Recicla Net

Óticas Olhar Brasil
Supermercado
Seg Vida
 
O comandante do Exército em cerimônia no Palácio do Planalto, em 2019. A escolha de Pujol para o cargo era dada como certa antes de Bolsonaro assumir, pelo critério de carreira mais longeva no generalato. Foto: Cap Edvaldo / Flickr / Exército Brasileiro
O comandante do Exército em cerimônia no Palácio do Planalto, em 2019. A escolha de Pujol para o cargo era dada como certa antes de Bolsonaro assumir, pelo critério de carreira mais longeva no generalato. 

Em 30 de abril, o presidente Jair Bolsonaro viajou a Porto Alegre para participar da cerimônia de troca da liderança do Comando Militar do Sul. Na ocasião, ele estendeu a mão para cumprimentar o comandante do Exército, Edson Leal Pujol, como se não houvesse pandemia, mas recebeu de volta o cotovelo, como mandam os protocolos de saúde. Pelo princípio da hierarquia, os demais generais seguiram o comandante, oferecendo o cotovelo ao presidente — o que o deixou visivelmente irritado.

A fatídica cotovelada em forma de cumprimento, em abril deste ano, que fez Jair Bolsonaro considerar a troca de Pujol. Isso seria inédito na história recente do Exército. Foto: Marcos Corrêa / PR
A fatídica cotovelada em forma de cumprimento, em abril deste ano, que fez Jair Bolsonaro considerar a troca de Pujol. Isso seria inédito na história recente do Exército. 

Depois desse episódio, emissários do Planalto fizeram chegar ao comandante que ele poderia ser substituído antes do término de sua gestão. Bolsonaro queria alguém mais alinhado a seu governo no posto, insinuando que esse nome poderia ser o do ministro da Secretaria de Governo da Presidência, o general Luiz Ramos.Até ingressar no Executivo, Ramos era comandante militar do Sudeste. Substituir um comandante no exercício do cargo é uma medida incomum e inédita. Desde o governo Lula, há uma regra implícita na sucessão das Forças Armadas: é alçado ao posto o oficial que cumpra os critérios de maior tempo de generalato e mais alta patente.Romper essa tradição por razões de afinidade seria um golpe no princípio de hierarquia que norteia as Forças. Tal possibilidade fez o alto-comando enviar uma mensagem dura ao Planalto, também via interlocutores: de que não aceitaria uma troca tão atípica.Ainda distante da proteção do centrão e em guerra com o Legislativo e o Judiciário, Bolsonaro decidiu ceder, evitando assim um confronto institucional com as Forças Armadas. Ramos, ainda na ativa, resolveu pedir para ir para a reserva.

epoca

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Clínica Climed / Plano Assistencial

Clínica Climed.

Av: Vereador Horácio José de s/n de frente o Banco do Brasil.

Contato (87) 9.9161-1779

Santa Terezinha PE

Lições Bíblicas
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
Parceiros