Recicla Net

Óticas Olhar Brasil

Supermercado

Seg Vida

 
O comandante do Exército em cerimônia no Palácio do Planalto, em 2019. A escolha de Pujol para o cargo era dada como certa antes de Bolsonaro assumir, pelo critério de carreira mais longeva no generalato. Foto: Cap Edvaldo / Flickr / Exército Brasileiro
O comandante do Exército em cerimônia no Palácio do Planalto, em 2019. A escolha de Pujol para o cargo era dada como certa antes de Bolsonaro assumir, pelo critério de carreira mais longeva no generalato. 

Em 30 de abril, o presidente Jair Bolsonaro viajou a Porto Alegre para participar da cerimônia de troca da liderança do Comando Militar do Sul. Na ocasião, ele estendeu a mão para cumprimentar o comandante do Exército, Edson Leal Pujol, como se não houvesse pandemia, mas recebeu de volta o cotovelo, como mandam os protocolos de saúde. Pelo princípio da hierarquia, os demais generais seguiram o comandante, oferecendo o cotovelo ao presidente — o que o deixou visivelmente irritado.

A fatídica cotovelada em forma de cumprimento, em abril deste ano, que fez Jair Bolsonaro considerar a troca de Pujol. Isso seria inédito na história recente do Exército. Foto: Marcos Corrêa / PR
A fatídica cotovelada em forma de cumprimento, em abril deste ano, que fez Jair Bolsonaro considerar a troca de Pujol. Isso seria inédito na história recente do Exército. 

Depois desse episódio, emissários do Planalto fizeram chegar ao comandante que ele poderia ser substituído antes do término de sua gestão. Bolsonaro queria alguém mais alinhado a seu governo no posto, insinuando que esse nome poderia ser o do ministro da Secretaria de Governo da Presidência, o general Luiz Ramos.Até ingressar no Executivo, Ramos era comandante militar do Sudeste. Substituir um comandante no exercício do cargo é uma medida incomum e inédita. Desde o governo Lula, há uma regra implícita na sucessão das Forças Armadas: é alçado ao posto o oficial que cumpra os critérios de maior tempo de generalato e mais alta patente.Romper essa tradição por razões de afinidade seria um golpe no princípio de hierarquia que norteia as Forças. Tal possibilidade fez o alto-comando enviar uma mensagem dura ao Planalto, também via interlocutores: de que não aceitaria uma troca tão atípica.Ainda distante da proteção do centrão e em guerra com o Legislativo e o Judiciário, Bolsonaro decidiu ceder, evitando assim um confronto institucional com as Forças Armadas. Ramos, ainda na ativa, resolveu pedir para ir para a reserva.

epoca

Crédito: Pexels

Dormir para manter a forma. Parece apenas um sonho, mas novas pesquisas mostram uma forte ligação entre o sono e os resultados do treino. Durante um bom sono ocorrem diversas alterações metabólicas no nosso organismo e alguns hormônios importantes são produzi.É o caso do GH, mais conhecido como hormônio do crescimento. Ele tem o papel de reparar os tecidos, desde órgãos a ossos e músculos, além de produzir testosterona. Como os exercícios físicos promovem microlesões nas fibras musculares, essa recuperação é essencial no processo de desenvolvimento muscular e, consequentemente, na melhora da performance física. E, segundo a psicóloga e diretora administrativa da Carevolution Consultoria em Saúde e Bem-Estar, Sharon Feder, de São Paulo, uma noite mal dormida também estimula o catabolismo, ou seja, a perda de massa muscular.

Evite dormir tarde

Seu corpo produz a maior quantidade de testosterona durante as três primeiras horas  de sono. Ou seja, o organismo se acostuma a dormir em determinado horário. Se você se deita depois do período comum, pode dormir nove horas e ainda assim perder o momento mais importante para a construção de músculos. Primeiro estabeleça um padrão – deitar às 22h e acordar por volta das 5h ou 6h, por exemplo.

istoe

Crédito: Reprodução/Instagram

A atriz Thais Fersoza compartilhou um desabafo que muitas mamães estão tendo durante essa quarentena, principalmente com filhos pequenos: como diverti-los e fazer com que gastem energia. Em uma foto no Instagram ela contou suas táticas e deu até ideias para que as seguidoras consigam entreter os pequenos. “Por aqui, tento sempre levar pro lúdico, incentivar a imaginação deles.. puxar deles as brincadeiras, as histórias sabe? Quando eu tento fazer, nem sempre prende tanto a atenção deles.. agora quando deixo partir deles e entro na história deles”, escreveu. Ela ainda disse que precisa de muita calma e criatividade para ficar 24 horas com as crianças, sem poder sair ou levá-las para escola.

istoe

Salles é alvo de abaixo-assinado na internet (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)

SALLES É ALVO DE ABAIXO-ASSINADO NA INTERNET (FOTO: ROQUE DE SÁ/AGÊNCIA SENADO)

Abaixo-assinado, protocolado no Ministério Público Federal no mês passado, cresceu em quase 70 mil assinaturas nas últimas semanas

A pressão pela saída do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, está cada vez maior e partindo de diversos lados. Ambientalistas, ativistas, investidores estrangeiros, procuradores da República e até pessoas que já fizeram parte do governo mostram-se favoráveis à sua substituição. Da parte da sociedade, a cobrança é simbolizada por uma petição online que reúne cerca de 227 mil assinaturas pela exoneração imediata do ministro. Desde que veio a público a declaração de Ricardo Salles na reunião ministerial de abril, sobre “passar a boiada”, sua permanência na pasta parece estar a cada dia mais insustentável. Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que apontaram um desmatamento crescente e recorde na Amazônia, em junho, agravaram ainda mais a situação, rendendo destaque negativo na imprensa internacional sobre a imagem da política ambiental brasileira.

Continue lendo

Futura pista do aeroporto de Angra terá 1.180 metros

ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, anunciou nesta sexta-feira (24) que estão garantidos R$ 29 milhões do Fundo Nacional de Aviação Civil para a ampliação do aeroporto de Angra dos Reis (RJ). As obras serão licitadas já no mês de agosto.

