenas (DSEIS).

Conforme o ministério,a primeira fase do 18º ciclo do programa dá prioridade à participação de profissionais formados e habilitados com registro em conselhos regionais de Medicina (CRM) de estados brasileiros. Para garantir a imparcialidade na escolha dos profissionais, tiveram preferência na classificação médicos com perfil de atendimento para a atenção primária, com títulos de especialista ou residência médica em medicina da família e comunidade.

Caso sobrem vagas, serão oferecidas aos profissionais brasileiros formados em outros países e que já tenham habilitação para o exercício da medicina no exterior. A previsão do Ministério da Saúde é que os médicos comecem a atuar nas unidades de saúde em junho deste ano.

istoe

Tortas salgadas são fáceis de fazer, muitas vezes podem ser preparadas com sobras de alimentos e valem por uma refeição completa. Confira abaixo os ingredientes necessários para fazer três versões diferentes com presunto, camarão, frango e, claro, MUITO queijo derretido.

Torta de presunto e queijo

torta liquidificador bacon 0118 1400x800
VIX

Ingredientes:

  • 4 ovos
  • 2 e ½ xícaras de leite
  • 1 xícara de óleo
  • 1 xícara de batatas cozidas e picadas
  • 1 colherinha de sal
  • 1 colherinha de fermento em pó
  • 1 e ½ xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de presunto picado
  • 2 xícaras de queijo cheddar
  • Orégano a gosto
  • 1 xícara de parmesão

Torta cremosa de camarão

Ingredientes:

  • 1 gema
  • 1/3 de xícara de açúcar
  • 5 colheres de água
  • 2 xícaras de farinha
  • ½ xícara de manteiga gelada
  • Sal a gosto
  • 5 ovos
  • 1 colherinha de sal
  • 2 xícaras de creme de leite
  • 1 e ½ xícaras de queijo cheddar
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 400g de camarão
  • Pimenta a gosto
  • ¼ de xícara de salsinha
torta de frango 022017 1400x800
ALEXSMITH/SHUTTERSTOCK

Ingredientes:

  • 1 gema
  • 1/3 de xícara de açúcar
  • 5 colheres de água
  • 2 xícaras de farinha
  • ½ xícara de manteiga gelada
  • 5 ovos
  • ½ colherinha de sal
  • 2 xícaras de creme de leite
  • 1 e ½ xícaras de queijo cheddar
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 270g de frango desfiado
  • 2 tomates picados
  • Pimenta a gosto
  • ¼ de xícara de salsinha .
  • No vídeo acima você confere o passo a passo detalhado de cada tipo de torta salgada, além dos truques para deixar a massa leve e os recheios cremosos.

vix.com

Objetivos do NASF (núcleo de apoio à saúde da família)

Objetivos do NASF (núcleo de apoio à saúde da família)
O NASF é uma estratégia inovadora que tem por objetivo apoiar, ampliar, aperfeiçoar a atenção e a gestão da saúde na Atenção Básica/Saúde da Família. Seus requisitos são, além do conhecimento técnico, a responsabilidade por determinado número de Equipes de Saúde da Família e o desenvolvimento de habilidades relacionadas ao paradigma da Saúde da Família. Deve estar comprometido, também, com a promoção de mudanças na atitude e na atuação dos profissionais da Saúde da Família e entre sua própria equipe – NASF-, incluindo na atuação ações intersetoriais e interdisciplinares, promoção, prevenção, reabilitação. As áreas estratégicas para a realização das atividades do NASF são as seguintes: atividades físicas/práticas corporais; práticas integrativas e complementares; reabilitação; alimentação e nutrição; saúde mental; serviço social; saúde da criança/do adolescentes e do jovem; saúde da mulher e assistência farmacêutica.
 Também refere como ações a serem desenvolvidas pelo NASF: proporcionar educação permanente em nutrição; contribuir para a ampliação e valorização da utilização dos espaços públicos de convivência; implementar ações em homeopatia e acupuntura para a melhoria da qualidade de vida; promover ações multiprofissionais de reabilitação para reduzir a incapacidade e deficiências, permitindo a inclusão social; atender usuários e familiares em situação de risco psicossocial ou doença mental; criar estratégias para abordar problemas vinculados à violência e ao abuso de álcool; e apoiar as Equipes de Saúde da Família na abordagem e na atenção aos agravos severos ou persistentes na saúde de crianças e mulheres, entre outras ações.

ACESSEM VÍDEO, PARTICIPEM

Esporão do calcâneo 

  Oferecer qualidade de vida às pessoas é o principal objetivo do fisioterapeuta. Trata-se do profissional que atua tanto na prevenção como na reabilitação física e funcionalidade das pessoas.

