Recicla Net

Óticas Olhar Brasil
Supermercado
Seg Vida
 
Estátua da Justiça em frente ao Supremo Tribunal Federal Foto: Jorge William/Agência O Globo
Estátua da Justiça em frente ao Supremo Tribunal Federal
Foto: Jorge William/Agência O Globo

Ministério Público Federal denunciou o promotor Marcelo Vilela Tannus Filho, que deu voz de prisão a um advogado durante uma audiência, no ano passado. A denúncia, resultado de ação da OAB do Distrito Federal, é assinada pela procuradora regional Raquel Branquinho. Tannus Filho foi denunciado pelo crime de abuso de autoridade e pagou R$ 10 mil em um acordo. Em abril do ano passado, Tannus Filho deu voz de prisão ao advogado Alisson Pereira do Rozário, em uma audiência da 3ª Vara Criminal de Ceilândia, no Distrito Federal. O promotor havia solicitado à juíza da sessão que desse voz de prisão ao defensor por desacato. A magistrada rejeitou o pleito. Então, o promotor pediu a condução do advogado a uma delegacia. “Esse caso é um dos maiores absurdos que já se noticiou em casos de abuso de autoridade, pois se deu no meio de uma audiência, no exercício das funções”, afirmou Délio Lins e Silva Jr, presidente da OAB no DF.

epoca

Faça Sua Pesquisa no Google Aqui!
 
bove=""

 

Visitas
contador de visitas
Redes Sociais
Click e acesse
Zé Freitas no Facebook

Clínica Climed / Plano Assistencial

Clínica Climed.

Av: Vereador Horácio José de s/n de frente o Banco do Brasil.

Contato (87) 9.9161-1779

Santa Terezinha PE

Lições Bíblicas
Portal Correio-PB

 
CLIQUE E ACESSE!
Parceiros