Ateliê Geilson
Natura
Natália Calçados

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

  • 28
  • 22
  • 24
  • 20
  • 11
  • 09
  • 11
  • 01
  • 29
  • 03
  • 04
  • 05
  • 07
  • 02

Supermercado
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
 

 Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter oFlash Player instalado. 

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

Social

Foto: Secom/PB

Foto: Secom/PB

O governador Ricardo Coutinho entregou, na noite deste sábado (15), em Campina Grande, a segunda etapa do Parque Ecológico Bodocongó, espaço de convergência social, às margens do açude de Bodocongó, que oferece áreas de lazer, cultura e esporte à população.

Esta parte da obra recebeu recursos na ordem de R$ 7 milhões, enquanto na primeira etapa, que foi inaugurada no ano passado, foram investidos R$ 28 milhões.

A obra completa do Parque Bodocongó totaliza cerca de R$ 35 milhões e proporciona mais qualidade de vida para cerca de 100 mil habitantes dos bairros Bodocongó, Malvinas, Dinamérica, Santa Rosa, Quarenta, Jardim Quarenta e Cruzeiro, em Campina Grande. O deputado federal Veneziano Vital do Rego, os deputados estaduais Estela Bezerra e Adriano Galdino, auxiliares do Governo e outras autoridades estiveram presentes. A inauguração da segunda etapa do Parque Bodocongó contou com uma feira de serviços voltados à população, com atendimentos na área de saúde, direitos do consumidor e outros; apresentação das bandas marciais das Escolas Anésio Leão e Estadual da Prata; concerto da Orquestra do Prima de Campina Grande; apresentação da banda da Polícia Militar e show com a banda de forró Fulô Mimosa. O governador Ricardo Coutinho visitou alguns espaços do Parque, acompanhou apresentações culturais e ressaltou que este ambiente de lazer valoriza a região. Ele também lembrou que, antes, Bodocongó era um dos bairros mais violentos de Campina Grande, índice que diminui bastante após a chegada do Parque.

“Esta segunda etapa do Parque Bodocongó tem pier, mais quiosques, quadra e outros equipamentos que oferecem lazer e convergência social para os moradores dessa área. O povo tem direito a uma vida mais saudável, com áreas agradáveis. Antes esta área tinha uma média de cinco homicídios por mês, agora tivemos dois homicídios no ano todo, isso porque melhoramos as escolas, criamos este espaço, trouxemos o Prima, ou seja, estamos tirando a juventude do foco da violência e dando a ela mais perspectivas de futuro”, disse o governador. Na solenidade, o Governo do Estado e o Instituto Histórico de Campina Grande renderam uma homenagem ao zoólogo Rodolpho Von Ihering, cientista que, na década de 30, chefiou a Comissão Técnica de Piscicultura do Nordeste. O estudo científico desenvolvido pelo cientista nas águas do Açude Bodocongó, revolucionou o modelo e a aplicação da piscicultura para o mundo. Uma placa em homenagem a Rodolpho Von Ihering será posta em um dos ambientes do Parque Bodocongó. De acordo com a diretora-superintendente de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), Simone Guimarães, a segunda etapa do Parque Bodocongó possui praças, ciclovia, murro de arrimo, calçadas de contorno, quadra de areia, quadra de espiribol, equipamentos urbanísticos, pier, pista de patins,  quadra  poliesportiva, academia de ginástica ao ar livre, playground, pista de bicicross, estacionamentos e outras áreas.“A obra ficou linda e oferece um ambiente de lazer adequado para crianças, idosos e todos os moradores dessa área”, afirmou.

Foto: Secom/PB

Os principais serviços executados durante a obra foram: serviços preliminares, demolição, locação/desmatamento e limpeza, movimento de terra, contenção, drenagem pluvial, sistema de abastecimento de água, pavimentação externa, rede elétrica, iluminação pública e subestação, paisagismo, sistema de proteção e combate a incêndio.

“Eu já frequentava a primeira parte do Parque, agora vou vir também para esta outra área. Aqui é um ambiente de lazer muito agradável, sendo um ponto de reunião para estudantes que moram nas proximidades e também é muito bom para praticar esportes”, comentou a estudante de 17 anos, Rayane Pinto.

“Governador Ricardo Coutinho dá exemplos para todo país, como deve governar e administrar com o dinheiro público. Diferente de outros governadores que só falam em crise e nada fazem para população.

 “Parabéns o governador Ricardo Coutinho, é desta maneira que se faz.”

Continue lendo

Foto: Secom/PB

                                                 Foto: Secom/PB

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), continua pagando o Abono Natalino aos beneficiários do Bolsa Família.

