Lojas Surya
Ateliê Geilson
Lojas Surya Acessórios
Natura
Natália Calçados

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

  • 28
  • 22
  • 24
  • 20
  • 11
  • 09
  • 11
  • 01
  • 29
  • 03
  • 04
  • 05
  • 07
  • 02

Supermercado
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
 

 Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter oFlash Player instalado. 

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

Social

GOVERNADORES EM EVENTO ‘DIÁLOGOS CAPITAIS’, EM SÃO PAULO. (FOTO: WANEZZA SOARES)

Governadores destrincham o Consórcio Nordeste no evento Diálogos Capitais, realizado por CartaCapital nesta terça-feira. Governadores do Nordeste se reuniram nesta terça-feira 20, no evento Diálogos Capitais, realizado por CartaCapital, com o objetivo de apresentar o projeto Consórcio Nordeste para investidores. Estiveram presentes os governadores do Ceará, Camilo Santana (PT), do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e do Piauí, Wellington Dias (PT). No Consórcio, estão representados os nove estados da região.

Segundo os gestores estaduais, a ideia é atrair investimentos internos e externos, estabelecer projetos de desenvolvimentos em conjunto e realizar compras para setores públicos em maior escala e a menor preço. Em discurso de abertura, o jornalista Mino Carta, diretor de redação de CartaCapital, exaltou a iniciativa de apostar na união dos estados para explorar as potencialidades de cada local.“Somos todos paraíbas”, iniciou Mino Carta. “A revista que tenho a honra de dirigir até hoje sempre entendeu que o Nordeste, a partir das eleições, mostrou claramente ser um rincão especial, um lugar muito diferente do resto do país. Um lugar onde existe uma consciência política muito claramente definida e provada pelo próprio resultado eleitoral.” Após o discurso de Mino Carta, o evento exibiu um vídeo institucional do Consórcio Nordeste, com imagens das expressões culturais, dos pontos turísticos e da infraestrutura tecnológica dos estados da região. Em seguida, a primeira exposição foi do governador do Piauí. Em sua fala, Wellington Dias destacou que o projeto não é novo: a ação conjunta vem desde a criação do Fórum de Governadores do Nordeste, na década passada.

“Não é nova essa ideia. Ainda antes da Lei dos Consórcios, já experimentamos atuar integrados. Nós criamos o primeiro fórum dos governadores do Brasil, de uma região, a partir dele nasceu a ideia de um fórum nacional. O fórum tinha uma lógica do posicionamento político, e vai continuar assim. Mas percebíamos a necessidade de ter um instrumento que pudesse ligar os interesses que são comuns, na relação com o Brasil e com o mundo.”O governador citou os setores mais promissores dos estados para parcerias com o setor privado. Entre eles, está a indústria de geração e distribuição de energia. Segundo Dias, o Brasil tem em seu planejamento a geração de 50 gigas de energia até 2030, e o Nordeste tem condição de gerar 80% da energia necessária, principalmente eólica e solar. Só o estado do Piauí, diz ele, seria capaz de produzir 20 gigas de energia eólica. Na área do turismo, Dias defende um plano em que os estados não sejam concorrentes entre si. Para isso, o governador apontou a possíveis medidas no ramo aeroportuário, para melhorar a integração com outras regiões brasileiras e com outros países do Mercosul, da América do Norte, da Europa e da África.

Já no campo da mineração, o petista afirmou que o Nordeste possui grandes reservas, mas é preciso investir na infraestrutura. Para isso, ele diz que é necessário conectar eixos ferroviários, como previsto no projeto da Ferrovia Transnordestina, ainda em obras. Ligar portos também é uma das intenções da coalizão de governadores.

GOVERNADOR WELLINGTON DIAS, DO PIAUÍ, FALA NO EVENTO CONSÓRCIO NORDESTE. (FOTO: WANEZZA SOARES)

“O que nós queremos é trabalhar com o setor privado no sentido de, de forma moderna, desenvolver essa região. Nós estamos trabalhando com o Ministério da Infraestrutura para examinar o que ele vai tocar, para poder separar o que cada estado vai poder trabalhar individualmente. E temos muitas oportunidades nessa área de parcerias público-privadas”, disse o governador.