De acordo com Freitas, as obras vão criar um novo pátio para o estacionamento de aeronaves e estender a pista, que vai passar a ter 1.180 metros.”Vamos sair de uma limitação que só nos permite operar aviões executivos e começar a operar com o ATR 42″, destacou o ministro. A aeronave citada pelo ministro é um bimotor com capacidade para transportar até 50 passageiros.Ao lado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e do prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão, o ministro da Infraestrutura ressaltou que a obra é uma promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro. “Nós temos um presidente da República que gosta de cumprir promessas e compromissos de campanha’, disse.Freitas afirma ainda que mais investimentos serão aplicados no aeroporto para a construção de um novo terminal de passageiros. “Nós vamos transformar isso daqui em um grande ponto de entrada para Angra dos Reis”, completou o ministro.

r7

Projeto prevê suspensão de reajustes na conta de luz durante a pandemia

(Reuters) – Uma medida provisória editada pelo governo em abril que concedeu isenção da conta de luz por três meses para clientes de baixa renda e viabilizou um empréstimo bilionário para apoiar o caixa de distribuidoras de energia devido à pandemia de coronavírus poderá ter alguns benefícios aos consumidores prorrogados. O relator da MP 950/2020 na Câmara, deputado Léo Moraes (Podemos-RO), propôs alterações no texto que suspenderiam até o fim de 2020 a aplicação de reajustes nas tarifas de energia e proibiriam também até dezembro cortes de energia dos clientes residenciais pelas elétricas mesmo em caso de inadimplência.

                                         O deputado também pretende prorrogar por mais dois meses, até o final de agosto, a gratuidade concedida aos clientes de baixa renda pela MP. “Nós não abrimos mão de realmente entregar algo de concreto em defesa da população, e entendemos que existe um bom senso do governo. Tanto que o próprio auxílio emergencial foi estendido, e entendemos que isso (mudanças propostas na MP) tem um cunho da mesma natureza”, disse o deputado nesta sexta-feira (24), em entrevista ao programa Palavra Aberta, da TV Câmara. A MP 950, que perde a validade em 5 de agosto, ainda precisa ser deliberada pelo Congresso para se tornar lei. Assinada pelo presidente Bolsonaro em abril, a MP autorizou a União a destinar R$ 900 milhões para custear a isenção temporária de tarifas para os consumidores de famílias pobres.Os recursos serão injetados pelo Tesouro em um fundo do setor elétrico que custeia diversos subsídios, inclusive a tarifa social de energia, a chamada Conta de Desenvolvimento Energético.Para ampliação do prazo desses descontos, o deputado propõe o uso também de recursos que deveriam ser investidos por empresas de energia em projetos de pesquisa e desenvolvimento e de eficiência energética.Já a suspensão dos reajustes das distribuidoras de energia até o fim de 2020 poderia ser custeada com recursos da operação de crédito viabilizada pelo governo para apoiar as empresas do setor, segundo o relatório assinado por Moraes.

Empréstimo

A MP 950 permitiu que o governo costurasse junto a um grupo de bancos liderado pelo BNDES um empréstimo de R$ 15 bilhões para distribuidoras de energia, visando aliviar impactos da crise do coronavírus sobre o setor, que incluíram forte redução do consumo e aumento da inadimplência.

Pela proposta do deputado, os recursos desse empréstimo ainda poderiam ser usados para permitir o parcelamento ou adiamento pelas distribuidoras de cobranças pela demanda contratada e não utilizada junto a clientes industrias ou de faturas de clientes residenciais no valor de até 200 reais.

Continue lendo

Claudia Raia sempre praticou exercícios físicos (Foto: Iude Richele/Reprodução/Instagram)
Claudia Raia sempre praticou exercícios físicos

O Conselho Regional de Educação Física (CREF1) divulgou em seu site oficial uma denúncia contra a atriz Claudia Raia. O órgão afirma ter protocolado uma notícia crime por exercício ilegal da profissão junto ao Ministério Público Estadual. No documento, o órgão – que é responsável por fiscalizar o exercício profissional -, afirma estar recebendo várias denúncias de  irregularidades quanto ao exercício da profissão de Educador Físico. No mês de março,  a instituição destaca ter recebido diversas denúncias de que Claudia estava prescrevendo exercícios físicos em sua página no instagram.”Como se comprova através dos links, a Denunciada (a atriz) começa o vídeo explanando que  está iniciando com um aquecimento que pode ser realizado de qualquer jeito por quem está   acompanhando. Cita como exemplo: pular corda ou com um deslocamento frontal e lateral, que nada mais é do que uma corrida para frente e para trás ou de um lado para o outro e polichinelos (…) Não podemos permitir que, reiteradamente, pessoas não habilitadas exerçam  ilegalmente a profissão na prestação dos serviços à sociedade, como se Profissionais de Educação Física fossem”, diz um trecho do documento. Outro trecho do documento diz: “Fato é que o Conselho Denunciante tem empenhado todos os esforços para intensificar a  fiscalização do exercício profissional, proporcionando a toda a sociedade a prática segura  da atividade física, através de profissionais habilitados para promoção da qualidade de vida e saúde. Porém, muito embora os esforços desta Autarquia Federal no combate ao exercício ilegal de profissão, contravenção penal prevista no art. 47  da  LCP,  essa nova modalidade   de infração por meio de ambientes virtuais, softwares e comercialização de programas de  treinamentos por pessoas não habilitadas tem  sido uma crescente e tem dificultado a efetiva fiscalização por parte do CREF1”.

