Supermercado Compre Bem
Judivan Contábil
 

mundo2a

É-me dado todo poder no céu e na terra. Mateus 28.18

Alguma vez você já imaginou como seria bom se você tivesse nascido na época em que Cristo operou a obra relatada nos evangelhos? Já pensou em como teria sido bom você andar lado a lado com o SENHOR enquanto aprendia seus ensinamentos e o observava operar as maravilhas bem diante dos seus olhos? Já se deu conta de como seria extraordinário você ser testemunha dos momentos em que Jesus curava os cegos, multiplicava pães e peixes, limpava o corpo dos leprosos, andava sobre as ondas e realizava tantos e tantos outros milagres grandiosos? E como seria se você estivesse entre os discípulos no exato momento em que Cristo ressuscitou Lázaro?

Teria sido ótimo, não é?

Se você respondeu que sim, então, preciso pedir que reveja seus conceitos porque seu pensamento neste sentido está ligeiramente equivocado. Deixe-me explicar. Acompanhe o meu raciocínio. Eu compreendo que é comum para alguns convertidos pensar desta forma como citado acima; eu mesmo também pensei assim em algum momento quando estava recém convertido, porém, meditando na Palavra me dei conta de que nossa posição em Cristo é muito mais privilegiada do que a daquelas pessoas que puderam ver o Mestre em ação no passado; como está escrito: “…Bem-aventurados os que não viram e creram!” João 20.29

E por quê?

“Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço; e as fará maiores porque eu vou para o meu pai.” João 14.12

Quando Jesus veio cumprir sua missão de nos resgatar para Deus, de restabelecer o que se havia perdido, Ele escolheu vir limitado pela condição humana, o Mestre escolheu deixar toda a plenitude, magnitude, magnificência, soberania, majestade e todas as características da divindade única nos céu; como está escrito: “Sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens…” Filipenses 2. 6-7; e foi em tal condição de humanidade que Nosso Senhor realizou todas aquelas maravilhas, também, para nos ensinar e nos salvar ao ressuscitar no terceiro dia. Confesso que também já pensei que ver Cristo operando aqueles milagres seria algo espetacular, entretanto, seria vê-lo operando “limitado” pela humanidade a qual Ele decidiu suportar por nossa causa.

Depois da ressurreição Jesus diz a seguinte frase: “É-me dado todo poder no céu e na terra.” Mateus 28.18; ou seja, a partir daquele momento Ele já havia recuperado toda a plenitude de sua onipotência; não estava mais limitado pela condição de humanidade; Ele havia voltado a ser plenamente Divino. 

Então você pergunta: E o que isso significa pra minha vida?

Como homem Jesus estava limitado, por exemplo, pelo espaço e pelo tempo; ele não poderia estar em vários lugares no mesmo momento, porém nos sabemos que hoje, como Deus, Ele pode fazer isso. Como homem Cristo sentia sono, cansaço, fome, sede e dor, limitações que nos afligem e que são impostas a nós por nossa condição humana; mas como Deus Ele está infinitamente acima de todas estas coisas. A partir do momento em que Jesus declara “É-me dado todo poder no céu e na terra.” uma nova aurora de liberdade e poder nasce sobre a terra; Ele estava comunicando que já não estava mais na condição humana; havia recuperado toda a condição divina (lembre-se que Deus é o único ser divino) todo poderio do universo, e ainda mais, tinha voltado para as mãos de Cristo que inicialmente é o Criador de todas as coisas; já não havia qualquer impossibilidade para Ele, como ainda hoje não há e jamais haverá, “porque para Deus nada é impossível” Lucas 1.37

É-me dado todo poder no céu e na terra. Mateus 28.18

Então, fazendo uma ligação com o princípio deste texto, o conceito que quero transmitir aqui é o entendimento de que quem viu Jesus operando naquela época não chegou nem perto de vislumbrar todo o poderio divino que nós, os que cremos sem tê-lo visto como homem, temos a nossa disposição hoje; “…Bem-aventurados os que não viram e creram!” João 20.29; porque depois que Cristo recuperou toda a sua divindade e foi para junto do Pai celestial, Ele pode agir de uma forma muito maior, tanto em nós quanto por nosso intermédio, para que Sua vontade se cumpra nos cristãos; como está escrito: aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço; e as fará maiores porque eu vou para o meu pai. João 14.12

A sua posição atual em Cristo é superior a daquelas pessoas que o viram apenas como homem fazendo todas as maravilhas que Ele fez. Espero que você assimile esse entendimento porque ele pode abrir uma nova visão de fé no poderio, na grandeza e na grandiosidade de Cristo no tocante ao agir Dele tanto na sua vida quanto através de você.

pergaminhoseventuais

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Lições Bíblicas
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
Parceiros