Não é separatismo, diz Flávio Dino

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), arrancou risos da plateia ao explicar que não há propósito separatista no Consórcio Nordeste. “Não queremos ser separatistas, até porque seria difícil pactuarmos onde seria a capital. Por razões práticas, não temos essa perspectiva.”

Brincadeiras à parte, o governador fez questão de frisar que não é objetivo do grupo inaugurar uma oposição de governadores ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). Segundo Dino, a estratégia é exatamente o contrário: mostrar como é possível fazer política priorizando o diálogo em vez do conflito.“O consórcio representa esta perspectiva democrática que não significa oposição, significa diferença. Nós acreditamos na democracia, no pluralismo e na limitação do poder, de quem quer que seja”, destacou o governador, alvo de ataques do presidente da República no mês passado, que disse ao ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que “daqueles governadores de paraíba, o pior é o do Maranhão”.O aspecto integralista, em vez de separatista, foi o primeiro ponto ressaltado por Dino. O segundo foi sobre a perspectiva “popular”, já que a meta crucial é conciliar o crescimento econômico com o desenvolvimento social na região. Para isso, o governador defendeu parcerias público-privadas, com mediação estratégica do Estado.“Nós, orgulhosamente, não aderimos aos modismos que acham que o Estado nada tem a dizer na conjuntura brasileira atual. Nós não aderimos à ideia de que o mercado pode tudo e vai resolver tudo. Nós acreditamos que, para que haja um país autenticamente unido, é preciso combater as desigualdades sociais e regionais. E isso só se faz mediante uma perspectiva distributiva, portanto, uma perspectiva popular, em que os Estados procuram cumprir aquilo que socialistas utópicos, portanto, pré-Marx, já diziam que era o papel indissociável dos governos: a urna corrige o mercado”, declarou.

Fátima levanta bandeira da educação

Continue lendo


Material será sistematizado por equipe da Seplag e ajudará na construção do Plano Plurianual

A primeira rodada da 4ª edição do Seminário Todos por Pernambuco foi finalizada com o evento em Serra Talhada, no Sertão do Pajeú, nesta sexta-feira (16). Na quarta e na quinta-feira a escuta popular aconteceu nas cidades de Floresta, contemplando a região do Sertão de Itaparica; e Arcoverde, para a população do Sertão do Moxotó. Ao todo, mais de 4.000 pessoas compareceram aos três primeiros seminários. As propostas e apoios foram contabilizadas tanto presencialmente quanto de forma digital, o que aumentou a capacidade do Governo do Estado de ouvir a população.
O Seminário Todos por Pernambuco é realizado sempre no primeiro ano da nova gestão Estadual, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). O governador Paulo Câmara convoca grande parte do secretariado para rodar o Estado e escutar as demandas da sociedade. Representantes dos legislativos estadual e municipal também prestigiaram os eventos. Alexandre Rebêlo, secretário de Planejamento e gestão, é o responsável por abrir cada um dos seminários, apresentando toda a metodologia de funcionamento, além de mostrar as ações já realizadas pela gestão de Paulo Câmara.

“Quem ouve mais, acerta mais. É para isso que fazemos o Todos por Pernambuco. Ouvindo a população podemos fazer as escolhas certas para atingir aqueles que mais precisam, melhorar o dia-a-dia da população e projetar um futuro melhor para os pernambucanos”, afirmou Alexandre Rebêlo. O governador Paulo Câmara também definiu a essência do Seminário: “O Todos por Pernambuco é isso: ir às regiões e ouvir as propostas das pessoas, planejar e realizar entregas.

Continue lendo

Acessem o vídeo, vocês irão encontrar várias novidades tanto na parte de confecções como na de acessórios, tudo top. A receptividade das atendentes é surpreendente! Vocês podem constatarem. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

whatsapp 1400x800 1017 0
PIXIEME/SHUTTERSTOCK

Assim como muitas redes sociais, o WhatsApp requer que seus usuários tenham uma certa idade para fazer uso do aplicativo – e, agora, eles vão passar a fiscalizar melhor quem se adequa ou não a essa regra do cadastro.