  Fisioterapia é a ciência que estuda, diagnostica, previne e recupera pacientes com distúrbios cinéticos funcionais intercorrentes em órgãos e sistemas do corpo humano. Trabalha com doenças geradas por alterações genéticas, traumas ou enfermidades adquiridas.

Toda mulher tem o sonho de ter uma pele lisinha e sem rugas não é mesmo? Ou eliminar de vez o bigode chinês e aquele pé de galinha na região dos olhos. Enquanto todas nós lamentamos, a carioca Silvia Torres, de 52 anos, delicia-se com o fato de parecer mais nova do que realmente é. Bem mais nova! A moça, quer dizer, senhora, parece ter no máximo 30 anos. Com uma pele lisinha e quase sem marcas, um cabelo lindo e um corpo saudável, sem exageros, ela não aparenta já ter chegado aos 50 e muitas vezes em que ela sai com sua filha, de 21 anos, as pessoas perguntam se são irmãs. Mas afinal, qual é o segredo? Silvia conta que passou a utilizar um método que ajuda a recuperar a elasticidade e firmeza da pele. E esse método funciona tão bem que ela quase foi impedida de fazer uma viagem de avião por uma razão inusitada: ela tinha a aparência tão jovem que o atendente achou que ela estava apresentando uma identidade falsa. Segundo a bancária, ela conseguiu esse resultado reduzindo o refrigerante e fazendo uso de uma proteína, recém chegada ao Brasil, capaz de rejuvenescer a pele, dando a ela os nutrientes necessários.”Eu tinha muita vergonha dos meus pés de galinha e do bigode chinês. Não tinha nem vontade mais de sair de casa porque me achava feia e velha. Pensei até em fazer botox, mas não tinha dinheiro e também tinha medo” – Silvia Torres.

Silvia reduziu o refrigerante e usou uma proteína recém chegada ao Brasil que recupera a elasticidade da pele

Bancária Silvia Torres, com 53 anos, aparenta ter no máximo 30 anos.

A maioria das pessoas acredita que a única forma de eliminar as rugas é através de cirurgias caras, como por exemplo, o botox. Esse método possui um efeito imediato e realmente funciona para muitas pessoas, mas além de ter um efeito de apenas 6 meses e riscos para a saúde, é extremamente caro. Silvia tentou diversos cremes para se livrar das rugas no rosto, mas nenhum deles deu um resultado satisfatório. A pele lisa e jovem que ela conquistou só veio quando ela reduziu o refrigerante e começou a consumir duas cápsulas (antes das refeições) de uma proteína recém chegada ao Brasil, que segundo estudos científicos, são capazes de devolver à firmeza para sua pele e custam menos de R$ 20,00 por mês. Essa proteína, chamada comercialmente de Dermacaps, é retirada do osso e da cartilagem do boi, e apesar de nova no Brasil, ela já vem sendo usada nos Estados Unidos há muitos anos, e é a principal responsável por manter as celebridades americanas com a pele jovem.

linda-pele.com

imagem sem descrição.
Confira os valores das transferências de recursos deste mês.

Neste dia 2 de abril de 2019 o Fundo Nacional da Saúde (FNS) divulga a transferência de R$ 5.321.306.287,81 para os recursos distribuídos entre os procedimentos ligados ao Piso de Atenção Básica Variável, aos Procedimentos de Média e Alta Complexidade (MAC), ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e às ações de assistência complementar dos estados e o Distrito Federal (DF). Confira abaixo o detalhamento dos pagamentos efetuados neste mês:

• Atenção à Saúde da População para Procedimentos No Mac – R$ R$ 3.373.122.135,83
• Piso de Atenção Básica Variável – PAB  –  Custeio de atenção à Saúde Bucal – Agente Comunitário De Saúde – Apoio à Manutenção dos Polos de Academia da Saúde R$ 977.781.346,31
• Assistência Financeira Complementar aos Estados, Distrito Federal e Municípios para Agentes de Combate às Endemias e Incentivo Financeiro aos Estados, Distrito Federal e Municípios para a Vigilância em Saúde – Despesas Diversas – R$ R$ 263.425.601,40
• SAMU – R$ R$ 92.185.415,06
• Piso de Atenção Básica Fixo – PAB FIXO – R$ 428.357.957,61 Total de Repasse R$ 5.321.306.287,81 Bilhões.
portalfns.saude
hidratacao cabelos abacate 0619 400x800
AQUARIUS STUDIO/SHUTTERSTOCK

