Lojas Surya
Óticas Olhar Brasil
Farias Calçados

Supermercado
Natália Calçados

Seg Vida
 

Foto: Reprodução/Youtube
 A morte do jornalista Paulo Henrique Amorim durante esta madrugada de terça-feira para quarta-feira (10), se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil com diversos jornalistas, políticos e artistas lamentando sua morte e homenageando sua trajetória. O nome do jornalista está, desde a manhã, entre os assuntos mais comentados do Twitter.

O jornalista Glenn Greenwald, editor do The Intercept Brasil, foi um dos que usou as redes para lamentar a partida do jornalista do Conversa Afiada.

Morre o jornalista Paulo Henrique Amorim

Ver imagem no Twitter

O blogueiro Eduardo Guimarães, conduzido coercitivamente pelo ex-juiz Sérgio Moro, também prestou suas condolências e lamentou a perseguição que vivia PHA. “Morre Paulo Henrique Amorim. Como dona Marisa Letícia, vítima de perseguição política”, disse.

Morre Paulo Henrique Amorim. Como dona Marisa Letícia, vítima de perseguição política. Falamo-nos anteontem por mensagem. Mais de cem processos fraudulentos na “justiça”, perda do emprego na Record por ação do nazifascista que nos “governa”. O fascismo faz mais uma vitima.

O ator José de Abreu também falou sobre a perseguição que vivia o jornalista: “mais uma morte na conta dos fascistas”.

revistaforum

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
Parceiros