WhatsApp ficará mais rígido com idade mínima

De acordo com o site especializado em tecnologia “WABetaInfo”, no ano passado uma atualização do aplicativo estipulou que, em território europeu, os usuários teriam de ter mais de 16 anos, enquanto em outros lugares do mundo, bastaria ter 13 anos.

crianca celular whatsapp 0819 1400x800
DRAGANA GORDIC/SHUTTERSTOCK

Agora, orém, além de haver esse requerimento, o aplicativo deve endurecer a fiscalização sobre os usuários nesse sentido – e banir os que não tem a idade mínima necessária para utilizar o serviço.

vix

O Brasil tem um litoral com 7.367 km de extensão. Com praias belíssimas, se somadas as saliências e reentrâncias, o contorno da costa brasileira ainda aumenta para 9.200 km.

Somando isso aos inúmeros lagos e rios espalhados por todo o País, os esportes em águas abertas se colocam como uma opção para quem quer se exercitar. Mas é preciso muito cuidado ao se aventurar pelas águas. Na natação em águas abertas, não há bordas para se direcionar. A água pode ser bem turva e atrapalhar bastante a visão. O atleta precisa se orientar levantando a cabeça para marcar a direção a seguir. A correnteza é outra diferença. Tem que ter um bom guia que conheça bem a região para nadar em segurança. É preciso estar acompanhado e ter cuidado com correntezas, ondulações e com as embarcações, avisa Júlia Camargo, organizadora do evento esportivo Rei e Rainha do Mar, que ocorre em cidades brasileiras há nove anos com mais de 60 mil participantes. “O cuidado principal é não nadar sozinho, especialmente se você está começando. Cuidados com as correntezas, ondulações e até embarcações (dependendo de onde o atleta treina) são importantes. Recentemente, foi lançada uma boia que fica presa ao corpo do atleta e não impacta em nada a performance dele, mas garante mais segurança pois caso o atleta canse, ele pode se apoiar na boia e ainda aumenta consideravelmente a visibilidade do atleta perante embarcações”, informa Júlia.

Continue lendo

Brasília/DF – Em mensagem dirigida a profissionais da assistência social de todo o Brasil, o ministro da Cidadania,Osmar Terra, garantiu que vai lutar para manter o orçamento da pasta e destacou a importância dos profissionais da área na proteção das famílias em situação de vulnerabilidade no País. A mensagem foi transmitida por vídeo durante a realização do 21º Encontro Nacional do Colegiado Nacional de Gestores Municipais da Assistência Social, o Congemas, em Belém, no Pará.

Segundo Osmar Terra, manter o orçamento da assistência social em dia é uma prioridade. “No período dos anos de 2016 e 2017, conseguimos colocar em dia um orçamento muito defasado na área do Sistema Único de Assistência Social. Quero que esse ano termine com o pagamento em dia, e queremos garantir que continue assim nos próximos anos”, afirmou. No vídeo, Terra destacou a importância do trabalho de quase 400 mil servidores da Rede Única de Saúde (Suas). Segundo ele, o trabalho executado é imprescindível. “É o trabalho deles que garante que ninguém fique para traz. Garante que as pessoas tenham oportunidade de geração de rende e emprego, garante que as pessoas que mais precisam sejam protegidas”, destacou. A presidente do Conselho Nacional de Assistência Social, Aldenora González, falou sobre a importância do orçamento equilibrado e da interlocução dos órgãos de assistência social municipais com o Ministério da Cidadania. Segundo ela, em um momento de restrição fiscal, o diálogo com a pasta é fundamental para o fortalecimento das políticas públicas. “Nós temos um desafio enorme, que é a manutenção dos serviços, dos pagamentos e do funcionamento da assistência. Os municípios já entenderam a necessidade de se unirem e de dialogarem com o Ministério da Cidadania. É necessário fazer parcerias e trabalharmos juntos”, explicou. O Sistema Único de Assistência Social é coordenado pelo Ministério da Cidadania. Atualmente, conta com cerca de 400 mil servidores divididos em 11 mil estruturas em todo o Brasil.

