Se está dentro do planeta Terra, terá seu fim. Sim, esse é o único fato que ninguém pode discordar, tudo que está dentro deste lindo planeta uma hora irá sucumbir. Algumas coisas após milhares de anos, outras aproximadamente aos 100 anos. Sabe de quem “estamos” falando, não é? pois bem, é na mudança que outras transformações florescem, sejam elas boas ou ruins. De imediato, é difícil distinguir se as mudanças serão positivas ou negativas, principalmente as mudanças do futuro. Futuro esse, aliás, que nem sabemos se já é presente.

Hoje o ser humano está sempre em busca de entretenimento, dos mais diversos tipos. Nessa procura, tenta se enquadrar em estereótipos almejando aceitação – enquadramento que acontece simultaneamente no mundo físico e no digital. Como afirmou a futurista Martha Gabriel: “Hoje, a nossa vida e bem-estar dependem cada vez mais de uma realidade mista, que engloba tanto o mundo físico quanto o digital”.

Agora, pense aí! Quantas pessoas você conhece que querem ser o que não são? Querem ter outra vida? Outra aparência? Querem que os outros as achem melhores do que são? Nas redes sociais digitais, como o Instagram, estão cheio de pessoas assim, não é? Isso também acontece no mundo físico, mas cara a cara é mais difícil ser o que não é. Então, imagine se existisse um lugar onde as pessoas pudessem ser tudo o que elas quiserem.

Você não acha que todos migrariam em massa para lá? Óbvio que sim, não é? Pois esse lugar existe e se chama Metaverso, é a novidade do momento, uma forma de tecnologia imersiva.

Essa nova tecnologia é mais “real” e incrível do que o Insta ou o Facebook. Nela, as pessoas podem ser tudo o que quiserem: podem viajar, trabalhar, ter a casa dos sonhos, voar, ser super-herói, ser um animal, everything! Tudo isso estando fisicamente dentro de casa, usando um óculo de realidade virtual, vivendo no mundo digital.

Sim, as redes sociais digitais do mundo físico irão acabar! E quando digo isso, quero dizer que o físico é o celular, já que é com ele que acessamos nossas redes sociais digitais para curtir, comentar, conversar, postar fotos etc. Com o Metaverso à disposição, ninguém vai mais querer apenas ver a vida das pessoas no Instagram por fotos e vídeos, vai desejar estar dentro de uma realidade virtual, vivendo o próprio mundo, através dos óculos, viajando, trabalhando, conversando com as pessoas virtualmente, em formato de avatares.

Existindo o Metaverso e o Instagram, onde você acha que as pessoas vão preferir destinar o seu tempo de vida? Em qual lugar terão mais entretenimento, novas experiências, com a possibilidade de serem o que quiserem? Já sei sua resposta, agora, concorda comigo que o Instagram é questão de tempo? Pelo menos no celular, provavelmente ele irá migrar para o metaverso e se tornará uma rede social digital dentro de uma tecnologia imersiva.

Esse futuro já é presente, uma nova fase do mundo foi iniciada. A nossa tendência é superestimar o que podemos fazer em 1 ano e subestimar o que vai acontecer em 10 anos. No entanto, não subestime o Metaverso, fique atento, só assim será possível ser protagonista desta nova era.

administradores.com.br