CLAUDIA RAIA

Procurada por Quem, Claudia Raia divulgou um comunicado através de sua assessoria de imprensa: “Claudia Raia tem muito apreço e respeito pelos professores de edução física e instrutores e por muitos anos é acompanhada por seu personal trainer Tonhão (que está com ela há 20 anos). Sempre que faz algum exercício físico que é gravado, Claudia está sendo orientada e supervisionada por um profissional. Como profissional da arte, atriz e bailarina, que tem seu corpo como ferramenta de trabalho, ela tem consciência sobre o assunto e sempre alerta seu público sobre a necessidade de se exercitar sob supervisão e orientação profissionais. Inclusive nos referidos vídeos (citados pela CRF1), Claudia estava fazendo um treino do profissional de educação física Marcos Prado (professor de seu marido, Jarbas Homem de Mello) que estava monitorando o treino por videochamada”.

King Snake foi levada para o Cetas/Tangará, centro de referência da Agência Pernambucana do Meio Ambiente (CPRH), no Recife — Foto: CPRH/Divulgação

King Snake foi levada para o Cetas/Tangará, centro de referência da Agência Pernambucana do Meio Ambiente (CPRH), no Recife — Foto: CPRH/Divulgação

Duas serpentes exóticas, que não fazem parte da fauna brasileira, foram apreendidas no Centro de Distribuição dos Correios, no Prado, na Zona Oeste do Recife. Segundo a Agência Pernambucana de Meio Ambiente (CPRH), as cobras traficadas estavam em encomendas enviadas de São Paulo e tinham como destinos os municípios de Paulista, na Região Metropolitana, e Garanhuns, no Agreste.Em julho deste ano, um caso envolvendo uma cobra exótica chamou a atenção no Brasil. Um estudante de medicina veterinária, do Distrito Federal, foi picado por uma naja, considerada uma das mais venenosas do mundo. O rapaz foi internado em estado grave em um hospital particular, no Gama.As serpentes apreendidas na capital pernambucana são de duas espécies: Corn Snake (Pantheropis guttatus) e King Snake (Genus Lampropeltis). Os animais foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres, Cetas/Tangará, unidade da CPRH, na Zona Norte do Recife.A apreensão ocorreu na quinta-feira (23) e foi divulgada nesta sexta-feira (24) pela CPRH. A ação ocorreu depois de um alerta feito a agentes do Instituto Brasileiro dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).A CPRH informou que funcionários dos Correios acionaram o Ibama, após perceberem a presença dos animais nas caixas. As embalagens passaram pelo raio-X, um procedimento de rotina da empresa.As pessoas que enviaram as cobras pelos Correios não tiveram nomes divulgados pela CPRH. A agência também não informou quem receberia as serpentes, em Pernambuco. De acordo com o gestor do Cetas/Tangará, Yuri Valença, as serpentes são exóticas e não podem ser soltas na natureza, em território brasileiro. Por isso, serão encaminhadas para criadouro legalizado.

A agência informou que a compra e a venda de animais silvestres sem autorização são crimes ambientais. Os infratores podem pegar penas que vão de três meses a um ano de prisão, além de multa.

O caso não foi registrado nem pela Polícia Civil nem pela Polícia Federal. A PF informou que só poderia fazer a investigação, caso as cobras estivessem na lista de espécies ameaçadas de extinção.O G1 procurou o Ibama e os Correios, mas não recebeu resposta até a última atualização desta reportagem.

Espécies

Continue lendo

Untitled-20.jpg

(Gustavo Marinho)

Via MST – Celebrado no dia 25 de julho, o dia do trabalhador e da trabalhadora rural será lembrado em Alagoas por mais ações de solidariedade organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Dessa vez o Movimento vai distribuir centenas de marmitas solidárias aos entregadores e entregadoras de aplicativo na capital Maceió, que realizam mais uma paralisação nacional em protesto contra a precarização do trabalho.

Prevista para acontecer durante o período da manhã de sábado (25), a entrega das marmitas solidárias deve ser realizada em diversos pontos de Maceió onde se concentram os entregadores e entregadoras que trabalham com os aplicativos. De acordo com Débora Nunes, da coordenação nacional do MST, a ação é mais uma iniciativa do Movimento em apoio e solidariedade aos trabalhadores e trabalhadoras da cidade.

“Enfrentamos um período repleto de dificuldades e desafios para aqueles que lutam e resistem no campo e na cidade e é fundamental que estejamos juntos e juntas na defesa de uma sociedade mais justa. Prestar solidariedade aos trabalhadores de aplicativo que vivem cotidianamente submetidos a uma lógica de muita precarização do seu trabalho é uma forma de dizer que essa luta também é nossa e que mesmo vivendo no campo, defendemos que todos e todas tenham seus direitos garantidos”, destaca. As marmitas organizadas pelo MST levam em seu cardápio uma expressão daquilo que os Sem Terra de Alagoas produzem cotidianamente em seus territórios.

Ações de solidariedade em Alagoas

Continue lendo

Entidade do setor estima que 80% dos estabelecimentos operam no vermelho e 30% encerrarão atividades até o fim do ano

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)
Até agora, 30% dos bares e restaurantes (3 mil dos 10 mil na capital) já fecharam devido à crise – Eduardo Miranda/ Brasil de Fato

O isolamento social na capital fluminense por conta da pandemia da covid-19 teve como resultado, entre março e junho, o fechamento de 14.469 vagas formais de trabalho em bares e restaurantes, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) compilados pelo Sindicato de Bares e Restaurantes (Sind-Rio).

Em todo o Brasil, Rio e São Paulo são as capitais que lideram a crise em bares e restaurantes. No país, foram encerrados 34.730 postos de trabalhos formais. Segundo o Sind-Rio, a atividade econômica é a mais afetada pela pandemia em termos de impacto sobre o mercado de trabalho formal.  A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) também vem compilando informações e estima que a crise pode gerar perda de 20 mil empregos diretos no setor apenas no Rio. Até agora, 30% dos bares e restaurantes (3 mil dos 10 mil na capital) já fecharam devido à crise, afirma a Abrasel-RJ. A expectativa para o setor é de piora para os próximos meses. Segundo a Abrasel-RJ, a perda de empregos diretos no setor, apenas no Rio, pode chegar a 20 mil vagas. A Associação estima que 80% dos estabelecimentos que retomaram as atividades em julho estão operando no vermelho. Até o fim do ano, a entidade ainda prevê que 30% dos restaurantes que conseguiram abrir após a retomada não conseguirão manter as atividades e fecharão.