Resultado de imagem para Primeira parcela do 13º dos aposentados será antecipada todos os anos

Assinatura da MP que regulamenta a antecipação de 50% do 13º salário de aposentados do INSS. Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou nesta segunda-feira (05) Medida Provisória que garante a antecipação da primeira parcela do 13º para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social, INSS. O objetivo é fixar em lei a possibilidade de antecipação do pagamento de 50% do abono em agosto. A medida vai beneficiar 30 milhões de pessoas e o governo prevê que sejam injetados  R$ 21,9 bilhões na economia no terceiro trimestre. O secretário de Previdência Social e Trabalho do ministério da Economia, Rogério Marinho, afirmou que o pagamento vai se somar ao benefício normal que já é recebido pelos aposentados e pensionistas e vai garantir que este direito, que já era desfrutado pelo servidor público federal, seja estendido para aqueles que trabalharam na iniciativa privada. “Por decisão do nosso presidente Bolsonaro e por orientação do ministro Paulo Guedes, nós estamos transformando esta política, que sempre foi uma política de governo, numa política de Estado, ou seja, haverá previsibilidade pra que no futuro os aposentados e pensionistas possam se programar e terão a garantia legal de que receberão este adiantamento em todo mês de agosto”, disse o secretário.

Nova Previdência

Continue lendo

Valeu! valeu! concordo plenamente, é isto mesmo, vivemos em um país  de vaziez de quase tudo. As injustiças sociais são enormes, corrupções e impunidade dia a dia, vem corroendo uma boa parte da sociedade brasileira, é lamentável! um país com tantas riquezas naturais, mas com tantos corruptos e injustiças sociais”.

Brasília – O Ministério da Cidadania acaba de firmar uma parceria para a qualificação de 800 mil jovens do Cadastro Único. O acordo feito com o Serviço Social da Indústria (SESI) prevê investimento de mais de R$ 2,3 bilhões em vagas para cursos profissionalizantes nos próximos quatro anos. A assinatura do termo de cooperação técnica ocorreu nesta terça-feira (30) entre o ministro da Cidadania, Osmar Terra, e o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson de Andrade.

O ministro Osmar Terra destacou que este é mais um passo para oferecer alternativas aos jovens chamados de ‘nem-nem’, que nem estudam e nem trabalham. Além de representar um grande avanço para o País. “Associando os beneficiários à educação de excelência ofertada pelo SESI, estamos construindo uma agenda positiva para o futuro do Brasil. Essa parceria é o início de um novo ciclo e cria uma nova fórmula de colaboração do setor privado com o governo”, destacou.

Os jovens serão encaminhados pelo Ministério da Cidadania e as inscrições serão feitas pelo SESI. As vagas serão prioritárias para beneficiários do Bolsa Família que não estejam estudando nem inseridos no mercado de trabalho formal. De acordo com o presidente da CNI, Robson de Andrade, a parceria irá elevar a qualificação dos jovens para atuarem na indústria. “Além da qualificação profissional com carga horária de 300 horas, os alunos terão curso de reforço de português e matemática. Então todos nós estamos muito animados e conscientes de que esse trabalho vai contribuir para a construção de um Brasil melhor e mais justo”, ressaltou.

O Ministério da Cidadania atua para gerar emprego, renda e promover a autonomia das pessoas inscritas no Cadastro Único também por meio do Plano Progredir. No portal, é possível encontrar cursos de qualificação profissional, criação de currículo, vagas de emprego e informações sobre acesso a microcrédito. Para mais informações acesse o Portal Progredir.

A Caixa Econômica Federal divulgou nesta segunda-feira, 5, o cronograma para os saques de até R$ 500 de cada conta ativa e inativa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS. Os trabalhadores terão acesso aos recursos de maneira escalonada conforme a data de aniversário, a partir de 13 de setembro. A previsão do governo é de que as medidas anunciadas no mês passado para os fundos injetem R$ 30 bilhões na economia neste ano e R$ 12 bilhões no próximo.