Independentemente do seu tipo de cabelo, uma hidratação regular protege os fios de agentes externos, como mudança de temperatura e poluição, e de processos estéticos que podem ser um pouco agressivos, como alisamento, descoloração e tintura. Os processos podem abrir as cutículas dos fios, fazendo com que água e nutrientes se percam, prejudicando a saúde e a aparência dos cabelos. Optar por uma boa hidratação caseira pode ser a solução para manter seus cabelos lindos sem gastar muito.

cabelo hidratacao banho 0319 400x800
PLPROD/SHUTTERSTOCK

Versões caseiras de hidratação para os cabelos são econômicas, contam com ingredientes simples, fáceis de serem encontrados e fontes de vitaminas e proteínas fundamentais para devolver a massa capilar. Hidratações capilares caseiras ainda são livres de agentes químicos, ou seja, raramente provocam reações alérgica ou de contato. Conheça alguns dos melhores métodos para hidratar os cabelos em casa:

babosa cortada ao meio 216 400x600
                                                                                LUKAS GOJDA/SHUTTERSTOCK

Hidratação com babosa

Remova o gel presente em 1 folha de babosa, misture com 1 colher de sopa de mel, 1 colher de sopa de azeite e 2 colheres de sopa de creme capilar neutro. Bata tudo no multiprocessador. Aplique no cabelo lavado com xampu, deixe agir por até 20 minutos e depois enxágue.

Hidratação com abacate

Em um recipiente, amasse bem a metade de um abacate, acrescente 1 colher de sopa mel e 1 colher de sopa de óleo vegetal e misture até ficar homogêneo. Aplique no cabelo úmido mecha a mecha, do comprimento às pontas. Deixe agir de 20 a 40 minutos, enxágue e lave o cabelo normalmente.

abacate mesa verde 0319 400x800

vix.com

Folha Vitória
Folha VitóriaFolha Vitória

Em um informe divulgado nesta quarta-feira (22), em Genebra, na Suíça, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que ao menos 5 bilhões de pessoas em todo o mundo convivem com os riscos de desenvolver doenças associadas ao uso das gorduras trans industrial. Segundo a entidade, o ingrediente industrial causa cerca de 500 mil mortes a cada ano. Presentes principalmente – mas não só – em produtos industrializados como sorvetes, margarina, cremes vegetais, batatas fritas, salgadinhos de pacote, bolos, biscoitos e gorduras hidrogenadas, as gorduras trans são um tipo de gordura que se forma por um processo natural ou industrial que transforma óleos vegetais líquidos em gordura sólida. Usadas para melhorar a consistência dos alimentos e para aumentar o prazo de validade de alguns produtos industriais, as gorduras trans podem causar o aumento do colesterol total e do colesterol ruim (LDL).

Segundo a OMS, alguns países estão adotando medidas para restringir o uso das gorduras trans, mas é preciso fazer muito mais. “O impulso para a eliminação global da gordura trans produzida industrialmente está crescendo, com quase um terço da população mundial já protegida, em 28 países”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

“Mas mais de dois terços da população mundial ainda carece de proteção contra a gordura trans industrial em seus alimentos”, acrescentou Ghebreyesus, afirmando que a OMS está pronta para apoiar as Nações em seus esforços para eliminar as gorduras trans.

De acordo com a organização, o Brasil figura ao lado de outros 25 países que adotam medidas para incentivar os consumidores a fazer escolhas mais saudáveis em relação aos alimentos e bebidas industrializadas. Estão nesse grupo de países que, segundo a OMS, promovem uma dieta saudável a fim de prevenir a obesidade e doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) relacionadas à má alimentação Bélgica, China, Espanha, França, Suécia, Reino Unido, entre outros, como os sul-americanos Bolívia, Paraguai e Uruguai.

O monitoramento global indica que são os países com maior renda são os que têm liderado os esforços políticos para que as gorduras trans sejam erradicadas. Nenhum país de baixa renda e apenas três países de renda média-baixa (Índia, Quirguistão e Uzbequistão) têm políticas anti-gorduras trans.

Continue lendo

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
  CLIQUE AQUI e fale com os novos ministros, fiquem de OLHO bem aberto alguma informação entre em contato com os ministros. Imagem relacionada
Vejam as verbas de suas cidades ,naveguem e fiquem bem informados CLIQUE AQUI E ACESSE!

CLIQUE AQUI e veja receita e despesa do seu municípios.

Aqui você encontra informações sobre a aplicação do dinheiro público nos municípios e no estado de Pernambuco.

Zé Freitas no Facebook

Zé Freitas no Twitter
Parceiros