O pagamento é feito obedecendo a um calendário que tem como referência o final do Número de Inscrição Social (NIS).Até a manhã desta sexta-feira (14), cerca de 150 mil famílias já haviam recebido os seus benefícios.Este ano, para maior conforto dos beneficiários, o pagamento está sendo realizado por meio da Caixa Econômica Federal, em suas agências, casas lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, em todo o país.Para receber o Abono Natalino deve-se comparecer a qualquer um dos canais de pagamento da Caixa Econômica munidos de documento de identificação com foto e o Cartão do Bolsa Família, no dia correspondente ao final no seu NIS.Eliete Rodrigues, 22 anos, moradora do bairro do Mandacaru, afirma que “foi muito bom o pagamento ter vindo para as lotéricas. É mais perto de casa, mais seguro e não precisa de transporte para vim buscar. Eu mesma vim andando! Nos outros anos, além de vir na lotérica sacar o dinheiro do Bolsa Família, eu tinha que me deslocar para ir buscar o Abono”. A beneficiária, que tem uma filha, disse ainda que “o Abono Natalino ajuda na compra de produtos para a ceia de sua família.”O Benefício de Transferência de Renda pioneiro no país é realizado com recursos próprios.

O valor de R$ 32,00 está disponível este ano para 514.663 famílias nos 223 municípios do Estado, perfazendo mais de R$ 19,4 milhões em investimentos.

Continue lendo

Luciana Gimenez
Luciana Gimenez 
A apresentadora Luciana Gimenez publicou uma foto ao lado de Silvio Santos, em seu Instagram, nesta quarta-feira (12). Ela celebrou o aniversário do comunicador com uma linda mensagem.

“Feliz aniversário, Tio Silvio. Com você é sempre hora de alegria. Vamos sorrir e cantar! Parabéns!”, disse a morena, na publicação que já coleciona mais de 29 mil curtidas. Os internautas adoraram a foto, e deixaram diversos comentários, felicitando o dono do SBT. “Lindos, parabéns pra ele”, disse uma. “Amo os dois”, comentou uma outra. Recentemente, a famosa falou, por meio do Stories do Instagram, que passar pelo divórcio foi uma das coisas mais difíceis em sua vida. “Nossa, foram tantos… Agora mesmo, esse ano, meu divórcio foi muito, muito dolorido”, disse, na ocasião.

 

“Não é armando as pessoas que nós vamos resolver o problema da segurança pública”, afirmou. Lamachia fez referência ao ataque a fiéis na Catedral de Campinas, que deixou cinco mortos, incluindo o atirador Euler Fernando Grandolpho. “O que aconteceu ontem (11) em São Paulo é algo extremamente preocupante. O Brasil precisa também ter políticas efetivas para esse tipo de situação”, argumentou.

Lamachia participou do Fórum de Governadores, que discute segurança pública, na sede da OAB, em Brasília. “Não vejo que armar as pessoas como uma forma de solução ou de minimização dos problemas que estamos enfrentando na área da segurança pública. Entendo que o Brasil precisa de fato enfrentar a situação do sistema prisional”, afirmou. Segundo Lamachia é fundamental que o poder público retome a administração do sistema penitenciário brasileiro. “Nós vimos ao longo dos últimos anos, de vários governos, uma falta de visão efetiva no sentido da gestão do sistema prisional brasileiro. Chegamos aonde chegamos. O crime começa exatamente por dentro dos presídios”, alertou.Para o presidente da OAB, os presos, que deveriam estar sob o controle do Estado, estão comandando o crime organizado, com financiamento do poder público. “Ou seja, é inadmissível que nós tenhamos um sistema prisional que funcione como verdadeiro quartel general do crime organizado ou escritórios patrocinados pelo poder público para efetivamente administrar o crime organizado fora do presídio”, afirmou.

Continue lendo

Gloria Maria e Roberto Carlos em especial de 2014 (Divulgação)
Gloria Maria e Roberto Carlos em especial de 2014

No dia 21 de dezembro vai ao ar pela Rede Globo o tradicional especial de fim de ano do Roberto Carlos. As gravações aconteceram na terça-feira (4), nos estúdios da emissora, no Rio de Janeiro. Este ano a atração conta com nomes como Marina Ruy Barbosa, Michel Teló, Zizi Possi e do filho do cantor, Dudu Braga. A jornalista e apresentadora Glória Maria foi um dos nomes que prestigiou o show emocionante. Em entrevista ao Observatório da Televisão Gloria falou sobre seu amor pelo cantor. Confira:

“O Roberto faz parte da minha vida. Eu adoro ele e sou fã, sou tiete, tenho respeito e paixão. A gente já fez tantas coisas juntos profissionalmente, os especiais, já apresentamos juntos. Ele é meu anjo de luz”, diz a jornalista, entusiasmada com mais um especial do astro do Rock brasileiro.

Você tem alguma música preferida do Roberto?

‘Como É Grande Meu Amor Por Você’, que eu canto para as minhas filhas. Eu adoro ‘Além do Horizonte’ e sou louca para cantar com ele ‘As Curvas da Estrada de Santos’.