Trabalhadores terão acesso aos recursos de maneira escalonada conforme a data de aniversário, a partir de 13 de setembro
Trabalhadores terão acesso aos recursos de maneira escalonada conforme a data de aniversário, a partir de 13 de setembro Foto: José Cruz/Agência Brasil / Estadão Conteúdo
As pessoas nascidas em janeiro, fevereiro, março e abril poderão sacar os recursos do FGTS primeiro, a partir de 13 de setembro. Já quem faz aniversário em maio, junho, julho e agosto terá acesso aos saques a partir de 27 de setembro. Quem nasceu em setembro, outubro, novembro e dezembro poderá sacar das contas do FGTS a partir 9 de outubro.O prazo final para que todos os trabalhadores realizem os saques de até R$ 500 por conta do FGTS acaba em 31 de março de 2020. Os 33 milhões de trabalhadores que têm conta poupança na Caixa receberão os recursos automaticamente. A expectativa do banco é de que até 96 milhões de pessoas saquem recursos do fundo.Nas casas lotéricas poderão ser realizados saques de até R$ 100, com a apresentação de um documento de identidade e do CPF. Nesse caso, o escalonamento será mais longo.Para os nascidos em janeiro, o saque nas lotéricas começará apenas em 18 de outubro. Os saques nas lotéricas seguirão essa ordem: nascidos em fevereiro (25/10), março (08/11), abril (22/11), maio (06/12), junho (18/12), julho (10/01), agosto (17/01), setembro (24/01), outubro (07/02), novembro (14/02) e dezembro (06/03).

PIS

Já os saques do PIS obedecerão uma lógica diferente, por idade do beneficiário, sendo que os trabalhadores com conta na Caixa receberão os recursos a partir do dia 19 deste mês, independentemente da idade.Já os trabalhadores sem conta na Caixa que tenham mais de 60 anos poderão sacar os recursos a partir do dia 26 de agosto. Os beneficiários com até 59 anos poderão realizar os saques do PIS a partir de 2 de setembro. No caso do PIS, não há prazo limite para a retirada do dinheiro. O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, reafirmou que a Caixa está focada para o atendimento de todos os brasileiros. “Funcionaremos inclusive nos sábados e todos os executivos, inclusive eu, estaremos nas agências. Teremos diretores em todos os Estados e irei pessoalmente ao Norte e Nordeste”, completou.

Veja também:

Cartão Ponto Trabalho

Inicialmente pensada para diminuir a burocracia para empresários brasileiros, a Medida Provisória (MP) 881 de 2019 – batizada de MP da Liberdade Econômica – tomou novas proporções após começar a tramitar no Congresso Nacional. Na comissão especial que analisa a matéria, o texto recebeu 301 emendas e acabou se transformando no que os próprios parlamentares já chamam de minirreforma trabalhista. Entenda abaixo quais são as principais mudanças.

Segundo o relator da matéria na comissão especial, deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), o objetivo das emendas é trazer para a lei “algumas decisões que já estão sendo tomadas na Justiça do Trabalho”. “Estamos corrigindo distorções que impedem a economia de crescer. É uma leitura mais educativa do papel do Estado, e não tão punitiva como existe hoje. Muitas vezes a punição inviabiliza os empreendimentos sem necessidade”, diz. Especialistas ouvidos pela Gazeta do Povo afirmam que as alterações têm foco no lado do empregador, e que direitos dos trabalhadores podem estar sendo retirados sem um debate mais amplo com a sociedade. “Há mudanças que parecem corretas, mas existe um limite para tudo isso. Temos que pensar que a lei trabalhista funciona melhor nas grandes cidades. Na parte pobre do país, onde as pessoas já têm poucos direitos, se tirarmos o pouco que existe vai ficar difícil”, critica Luiz Guilherme Migliora, professor de Direito da Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro.

Para a advogada trabalhista Lisiane Mehl Rocha, as mudanças são preocupantes porque não está havendo o devido debate com a sociedade. “A MP, inicialmente, não tinha essa intenção. De repente, foram surgindo emendas com mudanças significativas”, afirma.

