Supermercado Compre Bem
Judivan Contábil
 
Caso haja erro comprovável no cálculo do pagamento, o beneficiário pode solicitar revisão e um eventual reajuste
O Dia

Caso haja erro comprovável no cálculo do pagamento, o beneficiário pode solicitar revisão e um eventual reajuste

Aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) podem aumentar o valor de seus  benefícios  caso haja erro no pagamento da previdência . Para isso, será necessário pedir que o INSS revise a aposentadoria ou  a pensão. O segurado tem o prazo de dez anos – a contar a partir do primeiro mês após o pagamento feito pela Previdência – para pedir a análise.

VOCÊ VIU?

Após a concessão da aposentadoria, o aposentado pode pedir uma cópia do processo para conferir o tempo de contribuição. É necessário observar se todas as empresas foram consideradas, e com o tempo correto na contagem. O interessado não deve entrar com a revisão sem definir o motivo porque o INSS pode revisar negativamente. Ou seja, o instituto pode se confundir entre os períodos ou considerar que há algo de errado. Isto tanto pode não dar em nada como pode chegar a até diminuir a renda. 

Como solicitar a revisão

A análise pode ser solicitada  pelo site ou pelo aplicativo Meu INSS. É necessário enviar documentos como RG, CPF e comprovante de residência. “Os aposentados também devem incluir os documentos relacionados ao que eles estão pedindo na revisão, como a ação trabalhista ou o PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário) – documento de insalubridade”, exemplificou a advogada Adriane Bramante.

Ação trabalhista

Se o trabalhador que venceu uma ação trabalhista, ele tem o direito de pegar essa sentença, encaminhar ao INSS e solicitar a revisão da aposentadoria. Sendo assim, o valor do benefício precisará ser recalculado. Isso não funciona de forma automática, então o segurado precisa buscar um profissional que o ajude a pedir a análise junto ao INSS.

economia.ig