Câmara Municipal do Recife (Foto: Luna Markman/G1)Câmara Municipal do Recife (Foto: Luna Markman/G1)

O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), reeleito no segundo turno com 61,30% dos votos válidos, terá apoio da maioria da Câmara de Vereadores, a partir de 2017. Dos 39 parlamentares eleitos em 2 de outubro, 31 são de partidos aliados. Além dos 21 siglas que compõem a coligação desde o primeiro turno, o grupo liderado pelos socialistas recebeu, posteriormente, o respaldo do DEM, partido que tinha candidato próprio e foi derrotado na primeira etapa do peito. A oposição terá seis vereadores. São dois do PT, partido do candidato João Paulo, derrotado no segundo turno; dois do PRB, do candidato a vice, Sílvio Costa Filho; e um do PTB, sigla que participava da coligação desde o primeiro turno. Além desses, o grupo contrário a Geraldo Julio recebeu o reforço de um parlamentar do PSol, o primeiro eleito na história do Legislativo na capital pernambucana. A expectativa é que os dois representantes do PSDB mantenham um posicionamento de neutralidade. O PSB, partido de Geraldo Julio, terá a maior bancada da Câmara. São oito parlamentares. O PP, o PRTB e o PSC, que fizeram três vereadores cada um, também estão no grupo de apoio ao prefeito reeleito. O PSB, o PP e o PSC tiveram, inclusive, os campeões de voto no parlamento do Recife. Todos fazem parte da bancada evangélica. Na oposição, a maior bancada será formada pelo PT. Mas o partido perdeu espaço no Legislativo. Na atual legislatura, que começou em 2013, elegeu cinco parlamentares. Agora, em 2016, perdeu três. Em 2016, o Legislativo do Recife atingiu um índice de renovação de 43,59%. Dos 39 parlamentares eleitos em 2012, 22 ficarão mais um mandato na Casa José Mariano. Outros 17 são novatos ou voltam ao parlamento como titulares para a nova legislatura. Em 2012, o índice de renovação foi de 36%. Naquela eleição, 14 novos parlamentares assumiram mandatos no Legislativo da capital pernambucana. Ao todo, 21 partidos terão representantes na Casa.

jc.ne10.

Perfis de 16 aliados e apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, investigados por suposta disseminação de fake news, foram bloqueados pelo Twitter e pelo Facebook nesta sexta-feira (24). A suspensão das contas foi determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). A decisão faz parte do inquérito das fake news, que apura ataques a ministros da Corte e disseminação de informações falsas e tem Moraes como relator.Em documento assinado na última quarta (22), Moraes pede o bloqueio de 16 contas do Twitter e 12 perfis no Facebook, com multa de R$ 20 mil ao dia para as empresas que descumprirem a ordem. Todas foram suspensas nesta sexta.

A decisão cita como titulares das contas a serem suspensas:

  • Roberto Jefferson, ex-deputado e presidente nacional do PTB
  • Luciano Hang, empresário
  • Edgard Corona, empresário
  • Otávio Fakhoury, empresário
  • Edson Salomão, assessor do deputado estadual de São Paulo Douglas Garcia
  • Rodrigo Barbosa Ribeiro, assessor do deputado estadual de São Paulo Douglas Garcia
  • Bernardo Küster, blogueiro
  • Allan dos Santos, blogueiro
  • Winston Rodrigues Lima, militar da reserva
  • Reynaldo Bianchi Júnior, humorista
  • Enzo Leonardo Momenti, youtuber
  • Marcos Dominguez Bellizia, porta-voz do movimento Nas Ruas
  • Sara Giromini
  • Eduardo Fabris Portella
  • Marcelo Stachin
  • Rafael Moreno

Em maio, o grupo já tinha sido alvo de busca e apreensão autorizada pelo ministro, em desdobramento do inquérito. Na época, Moraes determinou o bloqueio de contas em redes sociais de 16 investigados. Os perfis seguiam ativos até esta semana, o que levou o magistrado a reforçar a determinação na última quarta.

Advogados dos alvos disseram à TV Globo que recorreram da decisão do ministro do STF (veja posicionamentos abaixo).

Em nota divulgada nesta sexta, o Twitter disse que “agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)”. O Facebook, também por meio de nota, afirmou que “respeita o Judiciário e cumpre ordens legais válidas”. O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Fábio Wajngarten, criticou a decisão do Supremo e usou o termo “censura”. Ao publicar a mensagem em rede social, ele marcou uma conta falsa, já suspensa, do presidente Jair Bolsonaro. “A decisão do FB [Facebook] e do TW [Twitter] de derrubar as contas de apoiadores de @jairmbolsonaro é sem precedentes na rede mundial, que se caracteriza pela ampla liberdade de expressão. A decisão de suspender as contas é contraditória porque a investigação não está concluída. País sob censura”, disse. No fim da tarde, o blogueiro Allan dos Santos, um dos alvos da operação, passou a utilizar o Twitter em uma “conta alternativa” criada em junho de 2009. O perfil não é listado na decisão de Moraes.

g1.globo

CORTESIA/WHATSAPP
Reunião foi realizada na sede do Sindicato dos Rodoviários – FOTO: CORTESIA/WHATSAPP

Trabalhadores dos Correios de Pernambuco aprovaram por unanimidade, na noite desta quinta-feira (23), em assembleia geral extraordinária realizada em Santo Amaro, área central do Recife, o início do estado de greve permanente da categoria. O encontro, que contou coma a participação de funcionários da estatal das cidades do Recife, Caruaru e Petrolina, foi realizado pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Telégrafos de Pernambuco (SINTECT-PE). Ainda não há uma data para a realização de uma nova assembleia, que poderá discutir o movimento de greve nacional. Além do estado de greve em Pernambuco, os trabalhadores rejeitaram, também por unanimidade, a proposta do governo federal de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) apresentada pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), que previa a retirada de 70 cláusulas do atual ACT, acabando com os 30% do adicional de risco; auxílio creche/babá; 70% sobre férias, e entre outros direitos dos trabalhadores da ativa, aposentados e anistiados. A não privatização da estatal também está entre as demandas.