Veja quais são as mudanças propostas que podem afetar mais diretamente os trabalhadores:

Continue lendo

Caixa

© José Cruz/Agência Brasil Caixa

BRASÍLIA – A Caixa elevou o porcentual de novos empréstimos aos Estados e municípios do Nordeste de 2,2% para 3%, nos últimos quatro dias, depois que a reportagem do Estadão/Broadcast questionou o banco sobre a queda dos repasses à região, no início desta semana. A reportagem publicada na quinta-feira, 1º, no Broadcast e nesta sexta-feira, 2, no Estado mostrou que a Caixa reduziu a concessão de novos empréstimos para o Nordeste neste ano. O levantamento foi feito com base nos números do próprio banco e do sistema do Tesouro Nacional. Em 2019, até a última terça-feira, 30, o banco autorizou novos empréstimos no valor de R$ 4 bilhões para governadores e prefeitos de todo o País. Para o Nordeste, foram fechadas menos de dez operações, que juntas totalizam R$ 89 milhões, ou cerca de 2,2% do total – volume muito menor do que em anos anteriores. Desde então, seis novos empréstimos para municípios, dois da Bahia e um do Piauí, entraram no sistema, totalizando R$ 48,3 milhões. Com isso, o total de repasses para o Nordeste em 2019 passou para R$ 136,38 milhões. A somatória de todos os novos empréstimos feitos pela Caixa também teve aumento, de R$ 4 bilhões, passou para R$ 4,48 bilhões.

msn

Segundo o Sindigás, a queda do GLP residencial oscilará entre 6,5% e 12% nas refinarias

© Arquivo Segundo o Sindigás, a queda do GLP residencial oscilará entre 6,5% e 12% nas refinarias

   A Petrobras reduziu o preço do gás de cozinha (GLP) vendido nas refinarias às distribuidoras para botijões de 13 quilos de R$ 26,20 para R$ 24,06. O novo preço entra em vigor na próxima 2ª feira (5.ago.2019) nas unidades da empresa. Segundo o Sindigás (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo), a queda do GLP residencial oscilará entre 6,5% e 12% nas refinarias. De acordo com a Petrobras, para ser comercializado em botijões de 13 quilos, o gás de cozinha tem o preço de venda formado pela média das cotações dos gases butano e propano no mercado europeu, mais uma margem de 5%. Os reajustes passaram a ser trimestrais em janeiro do ano passado. Segundo a companhia, o preço do GLP vendido para as indústrias e o comércio caiu 13%. O Sindigás informou que a redução do GLP empresarial ficou entre 11% e 17%, dependendo do polo de suprimento. A redução do GLP empresarial também entra em vigor na 2ª feira. As empresas associadas ao Sindigás foram informadas pela Petrobras na tarde desta 6ª (2.ago) da queda no preço do GLP residencial (embalagens de até 13 quilos) e empresarial (destinado a embalagens acima de 13 quilos). De acordo com as informações recebidas da Petrobras, a queda do GLP residencial oscilará entre 6,5% e 12%, e a queda do GLP empresarial entre 11% e 17%, dependendo do polo de suprimento. Em nota, o sindicato informou que o ágio praticado pela Petrobras está em cerca de 31% em relação ao preço do mercado internacional. “Esse ágio vem pressionando ainda mais os custos de negócios que têm o gás liquefeito de petróleo entre seus principais insumos, impactando de forma crucial, empresas que operam com uso intensivo de GLP”, diz o Sindigás.

msn

    

   A Igreja Evangélica Assembleia de Deus,  filial São José do Egito-PE,  realizou nos dias 27 e 28 de julho de 2019, o 5° Congresso de Mulheres,  com o tema: “MULHERES CRISTÃS CONSERVANDO O AZEITE EM SUAS VIDAS”.
   Formando um grande coral de mulheres, com 138 mulheres, da sede em São José e das cidades pertencentes ao campo.
  A abertura aconteceu no sábado a noite (27), com maravilhosas apresentações representando algumas mulheres da Bíblia e uma representação do exército de Deus. Na tarde do domingo (28) foi realizado o círculo de oração.Muitos louvores no sábado e no encerramento no domingo a noite (28), acompanhados da pregação da Palavra de Deus, com muito poder e ousadia do Espírito Santo. Tudo para a honra e a glória de Deus. 
        

