Supermercado Compre Bem
Judivan Contábil
 

A Polícia Federal (PF) suspeita que os empresários e políticos que furaram fila para se imunizarem contra a Covid-19, em Minas Gerais, foram vítimas de um golpe e receberam vacina falsa, de acordo com informações da coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

Os investigadores realizaram busca e apreensão na casa de uma enfermeira ligada ao caso, nesta terça (30), e encontraram soro. Ela foi levada pelos policiais e deve ser presa em flagrante. O material encontrado será encaminhado para a perícia criminal para ser analisado. O mandado de busca e apreensão fez parte do inquérito aberto para investigar as revelações feitas em uma reportagem da revista Piauí. R$ 600 por pessoa. Segundo a publicação, cerca de 50 pessoas foram vacinadas na garagem da empresa de ônibus Saritur e as aplicações teriam custado R$ 600 por pessoa. A enfermeira presa é a mesma que aparece em um vídeo gravado por um vizinho da garagem de ônibus onde, supostamente, o grupo de empresários e políticos foi vacinado às escondidas, furando fila de prioridades do Plano Nacional de Imunização.

“Cada vez mais as “autoridades” se apresenta de um país desgovenado, é lamentável’

revistaforum

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Lições Bíblicas
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
Parceiros