Dr. Antônio Segundo Neto

CLIQUE AQUI PARA AMPLIAR!

Dr. Antônio Segundo Neto Urologista. CRM 4891 MEDICAL CENTER Rua: Fenelon Bonvavides S/N – Andar Sala 306 Bairro: Brasília – Patos- PB. (83) 34213865 -98724.654-9993865 Tim Email agcsegundoneto@ig.com.br

Ateliê Geilson
Natura
Natália Calçados

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

  • 28
  • 22
  • 24
  • 20
  • 11
  • 09
  • 11
  • 01
  • 29
  • 03
  • 04
  • 05
  • 07
  • 02

Supermercado
Infor Master
Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter oFlash Player instalado. 
Contabilize

Contatos

(87) 988420973 - (87)38591228

Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
 

 Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter oFlash Player instalado. 

REFLEXÕES DO PASSADO E PRESENTE: PERSPECTIVA DE MELHORA PARA O FUTURO


 

As claras dos ovos são desses ingredientes enaltecidos por quem quer trincar os músculos. Utilizar só essa parte do alimento seria vantajoso porque ela proporciona um bom montante de proteínas – a principal matéria-prima de bíceps, tríceps e afins–, e ainda contém poucas gorduras.

Ocorre que pesquisadores da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, acabam de publicar um estudo no qual demonstram que essa estratégia de descartar as gemas não traz vantagens. Na verdade, seria até um tiro no pé.

Para o estudo, dez homens jovens foram estimulados a realizar um treino de resistência. Depois, comeram ovos inteiros (somando 18 gramas de proteínas e 17 gramas de gorduras) ou só a clara (totalizando 18 gramas de proteínas e 0 gramas de gorduras). Repare que o teor proteico das duas intervenções era o mesmo.

Os cientistas realizaram diversos exames de sangue e biópsias musculares para verificar como os aminoácidos (as moléculas menores que formam as proteínas) apareciam na circulação e na produção de músculos antes e depois dos exercícios e da alimentação.

Os resultados mostraram, em primeiro lugar, que comer ovos inteiros ou apenas a clara entrega a mesma quantidade de aminoácidos. “Nos dois casos, de 60 a 70% dos aminoácidos estavam disponíveis no sangue para formar novos músculos”, informou Nicholas Burd, principal autor do estudo, em comunicado à imprensa.

Em uma conclusão apressada, poderíamos dizer que, então, tanto faz comer o ovo com gema e tudo ou só investir na clara. Mas os cientistas foram além.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
CLIQUE AQUI e fale com os ministros, fiquem de OLHO bem aberto alguma informação entre em contato com os ministros.

CLIQUE AQUI e veja receita e despesa do seu municípios.

Aqui você encontra informações sobre a aplicação do dinheiro público nos municípios e no estado de Pernambuco.

Zé Freitas no Facebook

Zé Freitas no Twitter
Parceiros