CORTESIA/WHATSAPP
Funcionários dos Correios em Caruaru dando apoio a greve – CORTESIA/WHATSAPP

O diretor de comunicação do Sintect, Roberto Alexandre, falou ao JC que “se a empresa (os Correios) não recuar, a única alternativa vai ser a greve e provavelmente será em agosto. A empresa quer dar 0% de aumento e retirar todos os nossos direitos. Os Correios estão sucateando os serviços, nossa luta também é contra a privatização”, disse. Em reunião realizada no dia 14 de julho com representantes da categoria, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) apresentou proposta para fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho. Cláusulas especiais deixariam de existir e outras seriam niveladas pela CLT.

CORTESIA/WHATSAPP
Funcionários dos Correios em Caruaru dando apoio a greve

jc.ne10

O novo Fundeb foi aprovado na Câmara dos Deputados com larga margem de votos nos dois turnos(foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados)
O novo Fundeb foi aprovado na Câmara dos Deputados com larga margem de votos nos dois turnos
O plenário da Câmara aprovou, em dois turnos, ontem, o texto-base da PEC 15/15, que torna permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). A votação ocorreu após o parecer da deputada Professora Dorinha (DEM-TO), relatora da matéria, incorporar pontos de um acordo firmado com o governo. A proposta aprovada aumenta gradualmente a participação da União no fundo, de 10% para 23%, nos próximos seis anos, sendo que 5% serão aplicados na educação infantil. Com o acordo, o Executivo desistiu de propostas como a renovação do Fundeb só a partir de 2022 e a aplicação de parte dos recursos em programas sociais e no pagamento de aposentadorias. No primeiro turno, a aprovação foi por 499 favoráveis contra sete.Rejeitaram o texto deputados bolsonaristas: Bia Kicis (DF), Chris Tonietto (RJ), Filipe Barros (PR), Junio Amaral (MG), Luiz Orleans e Bragança (SP), Márcio Laber (RJ), todos do PSL; e Paulo Martins (PSC-PR). No segundo turno, a votação ficou em 492 x 6. Os contrários foram Kicis, Tonietto, Barros, Amaral, Martins e Dr. Zacharias Calil (DEM-GO).

Os recursos do Fundeb são aplicados por estados e municípios na remuneração dos profissionais de educação, no transporte escolar, na aquisição de equipamentos e material didático, na construção e manutenção das escolas, conforme o artigo 70 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Para não expirar no fim do ano, o fundo precisa ser aprovado pelo Congresso. Antes do acordo, a PEC previa que a participação da União fosse elevada, escalonadamente, em seis anos, para 20%. Agora, depois que o governo conseguiu assegurar o repasse de 5% dos recursos da União para a educação infantil, a meta é que, em 2026, a participação federal seja maior, de 23%.

Com a definição desses percentuais, 24 unidades da Federação receberão aporte da União. De acordo com Dorinha, a PEC, em tramitação desde 2015, pretende tornar o mecanismo permanente e melhorar suas ferramentas de distribuição. “Com adoção dos novos indicadores socioeconômicos e fiscais, a serem tratados na lei de regulamentação, a destinação de recursos torna-se mais redistributiva, atingindo mais entes federados”, disse a relatora, ao apresentar seu parecer. “Em um esforço de alcançar o consenso amplo que incorporasse elementos da proposta do governo, apresentada em julho de 2020, acordamos em uma complementação final de 23% em seis anos, com a priorização para educação infantil, etapa de ensino em que se concentra a maior demanda não atendida pelo sistema público de ensino. Isso trará grande impacto para a educação da primeira infância”, acrescentou a parlamentar. Durante a costura do acordo, Dorinha decidiu manter o piso de 70% do fundo para pagamento de profissionais da educação, contrariando o governo, que defendia que 70% fosse o teto a ser utilizado para esse fim. A relatora também manteve o Custo Aluno Qualidade como parâmetro para estabelecimento do padrão mínimo de qualidade do sistema educacional brasileiro. Havia uma demanda do Executivo pela retirada do dispositivo. Ela conservou, ainda, a proibição do uso de parte do fundo para programas sociais e pagamento de inativos, em sentido oposto às pretensões do Executivo.

A votação do Fundeb começou conturbada. Após a pressão do ministro da Economia, Paulo Guedes, para que a PEC fosse alterada, o líder informal do governo na Câmara, Arthur Lira (PP-AL), um dos expoentes do Centrão, apresentou pelo menos cinco requerimentos de obstrução para tentar adiar a votação. Essa apreciação foi o primeiro grande teste da aproximação entre o presidente Jair Bolsonaro e o Centrão, bloco parlamentar de centro-direita que recebeu vários cargos na administração federal em troca de apoio ao governo. A atitude de Lira gerou insatisfação no plenário. Líderes partidários pressionaram o deputado a recuar e conseguiram fechar um acordo para que esses requerimentos fossem retirados.

Bia Kicis (DF)

Luiz Orleans e Bragança (SP)

Filipe Barros (PR)

Junio Amaral (MG)

Chris Tonietto (RJ)

Márcio Laber (RJ)

“Os que são contra a educação e ao FUDEB, ainda falam que representam o povo. Será que as pessoas destes Estados, ainda tem coragem de votarem nestes os
despiedade e antidemocráticos” 