“Meu sonho é cantar ‘As Curvas das Estradas de Santos’ com ele”

Você também gosta de cantar ?

Eu canto porque eu gosto de cantar. Nós ainda não cantamos juntos, a gente apenas dançou. Por isso que meu sonho é cantar As Curvas das Estradas de Santos com ele. Se Deus quiser, para encerrar meus especiais com ele. Fica a dica!

Vocês fizeram uma música com Martinho da Vila, né?

Não foi bem uma música, foi um poema; ‘Ser Mulher’. Ele me pediu para recitar, mas com ritmo. E foi uma experiência linda e emocionante deste último disco dele. Ele achou que o poema era minha cara e foi umas das coisas mais lindas da minha vida.

E suas filhas vão fazer aniversário em breve, já tem preparado algo?

Sim, uma faz 18 e a outra 28, e domingo que vem eu vou fazer a festinha delas. Você dorme com um bebê e acorda com uma pessoa deste tamanho. Mas é maravilhoso, elas continuam sendo bem crianças.

Qual vai ser a temática da festa?

Vai ser uma pool party com flamingos. Elas querem uma festa na piscina. Eu não mando nada, elas que mandam. Eu só executo.

Essas coisas da viagem elas já entenderam?

Elas já entenderam. Quando elas eram pequenas elas não sentiam. Quando começaram a crescer, graças a Deus, existe agora a tecnologia, o face time que a gente fala o tempo todo. Então, antes de viajar eu mostro no mapa onde a mamãe vai estar, cada dia. Elas já tiram onda. Já faz parte da vida delas. Estão totalmente por dentro.

***Entrevista feita pelo jornalista André Romano

Dassy Maria, filha de Antônio Fernando comemorou neste dia 09.12.18, o aniversário do seu filho Dário, que completou 10 anos de vida.
     Sob um lindo cenário de verão,  a festa aconteceu no Recanto Oásis, na cidade de Imaculada PB. O evento teve início às 12 hs com um delicioso almoço, banho de piscina e demais guloseimas. Tudo muito organizado e delícias diversas para degustar. “Parabéns Dário.  Que Jesus o abençoe sempre e que cresça como pessoa do bem. Muita saúde e Deus no comando sempre”…
O aniversariante Dário
Mais importante que a vontade de vencer é a coragem de começar.” 
“Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá.”
” O nosso blog sempre nos momentos sociais, este é um dos objetivos,”

A juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, negou nesta segunda-feira (10) visita de membros da comissão de Direitos Humanos do Senado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que está preso desde abril na sede da Polícia Federal na capital paranaense. Lebbos é responsável pela execução penal de Lula. Já outra juíza, a substituta Gabriela Hardt, da 13ª Vara, está conduzindo os processos da operação Lava Jato em que o petista é réu desde que o juiz federal Sergio Moro pediu exoneração para aceitar o cargo de ministro da Justiça no futuro governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Em seu despacho, Lebbos justifica a decisão afirmando que o lugar em que Lula está preso já foi inspecionado por diversas comissões parlamentares, inclusive também compostas pelos senadores que solicitaram a visita: Regina Sousa (PT-PI), Fátima Bezerra (PT-RN), Vanessa Grazziotin (PCdoB-SC), Paulo Rocha (PT-PA), José Pimentel (PT-CE), Humberto Costa (PT-PE), Paulo Paim (PT-RS), Lindbergh Farias (PT-RJ), Gleisi Hoffmann (PT-SC), Jorge Viana (PT-AC), Roberto Requião (MDB-PR) e João Capiberibe (PSB-AP).

Os senadores pediram para que as visitas acontecessem entre 11 e 13 de dezembro.

“Desde a data da prisão, em 7 de abril de 2018, três comissões de parlamentares já realizaram diligências no local de encarceramento do executado: em 17/04/2018 a Comissão de Direitos Humanos e Participação Legislativa do Senado Federal; em 29/05/2018 Comissão Externa da Câmara dos Deputados; em 17/07/2018 a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado Federal”Ela afirma que o requerimento “causa estranheza” e não aponta motivos para a realização da visita. Segundo ela, nenhum dos relatórios feitos nas visitas mostram “irregularidades efetivas”.“Causa estranheza, nesse sentido, a aprovação de diligência, por comissão parlamentar dotada de elevada relevância no âmbito do Estado Democrático, para, novamente, sem exposição de motivos concretos, verificar as condições de um detento específico, que inclusive conta com a atuação de grande número de advogados em sua defesa”, diz a juíza.

A tempo que as “autoridades” tem se mostrado uma perseguição continua ao ex- presidente Lula, será que este homem é tão perigoso? Este comentário não tem na have com politicagem, estou sendo imparcial.