ASSISTAM OS VÍDEOS COM MOMENTOS INESQUECÍVEIS

                             

      ASSISTAM OS VÍDEOS COM MOMENTOS INESQUECÍVEIS 

 A Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco tem como pastor presidente Ailton José Alves e como Pastor do campo,o evangelista Dário Gomes (pastor responsável pelo campo em São José do Egito e cidades pertencentes)   

Resultado de imagem para Mais de 11 mil famílias pediram desligamento do Bolsa Família em 2019

Neste ano, 11.269 famílias já solicitaram o desligamento voluntário do programa Bolsa Família, segundo o Ministério da Cidadania, ou seja as pessoas saíram por conta própria.

É o caso de dona Maria do Socorro Félix, de 45 anos. Em 2005, com três filhos e desempregada, buscou o auxílio para complementar a renda da casa. Recentemente, conseguiu um emprego de doméstica com carteira assinada, na cidade de Barbalha, no Ceará. Na mesma semana, procurou o órgão responsável em sua cidade e cancelou o Bolsa Família. “Fui muito bem beneficiada. Agora eu queria dar para outras pessoas porque, graças a Deus, estou muito feliz com meu emprego e sei que existem pessoas que precisam mais do que eu”, conta.

Caso a família que solicitou o desligamento voluntário tenha uma redução na renda e volte a precisar do benefício, o processo de retorno garantido e simples. “Se pediu o desligamento voluntário até 36 meses atrás, é só procurar o setor responsável pelo Bolsa Família na sua cidade, levar a documentação, atualizar o Cadastro Único e solicitar essa reversão do cancelamento”, explicou a diretora do Departamento de Benefícios do Ministério da Cidadania, Caroline Paranayba.O Programa Bolsa Família atende a famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza. Podem fazer parte do Programa todas as famílias com renda por pessoa de até R$ 89 mensais ou famílias com renda por pessoa de R$ 89,01 a R$ 178,00 que tenham crianças ou adolescentes de até 17 anos na sua composição.Atualmente cerca de 14 milhões de famílias são beneficiadas pelo programa no país, com um benefício médio mensal de R$ 188,51.  Além da renda, outros requisitos para permanecer no programa são a frequência escolar dos filhos dos beneficiários e o acompanhamento de saúde de mães e crianças.O Ministério da Cidadania possui mecanismos de controle para manter o foco naqueles que vivem em condição de pobreza e de extrema pobreza. Por isso, periodicamente saem famílias do programa, principalmente porque não atualizaram as informações cadastrais ou porque melhoraram de renda, não se adequando mais ao perfil para receber o benefício.

Resultado de imagem para Alok mostra ultrassom do filho e se declara: "Amor da minha vida!"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Reprodução Instagram

Mileide Mihaile falou pela primeira vez sobre o fim do namoro com Wallas Arrais.

A digital influencer desmentiu os boatos de que teria picotado as roupas de Wallas e disse que continua admirando o cantor. “Eu torço demais, demais e vou continuar torcendo por ele. Eu não tenho nada para falar, nenhuma vírgula relacionada ao coração dele, às intenções dele e tudo o que ele se esforçou – era recíproco o esforço – para fazer um ao outro feliz. E às vezes acontece de acabar. Era um laço, não era um nó. Isso não quer dizer que é algo para prender. E outra coisa que eu acho muito importante também: ‘todas as pessoas que estão do meu lado eu impulsiono de uma forma que é um dom que Deus me deu’. Todos: minha família, meus colaboradores, meus amigos. Está tudo bem, vai ficar melhor ainda, vocês me conhecem, sabem que eu gosto de transparência, de leveza e de respirar fundo, leve, com a cabeça tranquila”