Comemoração 

Nos últimos dias, a condução das negociações pelo governo foi criticada duramente pelos congressistas. A PEC do Fundeb só mobilizou o Planalto quando o assunto foi incluído na pauta do plenário. E, mesmo assim, a intervenção do governo foi para fazer alterações considerados “esdrúxulas” por muitos parlamentares, como a aplicação de parte dos recursos do Fundeb em programas sociais e no pagamento de inativos. O presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Iago Montalvão, comemorou o resultado da votação. Para ele, os pontos mais importantes do texto são, justamente, a ampliação da participação da União para 23%, a transformação do Fundeb em um fundo permanente e a forma de distribuição. Ele também criticou o Executivo, que, às vésperas da votação, tentou desidratar o texto.“A aprovação do relatório completo é uma vitória muito grande para a Educação, enquanto o governo não ajudou nem contribui com esse relatório. Apareceu só no fim para tentar desidratar o texto, e foi fortemente derrotado”, disse o presidente da UNE. Para a presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Rozana Barroso, a aprovação da PEC é uma grande vitória para a educação. “Lutamos, há anos, por um novo e permanente Fundeb. A aprovação do relatório, como defendemos, é uma grande vitória”, disse. Rozana Barroso afirmou que havia uma preocupação quanto ao que tinha sido colocado pelo governo, como a proposta de um Fundeb só a partir de 2022, que não prosperou. Isso traria um apagão no setor no próximo ano.A presidente da Ubes também criticou o fato de o Executivo não ter participado das discussões, e disse que foi possível aprovar a proposta, “apesar de o governo não contribuir com nada na formulação”. “Colocaram vários empecilhos aos 45 minutos do segundo tempo, como essa proposta de 2022”, ressaltou.Até o fechamento desta edição, os parlamentares avaliavam destaques à matéria. O texto seguirá, depois, para o Senado.

correiobraziliense

O Brasil registrou em 24 horas mais 20.257 casos de covid-19, e o número total de infectados pelo coronavírus chegou a 2.118.646. Os dados foram atualizados às 18h desta 2ª feira (20.jul.2020) pelo Ministério da Saúde.

Infográfico

 

Claudia Leitte (Foto: Iude Richele)

Claudia Leitte

Foi por meio de um aplicativo de chat que Claudia Leitte conversou com Quem, diretamente de sua mansão em Miami, Estados Unidos, onde passa a quarentena com o marido, Márcio Pedreira, de 40 anos, os filhos Davi, de 11, Rafael, de 8, e Bella, de 10 meses, e os pais, Claudio, de 64, e Ilna, de 63. Extremamente profissional, a cantora foi entrevistada enquanto se maquiava para este ensaio — feito via videochamada, pelo fotógrafo Iude Richeli — e se desdobrava nos cuidados da caçula. “Bella está dando um show lá dentro!”, explica a cantora, quando a voz da bebê invade o papo virtual. Esta capa vem em forma de celebração e presente: nesta sexta-feira (10), Claudia Leitte completa 40 anos, com a energia e a coragem de uma mulher que sabe o que quer. “Me acho muito mais madura, óbvio, consciente. Mas me sinto muito jovem, doida para fazer da minha vida agora o que estou a fim, como se estivesse começando”, define ela, que, para festejar a data em plena pandemia do novo coronavírus, decidiu fazer uma live altruísta. “Farei a live [40ando na Quarentena] não porque quero celebrar meus 40 anos, mas com o intuito de ajudar. Meu presente é a doação, mas vou passar meu aniversário cantando, que é o que amo fazer”, entrega. A live possui engajamento solidário para arrecadar doações em prol dos Amigos do Bem (Amigos do Bem Instituição Nacional Contra a Fome e a Miséria), Beleza Escondida (marca social que promove a redução da violência e financia uma rede de lugares seguros com parceiros que protegem atualmente 200 mulheres com seus filhos, por ano, vítimas de violência) e Hospital Aristides Maltez (HAM), braço operacional da Liga Bahiana Contra o Câncer (LBCC). A 40ando na Quarentena será realizada nesta sexta, a partir das 19h30, no canal oficial da cantora no Youtube, com muitas surpresas. Entre elas, algumas participações especiais que dividirão o microfone, cada um de sua casa, com a cantora, como o fenômeno teen Any Gabrielly (do grupo Now United), Léo Santana, o funkeiro MC Zaac, o rapper Hungria Hip Hop, Bera, Lore Improta e Dennis DJ. “É um negócio muito doido, temos uma equipe, obviamente, trabalhando junto, on-line, mas aqui [em casa] o esquema é o nosso relacionamento massa e de admiração”, diz a artista, referindo-se ao seu marido e empresário. Enquanto conversa sobre trabalho, beleza, filhos e relacionamento, entre outros temas, Claudia se espanta com o chorinho de Bella. Neste momento, ela pede licença para ver o que aconteceu com a filha. “Ela estava no patinete… A bichinha caiu, mas não bateu, foi só um susto…”, explica a cantora, com a calma característica das mães de três filhos. Mais para o fim da entrevista, a pequena pode ser ouvida outra vez. É aí que Claudia vira coruja: “Esse é o show dela. Daqui a pouco você ouve ela cantar, dar ordem no irmão: Rafa! [grita a cantora] É um negócio de mamãe!”, derrete-se.

CHEGADA AOS 40
“Me acho muito mais madura, óbvio, consciente, mas me sinto muito jovem, doida para fazer da minha vida agora o que estou a fim, como se estivesse começando. Tenho isso na minha natureza, sempre me entrego a tudo o que faço. Nunca me deixei levar pelas limitações, sobretudo as que são impostas. Então está muito claro, existe uma imposição, quase que uma ditadura em relação à idade, principalmente com a mulher. Quando o homem é mais maduro e o cabelo fica branco, ele é mais charmoso. A mulher não, ela precisa pintar o cabelo. O homem tem umas ruguinhas e fica igual ao George Clooney (risos). Não sofri essa pressão com relação a mim mesma. Percebo mais um padrão criado do que algo meu, natural. Estou muito disposta a ter minha parcela de contribuição para a redefinição dos 40 porque estou começando minha vida e ninguém pode dizer o contrário”.

SEM LIMITAÇÕES
“Existem várias mulheres que começaram suas vidas aos 60, aos 70, nunca é tarde para ninguém começar. É meio paradoxal. Estou plena! Vamos redefinir as idades que disseram que eram limitações para a gente. É tão bonito envelhecer. De alguma maneira, todos começaram a entrar numa paranóia. E fica todo mundo com a cara igual! Tudo bem se cuidar, fazer tratamentos estéticos, mas as mulheres não precisam entrar dentro dos padrões que impuseram a elas. Nossa pele envelhece e tem beleza nisso”.