Continue lendo

Depois de participar do ato de diplomação, em Recife, o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) retornou a alguns municípios nestes últimos dias para agradecer os votos recebidos. O socialista passou por três municípios: Arcoverde; Sertânia e Bonito.Em Arcoverde, Patriota concedeu entrevista à Rádio Itapuama, onde agradeceu os votos ali recebidos e se comprometeu a continuar ajudando o município com suas emendas parlamentares, como o fez neste mandato que está se encerrando em janeiro, com a locação de mais de R$ 4 milhões para várias rubricas, dentre elas, a construção da Praça da Juventude, no bairro São Cristóvão. Depois se reuniu com Márcio Martins; Wagner Carvalho; Rubens Coimbra; Robério Gama; Antonio Leite e Celma Regina; dentre outras lideranças da região que ajudaram durante a campanha. O deputado se colocou à disposição mais uma vez e afirmou que vai honrar os 661 votos recebidos na cidade. O segundo roteiro do deputado foi Sertânia, onde concedeu entrevista a Rádio Sertânia FM e aproveitou também para agradecer os votos ali recebidos e se comprometer em continuar ajudando o município como vem fazendo há mais de três décadas. Ao lado do prefeito Ângelo Ferreira, Gonzaga participou das homenagens a Nossa Senhora da Conceição, padroeira do município e sua madrinha. As festividades começaram na última quinta-feira (29) e encerraram neste sábado (08), dia dedicado à Santa. Neste período, durante todas as noites, houve uma programação com missas e procissões. Além de quermesse com comidas típicas, parque de diversão e apresentações.

Encerrando o roteiro do final de semana, o deputado sertanejo esteve em Bonito, onde, juntamente com o prefeito Gustavo Adolfo, vice-prefeito, vereadores e outras lideranças, acompanhou a chegada do Papai Noel no teleférico da cidade e, depois a abertura do Bonito Iluminado ano II. Na ocasião, aconteceu a inauguração da nova iluminação, decoração e das novidades natalinas da cidade, onde o deputado socialista é majoritário em duas eleições e conhecido como Gonzaga de Bonito.

Bruna Marquezine
Bruna Marquezine 

Além de seu talento como atriz, um dos atributos mais comentados de Bruna Marquezine é o corpo em forma. Nessa mesma linha, é provável que você já tenha ouvido falar de Chico Salgado, o personal trainer das famosas. Em suma, essas duas citações formam o assunto dessa matéria. Como mais um dos vários dias, Marquezine foi se exercitar na companhia do personal e registrou alguns momentos para o stories do Instagram. Em seguida, apareceu sozinha enquanto pulava corda e fez piada de si mesma: “Eu amo pular corda, mesmo parecendo uma minhoca quando pulo”.O vídeo foi compartilhado justamente por Chico. Além disso, também esbanjou estilo fitness ao usar um top rosa, calça legging preta e tênis preto esportivo. 

observatoriodosfamosos

Apolítica de reajuste do salário mínimo deverá ser revista e o abono salarial extinto, para reequilibrar as contas do governo depois da aprovação da reforma da Previdência. As sugestões constam de documento do Ministério da Fazenda com o balanço da atual gestão e recomendações para o próximo governo, disponível na página da pasta na internet. A pasta também recomenda o controle dos gastos públicos, com a redução de privilégios e incentivos fiscais para setores da economia, revisão dos gastos com o funcionalismo público e direcionamento dos benefícios sociais aos mais pobres para reduzir a desigualdade. Segundo o documento, o salário mínimo, cuja política de reajuste será substituída em 2020, deverá ser compatível com os salários do setor privado e o aperto nas contas públicas. Desde 2011, o salário mínimo é reajustado com base na inflação dos 12 meses anteriores pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país) de dois anos antes.

Foto: Agência Brasil

Caso o resultado do PIB seja negativo, a correção se dá apenas pelo índice de inflação. Essa política vigorará até 2019, sendo substituída no ano seguinte. Segundo o Ministério da Fazenda, cada R$ 1 de alta no salário mínimo aumenta os gastos da União em R$ 304 milhões. A maior parte desses gastos o impacto decorre do reajuste do piso pago pela Previdência Social. A nova política de cálculo do mínimo deverá ser encaminhada pelo futuro governo até 15 de abril, quando será apresentado o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020.

Abono salarial

Em relação ao abono salarial, a Fazenda recomendou a extinção do benefício por entender que não atende à população em extrema pobreza, mas apenas empregados com carteira assinada.

Previsto para consumir de R$ 19,2 bilhões no próximo ano, o abono é pago ao trabalhador que recebe até dois salários mínimos com carteira assinada, desde que tenha trabalhado pelo menos 30 dias no ano-base de apuração e tenha carteira de trabalho há pelo menos cinco anos. O valor varia de R$ 80, para quem trabalhou apenas por 30 dias, a um salário mínimo (R$ 954), para quem trabalhou por 12 meses no ano anterior.

