Recicla Net

Óticas Olhar Brasil
Supermercado Compre Bem
Seg Vida
 

diego armando maradona clarín maradona morreu maradona morre

Morreu na manhã desta quarta-feira (25), o jogador argentino Diego Armando Maradona. O craque completou 60 anos em outubro deste ano.

A notícia, que tantas vezes correu como boato, desta vez foi confirmada pelo jornal argentino El Clarin. Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre.

Assim que correu a notícia de que Maradona havia sofrido uma descompensação, as mensagens de incentivo se multiplicaram e fizeram da frase “Fuerza Diego” uma tendência, mas logo depois, quando a morte foi confirmada, milhares de mensagens de todo o mundo inundaram as redes. O ex-jogador sofreu uma delicada cirurgia no cérebro no começo do mês e recebeu alta oito dias depois. O campeão mundial na Copa de 1986 passou por uma cirurgia para drenar uma pequena hemorragia no cérebro. O médico Leopoldo Luque afirmou na ocasião que a cirurgia era considerada simples, mas havia preocupação pela condição de saúde do ex-jogador. Em um texto emocionado, o diário argentino afirma: “E um dia aconteceu. Um dia o inevitável aconteceu. É um tapa emocional e nacional. Um golpe que reverbera em todas as latitudes. Um impacto mundial. Uma notícia que marca uma dobradiça na história. A frase que foi escrita várias vezes mas que foi driblada pelo destino agora faz parte da triste realidade: Diego Armando Maradona morreu”. O jornal afirma ainda que, ao contrário dos comuns dos mortais, “Maradona nunca conseguiu esconder seus defeitos”. Maradona sofreu ao longo da vida vários problemas com a saúde por causa, em grande parte, de seu vício em drogas, especialmente cocaína. Após sua aposentadoria, Maradona ficou à beira da morte em 2000 e 2004. Embora tenha parado de usar drogas, segundo informações médicas, ele o fez à custa do tratamento com várias drogas psicoativas que continua a tomar constantemente.

revistaforum