“Vamos redefinir as idades que disseram que eram limitações para a gente. É tão bonito envelhecer”

ANIVERSÁRIO
“Tinha planejado um fim de semana de festa, um Carnaval com meus amigos em Salvador porque são 40 anos e estaríamos de férias. Já tinha programado o aniversário do Rafael, que faz nove anos em agosto, e depois o primeiro ano de Belinha, no mesmo mês. Era uma programação de férias e de Carnaval para mim mesma. Mas não fiquei triste por não poder realizar meus planos por causa da pandemia. Tenho muita fé em Deus e acho que Ele está no controle de todas as coisas. Sou muito grata por estar em casa, com minha família e todos com saúde num momento tão imprevisível. Tenho mais é que agradecer”.

Claudia Leitte (Foto: Iude Richele)

Claudia Leitte

MÃE NORMAL
“Para meus filhos, não sou nem famosa. Outro dia fomos caminhar na rua, a 300 metros de casa, e falei: ‘vamos pegar o patinete aqui, ir até ali na esquina e a gente volta’. Aí um falou para o outro: ‘brou, esqueci que minha mãe é famosa [risos]’. Acho que eles nem pensam nisso. Eles me veem me comunicando com alguém e aí fazem: ‘pô, minha mãe é famosa’. E agora, como estão crescendo mais, estão começando a observar mais isso”.

VIDA NOS EUA
“Minha mãe e meu pai estão aqui comigo agora e eles sempre ficaram indo e vindo do Brasil. Não tenho como dizer: ‘ah, planejei vir morar aqui’. Quando fiz o The Voice pela primeira vez, tinha acabado de ter Rafael. E saí de Salvador [BA] e fui para o Rio de Janeiro. Tenho casa em Salvador e em São Paulo também. Então, temos uma vida de gente que viaja, de nômade, não ficamos em lugar algum. Somos como uma família de circo, que estende sua tendinha e se adapta ao lugar. Meus pais também estão muito acostumados a estarem aqui sempre porque sempre tive uma vida em que me desloco muito. O lance é que com o tempo, minha família aumentou e meus filhos têm uma rotina, não dá mais para ir para todo lugar como costumava ir, porque eles têm aula. Então, estou me dividindo muito mais. Mas é aquela coisa: quando meu trabalho acontece no Rio, estou lá. Nós nos adaptamos, estamos sempre juntos. Minha família é sempre minha prioridade”.

“Somos como uma família de circo, que estende sua tendinha e se adapta ao lugar”

MISSÃO DE VIDA
“Tive dificuldade nos meus relacionamentos profissionais porque sempre vi que minha carreira não era somente meu trabalho. Não era algo que me fazia ganhar dinheiro, ser artista e depois voltar para minha casa. E tive dificuldade para fazer isso até o momento em que decidi que aquilo é minha missão de vida, minha jornada. Graças a Deus, sempre encontrei muito amor em tudo que fiz. Nem sempre vamos conseguir ter êxito em tudo, nem sempre vamos ser adorados por tudo o que fizermos. É a vida. Não posso ir para o palco achando que não é para eu viver. Posso morrer no minuto seguinte. Não faz sentido para mim não compartilhar meu amor. Tenho minhas limitações, óbvio, porque é um mundo muito doido [show business]. Quando se é mãe, existe uma onda instintiva mesmo, é mais pela proteção dos meus filhos, nunca expus a rotina e a vida deles. Posso suportar qualquer coisa na minha profissão, no meu trabalho, mas meus filhos precisam estar protegidos sempre. Sempre vou ter essa máxima”.

Claudia Leitte (Foto: Iude Richele)

Claudia Leitte

TRIO DE AMOR
“Tenho muito orgulho dos meus filhos porque eles serão homens muito incríveis. Com a chegada de Bella isso ficou muito claro para mim. O mais importante na minha vida – tenho Deus em primeiro lugar, é minha máxima de fé – são meus filhos. Antes de Bella nascer, fizemos uma oração quando estava grávida. Já sabia que era menina e não contei para eles. Fui fazer a oração e perguntei para os dois: ‘vocês querem o quê?’ Davi disse: ‘mãe, a gente quer qualquer coisa que Deus mandar. Se for outro brou vai se chamar Bernardo, mas a gente quer uma irmã’. Na hora de dormir, avisei para eles: ‘amanhã vamos saber o resultado porque vai chegar um balão aqui em casa [comprei aquele balão de estourar com o sexo do bebê – tem até na internet o vídeo, é emocionante] com a revelação. O balão tinha o resultado e nós já sabíamos, só que os meninos tinham orado na noite anterior e agradeceram a Deus: ‘obrigado por nos dar mais um membro na família!’ Aí o Davi falou assim: ‘ó, Deus, sei que qualquer coisa que vier para a gente está bom, mas quero muito que seja uma irmãzinha’. E o Rafael completou: ‘manda uma menina, por favor, Deus! A gente quer muito uma irmãzinha’. E aí, quando eles viram aquele balão estourar e souberam que era uma menina, não sem quem estava mais sem caber em si, se eram eles ou o Márcio e eu”.

CUMPLICIDADE
“Desde o nascimento de Bella, o Davi e o Rafael foram maravilhosos com ela. Percebo nos meus filhos que eles são realmente uma geração que vai fazer a diferença e isso me traz muita esperança e me ajuda a ser uma pessoa melhor, além de me fazer acreditar [no futuro]. Eles me dão a certeza de que serão homens que vão fazer a diferença nesse mundo pelo caráter, e acho que esse é o grande presente de uma mãe. Minha filha está crescendo cercada de homens amorosos. Meu marido tem muito respeito pela minha carreira e pela mulher que sou. Ele é de uma família que tem três irmãos, são quatro filhos homens, Bella é a primeira neta dos meus sogros e estou vendo como a construção de tudo isso é importante”.