Para aumentar a eficiência dos gastos sociais, o Ministério da Fazenda, que será transformado em Ministério da Economia em janeiro, recomendou medidas adicionais, em que também entram a revisão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), concedido a idosos e a pessoas com deficiência, a transferência da aposentadoria rural da Previdência para a assistência social e mudanças no regime previdenciário dos militares, com a possível cobrança de contribuição sobre pensões e proventos de militares inativos. Para a Fazenda, o BPC, que paga um salário mínimo a deficientes e a quem tem mais de 65 anos, é menos eficaz que o Bolsa Família na redução da pobreza e tem alto nível de judicialização (questionado com frequência na Justiça).

O Orçamento do próximo ano reserva R$ 59,2 bilhões para o BPC, que será pago a 4,9 milhões de beneficiários. Enquanto o Bolsa Família, que paga um valor fixo por dependente e é menor que o salário mínimo, destinará R$ 29,5 bilhões a 13,6 milhões de famílias. Segundo a Fazenda, o Bolsa Família é o programa mais eficaz para reduzir a pobreza porque 44,3% dos recursos são destinados aos 20% mais pobres da população. A Previdência Social vai na direção inversa: 40,6% dos benefícios pagos vão para os 20% mais ricos, contra somente 3,3% dos recursos para os 20% mais pobres.

Continue lendo

Terreno é desmatado em Itaipu, Niterói (RJ) Foto: Roberto Moreyra / Agência O Globo
Terreno é desmatado em Itaipu, Niterói (RJ) – Roberto Moreyra / Agência O Globo

Jair Bolsonaro parece não levar o aquecimento global muito a sério. Ele até diz acreditar na existência do fenômeno — demonstrando mais prudência que seu futuro ministro das Relações Exteriores, segundo o qual o aumento das temperaturas médias globais não passa de complô marxista. Mas dá mostras recorrentes de que agir para deter a escalada das temperaturas não é prioridade: já ameaçou retirar o Brasil do Acordo de Paris, criticou a suposta ingerência de nações estrangeiras na política climática brasileira e, num golpe que ameaça anos de protagonismo brasileiro no setor, decidiu que o país não vai mais sediar a Conferência das Partes, em 2019. Para todos os efeitos, o aquecimento global, na visão do presidente eleito, é problema menor. Se tanto.

Evidências de que Bolsonaro deveria mudar de perspectiva abundam. O aumento das temperaturas globais, nos próximos anos, deve elevar o nível dos oceanos, alterar o regime de chuvas em diversas regiões do planeta e provocar períodos de seca prolongada em outras tantas. O fenômeno vai alterar ecossistemas e, inclusive, provocar perdas econômicas. Um relatório, publicado no final da semana passada pela revista científica The Lancet, fornece mais elementos para engrossar a lista de tragédias em potencial:o aquecimento global deve provocar (e já provoca) sérias consequências para a saúde humana. E pode sobrecarregar os sistemas de saúde de países como o Brasil.

O alarme consta no relatório The Lancet Countdown para Saúde e Mudanças Climáticas. Produzido graças à colaboração de cientistas do mundo inteiro — brasileiros entre eles —, o documento é atualizado anualmente desde 2016 e faz um balanço de quais serão as consequências das mudanças climáticas para o setor. O cenário desanima. Os especialistas estudaram 41 indicadores e avaliaram a situação de 478 cidades em todo o mundo. Concluíram que mais da metade delas (51%) terá suas estruturas de saúde seriamente comprometidas.

Segundo o documento, a saúde de populações em todo o mundo já é afetada por ondas de calor, que aumentaram em frequência e intensidade. Somente no ano passado, elas atingiram 157 milhões de pessoas a mais que no ano 2000. A exposição prolongada ao calor causa danos à saúde vascular:“O calor dilata os vasos sanguíneos e permite a passagem de líquidos para fora do vaso”, explica o médico Almar Bastos, da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro. “Com menor volume sanguíneo, existe o risco de sobrecarregar o coração”. Idosos e pessoas que trabalham ao ar livre estão entre os grupos mais vulneráveis.

Para o Brasil, e para países localizados em regiões tropicais, os problemas mais urgentes dizem respeito a doenças provocadas pela poluição atmosférica e àquelas transmitidas por vetores. A mudança no regime de chuvas, explicam os especialistas, aumenta sua ocorrência. Hoje, o Brasil lida, todo o verão, com ao menos três: dengue, zika e chikungunya. Todas transmitidas, em ambiente urbano, pelo Aedes aegypti. Segundo a Lancet, desde 1950 (quando avaliações desse gênero começaram a ser feitas) a capacidade desse mosquito de transmitir dengue aumentou em 9% em todo o mundo. Mantida a tendência atual, sua área de atuação deve se ampliar e afetar também regiões de clima temperado: “As tendências nos impactos, exposições e vulnerabilidades da mudança climática mostram um nível inaceitavelmente alto de risco para a saúde atual e futura das populações em todo o mundo”, diz o relatório.