“É porque realmente a fase exigiu muito de nós. E às vezes a gente tem que fazer escolhas. Nem sempre são escolhas fáceis. A gente tem que fazer o que deve ser feito. Porque tanto eu como ele, nós somos pilar da nossa família, nós somos pilar das nossas vidas, nós somos pai e mãe, nós somos empresários, nós somos artistas, nós somos tudo ao mesmo tempo. Sobre essa loucura toda da internet eu quero que vocês fiquem de coração tranquilo. Às vezes quando o personagem principal não pode te atacar, ele cria outros. E esses outros só ganham forças se vocês deixarem. Então acalma o coração, o barco só afunda se a água do mar entrar no interior. assim é o nosso coração. Então acalmem o coração, fiquem em paz. Eu estou cada dia mais tranquila e em paz com tudo e eu quero que vocês entendam isso e fiquem também. Não é um personagem, eu sou de verdade. Eu não estou atuando aqui, é porque existem os dias bons, os dias maus, os dias felizes, os dias tristes”, continuou.

portaldoholanda

Foto: Divulgação/Caixa (Foto: Divulgação/Caixa)
Foto: Divulgação/Caixa
FGTS
Entre as mudanças anunciadas na estrutura do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) estão a criação de duas sistemáticas de saque: o “saque-rescisão” e o “saque-aniversário”.
A chamada sistemática do “saque-rescisão” corresponde ao sistema atual e será aplicada a quem não fizer qualquer opção. Quem optar pela nova modalidade, o saque aniversário, deixa de poder sacar o saldo do FGTS em caso de demissão, e receberá apenas a multa indenizatória sobre o saldo.No “saque-aniversário”, todo ano o trabalhador poderá sacar parte do saldo da sua conta do FGTS no mês do seu aniversário observados os valores constantes de uma tabela. Quanto menor for o saldo, maior o percentual do saque, podendo a alíquota variar de 5% até 50% do saldo.O “saque-aniversário” será opcional e somente será aplicável aos trabalhadores que fizerem expressamente a opção através dos canais de atendimento que serão disponibilizados pela Caixa Econômica Federal. A mudança para novo sistema pode ser feita a qualquer momento, mas se quiser trocar outra vez de sistema, terá de aguardar um prazo de carência.Nenhuma das duas sistemáticas de saque anula o uso do FGTS para outras opções já previstas em lei, como o pagamento de prestações ou liquidação de saldo devedor de financiamentos imobiliários, de tratamento das doenças ou despesas pessoais em caso de desastres naturais.
dp
Arte/EBC
Arte/EBC
Começam hoje (25) os pagamentos do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), exercício 2019/2020. A liberação do dinheiro para os cadastrados no PIS vai considerar a data de nascimento. No caso do Pasep, o calendário é definido pelo dígito final do número de inscrição.No caso do PIS, os pagamentos aos empregados da iniciativa privada que têm direito ao benefício serão feitos pela Caixa. O dinheiro pode ser retirado em qualquer agência da instituição em território nacional. O Banco do Brasil ficou responsável pelos recursos do Pasep – destinado a servidores públicos. Recentemente, o BB anunciou medidas para facilitar a retirada do dinheiro por correntistas de outros bancos. De acordo com a instituição, cerca de 1,6 milhão de beneficiários que não tem conta no banco poderão fazer uma transferência eletrônica disponível (TED) com custo zero. Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro receberão o abono do PIS ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2020. No caso do Pasep, os servidores públicos que tem registro com número final dentre 0 e 4 também recebem este ano. Os registros com final entre 5 e 9 receberão em 2020. A data para o fechamento do calendário de pagamento do exercício 2019/2020 está prevista para o dia 30 de julho de 2020. A estimativa é de que sejam destinados R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de trabalhadores.
dp
Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
  CLIQUE AQUI e fale com os novos ministros, fiquem de OLHO bem aberto alguma informação entre em contato com os ministros. Imagem relacionada
Vejam as verbas de suas cidades ,naveguem e fiquem bem informados CLIQUE AQUI E ACESSE!

CLIQUE AQUI e veja receita e despesa do seu municípios.

Aqui você encontra informações sobre a aplicação do dinheiro público nos municípios e no estado de Pernambuco.

Zé Freitas no Facebook

Zé Freitas no Twitter
Parceiros