“Percebo nos meus filhos que eles serão uma geração que vai fazer a diferença e isso me traz muita esperança e me faz acreditar no futuro”

Claudia Leitte (Foto: Iude Richele)

Claudia Leitte (Foto: Iude Richele)

Claudia Leitte (Foto: Iude Richele)

BELLA ESTRELA

Continue lendo

Jaqueline Carvalho (Foto: Fernando Damasceno / Divulgação)

Jaqueline Carvalho 

Jaqueline Carvalho, de 36 anos, tem mostrado um outro lado de sua personalidade durante essa quarentena. Conhecida pela seriedade e concentração que imprime desde os 11 anos em disputas de vôlei, a bicampeã olímpica, fora das quadras, ama uma farra, brincadeiras e fazer as pessoas rirem. E por meio de suas redes sociais, ela tem tido mais espaço para mostrar sua intimidade.“As pessoas costumavam me ver apenas em quadra, que era um momento de concentração, de pensar em estratégias e em como vencer o jogo. Com a pandemia, por não estar jogando, estou podendo interagir mais por meio das minhas redes sociais. Amo essa troca com as pessoas e tenho me soltado mais. As pessoas estão gostando de conhecer esse meu lado mais brincalhona e divertida que sempre existiu. Gosto de ver todo mundo sempre rindo. Isso me dá prazer”, conta ela, que apenas no Instagram reúne quase um milhão de seguidor

Jaqueline Carvalho (Foto: Fernando Damasceno/ Divulgação )

Jaqueline Carvalho

Esse período de reclusão social também tem servido para que ela possa usufruir do novo apartamento que divide com o marido, o jogador de vôlei Murilo Endres, e o filho, Arthur, de 6 anos, em São Paulo. Acostumada a uma rotina intensa de viagens quando está em campeonatos, Jaqueline conta que ama cada cantinho do novo lar. “Vivemos neste apartamento há cinco meses. É tudo muito novo. Eu gosto muito do meu quarto, da sala e cozinha. Como faz pouco tempo que a gente está morando, estou aproveitando bastante”, celebra. “Me sinto honrada e feliz porque tudo o que conquistei foi fruto de muita perseverança, luta e das dificuldades que enfrentei na vida. Quando você tem o seu cantinho, é a realização de um sonho. Conheço muitos profissionais que não tinham um prato de comida e hoje realizaram muitos sonhos. Me sinto uma dessas pessoas.”

Jaqueline Carvalho (Foto: Mafe Frassetto / Divulgação)

Jaqueline Carvalho

Jaqueline Carvalho (Foto: Mafe Frassetto / Divulgação)

Criada pela mãe sem luxos, Jaqueline relembra que ter sua própria casa era um sonho de infância. “A gente nunca foi de ter luxo, mas também nunca passamos necessidade porque a minha mãe sempre trabalhou muito para cuidar de mim e da minha irmã, Juliana. Enquanto ela trabalhava, a gente cuidava dos afazeres de casa. Minha mãe sempre ensinou a gente a dar valor a tudo. Então, por mais que não tivessemos uma boneca para brincar, davamos valor a qualquer coisinha que chegava dentro de casa, qualquer alimento. Graças a Deus, hoje eu posso retribuir tudo o que a minha mãe deu para mim. Eu fico extremamente grata por minha mãe não ter tirado esse sonho de me tornar uma grande jogadora. Pelo contrário, ela sempre me incentivou muito, independentemente de todas as dificuldades que a gente passou”, avalia.

Continue lendo

Posto com salário de R$ 13.074 é de livre nomeação e não é preciso fazer concurso público para ocupá-loA Casa Civil, comandada pelo general Walter Braga Netto, deu autorização para a Agência Nacional de Saúde (ANS) contratar a filha do ministro, Isabela Oassé de Moraes Ancora Braga Netto, para uma vaga de gerente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), com salário de R$ 13.074 por mês. O cargo é de livre nomeação. Ou seja, não é preciso fazer concurso público para exercê-lo.

Ministro Walter Braga Netto
03/04/2020
REUTERS/Adriano Machado
Ministro Walter Braga Netto 

Com sede no Rio de Janeiro, a agência regula o mercado de planos de saúde. Se confirmada a nomeação, a filha de Braga Netto ocupará o cargo de Gustavo de Barros Macieira, servidor de carreira da agência e especialista em direito do Estado e da regulação pela Fundação Getulio Vargas (FGV), que ainda ocupa o posto. A vaga disputada por Isabela é para comandar a Gerência de Análise Setorial e Contratualização com Prestadores. O posto trata da relação entre ANS, planos de saúde e prestadores de serviços, como hospitais. A filha do ministro é formada em comunicação social. O nome de Isabela foi analisado pela Casa Civil porque nomeações para cargos comissionados do alto escalão exigem aval da pasta. A informação sobre a possível nomeação foi antecipada pela revista Veja. O diretor Rodrigo Aguiar, responsável pela gerência, confirmou ao Estadão que o nome da filha do ministro recebeu o ok da Casa Civil e informou que ainda não sabe quando a contratação será feita porque a análise do seu currículo ainda não foi concluída pela ANS. “Trata-se de cargo de livre nomeação e exoneração, para o qual profissionais de variados perfis são considerados, visando o melhor atingimento dos fins da função”, disse. Assine mais de 200 títulos dos mais variados conteúdos. Leia do app onde e quando quiser. Questionado sobre quem indicou a filha do ministro para a vaga e se ela tem experiência na área, o diretor disse que não poderia comentar o assunto. Procuradas, a ANS e a Casa Civil não se manifestaram até a publicação deste texto.

terra

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!

 
bove=""

 

Visitas

contador de visitas

Redes Sociais

Click e acesse

Zé Freitas no Facebook

Clínica Climed / Plano Assistencial

Clínica Climed.

Av: Vereador Horácio José de s/n de frente o Banco do Brasil.

Contato (87) 9.9161-1779

Santa Terezinha PE

Lições Bíblicas

Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!

Parceiros