Continue lendo

O país pega os poucos criminosos que consegue prender e coloca parte deles na rua a cada ano. Por quê?

O país pega os poucos criminosos que consegue prender e coloca parte deles na rua a cada ano. Por quê? Foto: Agência O Globo
O país pega os poucos criminosos que consegue prender e coloca parte deles na rua a cada ano. Por quê?
 – Agência O Globo

Homicidas, ladrões, corruptos, estelionatários, espancadores de mulheres, falsários, receptadores, cafetões.Pessoas que cometeram esses crimes — e muitos outros, mais ou menos cabeludos — puderam ou podem ser beneficiadas por indultos natalinos, aquele carinho que chega todo fim de ano com as rabanadas e o arroz com passas. Em termos simples, um país que tem, no seu estado mais rico e populoso, uma taxa de 4% na resolução de crimes pega os pouquíssimos criminosos que conseguiu encarcerar e decide, a cada ano, como regalo para o cidadão, botar parte deles na rua.

Apesar da polêmica furiosa envolvendo o julgamento, no STF, do indulto de 2017, o instituto do perdão por decreto não foi inventado pelo presidente Michel Temer. Vem desde a Antiguidade. No Brasil, já teve uma amplitude de fazer corar ministros do Supremo: na Constituição de 1824, a mais duradoura que tivemos, o imperador podia perdoar ou moderar penas impostas por sentença. Assim, a seco, sem detalhamentos, todavias e excetos.

A Constituição de 1988 deu ao presidente da República o poder de “conceder indultos e comutar penas”. De 30 anos para cá, o decreto natalino nunca falhou. Mais ou menos amplo, abarcando crimes mais graves em alguns momentos, apertando o parafuso em outros, brota geralmente em dezembro da caneta presidencial — mas carrega, para mim, aquele ar de monarquia absolutista que combina melhor com punhos de renda e perucas empoadas. Um adendo: indulto não tem nada a ver com progressão de regime (fechado para semiaberto, por exemplo) ou benefícios já previstos na Lei de Execução Penal, com a visita periódica ao lar. Indulto é um perdão. Fim da pena. Rua. C’est fini.

Não estou aqui para analisar os aspectos jurídicos dos indultos (deixo para os juristas a tarefa) nem o componente filosófico da medida (a missão cabe aos filósofos). O meu assombro é mais básico: indulto por quê? Para quê?

Olhando o decreto 9.246, o tal polêmico indulto natalino do ano passado, por que raios um detento condenado merece perdão da pena no caso de ter cumprido “um terço da pena, se não reincidentes, e metade da pena, se reincidentes, nos crimes praticados com grave ameaça ou violência a pessoa, quando a pena privativa de liberdade não for superior a quatro anos”? Achou ruim? Pois em 2007, o Decreto 6.294, assinado pelo então presidente Lula, previa indulto para “condenado a pena privativa de liberdade não superior a oito anos, não substituída por restritivas de direitos ou multa e não beneficiado com a suspensão condicional da pena, que, até 25 de dezembro de 2007, tenha cumprido um terço da pena, se não reincidente, ou metade, se reincidente”.

Continue lendo

Rafaela Felicciano/Metrópoles
Um manual para candidatos à diplomacia brasileira utilizou o nome do futuro presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), de forma crítica. A Fundação Alexandre de Gusmão, vinculada ao Ministério das Relações Exteriores, publicou o volume História do Brasil, do professor e pesquisador João Daniel Lima de Almeida, cujo um dos títulos trata Bolsonaro como uma pessoa que “se orgulha de sua homofobia”. A informação é do jornal O Globo.

Continue lendo

Colaboradores da UPAE já arrecadaram mais de 2t de alimentos não perecíveis

A tarde desta segunda-feira (26) foi de muita alegria na UPAE Garanhuns, pois as doações da campanha do Natal Solidário da unidade de saúde começaram a chegar às instituições beneficiadas. Os coordenadores Tayana Guerra e Robervando Alencar estiveram ao lado de colaboradores da casa e representantes do Lions Clube Garanhuns Cidade das Flores, com apoio do 9º Batalhão da Polícia Militar que cedeu uma viatura, na sede do Desafio Jovem Trindade, instituição que trabalha na recuperação de dependentes químicos (álcool e outras drogas), para a entrega de meia tonelada de alimentos. Além disso, foram entregues várias caixas e fardos de material de limpeza. “Nosso Natal Solidário conta com a participação dos funcionários da UPAE e terceirizadas, e este ano, pela primeira vez, realizamos nossa Gincana Solidária, o que tem proporcionado mais integração, alegria e doações. Já contabilizamos duas toneladas de doações e antes mesmo do Natal, resolvemos iniciar as entregas.” – Registra Tayana Guerra. O pastor Miguel Arambarri, responsável pelo Desafio Jovem, recepcionou a equipe da UPAE Garanhuns e do Lions Cidade das Flores, parceira na iniciativa, e afirmou que aquela doação é muito importante para a manutenção do projeto, que abriga atualmente mais de 20 homens em regime de internato, que fazem um trabalho terapêutico, clínico e religioso para deixarem a dependência química.
NATAL SOLIDÁRIO

Em 2014, por iniciativa dos funcionários, os donativos arrecadados foram destinados ao Abrigo São Vicente de Paulo. Em 2015, já integrada à campanha estadual do IMIP, o Natal Solidário fez a primeira parceria com o Desafio Jovem Trindade. Em 2016 atendeu ao CEAC, abrigo de crianças, do Governo do Estado. Em 2017 O Natal Solidário chegou à Creche Lar Eterna Aliança, em Garanhuns. Em 2018, pelo excelente resultado, a UPAE Garanhuns estará atendendo mais instituições.
Agencia RBS

A partir deste sábado (1º), o segurado do Instituto Nacional do Serviço Social (INSS) que precisar apresentar documentação complementar ou informações adicionais à Previdência Social terá de agendar atendimento antes de se dirigir a uma agência.  Atualmente, não é preciso fazer esse tipo de marcação. Segundo o INSS, a alteração faz parte das ações para padronizar procedimentos, melhorar a gestão do atendimento e agilizar a análise dos processos. Em outubro, o órgão anunciou a criação de Centrais de Análise para tentar responder mais rapidamente aos pedidos de aposentadoria.   O cidadão que solicitar benefícios e precisar apresentar mais documentos, ou informações, será informado por meio de carta. A partir daí, precisará agendar o atendimento – que será em uma agência próxima de onde mora – para entregar o que foi solicitado. Isso poderá ser feito no portal Meu INSS – Agendamentos/Requerimentos – ou pelo número de telefone 135, fazendo agendamento para o serviço de Cumprimento de Exigência.

Continue lendo

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Na primeira entrevista após ser anunciado futuro ministro da Cidadania, Osmar Terra (MDB-RS) disse nesta quarta-feira (28), que o novo governo vai cumprir a promessa de campanha de Jair Bolsonaro e o 13º para o Bolsa Família será pago. O Ministério vai reunir as pastas do Desenvolvimento Social, Esporte e Cultura, além de parte do acolhimento a dependentes da Secretaria de Drogas. Ele avisou que serão feitos novos pentes-finos nos programas sociais, de forma a reduzir ainda mais irregularidades que ainda possam existir e liberar recursos para o pagamento de mais benefícios a quem realmente precisa.

Continue lendo

O Projeto LeituraArte,  que vinha sendo desenvolvido a um ano, teve sua culminância neste dia  22.11 . O projeto envolveu todas as escolas da rede municipal de ensino da cidade de Santa Terezinha PE. 
       Foi realizado várias apresentações culturais como nunca antes havia acontecido. No Auditório da Escola Municipal José Paulino de Siqueira houve inúmeras apresentações com crianças e adolescentes.Na Escola Mônica Tavares Guimarães, Creche Maria Helena e participações da escola  Tobias Nunes e escolas da zona rural.
        Com com apoio do prefeito Geovane Martins, secretária de educação, gestoras, coordenadoras, corpo discente e discentes e demais funcionários. Estava presente ao evento uma representante da  GRE de Afogados da Ingazeira, o diretor de cultura Geilson Pereira e diversos pais de alunos. 

 

ACESSEM E VEJAM UM SHOW JAMAIS VISTO

                                                         

ACESSEM E VEJAM UM SHOW, O IMAGINÁRIO TORNOSSE REALIDADE, MUITOS TALENTOS

                                                             

ACESSEM E VEJAM UM SHOW, TODOS FICARAM FELICITADOS COM TANTAS EMOÇÕES, MUITAS ALEGRIAS NO FINAL DO TRABALHO TÃO RELEVANTE COMO ESTE, PARABÉNS PARA TODOS.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Parabéns para todos os organizadores do evento pelas belíssimas apresentações. As crianças se apresentaram de uma forma maravilhosa, o que causou muitas emoções, onde a representante da GRE e várias  outras pessoas  chegaram a chorar de alegria e emoção. É muito válido trabalho deste porte, onde possa envolver alunos, pais e toda sociedade. Isto só trata positividade e produzirá o bem para todos. É importante que trabalhados deste porte não fique só dentro das escolas, mas possa ser abrangente para toda sociedade, com comunicação e participações de todos.

De 2002 a 2016 havia redução na desigualdade de renda conforme a medição apresentada pelo índice de Gini - Créditos: Pedro Bolle / USP Imagens
De 2002 a 2016 havia redução na desigualdade de renda conforme a medição apresentada pelo índice de Gini
/ Pedro Bolle / USP Imagens

O desemprego chegou na família da professora de inglês Suzane Moreira, de 29 anos. A renda diminuiu, o custo de vida aumentou e eles tiveram que abandonar a casa que estava sendo construída. A obra ficou pela metade. Histórias como essa ilustram o fato de que, pela primeira vez em 15 anos, não houve no país a diminuição da desigualdade de renda, que permaneceu inalterada. É o que aponta o relatório anual “País estagnado: um retrato das desigualdades brasileiras”, lançado nesta segunda-feira (26). O documento foi produzido pela organização não governamental Oxfam Brasil. Segundo o estudo, as mulheres e a população negra foram as mais afetadas. De acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), uma das fontes do relatório, as mulheres ganhavam 72% do que ganhavam os homens em 2016. Essa proporção caiu para 70% em 2017 — o primeiro retrocesso na renda delas, em relação aos homens, em 23 anos.  Já a distância salarial entre brancos e negros praticamente não se alterou em um ano. Em 2016, o rendimento médio de negros era de R$ 1.458,16, enquanto a população branca recebia, em média, R$ 2.567,81. Em 2017, a renda dos negros passou para R$ 1.545,30, e os rendimentos da população branca alcançaram R$ 2.942,21.Esta é a segunda edição do relatório. A primeira versão, intitulada “A distância que nos une: um retrato das desigualdades brasileira”, foi lançada em 2017.O estudo analisa as desigualdades em três campos: de renda, de patrimônio e no acesso a serviços essenciais. A primeira publicação do estudo concluiu que “os seis maiores bilionários do país juntos possuíam riqueza equivalente à da metade mais pobre da população”. E, na outra ponta, que o ano de 2017 começava com o registro de “mais de 16 milhões de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza”. Com os dados atualizados, foi possível verificar que, entre os anos de 2016 e 2017, o Índice de Gini, que mede a desigualdade de renda domiciliar per capita, se manteve inalterado na redução da desigualdade, ao contrário do que ocorria entre os anos de 2002 até 2016, quando se observou queda desses índices. 

Efeitos do Teto dos Gastos

Continue lendo

 A Igreja Assembleia de Deus em Água Branca PB, realizou no dia 24 de Novembro de 2018 uma grande cruzada evangelística em homenagem a referida cidade. A cruzada aconteceu em praça publica e contou com grande número de pessoas de cidades circunvizinhas, pastores e o grupo de louvor Gêneses da cidade de Tabira-PE,  acompanhado do irmão e cantor Betinho.
  Alem dos pastores de várias cidades, se encontravam no local, o prefeito da cidade,  a primeira dama e vários vereadores e secretários locais.
     A cruzada foi muito organizada. A Palavra de Deus foi pregada com muita autoridade e o Espírito Santo dominou o ambiente.

Entrevista com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi - Créditos: Valter Campanato / Agência Brasil
Entrevista com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi / Valter Campanato / Agência Brasil

O governo de Michel Temer (MDB) retirou 1,6 mil vagas de 1 mil municípios que aguardavam reposição de médicos cubanos do novo edital do Programa Mais Médicos, para substituir os 8,5 mil profissionais que estão se retirando do programa, depois que o governo de Cuba suspendeu sua participação no programa em razão de críticas do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Secretários municipais de Saúde que participaram de encontro nacional em João Pessoa, na quinta e sexta-feira (22 e 23), enfatizaram que estão enfrentando dificuldades em relação ao bloqueio feito pelo Ministério da Saúde a esses municípios em setembro, por conta da falta de médico. “Os municípios que ficaram sem médico, pela falta de reposição dos cubanos, foram bloqueados e não constam na lista de opções para receber profissionais nesse novo edital.Temos que reivindicar um posicionamento do Ministério em relação a isso, não faz sentido prejudicar ainda mais os municípios que já estão passando por dificuldades”, disse Leopoldina Cipriano, presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Piauí.

Willames Ferreira, vice-presidente do Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), afirmou que acertou com o Ministério da Saúde que será publicado o edital de reposição que não foi lançado anteriormente logo após o final desse processo de contratação dos médicos brasileiros para o programa. “Estamos insistindo nessa reposição há meses, principalmente por conta desse bloqueio que os municípios sofrem caso fiquem sem médicos; são mais de 1,6 mil vagas de reposição em quase 1 mil municípios”.

Problemas nas inscrições

Continue lendo

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
CLIQUE AQUI e fale com os ministros, fiquem de OLHO bem aberto alguma informação entre em contato com os ministros.

CLIQUE AQUI e veja receita e despesa do seu municípios.

Aqui você encontra informações sobre a aplicação do dinheiro público nos municípios e no estado de Pernambuco.

Zé Freitas no Facebook

Zé Freitas no Twitter
Parceiros